Arquivo da tag: União do Vegetal

Exclusivo : Assembléia Legislativa do Acre faz sessão solene em homenagem às comunidades ayahuasqueiras

A homenagem aos fundadores das doutrinas da ayahuasca foi aprovada por unanimidade pelos deputados Fotos:ASCOM/ALEAC

A Assembléia Legislativa do Acre realizou nesta quinta-feira, 15, sessão solene especial em homenagem aos fundadores das três organizações religiosas mais tradicionais no uso da ayahuasca no Acre e no Brasil.

O Centro de Iluminação Cristã Luz Universal – Alto Santo, o Centro Espírita e Culto de Oração Casa de Jesus Fonte de Luz e a União do Vegetal foram nesta quinta, 15, homenageados pela ALEAC – Assembléia Legislativa do Acre que concedeu , por proposição do deputado do PC do B Moisés Diniz, o título de cidadãos acreanos (in memorian) aos mestres fundadores das organizações, Raimundo Irineu Serra, Daniel Pereira de Matos e José Gabriel da Costa.

As Comunidades Tradicionais da Ayahuasca organizaram durante a semana o seminário “Construindo Políticas Públicas para o Acre” e ao final, entregaram ao Presidente da ALE-AC, Dep. Edvaldo Magalhães um documento criterioso e bem elaborado, solicitando ” o envolvimento efetivo da Assembléia Legislativa e dos parlamentares representantes do Acre no Congresso Nacional, bem como do Poder Público nas três esferas de governo: municipal, estadual e federal, nos processos de construção de políticas públicas Setoriais para as Culturas Ayahuasqueiras, principalmente no que diz respeito ao reconhecimento, valorização e combate ao preconceito e a discriminação, que requerem a construção de novos mecanismos estruturais, com a participação da sociedade civil.”

Clique  aqui e veja  o documento na íntegra em PDF >  Seminário Comunidades Tradicionais da Ayahuasca Construindo Políticas Públicas para o Acre

O documento foi  elaborado pelos participantes do Conselho Municipal de Políticas Culturais – CMPC, apresentado e aprovado, por consenso, pela Plenária do Seminário Comunidades Tradicionais da Ayahuasca – Construindo Políticas Públicas para o Acre e trata de diversos temas como cultura, educação, urbanismo e outros temas de interesse da sociedade.

A homenagem do legislativo acreano vem no momento em que parte da mídia desinformada ,  propositalmente ou não, vem  satanizando a única religião genuínamente brasileira devido aos desdobramentos do caso do cartunista Glauco e do seu filho. O apresentador Boris Casoy, mostrou todo seu rancor e preconceito no Jornal da Band, quando ao final de uma tendenciosa matéria contra o Santo Daime fez uma gracinha, e com um sorriso irônico nos lábios chamou as religiões de “inocentes”.

Alguns membros de comunidades ayahuasqueiras de Rondônia demonstraram a intenção de  requerer à Assembléia Legislativa de Rondônia a mesma solenidade, afinal o Santo Daime e a União do Vegetal também são daqui e merecem respeito.

1 comentário

Arquivado em Notícias

Governo brasileiro oficializa uso religioso da ayahuasca

A resolução, publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira(28), veta o comércio e propagandas do composto, que só poderá ser cultivado e transportado para fins religiosos e não lucrativos.

A norma coíbe o uso do chá com outras drogas e em eventos turísticos e  recomenda que as entidades façam uma entrevista com aqueles que forem ingerir o chá pela primeira vez e evitem seu uso por pessoas com transtornos mentais e por usuários de outras drogas.

Em 1985, a bebida chegou a ser proibida no País, mas liberada dois anos depois, quando estudos demonstraram a importância de seu uso religioso.

No início dos anos 90 houve nova tentativa de proibir o chá, também refutada. Em 2002, mais uma vez houve denúncias de mau uso do chá, o que gerou os estudos mais recentes.

Durante a primeira gestão do Governo Lula, as religiões ayahuasqueiras do Santo Daime, Barquinha e União do Vegetal (UDV) do Acre entregaram, através da Madrinha Peregrina Gomes Serra, dignitária do Centro de Iluminação Cristã Luz Universal – Alto Santo, centro daimista fundado por Irineu Raimundo Serra em Rio Branco /AC  um pedido ao então Ministro da Cultura, Gilberto Gil para que o Santo Daime fosse registrado como Patrimônio Imaterial da Cultura Brasileira, o  que está sendo analisado pelo IPHAN.

O governo peruano também recentemente publicou no Diário Oficial do País, o El Peruano , através do Presidente do Instituto Nacional de Cultura, Javier Ugaz Villacorta o reconhecimento do ritual da ayahuasca como patrimônio cultural do Peru.

Ayahuasca é um nome indígena, de origem inca, usado para denominar uma das mais antigas bebidas sacramentais produzida a partir da fervura de duas plantas nativas da floresta amazônica: o cipó Banisteriopsis caapi (douradinho, jagube, mariri) e folhas do arbusto Psychotria viridis (chacrona).

Seu princípio ativo é o dimetiltriptamina (substância alucinógena) e seu uso se expandiu pela América do Sul e outras partes do mundo com o crescimento de movimentos religiosos organizados.

1 comentário

Arquivado em Efêmeras Divagações