Claudio Willer

Assisti, ontem à noite, sábado dia 14 no horário das 22 h, à exibição do filme Uivo (Howl) de Robert Epstein, com James Franco e Jon Hamm, pelo Max, canal 79 da Net. Assim como havia acontecido na Mostra de Cinema de São Paulo no final de 2010, é utilizada toda a minha tradução do extenso poema Uivo, de Allen Ginsberg – sem autorização, sem nunca haverem falado comigo e sem os créditos ou qualquer indicação de autoria da tradução. Há mais seis exibições programadas para este mês: próxima quarta-feira às 23 h, sexta-feira dia 20 às 23:55, e outras.

Comprova-se, portanto, o que eu havia denunciado neste blog, em http://claudiowiller.wordpress.com/2012/07/13/allen-ginsberg-direitos-autorais-profissionalismo-e-pirataria/ .

Há mais, porém. As legendas reproduzem inequivocamente a tradução publicada em Uivo e outros poemas, L&PM, adotando soluções que são pessoais, criação minha, desde a primeira frase, onde para I saw the best minds…

Ver o post original 340 mais palavras

Deixe um comentário

Arquivado em Efêmeras Divagações

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s