Arquivo do dia: 19/08/2011

Urgente – Obama cancela deportações e abre caminho para "driver´s license"

Na quinta-feira (18), foi anunciado que todas as deportações de imigrantes sem antecedentes criminais serão canceladas. O Departamento de Segurança Interna dos Estados Unidos (DHS, sigla em inglês), através de sua secretária Janet Napolitano anunciou na tarde desta quinta-feira (18), que o presidente Barack Obama decidiu cancelar os processos de deportação contra imigrantes que atendam a determinados critérios, tais como ser o provedor do sustento de uma família e não ter cometido crime violento. A notícia, divulgada por volta das 16h, ganhou elogios imediatos dos ativistas hispânicos e democratas, que anteriormente tinham reprovados a maneira como o executivo vinha tratando o caso. “A decisão de Obama mostra que ele está mesmo querendo fazer algo pelos imigrantes e busca se fortalecer o apoio a uma reforma nas leis de imigração. Ele provou que vai intervir sempre que a vida de pessoas estiverem prejudicadas”, disse o deputado Luiz Gutierrez, democrata por Illinois. … Read More

Deixe um comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

Urgente – Obama cancela deportações e abre caminho para “driver´s license”

Na quinta-feira (18), foi anunciado que todas as deportações de imigrantes sem antecedentes criminais serão canceladas. O Departamento de Segurança Interna dos Estados Unidos (DHS, sigla em inglês), através de sua secretária Janet Napolitano anunciou na tarde desta quinta-feira (18), que o presidente Barack Obama decidiu cancelar os processos de deportação contra imigrantes que atendam a determinados critérios, tais como ser o provedor do sustento de uma família e não ter cometido crime violento. A notícia, divulgada por volta das 16h, ganhou elogios imediatos dos ativistas hispânicos e democratas, que anteriormente tinham reprovados a maneira como o executivo vinha tratando o caso. “A decisão de Obama mostra que ele está mesmo querendo fazer algo pelos imigrantes e busca se fortalecer o apoio a uma reforma nas leis de imigração. Ele provou que vai intervir sempre que a vida de pessoas estiverem prejudicadas”, disse o deputado Luiz Gutierrez, democrata por Illinois. … Read More

Deixe um comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

CineOca e deLírio apresentam Mostra da Diversidade Sexual, no Cinesesc em Porto Velho

O 4º For Raimbow – Festival de Cinema e Cultura da Diversidade Sexual, consolidado como um dos mais importantes no Brasil relacionados a essa temática, começa a ser exibido hoje em Porto Velho com a organização de dois cineclubes da capital, o CineOca e o deLírio. Cinco dos dez filmes que compõem a Mostra, todos com temática GLBTS, serão exibidos hoje, dia 19, às 20 horas no Cinesesc. A programação é gratuita e será acompanhada de debate com historiador Marcelo Sabino e o antropólogo Ninno Amorim, da Universidade Federal de Rondônia e Wellington Augusto e Hélio Costa, respectivamente vice-presidente e coordenador de comunicação do Grupo Gay de Rondônia. No sábado mais 5 filmes serão exibidos no mesmo local e horário. A programação conta ainda com performance cultural e sorteio do kit diversidade. O público aina pode votar no filme que mais gostou. A Mostra For Raimbow acontece em 150 cineclubes de todo o país, numa parceria da produtora Cenapop e Conselho Nacional de Cineclubes. O objetivo é reverter o histórico permanente de práticas discriminatórias e de violência contra as populações LGBT. Nas quatro edições o FOR RAINBOW atraiu um público médio diário de mil pessoas, percorreu vários municípios cearenses, inaugurou sua itinerância nacional em Porto Alegre, João Pessoa e Santos. Capacitou duzentas pessoas e produziu dez vídeos com a temática da diversidade sexual, utilizados para ações educativas de respeito à diversidade sexual. Em três mostras foram 61 filmes do Brasil e de diversas outras partes do mundo, formando um caleidoscópio audiovisual de manifestações estéticas da multidiversidade humana vivenciada em nosso planeta.

Confira os Curtas da Mostra

Sexta-feira, dia 19 de agosto:
Brincos de estrelas, Direção: Marcela Bertoletti – Rio de Janeiro/ RJ – Brincos de Estrela conta a história da descoberta do amor entre duas amigas. O curta vai explorando os medos e receios dessa personagem à medida que seus sentimentos vão tomando conta da sua vida.

Depois de tudo, Direção: Rafael Saar – Niterói/RJ – Depois do Adeus, veio a espera. Depois da espera, veio o retorno. Depois de tudo, eles desejam estar juntos e um dia é suficiente para esperar o seguinte.

E agora Luke, Direção: Alan Nóbrega – Rio de Janeiro/RJ-Luke é um rapaz que está iniciando a sua vida adulta e é obrigado a se defrontar com os seus valores religiosos, morais, sociais, após um segredo seu ser descoberto.

Ensaio de cinema,Direção: Allan Ribeiro – Rio de Janeiro/RJ-Ele dizia que o filme começava com uma câmera muito suave, com um zoom muito delicado e avançada em busca de Bardot.

Eu não quero voltar sozinho,Direção: Daniel Ribeiro – São Paulo/SP -A vida de Leonardo, um adolescente cego, muda completamente com a chegada de uma novo aluno em sua escola. Ao mesmo tempo ele tem que lidar com os ciúmes da amiga Giovana e entender os sentimentos despertados pelo novo amigo Gabriel.

Sábado, dia 20 de agosto:

Eu não quero voltar sozinho – reprise

Felizes para sempre , Direção: Ricky Mastro – São Paulo/SP – Felizes para Sempre faz parte do projeto “Fuking Diferent São Paulo”. Essa era a ideia inicial do projeto “achar um casal gay que estivesse junto há décadas” e foi assim que selecionamos as nossas candidatas: através do site e entrevistas com o diretor Ricky Mastro e assistentes de direção Lilian Baldo e Rodrigo Dorado.

GLOSSário,Direção: Fabinho Vieira – Fortaleza/CE – Duas travestis, com todo seu carisma e encanto, revelam os significados dos termos e gírias próprios que já caíram no gosto popular.

Homofobia, lesbofobia e transfobia, Direção: Felipe Fernandes – Brasília/DF – O vídeo busca refletir sobre as categorias usadas por ativistas lésbicas e travestis para se falar das violências contra suas identidades. Trazendo vozes sobre os usos dessas categorias, esquadrinha algumas aproximações e distâncias entre a pauta específica destas em relação ao “segmento” como um todo. Mostra situações em que o “ser lésbica” e o “ser travesti” produziram particularidades no que tange a discriminação e a violência.

Sem Purpurina – Realidade LGBT Na Baixada Santista, Direção: Fernanda Balbino, Lara Finochio,Lívia Carvalho e Xenda Amici – Santos/SP – O documentário mostra os sonhos, as alegrias, os dramas e a luta contra o preconceito sob a visão da comunidade GLBTT e especialistas.

On my Own, Direção: Yuri Yamamoto – Fortaleza/CE -Um garoto numa eterna busca: a procura de sua identidade, de forças para ser quem é, de alguém para apoiá-lo. Dúvidas e certezas, dois opostos tão naturais nessa idade.

Deixe um comentário

Arquivado em Efêmeras Divagações

Livro diz que Freud usava cocaína para fins científicos e se viciou (via Nilnews)

Deve causar polêmica no meio da psicanálise no Brasil um título comprado pela Record na Feira do Livro de Londres. Chama-se “Freud on coke” e fala das ideias do pai da psicanálise sobre a cocaína e de seu próprio vício. Segundo o livro, que sai aqui em 2012, Freud começou a usar cocaína para fins científicos. Mas se viciou, o que, no fim da vida, dificultou sua luta contra um câncer na boca. O autor, David Cohen, é grande pesquisador da psicanálise.Entre as idades de 28 e 39, por onze anos, Sigmund Freud utilizou regularmente a cocaína em sua forma de alcalóide,em pó. Comojovem neurologista, essa foi sua primeira tentativa experimental fora da prática médica tradicional. Ele estava buscando o reconhecimento público capaz de gerar a clientela que lhe traria fama e recursos financeiros permitindo, assim, que se casasse com sua noiva, de quem estava separado havia dois anos. Durante esse período, Freud publicou três artigos importantes e fez uma apresentação para a Sociedade Psiquiátrica de Viena sobre os usos terapêuticos da cocaína. Embora esse experimento não tenha atingido suas expectativas, e seus artigos sobre a cocaína nunca tivessem aparecido em seus escritos publicados; esses estudos fizeram de Freud, na verdade, um fundador da psicofarmacologia e, provavelmente, influenciaram seu trabalho com os sonhos e o inconsciente. Quando os artigos foram “descobertos” e tornados públicos, em 1963 e, novamente, em 1974, ampliaram a compreensão do relacionamento de Freud com a droga que, até aquele momento “focalizava dois aspectos do envolvimento de Freud com cocaína: primeiro, a questão da prioridade na descoberta da anestesia local e, segundo, a defesa ‘equivocada’ que Freud fez da droga como uma … panacéia …” Entretanto, a importância de Freud na história da psicofarmacologia não está somente na sua elegante revisão da literatura existente e nas suas sugestões para terapia, como apresenta em seu artigo “Sobre a coca”. O mais significativo de todos é o seu breve artigo, publicado em janeiro de 1885, “Uma contribuição para o conhecimento do efeito da cocaína”, um estudo que confirma o papel de Freud como um dos fundadores da psicofarmacologia moderna. O primeiro ponto de importância é que Freud, depois de defrontar-se com uma droga com propriedades psicofarmacológicas singulares, não se satisfez com a mera revisão da experimentação humana e animal que havia sido feita até aquele momento. Ao invés disso, ele imediatamente partiu para a demonstração das propriedades psicofarmacológicas da substância. De fato, alguns anos antes, a droga havia sido estudada. Em 1880, von Anrep havia pesquisado a farmacologia da cocaína em experiências com animais. Freud, porém, trabalhou com uma substância purificada e fez registros cuidadosos de suas experiências – em si próprio. Ele utilizou os instrumentos de avaliação mais sofisticados disponíveis na época para poder obter os registros psicofisiológicos mais precisos possíveis e, então, correlacionou esses resultados, simultaneamente, com mudanças de humor e percepção, cuidadosamente descritas durante o período de ação da droga. Essas experiências estabeleceram a dosagem apropriada e o tempo de ação da substância – um relacionamento crucial na experimentação humana. Uma comparação com relatórios de qualquer das experiências modernas com drogas psicoativas, incluindo aquelas realizadas com LSD, mescalina e outros compostos psicodélicos, mostra que o artigo de Freud estabeleceu uma tradição no estudo de substâncias com propriedades psicoativas.

via Nilnews

Deixe um comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

Sonzinho pro fim de semana…

Gravação para a TV francesa no Teatro Olympia , de Paris, em 19 de junho de 1969. Não recomendado para fãs do Calypso, Restart, Cine, KLB, Luan´s outras fórmulas nocivas.

Deixe um comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

Prá quem gosta de carros (via Mind over Motor)

Veja Mais via Mind over Motor

Deixe um comentário

Arquivado em Efêmeras Divagações