Arquivo do mês: novembro 2012

Momento histórico para o Brasil : todos os royalties dos futuros contratos de petróleo serão destinados à educação.

A presidenta da República, Dilma Rousseff vetou o Artigo 3º do projeto de lei aprovado na Câmara dos Deputados que muda as regras de distribuição dos royalties do petróleo de campos já em exploração. Além disso, todos os royalties dos futuros contratos serão destinados à educação.

O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, disse que a decisão da presidenta Dilma tem um “grande significado histórico”. “Todos os royalties, a partir das futuras concessões, irão para a educação. Isso envolve todas as prefeituras do Brasil, os estados e a União, porque só a educação vai fazer o Brasil ser uma nação efetivamente desenvolvida”, disse.

A ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, disse que a medida provisória (MP), que será encaminhada para publicação no Diário Oficial da União na próxima segunda-feira (3), tem como premissas o respeito à Constituição e aos contratos estabelecidos, a garantia da distribuição das riquezas do petróleo e o fortalecimento da educação brasileira.

A ministra espera “sensibilidade” do Congresso Nacional para a aprovação da MP e argumentou que a medida vai beneficiar todos os entes federativos. “Estamos chegando num momento que não conseguimos ir para frente, não conseguimos fazer novas concessões porque não temos uma regra estabelecida na distribuição de royalties. Então, começamos a passar para um momento em que todos vão perder. Da forma como estamos mandando a medida provisória, respeitando a distribuição feita pelo Congresso, dirigindo para a educação, acredito que vamos ter a sensibilidade do Congresso Nacional.”

Da Agência Brasil

Saiba quem votou contra os lucros do petróleo para a educação

 

1 comentário

Arquivado em Notícias

Retrovisor (via Cotidiano e Outras Drogas)

Mais uma vez o assunto do momento são fotos que vazaram na internet. E, claro, o assunto é seguido por uma série de opiniões da massa que crucifica a menina. Já sabem nome, sobrenome, CPF e identidade da moça. O babaca que publicou as fotos? A única coisa que se sabe  sobre ele é que – além de ser idiota – tem pau pequeno.

Neste momento, a menina, despedaçada, deve estar pensando em mil e uma formas diferentes de sumir do mundo, enquanto o seu ex-parceiro, apenas uma pessoa mesquinha e frustrada, deve estar sorrindo com o intuito alcançado. Entre eles, milhares de pessoas apedrejando a vítima como se fosse culpada, revivendo e aprimorando a cena bíblica de Maria Madalena, com a diferença de que falta um Jesus para enfrentá-los.

Continue Lendo via Cotidiano e Outras Drogas

Deixe um comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

Para-choque de blog

“Tome a pílula vermelha ou a pílula azul” – The Matrix

Deixe um comentário

Arquivado em Para-choque de Blog

Designer vs Desainer (via EnvergaduraDigital)

Clique na imagem para ir ao site original e ampliar a ilustração

Clique na imagem para ir ao site original e ampliar a ilustração

Veja Mais via EnvergaduraDigital

Deixe um comentário

Arquivado em Curta Milimetragem

Perto do fim do mundo o Brasil não está preparado (via Prof. Hariovaldo)

Perto do fim do mundo, quem quer fugir não pode, o país não está preparado, até porque aqui o fim começou antes, o que impediu os corretos preparativos para a tragédia final, além da tradicional incompetência latina americana, que faz muitos patrícios irem passar os últimos instantes em New York, fugindo do caos e da baderna brasileira. E para piorar o quadro tupiniquim, este (des) governo comunista que aí está nada fez para impedir o fim dos tempos pois para eles quanto pior melhor. Lamentável.

Continue Lendo via Prof. Hariovaldo

1 comentário

Arquivado em Reblog

Deixe um comentário

28/11/2012 · 09:00

Prá nós, todo o amor do mundo. (via anonimados)

A única certeza da vida é a morte. Frase clichê, mas é a mais pura verdade. Muitas pessoas a dizem, mas será que refletem acerca da mesma? Isso me dá arrepios! Saber que todas as pessoas que eu amo vão morrer me atormenta mais do que aceitar minha própria finitude. Lidar com a morte e sua total certeza é extremamente complexo, senão impossível. Vivemos em meio a muitas incertezas. Não sabemos nada do dia de manhã, embora estejamos sempre planejando. Tudo é roda-gigante, e como diria Chico Buarque, eis que chega a roda-viva e carrega nosso destino pra lá. Buscamos certezas, mas não a temos. Não temos garantia de nada, nem dos nossos próprios sentimentos, pois vivemos numa metamorfose ambulante e mudamos a cada dia. Aliás, devemos ser sempre nós mesmos, mas não os mesmos para sempre.

Continue Lendo via Anonimados

1 comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano