Arquivo da categoria: Rapidinha

Mudanças na Educação

Depois das notas horríveis dos alunos brasileiros no Ensino Médio, o Ministério da Educação já prepara um novo currículo em que as atuais 13 disciplinas sejam distribuídas em apenas quatro áreas, ciências humanas, ciências da natureza, linguagem e matemática. A mudança prevê que alunos de escolas públicas e privadas passem a ter, em vez de aulas específicas de biologia, física e química, atividades que integrem estes conteúdos em ciências da natureza. A proposta deve ser fechada ainda neste ano e encaminhada pra discussão no Conselho Nacional de Educação. Se aprovada, vai se tornar diretriz para todo o país. Pro ministro da Educação, Aloizio Mercadante, os alunos passarão a receber os conteúdos de forma mais integrada, o que facilita a compreensão do que é ensinado. A mudança curricular é a primeira resposta do MEC à baixa qualidade do ensino médio, especialmente o da rede pública, que concentra 88% das matrículas do país. Dados do ministério mostram que, alunos das públicas estão mais de três anos defasados em relação aos das particulares.

Via Ipanema Expressa

1 comentário

Arquivado em Rapidinha

Rapidinha – UFMA abre inscrições para o 35º Festival Guarnicê de Cinema.

UFMA abre inscrições para a 35ª edição do Festival Guarnicê de Cinema. Inscrições começam na terça-feira, 16 de abril e prosseguem até o dia 07 de maio. Mais informações e inscrições no www.cultura.ufma.br. Contatos (98) 3221 0756/ 3232 3901/3231 2887.

Deixe um comentário

Arquivado em Rapidinha

Enquanto isto, na Gávea…

Fernando Azevedo/Fla Imagem

foto: Fernando Azevedo/Fla Imagem

Deixe um comentário

Arquivado em Rapidinha

Rapidinha

O presidente da Federação Nacional das Empresas de Navegação – Fenavega, Meton Soares, recebeu preocupante mensagem do presidente do presidente do Sindicato das Empresas de Travessia e Navegação, Transporte de Passageiros, Veículos e Cargas Lacustre e Fluvial do Estado de Rondônia (Sindfluvial), Raimundo Holanda. Além da queda do nível d’água do Rio Madeira – essencial para navegação na região – apareceram no rio conjuntos de toras de árvores, que, presumivelmente, poderiam ter sido liberados pelas construtoras das barragens no rio, ameaçando os barcos da região.

Deixe um comentário

Arquivado em Rapidinha