Arquivo do dia: 21/08/2012

Eu sou uma bagunça.(via Entre todas as coisas)

Por

Se aquieta, vai. Garanto que tudo não passa de mais uma daquelas suas crises de meio-amor e que isso vai passar logo. Se não for nesse gole, passa no outro. Se inquieta, vai. Essa agonia vai subindo len-ta-men-te pela sua garganta acima. Deu um nó, então desata. Não consigo. Então desanda logo de uma vez. Chegou a sua carona, ou só mais uma distração. Quantas distrações você já usou para justificar isso? Vai logo, porque já é tarde. Quando voltar – e se voltar – me responde. Ou se distraia de vez e fim do problema.

E todas essas pessoas achando que estão certas. E todas elas achando que estão certas em ouvir você. Mas não ouvem. Não escutam conselhos palpitantes – e nem eu escuto também, pra dizer a verdade. Já revirou tudo hoje e botou tudo pra fora. Já sufocou e se deixou de lado por um tempo. Só por um tempo. Quase nada. De-li-ca-da-men-te. Já deu a volta por trás e abriu um sorriso. Mas não sabe mesmo como é que arrumou essa confusão toda. Não precisa de pressa, só não precisa me deixar sozinho agora. Isso assusta. Acho mesmo é que você brinca comigo.

Continue Lendo via Entre todas as coisas

Deixe um comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

Para amar alguém nesta terça…

Para amar alguém nesta terça-feira…

1 comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano