Arquivo do dia: 24/08/2012

Anatel determina gratuidade nas ligações de orelhões da Oi

Por Sabrina CraideRepórter da Agência Brasil

A partir do dia 30 deste mês, as ligações locais para telefones fixos feitas em orelhões da operadora Oi em 2.020 municípios não poderão ser cobradas. A medida, determinada pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), faz parte do Plano de Revitalização de Telefonia de Uso Público, que começou em agosto de 2011.

A Anatel exigiu de cada uma das concessionárias um plano de vistoria e reparo dos orelhões e melhoria nos sistemas de supervisão. Como a Oi não atingiu integralmente os objetivos do plano, especialmente em relação à densidade de orelhões por número de habitantes e aos reparos nos telefones, foi feito um acordo com a agência para isentar a cobrança da ligação. A gratuidade vale até outubro ou dezembro, de acordo com o problema apresentado pela operadora em cada cidade. A Oi tem atualmente 760 mil orelhões no país.

Desde abril, a mesma proibição de cobrança foi determinada para a Embratel, nas chamadas nacionais de longa distância feitas por meio do código 21 nos 1,5 mil orelhões sob responsabilidade da concessionária. A medida, que vale até 31 de dezembro, foi decidida pela Anatel por causa do desempenho insatisfatório da concessionária na execução do plano de revitalização da telefonia de uso público.  A Oi deverá investir R$ 170 milhões para revitalizar os orelhões do país.

Veja aqui em PDF a relação das cidades que terão ligação grátis da OI

Deixe um comentário

Arquivado em Curta Milimetragem

Linguagem não verbal das emoções : Tristeza e angústia (via Sociedade Primata)

Para identificar uma emoção é necessário saber quais os musculos que envolvem sua expressão facial. Primeiro dê uma olhada na face neutra e os músculos de expressão:

Para identificar uma emoção é necessário saber quais os musculos que envolvem sua expressão facial. Primeiro dê uma olhada na face neutra e os músculos de expressão:

Já havia começado a falar sobre expressões faciais, neste post . De fato acabei lendo bastante sobre o assunto, porém acabei não prosseguindo com a ideia por aqui.

Darwin já havia descrito as emoções humanas em seu livro “A expressão das emoções nos homens e nos animais”, lançado 13 anos após a 1ª edição de a origem das espécies. Partindo do mesmo pressuposto, Paul Ekman passou a pesquisar como as emoções se manifestam na face humana . Ele constatou as mesmas emoções ‘puras’ que Darwin havia descrito: tristeza (ou angústia) , raiva, surpresa, medo, aversão, desprezo e  felicidade.

Neste post abordarei como identificar expressões de tristeza e angústia- ambas se manifestam da mesma forma semelhante, poderia até se dizer que a angústia é um estado ‘pré-tristeza’. De fato, não existe uma distinção clara entre as expressões, que pertencem a estes dois sentimentos.

Continue Lendo via Sociedade Primata

 

1 comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano