blog da Revista Espaço Acadêmico

ANTONIO OZAÍ DA SILVA*

Um método perigoso (A Dangerous Method) inspira-se no livro A most dangerous method, de John Kerr, adaptado para o cinema por Christopher Hampton, roteirista consagrado com o Oscar de Melhor Roteiro do filme Ligações Perigosas. Antes de A Dangerous Method, Hampton adaptou o livro de John Kerr para os palcos na peça The Talking Cure.

É um filme recente e há várias resenhas críticas disponíveis na internet escritas por críticos e especialistas. Não é o meu caso, não sou crítico de cinema e pouco sei sobre psicanálise. Sou muito mais um diletante, cuja curiosidade foi aguçada pelo filme (por exemplo, despertou-me o desejo de ler as biografias de Freud e Jung e a obra citada acima). Não obstante, destaco três aspectos que considero principais. Primeiro, o fato de Um método perigoso mostrar, nos limites da arte cinematográfica, as tensas…

Ver o post original 986 mais palavras

1 comentário

Arquivado em Efêmeras Divagações

Uma resposta para “

  1. Beto,
    Fiz o comentário no próprio Blog. Mas como mencionei o teu, transcrevo:

    Quote
    Professor,
    Gostei muito da sua resenha a qual tive acesso via o reblog do Beto Bertagna a 24 quadros.
    O Senhor não se ateve à ‘estrada principal’, indo por ‘trilhas’ adjacentes, o que tornou o filme mais atraente, aos meus olhos. (Já li o livro do J.Kerr)
    Há uns 2 dias assistindo a uma entrevista de Alejandro Jodorowsky (falada num espanhol muito rápido, mas legendada em inglês) onde ele responde, entre outras coisas, sobre Freud (matar o pai) e descreve a reação de Jung ao saber da morte do seu “Pai Honorário” (Freud):”Que maravilha! Que maravilha!”
    Eu apesar de já ter sido permitida folhear o “Livro Vermelho” (oi!?): Fiquei chocada!

    Caso interesse:http://youtu.be/B95y1uX3x18

    E como diria Obelix batendo na cabeça: “Esses [o nome do povo ] são uns loucos” Pisc*
    Grata, Norma
    Unquote

    Tks. Norma

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s