Arquivo do dia: 31/12/2012

Diário dos homens bons homenageia as bodas de herói brasileiro (via Prof. Hariovaldo Almeida Prado)

By 

Feliz a pátria que possue a seu serviço uma imprensa livre e ética, na mão de poucos, mas justos e intelectualmente honestos homens de bens e benz, (perdoando pelo pleonasmo), sem a imposição de regulamentações autoritárias, aliás sem qualquer necessidade de regulamentação, tamanha a isenção e seriedade com que a gentalha é informada.

Feliz a pátria em que heróis perseguidos pela sanha populista de ateus bolivarianos bolcheviques, são homenageados em suas bodas, assunto de interesse público, por uma magnífica cobertura.

Feliz a pátria em que nossos (das pessoas de qualidade, das que contam, dos bem nascidos, naturalmente) órgãos de informação e notícias transbordam boas intenções e homenageiam quem realmente merece.

Feliz a pátria em que governos comunistas e populistas são tratados como merecem.

Graças a San JoséMaria de Escrivá Balagüer e a San Francisco Franco,  é o caso da Terra de Vera Cruz, também conhecida como Estados Unidos do Brazil, que possue uma imprensa livríssima de propriedade de   grandes   filhos  da  pátria.

Continue Lendo via Prof. Hariovaldo

1 comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

Hoje, dia 31 tem Bloco Mistura Fina

Saindo do Bar do Antônio Chulé, neste dia 31 um dos mais tradicionais blocos de carnaval de Porto Velho dá as suas caras ao ano que chega, reunindo sambistas, foliões, curiosos, avulsos, passantes e bêbados pelo percurso oficial. O bloco sai no final da tarde  pela Joaquim Nabuco, Mal Deodoro, Almirante Barroso, Avenida Brasilia, Av. Sete de Setembro, pedaço da Avenida Nações Unidas, Tenreiro Aranha, Carlos Gomes e volta ao Antônio Chulé, na rua Bolívia.  A concentração começa às 2 da tarde, com muita cerveja gelada e farinha de trigo pronta prá pintar de branco o folião, que certamente estará “comemorando” o aumento dado ao prefeito, secretários e vereadores de Porto Velho neste último dia do ano. Quá !

2 Comentários

Arquivado em Delírio Cotidiano

Deu no G1 : Brasileiro vai à Bolívia recuperar motocicleta roubada na fronteira

Foto: Helen Batista/G1

Jociane Pereira Marques, uma dona de casa de Guajará-Mirim (RO), no noroeste do Brasil,  teve que investigar por conta própria o paradeiro de sua motocicleta, um modelo de 150 cilindradas, roubada no dia 19. O veículo foi levado para Guayaramerín, cidade boliviana fronteiriça localizada do outro lado do Rio Mamoré depois que dois homens em outra motocicleta a abordaram, apontando  uma arma para ela e exigindo que entregasse a motocicleta

Devido a greve da Polícia Civil em Rondônia, o roubo não foi investigado e então o marido de Jociane, Francisco Rodrigues da Silva, resolveu investigar por conta própria.

Francisco foi até Guayaramerín e alugou um mototaxi para percorrer as ruas da cidade. Francisco conta que logo encontrou a motocicleta de Jociane.  “Quando passei perto dela [motocicleta] a reconheci, pedi para o mototaxista dar uma volta, quando cheguei perto tomei a chave do boliviano e a levei para a delegacia”, relata.

Continue Lendo via G1

Deixe um comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

Sapatos contra o racismo. O natal em que fui barrado na portaria da Rádio Nacional (via Mamapress)

Neste  dia de natal, acordei pontualmente às 6 horas da manhã. Planejara dormir até mais tarde, para aproveitar o feriado, depois de ceiar com a família  no Brasil, pela primeira vez em minha casa depois de 22 anos.

Muito suco, pernil feito pela minha filha Moema, com pouco sal como o papai precisa, e sobretudo muito carinho.

Estamos no dia 25, são 6 horas da manhã e a pressão sanguínea e o coração, me alertam, e me acordam intranquilo. Como não sou perú de natal, saio mesmo depois da véspera, para caminhar, e meditar sobre o que me incomoda e penso:

O que a gente não faz para estar no Programa Tema Livre na Rádio Nacional, com o amigo Luiz Augusto Gollo e convidados para um papo estimulante no dia 24, na véspera do natal?

A gente  bota o despertador prá tocar às 6 da manhã, bota a cozinha nos conformes com todos os ingredientes, para  que minha filha Moema Petri Romão inicie o preparo da Ceia;

Olha no computador os temas que deseja falar na retrospectiva de 2012;

Acorda a outra filha Papoula Sofie que deseja filmar o programa e partimos sem tomar café,  para a sede provisória da Rádio Nacional, abrigada agora lá no quartel da TV Brasil, na Gomes Freire;

Anda em 2 ônibus e uma barca para o Rio de Janeiro, em um dia daqueles  quentíssimos, em  que peixe sai de casa com abanador e guarda-sol.

Continue Lendo via Mamapress

1 comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano