Máscaras e biombos

Por Osmar Silva

O que mais ouço dos amigos e conhecidos é a pergunta: o que você está achando do quadro político de Porto Velho? Qual o melhor candidato? Ou, quem acha que vai ganhar? Respondo: não sei. E não sei mesmo. Ando tão desencantado com os políticos… Eles estão tão empenhados na corrida eleitoral, nas negociações com seus partidos de aluguel, nos seus interesses pessoais, que nem se dão conta de que o Brasil está mudando. Não percebem que o eleitor está mudando. Recusam-se a crer num Brasil melhor, mais consciente, mais igualitário, mais soberano. Para eles o que interessa é o Brasil do atraso, da ignorância, da miséria, da mão estendida. Pedinte, dependente. Este é o Brasil que atende aos seus propósitos.

Foi idêntico desencanto que levou o escritor baiano João Ubaldo Ribeiro a afirmar em recente artigo: “não lembro um só dia, nos anos recentes, em que uma grande tramóia, um desvio de dinheiro espetacular ou um roubo sem precedentes não seja matéria dos noticiários”. E ele tem toda razão. Estão aí o Carlos Cachoeira e o senador Demóstenes Torres, o foragido Valter Araújo e seus acólitos além de todos os vereadores do Cujubim para não deixá-lo mentir.

Em quem confiar? Na última eleição perdi meu voto para deputado estadual. Macaco velho e gato escaldado, mesmo assim, escolhi errado e ajudei eleger a pessoa errada. Que decepção. Imagina o eleitor de pouca informação! É presa fácil pros bandidos que se escudam nos partidos que selecionam pelas conveniências e não pela qualidade. É ali o primeiro estágio da malandragem. Sobre estas agremiações vejam o que escreveu o ilustre João Ubaldo:

Os partidos políticos não são nada, nem em matéria de crenças e princípios, nem de qualquer outra coisa; não há ideais, há interesses. Não são partidos, são bandos(…), quadrilhas rapineiras que não pensam nos interesses do País, mas na aquisição de poder e influência geradora de riqueza. Mas à frente completa: roubam parlamentares, roubam administradores, roubam funcionários, roubam todos.

Mesmo assim, sou dos que acredita num Brasil melhor. Dos que confiam que o eleitor está, a cada eleição, mais consciente de sua cidadania e do seu papel na construção de uma pátria altaneira. Não foi esta mesma sociedade que construiu a Lei da Ficha Limpa? Não temos uma presidente que enxerga e não tolera o mal feito dos seus ministros e os demite? Não estamos vendo sair do papel uma CPI no Congresso que, no governo Lula iria pra debaixo do tapete? E não vimos a Secretária de Estado Americano elogiar, em conclave público e internacional, a nossa presidente pelo combate que está fazendo à Corrupção?

Estamos começando a enterrar os emblemas por tantas décadas propagadas de “o Brasil não é um País sério” ou “que País é este?” apesar desta turma do atraso, dos políticos com ficha corrida, escondidos atrás de máscaras e biombos. Essa gentalha tem que ser enquadrados nos crimes hediondos. Urge uma medida que inclua os corruptos neste tipo criminal. E os faça apodrecer na cadeia. E uma outra medida acabando esta absurda multiplicidade de partidos que só servem como escola de corrupção e de degradação moral da sociedade.

Osmar Silva
Jornalista
sr.osmarsilva@gmail.com

…………………..

Opiniões expressas por terceiros e colaboradores não refletem necessariamente a opinião do blog

Deixe um comentário

Arquivado em Efêmeras Divagações

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s