Arquivo do dia: 28/11/2012

Deixe um comentário

28/11/2012 · 09:00

Prá nós, todo o amor do mundo. (via anonimados)

A única certeza da vida é a morte. Frase clichê, mas é a mais pura verdade. Muitas pessoas a dizem, mas será que refletem acerca da mesma? Isso me dá arrepios! Saber que todas as pessoas que eu amo vão morrer me atormenta mais do que aceitar minha própria finitude. Lidar com a morte e sua total certeza é extremamente complexo, senão impossível. Vivemos em meio a muitas incertezas. Não sabemos nada do dia de manhã, embora estejamos sempre planejando. Tudo é roda-gigante, e como diria Chico Buarque, eis que chega a roda-viva e carrega nosso destino pra lá. Buscamos certezas, mas não a temos. Não temos garantia de nada, nem dos nossos próprios sentimentos, pois vivemos numa metamorfose ambulante e mudamos a cada dia. Aliás, devemos ser sempre nós mesmos, mas não os mesmos para sempre.

Continue Lendo via Anonimados

1 comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano