Arquivo do dia: 08/06/2012

Para-choque de blog

“Não me segue que eu tô sem rumo…” – Anônimo

Deixe um comentário

Arquivado em Para-choque de Blog

blog da Raquel Rolnik

Uma das dificuldades de se medir exatamente quais são as necessidades habitacionais do país é a ausência de dados oficiais, universais e produzidos periodicamente sobre a condição urbana dos locais onde as moradias estão inseridas.  O IBGE divulgou recentemente uma novidade do censo de 2010 que são os dados sobre a presença, no entorno dos domicílios, dos chamados “melhoramentos urbanos”.

Pela primeira vez, o órgão buscou informações sobre as características das ruas onde estão os domicílios urbanos. Basicamente, o IBGE procurou saber se as ruas têm nome, se há iluminação pública, arborização, pavimentação, calçadas, guias, rampas de acesso a cadeirantes, bueiros ou bocas de lobo, e também se existe esgoto a céu aberto e lixo acumulado nas ruas.

Analisando os resultados e cruzando estas informações com a renda dos moradores, já era de se esperar que, quanto maior a renda, maior a presença dessas melhorias no entorno. Enquanto na…

Ver o post original 608 mais palavras

1 comentário

Arquivado em Efêmeras Divagações

Deu no site G1 : Smartphones protegem reserva indígena Suruí, em Rondônia

Rondônia é uma parte do Brasil onde o desmatamento avança em diferentes frentes. Além dos canteiros de obras das hidrelétricas de Santo Antônio e Jirau, no rio Madeira, há as plantações de café, o crescimento rápido da pecuária e a exploração ilegal de madeira. Por tudo isso, não deixa de ser curioso que aproximadamente nove etnias indígenas permaneçam até o momento isoladas no estado.

Não foi assim com os índios paiter-suruí. O primeiro contato com eles aconteceu durante a construção da BR-364 (Cuiabá-Porto Velho) no final da década de 1960. Uma história dramática que deixou marcas profundas na trajetória desse povo. Quase toda a aldeia foi dizimada pelo vírus do sarampo. Aproximadamente 5 mil índíos morreram, e entre os 299 sobreviventes restaram poucos adultos com perfil de líder. Em meio a essa tragédia, Itabira, com apenas 16 anos, foi eleito o novo cacique. Testemunhou a drástica redução do território suruí, a marginalização de seu povo, a desagradável e inédita dependência de ajuda do governo brasileiro, e a necessidade de vender madeira da reserva para a própria subsistência da comunidade.

O link da matéria completa você encontra AQUI .

Deixe um comentário

Arquivado em Ao Norte

1 comentário

Arquivado em Efêmeras Divagações

)

Deixe um comentário

Arquivado em Efêmeras Divagações

Regra 34

Tem gente que é fã da Madonna, tem gente que é fã do David Bowie. E tem gente que, como eu, também é fã de Stephen Hawking.

Não só pelo fato de que, aos 70 anos, paralisado pela esclerose lateral amiotrófica, seja um dos mais brilhantes cientistas de nosso tempo, tendo ocupado a cátedra de professor lucasiano de Matemática em Cambridge, posto que já foi de Newton.

Sou fã de Hawking porque ele curte a vida.

Comecei a me interessar por ele quando ouviram-se as primeiras histórias de supostas agressões ao professor, há doze anos. Entre os suspeitos, enfermeiras, acadêmicos e ex-mulheres.

Por qual motivo alguém iria agredir uma pessoa com tais limitações físicas?

A doença foi detectada quando ele tinha 21 anos e, desde então, utiliza um sintetizador de voz para se comunicar. Gradualmente, foi perdendo o movimento de braços e pernas, assim como do resto da musculatura voluntária, incluindo…

Ver o post original 478 mais palavras

2 Comentários

Arquivado em Efêmeras Divagações