Arquivo da categoria: Túnel do Tempo

Túnel do Tempo – Oficinas da Madeira-Mamoré 2005

oficina-efmm-2006

Para quem não lembra, a grande Oficina da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré, em Porto Velho estava assim em 2005.

1 comentário

Arquivado em Túnel do Tempo

Túnel do Tempo – Av Farqhuar, em Porto Velho

Final da década de 80, início dos anos 90.  Av. Farquhar.  Muitas ruas centrais de Porto Velho eram maltratadas, em certas vias proliferavam os focos de malária. Era uma cidade pequena, apesar de ser capital do Território Federal de Rondônia. A Av. 7 de Setembro tinha até mão dupla ! Em bairros mais tradicionais,como por exemplo o Caiari algumas construções ainda mantinham suas características originais. A seguir algumas casas foram derrubadas, depois foram feitos “puxadinhos”, colocadas caixas de ar condicionado, garagens, piso superior, vidro blindex, edículas. Os carros ainda tinham a placa amarela…

2 Comentários

Arquivado em Túnel do Tempo

Túnel do Tempo : Estrada de Ferro Madeira-Mamoré

1 comentário

13/08/2012 · 08:54

Túnel do Tempo : Praça de alimentação na EFMM, anos 80

Praça de alimentação da EFMM nos anos 80, em Porto Velho/RO

Deixe um comentário

Arquivado em Túnel do Tempo

Túnel do Tempo : velho cartão postal

Recebi este cartão postal  de alguns amigos que participaram do lendário Projeto Rondon. ( No 5º BEC ficava o Campus Avançado da Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS.  A propósito, aliás , por que não UFRO, em vez de UNIR ? ).

Ele, o cartão,  resistiu ao tempo, às mudanças, às traças e aos cupins. Era um cartão da Ambrosiana, acho que em parceria com a Foto Presidente. Vemos o Ypiranga em primeiro plano, mas não dá para precisar se já existia ou tinha acabado o Califa. Post especial para saudosistas.

Deixe um comentário

Arquivado em Túnel do Tempo

Túnel do Tempo : BR 429

Cena rural na BR 429, entre Seringueiras e São Francisco do Guaporé, Rondônia

Deixe um comentário

Arquivado em Túnel do Tempo

Túnel do Tempo – O jipe “DKW Candango” dos Hermann

Muitas vezes (põe muitas nisso !) peguei carona para ir à escola com o saudoso Mathias Hermann neste DKW Candango quatro portas.

Uma preciosidade, motor dois tempos,900 cc, 3 cilindros, 3 bobinas, 3 velas…Em 1963 a produção do Candango é encerrada, principalmente porque os militares não demonstraram interesse em sua aquisição. Em setembro de 1967, a Volkswagen do Brasil adquire a Vemag prometendo não encerrar a produção de seus veículos. Em dezembro, entretanto, seguindo uma tendência mundial de retirada do motor dois tempos do mercado, a linha de produção é encerrada.

Um outro Candango, que meu avô usava na fronteira com o Uruguai me levou para provar a minha primeira cerveja na Estrada do Arroito, no Chui. Velhos tempos ! (Na foto a família Hermann : da esquerda para a direita, Márcia, Mathias, Rony, Marco, Marçal e Mauro.)

1 comentário

Arquivado em Túnel do Tempo