Arquivo do dia: 20/07/2012

Imprensalão internacional do PT ataca novamente (via Prof. Hariovaldo Almeida Prado)

By 

Mais uma vez os petrodólares do présal são desperdiçados pelo (des)governo dilmístico no exterior bancando reportagens mentirosas de propaganda comunista, visando ofender aos princípios liberais e a livre empresa mundial, atentando contra a lei natural onde se lê que só os mais fortes sobrevivem, máxima essa aplicada e aceita pelos cidadão norte americanos, verdadeiros heróis que impedem que o demoníaco plano de saúde obâmico seja aprovado no Congresso.

Chegam ao cúmulo de transcreverem trechos dos panfletos marxistas e postarem nos sítios noticiosos como se fossem “reportagem” séria. Confiram se as linhas a seguir não foram escritas por membros do comitê central: “Os brasileiros nos mostram que o direito à saúde precisa ser discutido incessantemente em debates políticos, independentemente dos inúmeros desafios que os sistemas de saúde possam enfrentar. Os brasileiros nos mostram, ainda, que a saúde é um bem comum que todos os norte-americanos deveriam apoiar” 

Se isso não é propaganda comunista ostensiva eu queimo minha coleção do Semanário dos Homens Bons!

Continue Lendo via Prof. Hariovaldo

Deixe um comentário

Arquivado em Reblog

Blog do Tarso

 

A assessora jurídica parlamentar do senador Ciro Nogueira (PP/PI), Denise Leitão Rocha, que chamou atenção na CPI do Cachoeira por seus atributos físicos e já passeou com o deputado federal Romário (PSB/RJ), será demitida do gabinete, após o vazamento de um vídeo caseiro com cenas de sexo que está disponível na internet.

Mas ela está garantida financeiramente. Já recebeu convite para posar nua na revista Playboy e vai processar quem postou o vídeo erótico na internet.

Pergunta que não quer calar: para que tantos cargos de confiança, sem concurso público, no Congresso Nacional?

Ver o post original

1 comentário

Arquivado em Efêmeras Divagações

Blog do PublishNews

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, o Brasil possuía 14,1 milhões de analfabetos maiores de 15 anos em 2009, ou 9,7% desta população. Os dados foram publicados em 2010 na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) e referem-se ao ano anterior. O número vem diminuindo timidamente. Era 11,5% em 2004, por exemplo. E, considerada a história social no Brasil, a taxa de analfabetismo nacional até surpreende de maneira positiva. Mas como o mercado editorial deve interpretar e analisar tais dados? Se 9,7% são analfabetos, isto quer dizer que o mercado potencial de compradores de livros é 90,3% da população acima de 15 anos? Infelizmente, ainda estamos longe disso, como mostra a pesquisa Indicador de Alfabetismo Funcional (Inaf), cuja edição de 2011 acaba de ser publicada pelo Instituto Paulo Montenegro e pela ONG Ação Educativa.

A importante iniciativa completou 10 anos, e agora é possível uma visão…

Ver o post original 849 mais palavras

Deixe um comentário

Arquivado em Efêmeras Divagações

Deixe um comentário

Arquivado em Efêmeras Divagações