A vida vai tão rápido(via Idiotidiano)

Suas lembranças eram de sonhar o dia inteiro. Tudo passou como um raio e aquelas lembranças se tornam um borrão. Não pode deixar de se revoltar com o que lhe tiraram: carreira, sucesso e habilidade. Sua conduta era irrepreensivelmente medíocre fora dos rinques. Repetia chorando diante do espelho jamais ter sido tamanho pecador para merecer este castigo físico. Um acidente no qual ninguém se machucou, somente ele que ia no banco de trás dormindo. O carro derrapa no asfalto congelado e bate com a lateral contra um poderoso pinheiro. A lateral do Henrique. A cabeça cortada, fragmentos de vidro nos olhos e um cotovelo esmagado enquanto ninguém mais sofreu nada.

Ele foi um bom momento, pensou. A vida vai tão rápido que só fazemos o que achamos certo. Fechando os olhos e o que passou por sua cabeça foi a história da sua vida. Os bons momentos vão e vêm e tudo aquilo que queria era que durassem um pouco mais. Em sua mente apenas cabia a reflexão sobre os que teve e o por quê deles terem um fim.

Continue lendo via idiotidiano

1 comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

Uma resposta para “A vida vai tão rápido(via Idiotidiano)

  1. norma7

    Oi Beto,
    (usando esse espaço p/info que eu citei você, no Blog da Marligo) :
    Quote
    Oi, Marli,
    (policiando-me p/não ser a usual prolixa e 1/2 sem tempo, mas…)

    1) Hai-kai

    “Jamais”, assim, em francês

    É uma palavra forte

    Mas é.

    Beto Bertagna

    (a quem devo e agradeço, via seu Blog “Beto Bertagna a 24 quadros”, ter conhecido o teu)

    Quem nunca … julgou preciptadamente o outro? Campanha mal feita? Descuidada? Só que não!
    Vejo maldade em aproveitar-se da campanha oficial para lançar o seu veneno contra àqueles que tem uma escolha diferente da minha. Ai…ai…ai: julgo e condeno sem ver a totalidade do humano (o ‘outro’ você que ali está) Reconheço em mim o ódio que vejo nesses preconceituosos: Vontade de pular na carótida…. sair matando à pau!

    Não! Pera aí!
    Lembrando-me do há dias lido:

    “A melhor intervenção, que eu vou adotar, foi a de uma professora de escola pública, que contou que um menininho estava brincando de boneca. O pai chegou, viu aquilo, e quis saber, revoltado: “Quequifoi?! Virou gay agora?”. E o garoto, com toda a inocência que é peculiar às crianças que ainda não aprenderam a ser preconceituosas, respondeu, calmamente: “Não, virei pai”. Não é o máximo?
    Fonte: Escreva Lola Escreva”

    Oi!? Há esperança contra preconceitos idiotas? Sim, em abudância – vinda de todos os lados e faixas etárias…

    Só a guiza de um esclarecimento maior: 1) Meu pai, carioca encontrou o Amor de sua vida em Recife e teve uma ‘pedreira’ em seu caminho (rs), até torná-la m/mãe; 2) O seu sogro (m/avô materno), carioca da gema – família com nome em rua de Ipanema/RJ -, tomou ao ficar viúvo, a segunda maranhese de sua vida; 3) A Astrologia diz que filhos não são ‘marca pessoal’: Certo. Mas o meu tem pai pernambucano. Estou devidamente credenciada a falar dos Nordestinos? Pois bem: Há idiotas em todas as partes desse mundaréu de Deus…Pisc*

    2) Quanto ao cunho religioso (será?) do grupo que assina o banner:

    “Eu só poderia crer em um Deus que soubesse dançar: Assim falava o sábio Zaratrusta de Nietzsche” – Nando Pereira (http://dharmalog.com/2012/08/09/eu-so-poderia-crer-em-um-deus-que-soubesse-dancar-assim-falava-o-sabio-zaratustra-de-nietzsche/)

    e esse não seria cruel…. Nac.

    E, apesar de Budista de Nitiren Daishoni , creio que:

    As religiões são caminhos diferentes convergindo para o mesmo ponto. Que importância faz se seguimos por caminhos diferentes, desde que alcancemos o mesmo objetivo?
    Mahatma Gandhi

    te envio, Marli, “Om Mani Padme Hum” (Buda da Compaixão) (Version Original Extendida Encanto Tibetano)

    para celebrar à volta ao equilíbrio e sanidade: DANCEMOS!

    Boa Sorte!
    Bjo Norma
    Unquote

    Nac.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s