Arquivo do dia: 23/11/2012

Alguns problemas técnicos resolvidos…

Inicialmente peço desculpas a todos os leitores . Em meados de setembro, o blog migrou para uma plataforma mais confiável e profissional , querendo aumentar a qualidade de acesso para os leitores. Nesse processo (aliás, acho que em todos !) algumas coisas acabaram  se perdendo, por mais cuidados técnicos dedicados e com assessoria de gente  competente.

Uma das perdas mais notadas e reclamadas , foi o envio dos e-mails para os leitores cadastrados, toda a vez que era inserido um novo post. Esta investigação para descobrir o problema demorou quase dois meses, por incrível que possa parecer ! Finalmente descobrimos o erro, que para variar, estava no servidor dedicado que contratamos nos EUA para tornar a navegação mais estável e garantir a redundância do blog em caso de perdas .

Com esta etapa superada, peço novamente desculpas. E espero que a partir do início de 2013 o blog aumente a quantidade de artigos e matérias próprias, sem perder um dos nossos objetivos que é rastrear parabólicamente coisas novas e realmente interessantes dentro da blogsfera.

Grato pela compreensão !

Beto Bertagna

1 comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

Como diria o alemão batata, vatzfuden.

Por Beto Bertagna

Porra, o mundo se encaminha para um totalitarismo nazifascista absoluto !

Esta frase, dita em um buteco qualquer regada a uma Polar é mais ou menos o que penso a respeito do sagrado vício de cada um. O cara quer fumar, explodir seu pulmão com as 4 mil e trocentas coisas que dizem que tem dentro de um inocente Holywood vermelho, o problema é dele ! Jogando a fumaça a favor do vento e eu estando do lado oposto, sem problema. Não fumo, mas minha mulher fuma, e não esquento a cabeça com isto. É um verdadeiro nazifascismo o que acontece nas grandes cidades hoje. Nem num buteco ao ar livre, com um toldo que mal protege da chuva e fazendo frio , se permite o tabaco. Que quié isso, companheiro ? Já não basta cortarem a sagrada cerveja nos estádios ? O meu Grêmio nunca mais foi igual depois disso, daí fica aquele bando de sujeito ansioso no Mercadinho Santo Antônio, sentado nas grades forradas com Zero Hora velha, enchendo os tubos antes do jogo porque vai ter que aguentar 120 minutos na seca ! Já pensou uma falta na entrada da área, num Grenal que tá zero a zero e tu não poder nem bicar a Polar meio quente que vendem(vendiam) nos bares do Olímpico ? Como diria o alemão batata, vatzfuden.

Republicado por incorreção

1 comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

"Dito" e feito

foto : Jose Cruz/ABr

foto : Jose Cruz/ABr

Deixe um comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

Virgindade na capa da Veja: bons tempos pra quem? (via Cynthia Semíramis.org)

 

A Veja fez uma capa dedicada a uma mulher que vendeu a virgindade. No facebook a Veja compartilhou a capa com a seguinte legenda “Bons tempos em que a virgindade era perdida”.

É curioso notar que a Veja adora ser o baluarte do capitalismo. Mas se posiciona rapidinho como anti-capitalista quando uma mulher decide vender a virgindade (é direito dela!) em um processo totalmente capitalista.

E me choca o termo “bons tempos” para se referir a “perda da virgindade” (outro termo equivocado – relações sexuais não deveriam ser vistas como uma perda, mas como ganho: trazem novas possibilidades de liberdade e prazer).

Bons tempos pra quem? Pras mulheres é que não era!

Continue Lendo via Cynthia Semíramis.org

Deixe um comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

Deu no G1: Governo boliviano prometeu devolver cerca de 500 carros brasileiros roubados que apodrecem em depósitos de La Paz e Santa Cruz de La Sierra

Em junho de 2011 o presidente Evo Morales anistiou todos os veículos que estavam sem documentos no país.  O governo boliviano recebeu. sob protestos da Embaixada Brasileira,  uma lista com todos os carros roubados no Brasil nos últimos anos . Além dos carros brasileiros, a Bolívia também recebia automóveis roubados no Chile e na Argentina e a taxa de regularização renderia aos cofres bolivianos cerca de US$ 200 milhões, ou R$ 400 milhões. No entanto, as negociações estão paradas. Entre outros entraves, o governo boliviano quer que o Brasil pague o aluguel dos estacionamentos, de US$ 500 mil, cerca de R$ 1 milhão.

Veja a matéria completa no site G1

Deixe um comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

O paraíso é aqui

1 comentário

23/11/2012 · 00:14