Arquivo do dia: 14/05/2012

Deixe um comentário

Arquivado em Efêmeras Divagações

Acre recebe Festcineamazonia Itinerante 2012

Num mastro com mais de 50 metros de altura tremula a bandeira do Acre. Foi este o espaço escolhido para a realização do Festcineamazonia Itinerante 2012. O calçadão da Gameleira, no centro histórico no 2º Distrito, é um espaço de prédios antigos revitalizados pelo Governo do Estado e foi onde nasceu a capital acreana, Rio Branco. Segundo historiadores, a cidade surgiu em 28 de Dezembro de 1882, com a ação do seringalista natural do Ceará, Neutel Maia.  Na noite de domingo 13 de maio, crianças, jovens e adultos, assistiram a filmes e vídeos ambientais projetados numa grande tela de cinema. “Vi o movimento de vocês montando a estrututura e por curiosidade vim ver, vocês deixaram meu dia bonito, um presente pra gente que vem todo domingo passear aqui”, disse Bartolomeu Dias, de 70 anos de idade. Este é o quinto ano que o Festival acontece no Acre.  O Festcineamazonia – Festival Latino Americano de Cinema e Video Ambiental segue com sua caravana rumo ao Peru. O Projeto acontecerá em Inapari, dia 16/05, Ibéria, dia 17 e Porto Maldonado, na Amazonia Peruana, sábado dia 19/05. O Festcineamazonia Itinerante 2012 tem o patrocínio do BNDES, Governo Federal através da lei Rouanet, Ministerio da Cultura, Secretaria do Audiovisual e nesta ação contou com o apoio do Governo do Acre, através da Fundação de Cultura Elias Mansour. 

1 comentário

Arquivado em Ao Norte

Um Travesseiro Para Dois

A gente cansa de tudo: do mesmo trabalho, da rotina, dos estudos, das mesmas pessoas, putz, de muitas coisas. Agora o cansaço voltou pra mim de novo, mas é um cansaço novo: Me cansei das coisas ruins.
Eu sei que a gente só aprende na dor e tal, conheço esse discurso de trás pra frente, mas o que eu não quero mais é me ver viciado nesse treco de dor, sabe? Por isso eu vou me afastar.

Vou começar a determinar o fim das coisas, cansei que determinem por mim.

É que a gente se entrega, eu sei.
E aí quando nos vemos envolvidos já não dá mais tempo de voltar pela mesma ponte. Então tudo bem, vou começar a procurar outras pontes.
Posso começar a mudar as coisas parando de pedir para que o destino me traga felicidade. Tenho aquela mania de esperar a felicidade do meu jeito, de…

Ver o post original 605 mais palavras

1 comentário

Arquivado em Efêmeras Divagações

Leonardo Boff

                                   

Hoje, 13 de maio, é o dia das mães. Mas não esqueçamos a mães negras, especialmente as “amas-de-leite”, as mucamas. Quantas crianças brancas não foram por elas  amamentadas e salvas?

Agora, finalmente a Justiça fez justiça aos afrodescentendes, pagando uma dívida histórica que pesava em nossa consciência branca coletiva. Foram-lhes concedidas as cotas de acesso às universidades federais. Mas a nossa dívida começou apenas a ser paga. Há tantas reparações e compensações ainda por fazer.

Enquanto isso  a Paixão de Cristo continua pelos tempos afora no corpo destes crucificados. Jesus agonizará até o fim do mundo, enquanto houver um único destes seus irmãos e irmãs que estejam ainda pendendo de alguma cruz.

Assim pensa também o budismo tibetano. O  bodhisattwa (o iluminado) pára no umbral do Nirvana e suplica retornar ao mundo da dor – samsara – para viver solidariamente  com quem sofre no reino humano, animal e vegetal…

Ver o post original 818 mais palavras

Deixe um comentário

Arquivado em Efêmeras Divagações