Arquivo da categoria: Delírio Cotidiano

O Número

Um homem troca de nome até conquistar um, definitivo… Baseado em conto do livro Babel, de Alberto Lins Caldas. Um curta-metragem brasileiro com Othon Bastos, premiado em Festivais de Cinema. Direção de Beto Bertagna. Filmado em 16 mm numa sala em construção da Faculdade Uniron, na cidade de Porto Velho/RO. Diretor de Fotografia, “Ruda”Rodolfo Ancona Lopez  Negativo, Fuji Câmera, Eclair

Veja matéria completa no site CartaMaior

Deixe um comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

O Chávez de Schrödinger (via Esparrela)

Por Artur Lascala

No momento em que este texto está sendo escrito, Hugo Chávez está vivo. No momento em que este texto está sendo escrito, Hugo Chávez está morto. O presidente perpetuamente eleito — recém eleito, inclusive — está, ao mesmo tempo, vivo e morto.

A condição do líder venezuelano, contrária ao senso comum e à experiência cotidiana, encontra guarida no campo da tanto inóspita quanto sedutora física quântica. Uma bem conhecida experiência mental é a do “gato de Schrödinger”. Trata-se da colocação, em um sistema absolutamente isolado, de um gato, um recipiente com um gás venenoso e uma fonte emissora de radiação capaz de quebrar o vidro com o gás. As emissões de radiação são aleatórias, de modo que elas podem ou não quebrar o vidro.

A surpreendente conclusão a que chegam os físicos é que, dada a impossibilidade de observar-se o atual estado do sistema e a particularidade da mecânica quântica, a afirmação correta a fazer-se a respeito do gato é que eleestá vivo e morto. Se a minha explicação de completo leigo não for suficiente (tenho certeza que não é), leiam aqui e vejam este vídeo aqui.

Continue Lendo via Esparrela

1 comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

Ziriguidópolis (via Cotidiano e Outras Drogas)

Este texto é uma obra de ficção baseada em fatos surreais. Qualquer semelhança é mera coincidência.

O Atlético Ziriguidópolis terminou o ano passado como quinto colocado no campeonato de Roraima. Quando todos os atletas já estavam de férias, chegou a notícia que o campeão e os outros times mais bem colocados tinham desistido de participar da Taça São Paulo, e o“Ziriga” foi convidado. O presidente aceitou o convite, e o time teria de se apresentar imediatamente.

Agripino Augusto da Silva Santos, o Fuinha, era o presidente do Clube Atlético Ziriguidópolis. Um dos fundadores do time, que nasceu num bairro da periferia da Boa Vista, através de imigrantes de Minas Gerais apaixonados por samba, em 1971.

O nome Atlético veio por causa do Galo campeão brasileiro; as cores azul e verde, por causa de Cruzeiro e América; o nome Ziriguidópolis é em homenagem a Sargentelli, e o mascote, uma mulata passista, também remete ao samba.

Depois do convite inesperado, Fuinha chamou seu treinador e braço-direito, Melão, para traçarem os planos para o torneio. Cláudio da Silva foi apelidado assim porque tem a boca torta, lembrando a personagem de Don Lázaro Venturini em uma novela global dos anos 80 – “Eu prefiro Melão”, dizia Lima Duarte, vestindo o papel.

Continue Lendo via Cotidiano e Outras Drogas

Deixe um comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

Qualquer dia a gente se vê (via Pensamentos Duneto)

O beijo - Gustav Klimt

O beijo – Gustav Klimt

Por Eduardo

Nestes tempos de “mundo virtual” poderemos nos ver, mas não no sentido real desta frase que significava um reencontro presencial, físico. Hoje estamos cada dia mais confinados, escravizados e mesmo obrigados a passar a maior parte do nosso tempo sozinhos, mesmo quando estamos acompanhados. Fico aguardando mudanças nas regras de convivência, uma nova fase criativa, um novo movimento de libertação, enfim, “tempos melhores” mas vejo todos cada dia mais prisioneiros de atitudes, vícios, posturas egoístas e infantis. O grande ganho material não foi acompanhado de um desenvolvimento educacional. Precisamos urgentemente estabelecer uma “etiqueta” capaz de nos fazer retornar a um grau de civilidade e gentileza compatível com esta imensa população, ou será que deveríamos ter continuado a nos alimentar com as mãos. Agora sonhamos com as “curas” mas não contabilizamos corretamente as vítimas da fome, das drogas, da violência, da prepotência e do mercado financeiro. Assisto diariamente uma preocupação com os mortos na Síria mas tenho certeza absoluta que o número de homicídios no Brasil supera em muito o daquele país. Temos governantes preocupados em desempenhar um papel no mundo esquecendo totalmente dos inúmeros brasileiros totalmente desamparados. Assisto ao advento de uma nova classe média, que prefiro chamar de medíocre, que menospreza os que permanecem nas classes sociais inferiores, vivem um estereótipo imposto e fútil. Então, QUALQUER DIA A GENTE SE VÊ e tomara que seja para construirmos algo melhor. POR QUE NADA SERÁ COMO ANTES, AMANHÃ.

Leia Mais via Pensamentos Duneto

3 Comentários

Arquivado em Delírio Cotidiano

Mulher Alface contra os carnívoros (via Epimenta)

Sexy?

A organização People for the Ethical Treatment of Animals (PETA) já fez um vídeo com mulheres sensualizando com pedaços de brócolis e aspargos.

Já fez campanha contra o circo, contra o uso de pele animal e a favor das cobaias de laboratório. Hoje tem um strip tease quiz na internet e intensificou as apostas na força da Mulher Alface.

Veja Mais via Epimenta

1 comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

Produção de conhecimento escultural

A jornalista do “O Dia”, do Rio de Janeiro devia estar com a cabeça em alguma imagem escultural e escorregou na hora de reproduzir o discurso de posse de Haddad.

haddad

2 Comentários

Arquivado em Delírio Cotidiano

Felicidade e Paciência ( via Povo de Aruanda)

A palavra Felicidade existe em nosso dicionário como um estado durável de plenitude, satisfação, equilíbrio físico e psíquico, em que o sofrimento e a inquietude são transformados em emoções ou sentimentos que vão desde o contentamento até a alegria intensa e júbilo.

Pensando em sentimento durável, temos também a palavra Paciência, que é a virtude de manter um controle emocional equilibrado, sem perder a calma, ao longo do tempo.

Conheci uma pessoa sábia, dirigente de um centro espírita, que me deu uma grande lição certa vez, Ela disse que se uma pessoa se acha paciente, ela não pode perdê-la nunca. Pois se tem ou não se tem a paciência, logo, se alguém diz ter paciência, como perdê-la? Esta foi uma lição valorosa que me fez ter a meta de adquirir a Paciência, isto é, esta virtude. Absolutamente não é fácil, pois somos testados, passamos por inúmeras provas, que nos fazem ver a cada passo que ainda não a adquirimos plenamente , não atingimos esta meta. Há pessoas que nem sequer param para pensar nisso, e seguem a todo momento, se infelicitando porque perdeu a paciência(!).

Diz o poeta Lenine; “O mundo vai girando cada vez mais veloz. A gente espera do mundo, e o mundo espera de nós, um pouco mais de paciência…”
Creio que só quando o tempo passa, dentro deste giro veloz, e feroz, do mundo, quando estamos tão cobertos de cicatrizes, compreendemos finalmente que a vida é rara, e vamos então na busca real desta virtude, a Paciência.

Continue Lendo via Povo de Aruanda

1 comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

O Grande Irmão – Big Brother (via Blog do Chico Miranda)

Somos talentosos, ninguém pode negar. Sempre encontrando formas de extravasar os instintos animalescos de muitos, mesmos tendo consciência do que é certo ou errado, levamos nossos expectadores a vivenciar formas temporais da satisfação pessoal, oscilando entre a linha tênue do bem e do mal, e, como tal, entrelaçamos conceitos infinitamente discutíveis do que é certo ou errado. Conjecturamos nossa visão da maldade de tal forma, que até a mais das dignas almas passa a ver a maldade como, simplesmente, um ponto de vista diferente. Somos mestres em relativizar virtudes, na verdade, vendemos a imagem de que tudo é relativo, acreditamos que dessa forma podemos ter um portfólio de produtos mais incrementados, sim, isso mesmo, vendemos a imagem de pessoas vazias e dizemos que ela – a pessoa – é um estereótipo a ser seguido, mesmo que a ironizemos e descartemos assim que não servir mais aos nossos propósitos capitalistas. Queremos veicular nossa marca enquanto for rentável e através da nababesca futilidade, atender a uma alienação de uma nação fútil, viciada por produtos ligados a pessoas fúteis, para tanto, sempre chamaremos de heróis homens e mulheres fantoches que não identificam nem mesmo a sua cidade natal no mapa, mesmo que esse adjetivo tenha sido usado para designar outra coisa no passado.

Continue Lendo via Blog do Chico Miranda

Deixe um comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

Diário dos homens bons homenageia as bodas de herói brasileiro (via Prof. Hariovaldo Almeida Prado)

By 

Feliz a pátria que possue a seu serviço uma imprensa livre e ética, na mão de poucos, mas justos e intelectualmente honestos homens de bens e benz, (perdoando pelo pleonasmo), sem a imposição de regulamentações autoritárias, aliás sem qualquer necessidade de regulamentação, tamanha a isenção e seriedade com que a gentalha é informada.

Feliz a pátria em que heróis perseguidos pela sanha populista de ateus bolivarianos bolcheviques, são homenageados em suas bodas, assunto de interesse público, por uma magnífica cobertura.

Feliz a pátria em que nossos (das pessoas de qualidade, das que contam, dos bem nascidos, naturalmente) órgãos de informação e notícias transbordam boas intenções e homenageiam quem realmente merece.

Feliz a pátria em que governos comunistas e populistas são tratados como merecem.

Graças a San JoséMaria de Escrivá Balagüer e a San Francisco Franco,  é o caso da Terra de Vera Cruz, também conhecida como Estados Unidos do Brazil, que possue uma imprensa livríssima de propriedade de   grandes   filhos  da  pátria.

Continue Lendo via Prof. Hariovaldo

1 comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

Hoje, dia 31 tem Bloco Mistura Fina

Saindo do Bar do Antônio Chulé, neste dia 31 um dos mais tradicionais blocos de carnaval de Porto Velho dá as suas caras ao ano que chega, reunindo sambistas, foliões, curiosos, avulsos, passantes e bêbados pelo percurso oficial. O bloco sai no final da tarde  pela Joaquim Nabuco, Mal Deodoro, Almirante Barroso, Avenida Brasilia, Av. Sete de Setembro, pedaço da Avenida Nações Unidas, Tenreiro Aranha, Carlos Gomes e volta ao Antônio Chulé, na rua Bolívia.  A concentração começa às 2 da tarde, com muita cerveja gelada e farinha de trigo pronta prá pintar de branco o folião, que certamente estará “comemorando” o aumento dado ao prefeito, secretários e vereadores de Porto Velho neste último dia do ano. Quá !

2 Comentários

Arquivado em Delírio Cotidiano

Deu no G1 : Brasileiro vai à Bolívia recuperar motocicleta roubada na fronteira

Foto: Helen Batista/G1

Jociane Pereira Marques, uma dona de casa de Guajará-Mirim (RO), no noroeste do Brasil,  teve que investigar por conta própria o paradeiro de sua motocicleta, um modelo de 150 cilindradas, roubada no dia 19. O veículo foi levado para Guayaramerín, cidade boliviana fronteiriça localizada do outro lado do Rio Mamoré depois que dois homens em outra motocicleta a abordaram, apontando  uma arma para ela e exigindo que entregasse a motocicleta

Devido a greve da Polícia Civil em Rondônia, o roubo não foi investigado e então o marido de Jociane, Francisco Rodrigues da Silva, resolveu investigar por conta própria.

Francisco foi até Guayaramerín e alugou um mototaxi para percorrer as ruas da cidade. Francisco conta que logo encontrou a motocicleta de Jociane.  “Quando passei perto dela [motocicleta] a reconheci, pedi para o mototaxista dar uma volta, quando cheguei perto tomei a chave do boliviano e a levei para a delegacia”, relata.

Continue Lendo via G1

Deixe um comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

Sapatos contra o racismo. O natal em que fui barrado na portaria da Rádio Nacional (via Mamapress)

Neste  dia de natal, acordei pontualmente às 6 horas da manhã. Planejara dormir até mais tarde, para aproveitar o feriado, depois de ceiar com a família  no Brasil, pela primeira vez em minha casa depois de 22 anos.

Muito suco, pernil feito pela minha filha Moema, com pouco sal como o papai precisa, e sobretudo muito carinho.

Estamos no dia 25, são 6 horas da manhã e a pressão sanguínea e o coração, me alertam, e me acordam intranquilo. Como não sou perú de natal, saio mesmo depois da véspera, para caminhar, e meditar sobre o que me incomoda e penso:

O que a gente não faz para estar no Programa Tema Livre na Rádio Nacional, com o amigo Luiz Augusto Gollo e convidados para um papo estimulante no dia 24, na véspera do natal?

A gente  bota o despertador prá tocar às 6 da manhã, bota a cozinha nos conformes com todos os ingredientes, para  que minha filha Moema Petri Romão inicie o preparo da Ceia;

Olha no computador os temas que deseja falar na retrospectiva de 2012;

Acorda a outra filha Papoula Sofie que deseja filmar o programa e partimos sem tomar café,  para a sede provisória da Rádio Nacional, abrigada agora lá no quartel da TV Brasil, na Gomes Freire;

Anda em 2 ônibus e uma barca para o Rio de Janeiro, em um dia daqueles  quentíssimos, em  que peixe sai de casa com abanador e guarda-sol.

Continue Lendo via Mamapress

1 comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

Sem palavras em cem palavras

000020-MLP-Pessoa

Texto e foto de Valéria del Cueto

cem palavras assim sem fim dia noite sorte morte mar água ar areia praia sol lua lugar carinho saudade lembrança vontade amizade flor união sedução gentileza ação pensamento firmamento estrela luz breu raio trovão tempestade fogo maré murmúrio música samba  alegria distancia momento feliz família querencia ausência força tamanho destino visão bruxa magia pessoa  pequena menino mulher plural irreal animal comitiva comida tempero peão  espada corte sentimento grandeza solidão calor frio movimento imagem moagem sensibilidade olhar equipamento deslocamento desapego viagem trilha lugar amolar pantanal  pampa ponta leme mata pé molhado desenho livro história memória brinquedo miragem ideal esperança desejo você

*leia como quiser, pontue como puder

* Valéria del Cueto é jornalista, fotógrafa e gestora de carnaval. Essa crônica faz parte da série “Ponta do Leme”,  do SEM FIM… delcueto.cia@gmail.com

1 comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

A farsa do fim do mundo (via Prof. Hariovaldo Almeida Prado)

By 

Preclaros, nem mesmo nos Maias se pode confiar, em tempos de domínio petralhístico. Em primeira mão, neste sítio combativo e anti comunista ateu, desvendamos mais esta conspiração, a ser comprovada pelos ilustres servidores da inteligência nacional, como nosso prestimoso Coronel Lalado e demais membros (ops) da forças semi armadas em consistência “frapê”. Em breve, mais esta tentativa conspurcante apocalíptica será publicada no semanário dos homens bons e consumidores do bom feno, acatadas pelo MP, com o apoio do osculador mor Beijo do Gordo II, antigo discípulo deste pobre padre que vos escreve.

Tudo foi minuciosamente planejado, desde o aparecimento do deus PAUAHTUN , famoso por ser cachaceiro, um verdadeiro pau d’agua (de onde deriva seu nome Maia). Segundo o Popol Vuh (escritura sagrada), com o apoio de outro meliante e pretendente ao trono que competia somente aos deuses bons, VUCUB CAQUIX, o arrogante, posteriormente condenado e enjaulado pelo transmorfo.

Continue Lendo via Prof. Hariovaldo

Deixe um comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

O Inferno de David Carr (via Epimenta)

Gosto de ler a coluna do David Carr no site do The New York Times.

Ele escreve sobre mídia, jornalismo, televisão, cultura pop, sempre irônico e classudo no texto, mas um tanto intimidador no vídeo. Assista-o em ação entrevistando os fundadores do VICE no documentário Page One.

Ando pensando nele. Acho que temos coisas em comum, além de fazermos aniversário no dia 8 de setembro. Na verdade, acho que você também tem um pouco de Carr.

Durante anos, bebeu quantidades monumentais de álcool e gostava de cocaína. Tornou-se um viciado em crack, injetava coca na jugular, traficou para sustentar o vício, foi preso, perdeu empregos, amigos, casamentos e a guarda das duas filhas gêmeas. Depois de vários rehabs, deu a volta por cima.

Carr escreveu a história — aparentemente o clichê perfeito da superação — e a publicou em livro nos Estados Unidos, em 2008. Em português ficou A noite da arma (Record, 413 páginas), bem traduzido por José Gradel, um relato pungente, de tirar o fôlego, para usar dois clichês de uma só vez.

Continue Lendo via Epimenta

Deixe um comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

E agora ?

http://www.conversaafiada.com.br/brasil/2012/12/19/novojornal-denuncia-aecioduto-com-lista-de-furnas/#.UNSn8cq0css.em

A propósito :

Veja a bancada do Cachoeira com os 18 que votaram contra o relatório do Odair Cunha (PT/MG) para proteger o bicheiro Carlinho Cachoeira e outros, e fazer pizza:

SENADORES:

Alvaro Dias (PSDB-PR)
Cássio Cunha Lima (PSDB-PB)
Jayme Campos (DEM-MT)
Sérgio Petecão (PSD-AC)
Sérgio Souza (PMDB-PR)
Ciro Nogueira (PP-PI)
Ivo Cassol (PP-RO)
Antonio Carlos Rodrigues (PR-SP)
Marco Antonio Costa (PSD-TO)

DEPUTADOS

Carlos Sampaio (PSDB-SP)
Domingos Sávio (PSDB-MG)
Luiz Pitiman (PMDB-DF)
Gladson Cameli (PP-AC)
Maurício Quintela Lessa (PR-AL)
Sílvio Costa (PTB-PE)
Filipe Pereira (PSC-RJ)
Armando Vergílio (PSD-GO)
César Halum (PSD-TO)

Deixe um comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

Não perca tempo com o que não presta!

Por Beto Bertagna, a caminho do mar, na hora do galo

Assunto de 9 em cada 10 mesas de buteco, as interpretações feitas em pinturas de ruínas da cidade de Xultún ,na Guatemala, se tornaram temas de filosóficas discussões. O fim do mundo do futebol, o fim do mundo da política brasileira, o fim do mundo da educação.  De maias a malas, surgiram especialistas e historiadores explicando, tentando dar ar de ciência à crendice. Dou um humilde conselho, que prá mim funcionou bem antes do fim do mundo. Imagine prá vc um mundo totalmente novo, a partir deste dia 21, um mundo em que você não perderá tempo com o que não presta. Você verá que um raio de luz do centro da galáxia irá impactar o seu Sol , mudando sua polaridade e gerando efeitos devastadores dentro da sua alma.

Não perca tempo com o que não presta!

1 comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

Causa-me espécie !

O blog Causa-me espécie ! (“Causar espécie”, segundo fontes diversas é: Causar estranheza, surpresa, admiração. “esta eu não engulo!” – ‘é de cair o queixo!’ – ‘tô beixta!’) está realizando a enquete do ano para conceder o Prêmio 2012 “Causa-me Espécie ” Top 10 ! Quem você acha que deve recebê-lo ? Segundo o blog pode eleger mais de um !

Deixe um comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

Bispa Sônia, da ‘Igreja Renascer em Cristo’, lança perfume com cheiro de Jesus (via Diálogos Políticos)

Qual será o cheiro de Jesus? Bom, a bispa Sônia Hernandez, fundadora da igreja evangélica Renascer em Cristo, parece saber. Ela lançou no último sábado (15) uma linha com perfume, creme hidratante e sabonete liquido. O kit “De bem com a vida” sai por R$ 79 e, segundo a filha da religiosa, “exala o bom cheiro de Cristo”.

Continue Lendo via Diálogos Políticos

1 comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

Bermuda liberada !

No Rio de Janeiro, o prefeito Eduardo Paes decretou a permissão a partir de hoje do uso de bermudas, bermudões e calças na altura do joelho para os funcionários públicos municipais e para os  motoristas de táxi e de ônibus.  A medida vale até 31 de março. Taí uma boa idéia para ser implantada em Rondônia, onde costuma fazer um calor senegalês. Para os mais críticos, fica a dica : o traje não muda a decência e os valores morais, falou ?

1 comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

Livro reúne fotos de filhotes nascidos em zoológicos pelo mundo (via Ambientalistas em Rede)

O pessoal do site ZooBorns criou uma série de livros com fotografia de filhotes exóticos (e extremamente fofos!) nascidos em zoológicos do mundo todo. Os livros também contam com informações sobre as espécies e têm intuito de ajudar da preservação desses animais através da conscientização das pessoas. Essa é a primeira vez que uma compilação de filhotes selvagens é feita num livro só. Prepare-se para morrer de amor:

Veja mais via Ambientalistas em Rede

3 Comentários

Arquivado em Delírio Cotidiano

Afetados pelos escândalos, Lula e Dilma estão na lanterna para 2014 (via Prof. Hariovaldo Almeida Prado)

By 

Se as eleições presidenciais fossem hoje Lula e Dilma passariam bem longe da vitória, provavelmente trancados na Papuda, que é lugar deles. A nova pesquisa Dataprado revela que eles tem apenas traço e não ameaçam a vitória de Aécio. O detalhe do levantamento é que na espontânea Serrá continua o preferido por mais de 90% dos pesquisados. Pelos dados da incontestável pesquisa, podemos concluir que o lulodilmismo está morto.

Veja,(ôpa) Leia mais via Prof. Hariovaldo

Deixe um comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

A carta de Tendler

“O cineasta Silvio Tendler, de 62 anos, se recuperava de uma cirurgia de descompressão da medula quando cerca de 300 pessoas participavam de uma manifestação em frente ao Clube Militar, na Cinelândia. Era o início da tarde do dia 29 de março deste ano. Um grupo protestava contra o evento, que lembrava o aniversário do golpe militar de 1964, e algumas pessoas chegaram a jogar ovos em oficiais da reserva. Alheio à confusão, Tendler permanecia imóvel numa cama. Mas, na última sexta-feira, nove meses após o incidente, o cineasta foi surpreendido ao receber em casa uma intimação para prestar esclarecimentos numa delegacia, onde foi acusado por ex-militares de constrangimento, segundo O Globo.”

Tendler, que ainda não recuperou o movimento das pernas e vem usando uma cadeira de rodas, foi irônico ao comentar a acusação:.

Responsável pela investigação, o delegado Alcides Alves Pereira, da 5ª DP (Gomes Freire), justifica a intimação dizendo que Tendler teve o nome citado por uma suposta vítima. Segundo ele, o inquérito foi aberto a partir de queixas prestadas por militares da reserva.

Representantes do Clube Militar não foram localizados para comentar o assunto.

Ana Rosa Tendler, filha do diretor publicou no Facebook :

Carta que meu pai fez para o delegado que o intimou:

Delegado,

Dois policiais vieram ontem à minha residência entregar intimação para prestar declarações a fim de apurar atos de “Constrangimento ilegal qualificado – Tentativa – Autor”, informa o ofício recebido. Meu advogado apurou tratar-se de denúncia ou queixa ou sei lá o quê, por parte do “presidente do clube militar” (em letra minúscula mesmo, de propósito).

Informo que na data da manifestação, 29 de março de 2012, estava recém-operado, infelizmente impedido de participar de ato público contra uma reunião de sediciosos, os quais, contrariando à determinação da Exma. Sra. Presidenta da República, comemoravam o aniversário da tenebrosa ditadura, que torturou, matou, roubou e desapareceu com opositores do regime.

Entre os presentes estava o matador do Grande Herói da Pátria, Capitão Carlos Lamarca, e seu companheiro Zequinha – doentes, esquálidos, sem força, encostados numa árvore. Zéquinha e Lamarca foram fuzilados sem dó, nem piedade, quando a lei e a honra determinam colocá-los numa maca e levá-los para um hospital para prestar os primeiros socorros. Essa gente estava lá, não eu. Eles é que devem ser investigados. Eu farei um filme enaltecendo o Capitão Lamarca e seu bravo companheiro Zequinha.

Tenha certeza, Delegado, de que, enquanto eu tiver forças, me manifestarei contra o arbítrio e a violência das ditaduras e, já que o Sr. está conduzindo o inquérito, procure apurar se o canalha que prendeu, torturou e humilhou minha mãe nas dependências do Doi-Codi participou do ”festim diabólico”. Isso sim é Constrangimento Ilegal. E já que se trata de assunto de polícia, aproveite para pedir ao ”constrangedor ilegal” que ficou com o relógio da minha mãe – ela entrou com o relógio no Doi-Codi e saiu sem ele – que o devolva. Processe-o por “apropriação indébita, seguida de roubo qualificado (foi à mão bem armada)”. É fácil encontrar o meliante. Comece pelo Comandante do quartel da Barão de Mesquita em janeiro de 1971. Já que eles reabriram o assunto, o senhor pode desenterrar o processo. É, Delegado, o que eles fizeram durante a ditadura é mais assunto de polícia do que de política!

Pergunte ao queixoso presidente do clube militar se ele tem alguma pista do paradeiro do Deputado Rubens Paiva. Terá sido crime cometido por algum participante da festa macabra, onde, comenta-se, havia vampiros fantasiados de pijama?

Tudo o que fiz foi um chamamento pelo you tube convidando as pessoas a se manifestarem contra as comemorações do golpe de 64. Se este general entendesse ou respeitasse a lei, não teria promovido a festa e, tendo algo contra mim, deveria tentar me enquadrar por “delito de opinião” mas aí, na fotografia, ele ficaria mais feio do que é, não é mesmo?

Por fim, quero manifestar minha solidariedade aos que protestaram contra o “festim diabólico” e foram tratados de forma truculenta, à base de gás de efeito moral, spray de pimenta e choque elétrico – como nos velhos tempos. Bastaria umas poucas grades para separar os manifestantes do povo, que estavam na rua, aos sediciosos que ingressavam no clube. A muitos poderia causar a impressão de estar visitando um zoológico e assistindo a um desfile de símios.

Não perca tempo comigo e com a ranhetice de um bando de aposentados cri-cri, aporrinhando a paciência de quem tem mais o que fazer. Pura nostalgia da ditadura, eles se portam como se ainda estivessem em posição de mando.

Atenciosamente,

Silvio Tendler

 

2 Comentários

Arquivado em Delírio Cotidiano

Uma mulher, Dana Bakdounis (via Epimenta)

Dana Bakdounis, muito interessante essa garota: “Por 20 anos o Mundo Árabe não me permitiu que eu sentisse o vento em meu cabelo e meu corpo”

Veja mais via Epimenta

Deixe um comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

Dos Medos (via cotidiano e outras drogas)

– Oi, filha
– Oi, a benção.
– Deus te abençoe. Tudo bem?
– Não.
– Por que não?
– Porque não, ué.
– “Porque não” não é resposta. O que houve?
– Amanhã tenho prova de geografia.
– E?
– Não consigo me dar bem com a matéria.
– Hum…
– Parece que quando vou fazer a prova, tudo se embola, não consigo lembrar de nada, me dá um branco.
– Você tem estudado?
– Sim! [com entonação de “não”]
– Tem certeza? [com entonação de “pra cima de moi?”]
– Mais ou menos [com entonação de “xi…”]

Continue Lendo via Cotidiano e Outras Drogas

Deixe um comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

O mundo já acabou. (via taniralebedeff)

Estás esperando pelo 21/12/2012 para “chutar o balde”? Espero que não.

O teu mundo, é bem verdade, já deve ter acabado.

Ao menos o meu já acabou. Várias vezes.

Quando a asma não me deixou ir no piquenique do colégio.

Quando Elvis Presley morreu meu mundo acabou e eu chorei tanto que achei que não sobrara lágrima alguma nesses olhos que Deus me deu e que a Terra não há de comer porque eu vou doar. Eu tinha seis anos.

Quando levei um fora. Quando o telefone vermelho que ficava junto à porta verde lá de casa não tocou, o chão se abriu.

Continue Lendo via taniralebedeff

1 comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

Luz, Câmera, Sexo…(via O embaralhador de idéias)

Por Stephanie Araújo

O exibicionismo está tão na moda que ganhou nome: “Sexting”, termo originado da junção das palavras “Sex” sexo e “texting” que designa a troca de mensagens de texto.

Conhecida popularmente como “Sexting” anglicismo que refere-se ao ato de enviar imagens e mensagens pessoais de conteúdos eróticos, sensuais e sexuais pela internet.

Vamos aos Estados Unidos, pais que “lançou” Paris Hilton. Pra quem não se lembra ela se tornou famosa graças a um vídeo caseiro em que aparecia transando com um namorado. Quem não se lembra do caso da modelo Daniela Cicarelli que teve um vídeo publicado no YouTube com cenas que foram filmadas enquanto praticava sexo em uma praia pública da Espanha.

Continue Lendo via O embaralhador de ideias

1 comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

Tigres ficam de 4 para os "bambis" e abandonam final da Sulamericana de forma melancólica

Veja só os comentários no site do jornal El Clarin, da Argentina

Nilson Peghin · ETI -Sao Bernardo do Campo

tigre se acovardou

Manoel Almeida

uma vergonha para os argentinos, o unico jogador que foi agredido em campo foi o Lucas o resto todo mentira de um time fraco, este time deve ser expulso da federação argentina , jogo se ganha em campo e não nos vestuarios, esses jogadores são uns maricons.
Josinaldo Oliveira · Universidade Estadual de Alagoas

Qué equipo es este Tigre? No tiene condiciones de estar en una competición internacional. No va a denegir la imagen de Argentina.
Ronalde Frederico

Miau!!! Miau!! Miau!!! fugiram los gatitos. Rsrsrsrsrsrsrs
Francisco Alexandre de Freitas · Trabaja en Capitale Energia

Tigre no representa Argentina. Cobardes.
Quer conferir? O endereço está aqui.

Deixe um comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

Jornalistas e STF constroem versão bizarra de direito alternativo no Brasil (via RSurgente)

Li, com alguma surpresa, uma chamada na página da Zero Hora on-line nesta quarta-feira, referente a um texto da colunista política Rosane Oliveira: “Não é possível que Lula nada tenha a dizer”. A surpresa deveu-se ao fato de que eu acabara de ler as declarações feitas pelo ex-presidente Lula, ontem, em Paris, qualificando como “mentiras” as mais recentes “denúncias” de Marcos Valério. Como assim não tem nada dizer se ele já disse? – pensei, e fui ler o texto. Nele, a afirmação é qualificada: “Não é possível que Lula se limite a dizer que é mentira”, escreve a jornalista no texto que traz como título: “Fala, Lula, que a casa caiu”. Como assim, não é possível que Lula se limite a dizer que é mentira? O que significa mesmo essa frase?

Pode significar, em linhas gerais: que ele tem que dizer que é verdade, ou, então, que ele tem que provar que é mentira. Inteligente que é, a jornalista sabe que, segundo as regras e princípios que regem o Estado Democrático de Direito no Brasil o ônus da prova é de quem acusa. Então, Lula disse o que tinha que dizer. Cabe a Marcos Valério provar o que disse. A menos, é claro, que se aposte no novo tipo de “direito alternativo” que vem se desenvolvendo no Supremo Tribunal Federal e revolucionando o conceito de “prova”. Assim caberia ao acusado provar que é inocente e não ao acusador provar que ele é culpado, com provas, de preferência. Se não for pedir demais, é claro.

Continue Lendo via RSUrgente

 

Deixe um comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

Morre Ravi Shankar, o mestre indiano da cítara que influenciou os Beatles e os Rolling Stones

Shankar, ao centro, em foto com o Dalai Lama

Shankar, ao centro, em foto com o Dalai Lama

Ídolo dos Beatles aos Rolling Stones, Ravi Shankar faleceu aos 92 anos, nessa terça-feira(11). Shankar, pai da cantora e compositora americana Norah Jones, morreu no hospital Scripps Memorial Hospital em La Jolla, San Diego (Califórnia), nos Estados Unidos, onde passou por uma cirurgia. Shankar, que morava na Califórnia, nasceu em uma família de casta elevada na cidade sagrada de Varanasi, norte da Índia, em 7 de abril de 1920. Ele ensinou o amigo George Harrison, que faleceu em 2001, a tocar cítara e colaborou com o ex-Beatle em vários projetos, incluindo o famoso show para Bangladesh em 1971. Os Beatles chamavam Shankar de “padrinho da música mundial”.

Veja mais no Site Oficial de Ravi Shankar

1 comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

Churrasco Vegetariano (via presuntovegetariano)

Arroz e vinagrete em churrasco de vegetariano é coisa do passado! Existem muitas possibilidades para um delicioso e saudável churrasco. Alguns o chamam de sojasco, mas como faço muitas adaptações de receitas e mantenho o nome original, manterei churrasco mesmo.

Você pode usar o que quiser: proteína de soja, legumes, cogumelos. É só temperar do jeito que preferir e por pra assar, não tem segredo!
Esta foi a primeira vez que fiz esta receita, e foi por intuição. Fiz este churrasco em especial para a parte vegetariana da minha turma de faculdade, e foi aprovado!

Deixe um comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

Um beijo pra você que é retardado nas redes sociais. (via smile, wait :)

Vamos ser realistas, as redes sociais vieram pra ficar. Não tem o que fazer. E se você não aderiu a nenhuma delas, me desculpe, você é um alienígena. Elas surgiram com a melhor das intenções. Para conectar pessoas, para compartilhar pensamentos, textos, vídeos, notícias, fotos, coisas interessantes. Fatos e histórias da nossa vida pessoal, profissional, das questões mundiais, de assuntos polêmicos e até dos mais banais. Elas são facilitadoras para que tudo chegue a todas as pessoas de forma mais rápida e divertida.

Acontece que como tudo nessa vida, tem a parte boa e a ruim. A parte “yay” e a parte “fuéin”. Ao mesmo tempo que as redes sociais acrescentam tanto na vida das pessoas, e tornam pessoas melhores, quase proporcionalmente ela emburrece uma outra parte. E as vezes, com pessoas que são incríveis no mundo offline. Por algum motivo inexplicável elas viram mongoloides no mundo online. Nem Freud explica, nem um psicólogo e nem o cara do TI explica. Ninguém sabe de onde vem essa força maior que deixa as pessoas retardadas virtualmente.

Continue Lendo via smile, wait :)

1 comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

A burrice desenhada (via blog da revista espaço acadêmico)

Por Eloésio Paulo,professor da Universidade Federal de Alfenas (MG) e autor do livro Os 10 pecados de Paulo Coelho.

A burrice, apesar de tantos negarem sua existência, existe de se pegar. João Guimarães Rosa, provavelmente sem essa intenção, evidencia no conto “O burrinho pedrês” a inadequação do substantivo, já que o dito ruminante, nessa narrativa, revela-se muito mais prudente e sagaz que o garboso cavalo no enfrentamento de uma enchente. Mas o uso do substantivo abstrato está de tal modo consagrado que não convém contrariar seu, por assim dizer, direito consuetudinário semântico. Fica aqui, portanto, “burrice” definindo a pouca inteligência em suas várias manifestações, com a devida ressalva à inteligência prática dos burros de quatro patas.

Por que se nega a burrice, em nome do que ela é negada? Há um certo discurso pseudo-democrático que, a propósito de repudiar todas as opressões, a começar pela do Logos (o qual, aliás, tem grande papel emancipador no início de qualquer vida intelectual), confunde liberdade com vale-tudo. Não devia ser bem essa a intenção dos iniciadores da desconstrução das “grandes narrativas”, mas o problema não importa aqui. O que importa é que eles eram muito bem alfabetizados em suas línguas maternas, ao contrário de boa parte dos que hoje se consideram seus seguidores. Em nome da produtividade intelectual, erroneamente medida apenas pelo critério das ciências naturais, justifica-se todo tipo de inacabamento formal e epistemológico. (Sim, isso foi um eufemismo.)

Há vários tipos de burrice. A primeira delas é o déficit intelectual propriamente dito, o qual não merece nenhum reparo, pois não tem remédio nem seu portador tem por ele qualquer responsabilidade. Existe uma burrice passional, muito difundida, que é a do cara que mata a mulher porque se descobre corno. E muitas, muitas outras! Vamos nos restringir à burrice tecnicamente chamada de ideologia, um tipo de auto-engano em que se misturam contingências psicológicas e desinformação. Nada impede que diversas burrices se sobreponham num caso concreto, mas aqui trataremos apenas desse tipo.

Continue Lendo via Revista Espaço Acadêmico

Deixe um comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

Gremistas, temos que melhorar nossa "plantação de batatas" !

Na legenda do jornal alemão, "O gramado do novo estádio em Porto Alegre é como uma fazenda.  foto: HSV / Twitter"

Na legenda do jornal alemão, “O gramado do novo estádio em Porto Alegre é como uma fazenda. foto: HSV / Twitter”

Por Beto Bertagna

Reclamando muito do gramado, dos vestiários e da briga na Geral do Grêmio (coisa de meia dúzia de manés ,como se na Europa não tivesse isto e tudo fosse somente flores), mas recebendo direitinho os 825.000 € . Esta é a visão do jornal Hamburger Morgen Post  , sobre o fato da  alemoada ter levado mais um 2 X 1 nas costelas. No jornal Bild, o diretor esportivo do HSV Frank Arnesen, comparou os torcedores da Geral do Grêmio a um bando de malucos. Nisso ele acertou ! Malucos,doidos pelo Grêmio ! Mas eles tem razão. Se necessário, que se traga todo o gramado do Olímpico !

Leia também : Junto com o velho Olímpico vai um pedaço de mim

1 comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

#Diálogo 068 – Qual é o seu preço? (via SeteFotografia)

Eu lembro que ainda morava em São Paulo, quando um amigo antigo de escola (com o qual não tenho contato próximo há anos), me ligou: “Bellinha, tudo jóia? Estou trabalhando em uma empresa de compras coletivas e sei que você dá cursos de fotografia. Te ligo para saber se você não teria interesse em uma parceria conosco, para fecharmos um pacote promocional de suas aulas aqui com a empresa, daí você garante um mínimo de muitos alunos e uma boa renda somando o pouco de cada um”. Na hora nem pensei muito, andava ocupada com o mestrado e mal sabia quando seria minha próxima turma. “Eita, tou morando em São Paulo e nem sei quando vou ao Recife oferecer um novo curso. Fica para a próxima”.

Nas férias seguintes estive no Recife e abri vagas para um novo curso básico. Trabalho, nas minhas aulas, com cerca de 6 alunos por vez, em um esquema que mais parece um grupo de estudos, na varanda da casa dos meus pais. Cobrei o que achei justo na época: um pouco menos que as escolas de fotografia (pois eu não tinha estrutura física extra, empresa e nem funcionários para manter). Por conta do meu esquema caseiro, obviamente jamais cogitaria a parceria com compras coletivas. Mas lembro que recebi um e-mail do Peixe Urbano oferecendo um curso básico de fotografia na mesma época.

O pacote oferecido era o seguinte: curso de fotografia para iniciantes, de R$350 por R$39. O conteúdo: “focalização, enquadramento, iluminação, diafragma e obturador, princípios básicos da fotografia, fotometria, sensibilidade do ISO, além disso os professores buscam desenvolver o ‘olhar fotográfico’ de cada aluno com uma metodologia dinâmica e motivadora”. Tudo isso em uma carga horária de apenas 6h. Até o último momento em que eu acompanhei a página da oferta, havia 655 compras efetivadas. Bem, 655 pessoas pagando R$39 são quase R$26 mil. Não me parece mau negócio.

Continue Lendo via Setefotografia

Deixe um comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

Junto com o velho Olímpico vai um pedaço de mim

Meu neto Théo no Olímpico

Meu neto Théo , em pleno Olímpico

Corria o cinzento ano de 1964… Acho que neste ano fomos tri na sequência que levaria ao hepta ! O time era (me corrijam se estiver errado) Arlindo, Altemir, Airton, Paulo Souza e Ortunho. Cleo e Sergio Lopes. Paulo Lumumba, Joãozinho, Alcindo e Vieira. O treinador do Grêmio era o “Capitão” Carlos Froner, ex-treinador do Aimoré, de São Leopoldo. Acho que pela primeira vez uma equipe de futebol gaúcho profissional teve um preparador físico,(até então chamado de “fisicultor”) o Major Mário Doernt, auxiliar de Froner no Aimoré, e que tinha umas idéias revolucionárias a respeito da preparação física dos atletas de futebol .  ( Na verdade, Doernt, tinha completado seu curso superior na EsefEx e estava pioneiramente implantando as modernas técnicas de treinamento desportivo). Foi o ano também que o famoso massagista “Banha” , novinho, vinte e poucos anos (e depois com seus mais de 120 kg) chegou no Grêmio, sendo responsável pelo relaxamento muscular dos juvenis e depois auxiliar de Ataíde Carvalho.

Acontece que eu era vizinho do Mario Doernt e as famílias eram e são até hoje, amigas. ( Nilza, ainda morando em Ipanema(viúva) e os filhos Márcio Doernt (médico), a Líquia(Márcia – arquiteta) e  a Marilza (médica) .

Daí para zanzar pelo Olímpico foi um pulo. Imagina para um garoto de 7 anos ficar perto dos seus ídolos e às vezes até participar dos treinos !

Os jogadores corriam de uma lateral a outra do gramado, e a função de nós, moleques, era levantar uma bandeirinha para que o tempo fosse cronometrado. Assim passava o Alcindo, o Airton, o Sérgio Lopes. Quer glória maior ? Além disso os jogadores viviam na casa do Mário, em Ipanema. Um hábito que ele sempre cultivou .  Depois o Maj Doernt, como profissional,  se mudou de mala e cuia para os Eucaliptos e começou a minha outra fase de Olímpico .

Foi com seu Ivo Marques, que tinha uma cadeira cativa e levava todo mundo no seu fusca azul em dia de jogo. Não sei como ele fazia, mas ele procurava um cambista chamado Careca, e chegava na roleta das Sociais e botava todo mundo prá dentro dizendo alto “tudo gremista, deixa passar que é tudo gremista !” O Ivan Marques, o Marco Herrman, o Mauro e o Olyntho devem se lembrar desta época !

Depois mil outras histórias, o chope no gramado suplementar e a Cristina me resgatando das comemorações da conquista do Mundial, a Lê, a Vivica, o Michel (meus filhos) conhecendo o Olímpico, o Renan e o Luizinho Duval na final da Libertadores contra o Boca, o Levy e o Jurandir numa semi da Libertadores decidida nos pênaltis contra um time paraguaio, depois o Michel adulto companheirando o Mercadinho Santo Antônio numa Polar à espera de um Gre-Nal.

Resumindo: só sei que quando começarem a derrubar o velho Olímpico vai junto um pedaço de mim, um grande pedaço feliz.

2 Comentários

Arquivado em Delírio Cotidiano

Retrovisor (via Cotidiano e Outras Drogas)

Mais uma vez o assunto do momento são fotos que vazaram na internet. E, claro, o assunto é seguido por uma série de opiniões da massa que crucifica a menina. Já sabem nome, sobrenome, CPF e identidade da moça. O babaca que publicou as fotos? A única coisa que se sabe  sobre ele é que – além de ser idiota – tem pau pequeno.

Neste momento, a menina, despedaçada, deve estar pensando em mil e uma formas diferentes de sumir do mundo, enquanto o seu ex-parceiro, apenas uma pessoa mesquinha e frustrada, deve estar sorrindo com o intuito alcançado. Entre eles, milhares de pessoas apedrejando a vítima como se fosse culpada, revivendo e aprimorando a cena bíblica de Maria Madalena, com a diferença de que falta um Jesus para enfrentá-los.

Continue Lendo via Cotidiano e Outras Drogas

Deixe um comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

Prá nós, todo o amor do mundo. (via anonimados)

A única certeza da vida é a morte. Frase clichê, mas é a mais pura verdade. Muitas pessoas a dizem, mas será que refletem acerca da mesma? Isso me dá arrepios! Saber que todas as pessoas que eu amo vão morrer me atormenta mais do que aceitar minha própria finitude. Lidar com a morte e sua total certeza é extremamente complexo, senão impossível. Vivemos em meio a muitas incertezas. Não sabemos nada do dia de manhã, embora estejamos sempre planejando. Tudo é roda-gigante, e como diria Chico Buarque, eis que chega a roda-viva e carrega nosso destino pra lá. Buscamos certezas, mas não a temos. Não temos garantia de nada, nem dos nossos próprios sentimentos, pois vivemos numa metamorfose ambulante e mudamos a cada dia. Aliás, devemos ser sempre nós mesmos, mas não os mesmos para sempre.

Continue Lendo via Anonimados

1 comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

Previsão de um Futuro Negro (via Truesingularity)

Você já ouviu uma conversinha de que um buraco negro é uma coisa que tem uma força gravitacional tão grande que nem a luz escapa? Então, isso é uma conversa ridícula. Os buracos negros são muito mais que isso e ao mesmo tempo nada disso. Para contar pra você o que são esses indivíduos vou primeiro fazer um comentário sobre a relatividade geral, uma idéinha daquele tal de Einstein sobre como funciona a gravidade.

A gravidade é uma força de atração entre corpos com massa, quanto mais massa mais forte a força, certo? Não para o Albert. O que está por detrás de tudo (mesmo) é que na presença de um corpo massivo a estrutura do espaço e do tempo são diferentes. Diferentes como? A presença da massa modifica o modo como medimos distâncias ou então a duração de um intervalo de tempo. Para ser mais preciso, considere o planeta Terra. Perto da Terra o espaço e o tempo são diferentes de longe dela, a saber o tempo passa mais devagar na superfície da Terra do que na estratosfera. Isso mesmo, quanto mais longe da Terra mais rápido o tempo passa, o que significa que uma pessoa que trabalha no 10º andar envelhece mais rápido que o porteiro no térreo.

Continue Lendo via Truesingularity

Deixe um comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

Alguns problemas técnicos resolvidos…

Inicialmente peço desculpas a todos os leitores . Em meados de setembro, o blog migrou para uma plataforma mais confiável e profissional , querendo aumentar a qualidade de acesso para os leitores. Nesse processo (aliás, acho que em todos !) algumas coisas acabaram  se perdendo, por mais cuidados técnicos dedicados e com assessoria de gente  competente.

Uma das perdas mais notadas e reclamadas , foi o envio dos e-mails para os leitores cadastrados, toda a vez que era inserido um novo post. Esta investigação para descobrir o problema demorou quase dois meses, por incrível que possa parecer ! Finalmente descobrimos o erro, que para variar, estava no servidor dedicado que contratamos nos EUA para tornar a navegação mais estável e garantir a redundância do blog em caso de perdas .

Com esta etapa superada, peço novamente desculpas. E espero que a partir do início de 2013 o blog aumente a quantidade de artigos e matérias próprias, sem perder um dos nossos objetivos que é rastrear parabólicamente coisas novas e realmente interessantes dentro da blogsfera.

Grato pela compreensão !

Beto Bertagna

1 comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

Como diria o alemão batata, vatzfuden.

Por Beto Bertagna

Porra, o mundo se encaminha para um totalitarismo nazifascista absoluto !

Esta frase, dita em um buteco qualquer regada a uma Polar é mais ou menos o que penso a respeito do sagrado vício de cada um. O cara quer fumar, explodir seu pulmão com as 4 mil e trocentas coisas que dizem que tem dentro de um inocente Holywood vermelho, o problema é dele ! Jogando a fumaça a favor do vento e eu estando do lado oposto, sem problema. Não fumo, mas minha mulher fuma, e não esquento a cabeça com isto. É um verdadeiro nazifascismo o que acontece nas grandes cidades hoje. Nem num buteco ao ar livre, com um toldo que mal protege da chuva e fazendo frio , se permite o tabaco. Que quié isso, companheiro ? Já não basta cortarem a sagrada cerveja nos estádios ? O meu Grêmio nunca mais foi igual depois disso, daí fica aquele bando de sujeito ansioso no Mercadinho Santo Antônio, sentado nas grades forradas com Zero Hora velha, enchendo os tubos antes do jogo porque vai ter que aguentar 120 minutos na seca ! Já pensou uma falta na entrada da área, num Grenal que tá zero a zero e tu não poder nem bicar a Polar meio quente que vendem(vendiam) nos bares do Olímpico ? Como diria o alemão batata, vatzfuden.

Republicado por incorreção

1 comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

"Dito" e feito

foto : Jose Cruz/ABr

foto : Jose Cruz/ABr

Deixe um comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

Virgindade na capa da Veja: bons tempos pra quem? (via Cynthia Semíramis.org)

 

A Veja fez uma capa dedicada a uma mulher que vendeu a virgindade. No facebook a Veja compartilhou a capa com a seguinte legenda “Bons tempos em que a virgindade era perdida”.

É curioso notar que a Veja adora ser o baluarte do capitalismo. Mas se posiciona rapidinho como anti-capitalista quando uma mulher decide vender a virgindade (é direito dela!) em um processo totalmente capitalista.

E me choca o termo “bons tempos” para se referir a “perda da virgindade” (outro termo equivocado – relações sexuais não deveriam ser vistas como uma perda, mas como ganho: trazem novas possibilidades de liberdade e prazer).

Bons tempos pra quem? Pras mulheres é que não era!

Continue Lendo via Cynthia Semíramis.org

Deixe um comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

Deu no G1: Governo boliviano prometeu devolver cerca de 500 carros brasileiros roubados que apodrecem em depósitos de La Paz e Santa Cruz de La Sierra

Em junho de 2011 o presidente Evo Morales anistiou todos os veículos que estavam sem documentos no país.  O governo boliviano recebeu. sob protestos da Embaixada Brasileira,  uma lista com todos os carros roubados no Brasil nos últimos anos . Além dos carros brasileiros, a Bolívia também recebia automóveis roubados no Chile e na Argentina e a taxa de regularização renderia aos cofres bolivianos cerca de US$ 200 milhões, ou R$ 400 milhões. No entanto, as negociações estão paradas. Entre outros entraves, o governo boliviano quer que o Brasil pague o aluguel dos estacionamentos, de US$ 500 mil, cerca de R$ 1 milhão.

Veja a matéria completa no site G1

Deixe um comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

O paraíso é aqui

1 comentário

23/11/2012 · 00:14

O silêncio do poeta

“As pessoas que a gente preza não conseguem morrer “ – frase de Walter Bartolo, em depoimento para o meu documentário “Divino,Cem Vezes Divino”, 1994. Minha homenagem a este grande homem que Rondônia perde.

1 comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

Assédio sexual psicológico

Por Allan Bik de Barros

Aquela garota é “bunitinha” e sensual pra danar.
Quando vai trabalhar de saia curta, então… Me deixa de “saia curta” pois não consigo despregar os olhos dos seus tornozelos e joelhos bem torneados numa verdadeira tortura  psicológica e física, me fazendo cometer pecado do desejo à mulher do próximo quando o próximo está distante.
Um tesãozinho tão fofinho, uma bonequinha tão cheirosinha, que dá vontades de morder, lambuzar-se a noite inteira em esfrega-esfregas infindáveis e coitos ininterruptos.
Essa coisinha divina não nasceu pra trabalhar.
É pra botar  quietinha na cabeceira da cama como um pedestal de prazer  e usufruir com gana, êxtase, tesão tresloucado, quando acordado e sonhar fazendo tudo de novo, enquanto dormindo.

(Allan Bik deu o ar de sua graça, ressurgindo das cinzas…)

1 comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

A nação em festa com a libertação de um perseguido político (via Prof. Hariovaldo Almeida Prado)

A Marginal Pinheiros em júbilo comemora a libertação daquele que foi jogado nas masmorras comunistas por sua luta devotada contra o bolchevismo atroz do PT e dos asseclas do mal, cerrando fileira junto aos valorosos combatentes do semanário dos homens bons nas busca da verdade, da justiça e da legalidade.

Continue Lendo via Prof. Hariovaldo

3 Comentários

Arquivado em Delírio Cotidiano

Para que as saias de Lucas continuem rodando (via Território de Maíra)

A vida pode ser supreendentemente cruel. Um dia você é convidado para ser árbitro de um campeonato de voleibol em Pernambuco e acha a ideia para lá de interessante. No outro, você está caminhando pela praia de Cabo de Santo Agostinho, olhando a Lua e as ondas do mar, pensando na tal competição, e é morto de uma maneira atroz, sem saber muito bem como nem o porquê. Seu corpo é encontrado todo ensanguentado, com sinais de espancamento, mas calaram sua voz para apontar os responsáveis. Levaram tudo que você vestia, menos a cueca.

Não, não é a vida que é cruel. São as pessoas.

Continue Lendo via Território de Maíra

Deixe um comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

Grêmio empata com a Lusa : Palmeiras cai para a Série B

fonte: futerock.com

fonte: futerock.com

Com o empate entre Grêmio X Portuguesa em 2 a 2 em jogo disputado no Estádio Canindé, em São Paulo, o Palmeiras, que empatou com o Flamengo em 1X1, está rebaixado para a Série B do Campeonato Brasileiro. Com o resultado a Portuguesa ocupa a 16ª colocação com 41 pontos, escapando da zona de rebaixamento a apenas um ponto à frente do Sport, primeiro time da zona.O Grêmio manteve a vice-liderança e o direito de disputar a Libertadores em 2013. O próximo jogo do tricolor  é contra o também rebaixado Figueirense, em Floripa, no próximo domingo (25). Com a queda do Verdão se confirma a profecia feita por São Marcos no blog futerock.com

Deixe um comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano