Altos teores de ácidos graxos da semente de girassol controlam níveis de colesterol

A alimentação representa 20% do nível de colesterol, cuja alteração se relaciona a problemas cardiovasculares. Alguns alimentos, como a semente de girassol,  podem ajudar a controlá-los. “A semente de girassol contém elevado teor do ácido graxo poliinsaturado linoléico (ômega 6) e do ácido graxo monoinsaturado oléico (ômega 9), nutrientes essenciais ao organismo, ou seja, não produzidos pelo corpo. Por isso, precisamos extraí-los da alimentação”, afirma Bruna Murta, nutricionista da rede Mundo Verde.

O alimento é, também, excelente fonte de vitamina E – com ação antioxidante, é outra substância importante na prevenção de doenças do coração, além de proteger a pele da radiação ultravioleta, evitando o envelhecimento precoce. Reduz, ainda, o risco de câncer de pele, de cólon, bexiga e de próstata e protege a membrana celular e os neurônios, evitando a oxidação da molécula do colesterol, ajudando no seu controle e na prevenção de aterosclerose. A vitamina tem um significativo efeito antiinflamatório, sendo benéfica em casos de osteoartrite e artrite reumatóide.

A semente é rica em fitoesteróis, compostos encontrados em plantas com estrutura química semelhante a do colesterol, que, se ingeridos em quantidades suficientes, podem reduzir os níveis sanguíneos de LDL e diminuem o risco de câncer. Fonte de selênio, mineral de ação antioxidante que inibe a proliferação de células cancerosas e induz à morte de células cancerígenas.

Rica em fibras, a semente auxilia na prevenção da constipação intestinal e causa saciedade. Por isso, pode auxiliar no emagrecimento, já que auxilia na redução do apetite. Também é fonte de magnésio – mineral que mantêm os nervos relaxados e é importante para a formação óssea. Contém cobre que é fundamental para a função das enzimas envolvidas na ligação do colágeno com elastina, proporcionando resistência e flexibilidade nos ossos e articulações .

Como consumir:

Sementes de Girassol: podem ser consumidas torradas, como aperitivos ou adicionadas a receitas de pães, bolos, cookies, farofas. Também podem ser adicionadas às saladas ou aos ovos mexidos. Polvilhe as sementes em cereais quentes ou frios.

Óleo de Girassol: De sabor suave, pode ser utilizado no preparo dos alimentos e adicionado em saladas, cozidos, conservas.


1 comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

Uma resposta para “Altos teores de ácidos graxos da semente de girassol controlam níveis de colesterol

  1. norma7

    Só faltou dizer que é rica em ferro.
    A industrializada (tostada e salgada) exige um certo cuidado: excesso de sódio. ;)

    P.S. As sementes de abóboras tostadas no forno…fazem uma paçoca deliciosa! Hummm (nunca dá para quem quer!)
    http://www.docelimao.com.br/site/linhaca/540-a-semente-de-abobora.html

    _/\_ Nac.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s