Renzo Mora

Uma velha história: No século 19 a Igreja Católica perdeu grande parte de seus poderes em razão da Revolução Italiana. Como contrapartida, o Papa Pio IX ordenou ao Concílio Vaticano que passasse a doutrina da infalibilidade papal inquestionável. Paralelamente, ele recebeu 40 milhões de liras para administrar a seu bel prazer. E com isso veio o Banco do Vaticano.

Em 1968, autoridades do Vaticano contrataram Michele Sindona como um conselheiro financeiro, apesar de passado questionável de Sindona. Sindona era o principal responsável pelo afluxo maciço de dinheiro para o banco, que incluía a a lavagem de dinheiro da família mafiosa Gambino de heroína, proveniente da venda de heroína, levando uma comissão de 50%. 

Vale lembrar que a Igreja Católica é uma grande empresa religiosa e, ao mesmo tempo, econômico-financeira – como toda igreja de qualquer orientação religiosa. Não pode ser dirigida sem dinheiro, daí o bispo americano Paul Marcinkus, secretário…

Ver o post original 1.197 mais palavras

1 comentário

Arquivado em Efêmeras Divagações

Uma resposta para “

  1. norma7

    Dinheiro não é NADA perto de quem detém a INFORMAÇÃO.
    Mas continua sendo arriscado…
    Fiquem Bem!
    +++++++++++

    Os que tinham a terrível missão de transmitir ao soberano, notícias desagradáveis. Tudo isto porque o rei, num acesso de fúria, podia querer descontar o ódio da notícia no pobre anunciante. Algo tão útil quanto culpar o termômetro pela febre do doente.

    Conta história que Dario III, rei da Pérsia, cometeu erros de estratégia que o levaram a ser derrotado por Alexandre, o Grande. Informado do infortúnio, Dario III mandou matar Charidemos, que o avisara onde suas decisões o levariam. Para coibir esta prática, surgiu o provérbio latino “Ne nuntium necare”: Não mate o mensageiro.
    Fonte:portalcafebrasil.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s