Caixa eletrônico resistente à dinamite

As empresas Diebold e a TecBan, administradora da rede Banco24Horas, apresentaram o ATM Seguro, um projeto de terminal eletrônico que custou US$ 1 milhão, e  em que a caixa onde fica o dinheiro não é destruída por explosões. Além disso, as notas são manchadas com uma  tinta que  não sai nem com água nem com solventes. Em um caixa tradicional, a porta do terminal sempre é a primeira a explodir e os ladrões conseguem acesso ao cofre onde está o dinheiro. Agora, as ondas são direcionadas para o topo do terminal. O cofre onde fica o dinheiro também é resistente a outras técnicas usadas pelos bandidos, como maçaricos e furadeiras. Para se ter uma idéia do tamanho do problema, o Brasil inteiro tem 180 mil caixas eletrônicos. Outro abacaxi a ser descascado  é que a tendência será a migração do crime para ações de outra natureza.

Deixe um comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s