Arquivo do dia: 07/05/2012

O Rio de Janeiro “envermelha” a cultura nacional (via Prof. Hariovaldo Almeida Prado)

By 

O exilado de Garanhuns, hoje um macóbrio careca e bigodudo, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, recebeu nesta sexta-feira cinco diplomas de “doutor honoris causa“, concedidos por universidades públicas do Estado do Rio de Janeiro com a presença da presidente Dilma Rousseff e do governador do Rio, Sérgio Cabral, em uma solenidade da qual o mínimo que podemos afirmar é que envermelha a cultura nacional como se nota pela estranha roupagem que deram ao agora titular de nada menos que 48 títulos idênticos.

Para desalento de todos nós, homens bons e de bens a concessão feita pela UFRJ, UERJ e outros três bastiões do comunismo educacional vem na contra-mão de tudo que esperávamos de instituições que deveriam agora estar prestigiando e apoiando nosso mártir encachoeirado, o impoluto defensor da moral e bons costumes, o ínclito Demóstenes Goiano das Cochoeiras e Torres e não premiando um apedeuta que amarga a clara rejeição nacional com a repulsa de 93% da população a sua presença e passagem pelas hostes da política brasileira.

Continue Lendo via Prof. Hariovaldo

3 Comentários

Arquivado em Reblog

Leonardo Boff

IVONE GEBARA é uma religiosa, filósofa e teóloga brasileira que anos atrás foi condenada pelo Vaticano por fazer críticas à rigidez da doutrina moral ofical da Hierarquia da Igreja Católica com a mesma punição com a qual eu mesmo fui atingido: o “silêncio obsequioso”. Agora toma posição em defesa do conjunto das religosas norteamericanas que sofreram pesada  intervenção  por parte das autoridades doutrinárias do Vaticano. Aqui segue seu texto claro, objetivo e contundente contra tal medida autoritária que nos lembra os obscuros tempos da antiga Inquisição.  LBoff

****************************

Mais uma vez assistimos estarrecidas “a avaliação doutrinal” ou a chamada de atenção ou a punição dirigida pela Congregação da Doutrina da fé para quem, segundo ela, foge da observância à correta doutrina católica. Só que agora não apontaram o dedo acusador para uma pessoa, mas para uma instituição que congrega e representa mais de 55.000 religiosas norte-americanas. Trata-se da Conferencia Nacional…

Ver o post original 1.163 mais palavras

1 comentário

Arquivado em Efêmeras Divagações