Arquivo do dia: 15/12/2012

Uma mulher, Dana Bakdounis (via Epimenta)

Dana Bakdounis, muito interessante essa garota: “Por 20 anos o Mundo Árabe não me permitiu que eu sentisse o vento em meu cabelo e meu corpo”

Veja mais via Epimenta

Deixe um comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

Dos Medos (via cotidiano e outras drogas)

– Oi, filha
– Oi, a benção.
– Deus te abençoe. Tudo bem?
– Não.
– Por que não?
– Porque não, ué.
– “Porque não” não é resposta. O que houve?
– Amanhã tenho prova de geografia.
– E?
– Não consigo me dar bem com a matéria.
– Hum…
– Parece que quando vou fazer a prova, tudo se embola, não consigo lembrar de nada, me dá um branco.
– Você tem estudado?
– Sim! [com entonação de “não”]
– Tem certeza? [com entonação de “pra cima de moi?”]
– Mais ou menos [com entonação de “xi…”]

Continue Lendo via Cotidiano e Outras Drogas

Deixe um comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

O mundo já acabou. (via taniralebedeff)

Estás esperando pelo 21/12/2012 para “chutar o balde”? Espero que não.

O teu mundo, é bem verdade, já deve ter acabado.

Ao menos o meu já acabou. Várias vezes.

Quando a asma não me deixou ir no piquenique do colégio.

Quando Elvis Presley morreu meu mundo acabou e eu chorei tanto que achei que não sobrara lágrima alguma nesses olhos que Deus me deu e que a Terra não há de comer porque eu vou doar. Eu tinha seis anos.

Quando levei um fora. Quando o telefone vermelho que ficava junto à porta verde lá de casa não tocou, o chão se abriu.

Continue Lendo via taniralebedeff

1 comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano