AnsiaMente

 

Por Carmen Guerreiro

 

Algumas das pequenas coisas que acontecem no nosso dia a dia não conseguimos esquecer. Em especial porque incomodam muito.  Para mim sempre foi difícil entender a falta de medida, respeito e bom senso de certas pessoas em relação às outras…

Eu estava na fila do caixa rápido do supermercado certa vez e a cliente da minha frente destratou completamente a moça que trabalhava no caixa.

Não me lembro mais as besteiras que ela disse (já passaram-se alguns meses), mas chegou a chamar a funcionária de “burra”. E ainda insistiu no assunto e insultou a moça mais um pouco.

Era uma mulher de seus mais de 50 anos que claramente tinha muito dinheiro: ostentava roupa de marca e dezenas de tratamentos estéticos visivelmente caros. E claramente se colocava acima dos outros por causa disso. A funcionária não respondeu em momento algum, mas eu pude ver que ela…

Ver o post original 297 mais palavras

1 comentário

Arquivado em Efêmeras Divagações

Uma resposta para “

  1. norma7

    Beti:
    Gostei do texto, mas não do título. E não se trata do:
    “Já fui rico e já fui pobre! Ser rico é melhor!”- do John Steinbeck (Vinhas da Ira ?) e sim, por um certo maniqueísmo que CHEIRO no ar, além do combustível dos aviões de carreira (Rio + 20, lembra-se?).
    Afinal, nem todo pobre é honesto e nem todo rico é ladrão… (substitua pelo adjetivo + apropriado, à escolha)
    Já tive mais dificuldades em aceitar esse tipo de “arrogância”. Hoje, apesar de continuar me fazendo mal, já consigo ver, que o mais digno da minha ‘piedade’ é sempre o agressor. É ele que precisa se cuidar. Olhar com carinho e verificar o por quê do seu complexo de inferioridade, que o leva a maltratar os que ele ‘julga’ ser seus ‘inferiores’ e partir para a ‘cura’!
    E Platão (427 A.C. – 347 A.C) que já sabia das coisas, disse: “Seja gentil, porque cada pessoa que você encontra está lutando uma batalha dura”.
    Fiquem bem!
    ++++++++++
    P.S.: Já estive duro, mas nunca fui pobre. A pobreza é um estado de espírito e a falta de dinheiro é apenas temporária. (Mike Todd)
    (O milionário Mike Todd, o primeiro grande amor da vida de Elizabeth (Taylor) e seu 3º marido, morreu num acidente aéreo antes de completarem um ano de casados.)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s