Fundo Brasil seleciona 33 projetos do Edital 2011, 5 da região Norte

O Fundo Brasil de Direitos Humanos divulga hoje, no site da fundação (www.fundodireitoshumanos.org.br), o resultado da seleção de projetos do Edital 2011. Entre as 976 propostas recebidas foram aprovadas 33, com orçamento de R$ 15 mil a R$ 25 mil cada, distribuídas por 18 estados de todas as regiões do País. No total serão repassados R$ 793,3 mil.
Na região Norte, foram cinco projetos aprovados. A Associação dos Produtores e Agroextrativistas do Caucho, do Acre, vai promover a vigilância e fiscalização de terra indígena para evitar invasões. No mesmo sentido, a Associação das Comunidades Indígenas do Médio Rio Negro vai atuar no Amazonas.
No Amapá, a Associação de Gays, Lésbicas, Transgêneros de Santana realizará a segunda fase do projeto “Santana sem Homofobia”, apoiado no ano passado pelo Fundo Brasil. No Pará, a Federação das Organizações Quilombolas de Santarém também dará continuidade ao projeto “Terra do Negro”, para fortalecer outras comunidades.
Por fim, o Grupo de Mulheres Prostitutas do Estado do Pará pretende promover a articulação das mulheres para o enfrentamento das violações de direitos humanos dessas profissionais.
Os demais projetos selecionados têm como objetivo defender e promover os direitos de outras comunidades tradicionais, de mulheres afrodescendentes, de trabalhadoras domésticas, das populações atingidas por grandes empreendimentos em área urbana ou rural – como as obras de infraestrutura para a Copa de 2014 -, das crianças e adolescentes, de defensores de direitos humanos vítimas de violência, dos religiosos de matriz africana, entre outros.
As organizações apoiadas propõem iniciativas de combate à discriminação e à violência institucional, conforme previsto no edital. Foram priorizadas aquelas que dispõem de poucos recursos ou com dificuldades de acesso a outras fontes. A divesidade temática e geográfica também foram consideradas no processo seletivo.
Nesse quinto edital, o Fundo Brasil alcança a marca de 141 projetos apoiados e R$ 3,382 milhões repassados aos grupos proponentes. De 2007 a 2010, haviam sido investidos R$ 2,589 milhões, em 108 iniciativas.
Para fazer essas doações, o Fundo Brasil capta recursos junto a outras fundações, empresas e indivíduos que tenham interesse em investir em iniciativas de promoção e defesa dos direitos humanos. Em 2011, pelo terceiro ano consecutivo, a Natura é um desses apoiadores.

    Lista completa dos 33 projetos selecionados no Edital 2011   Norte - 05   AC   "Vigiando e Preservando a Nossa Terra" Associação dos Produtores e Agroextrativistas do Caucho   AM "Projeto de vigilância das terras indígenas" Associação das Comunidades Indígenas do Médio Rio Negro - ACIMRN   AP   "Santana sem Homofobia - 2ª fase" Associação de Gays, Lésbicas, Transgêneros de Santana - AGLTS   PA   "Terra do Negro 2 - Qualificação em direitos territoriais e fortalecimento das comunidades quilombolas de Santarém, Monte Alegre e Alenquer no Pará" Federação das Organizações Quilombolas de Santarém - FOQS   "Projeto Zona de direitos" Grupo de Mulheres Prostitutas do Estado do Pará   Nordeste - 14   BA "O direito é humano!" Associação de Afro Desenvolvimento Casa do Boneco de Itacaré   "Voz e vez: atitude negra em dieitos humanos" Associação Beneficiente Cultural Carnavalesca Amuleto   "Fortalecimento estrutural, organizacional e sustentabilidade da Ammiga" Associação de Mulheres Amigas de Itinga - Ammiga "Lesbianidade e cidadania: uma questão de direitos" Grupo de Mulheres Felipa de Sousa   "Entrelaçando conhecimento e transformando saberes" Movimento de Libertação da Mulher   CE   "De olho na cidade - educomunicação para o fortalecimento da luta em defesa do direito à terra urbana" Olho Mágico - Educomunicação Audiovisual em Mídias Móveis   MA   "Na medida certa: justiça e dignidade aos adolescentes privados da liberdade" Centro de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente Padre Marcos Passerini   "Impactos sócio-ambientais provocados pela Suzano sobre comunidades tradicionais no Baixo Parnaíba/MA" Centro de Direitos Humanos de Tutóia "Mulheres quilombolas e extrativistas: fortalecendo a luta contra a discriminação etnico-racial,violação de direitos e o reconhecimento de sua identidade" Associação de Mulheres Quebradeiras de Coco Babaçu do Município de São Luiz Gonzaga - Maranhão / AMTQC   PB   "Trabalhadoras domésticas mobilizadas por uma cultura de respeito aos Direitos Humanos" Associação das Trabalhadoras Domésticas de Campina Grande   "A luta de Manoel Mattos: a promoção dos Direitos Humanos e a proteção de seus defensores" Dignitatis - Assessoria Técnica Popular   PE   "Paternidade, direito de todos & todas" Associação Pernambucana de Mães Solteiras - Apemas   "Valorização das parteiras tradicionais: uma campanha de resgate da história de comunidades tradicionais e de acesso à saúde da mulher e da criança" Grupo Curumim - Gestação e Parto     RN "Intercâmbio de saberes e experiências das Ciadãs Positivas na conquista de direitos" Coletivo Leila Diniz - Ações de Cidadania e estudos Feministas   Centro-Oeste - 04   DF   "Protagonismo das mães no combate à violência institucional nas unidades de internação do Distrito Federal" Amar - Associação de mães e amigos da criançae adolescente em risco   GO   "Ifaradá - Resistência e Direitos Humanos em Goiás" Grupo de Mulheres Negras Dandara no Cerrado   MS   "Projeto de Volta pra Casa" Centro de Defesa da Cidadania e dos Direitos Humanos Marçal de Souza Tupã-I   "Apoio às lutas dos Acampamentos Indígenas Kaiowá, Guarani e Terena na defesa de seus direitos humano, indígenas e territoriais (DHIT). De entre a cerca e o asfalto rumo à terra tradicional demarcada." Conselho Indigenista Missionário - CIMI Regional Mato Grosso do Sul   Sudeste - 04   MG   "Rompendo com o silêncio: lésbicas e bissexuais em privação de liberdade" Associação Lésbica de Minas - Alem   "Direitos socioambientais de populações esquecidas" Associação dos Agricultores Familiares Trabalhando Juntos - AFTRAJ   RJ   "Paz sem voz é medo: a criminalização da pobreza em comunidades com a implementação de UPP´s" Instituto de Defensores de Direitos Humanos SP   "Campanha pelo fim do 'Auto Resistência'" Rede Nacional de mães e familiares - campanha nacional pelo fim do auto de resistência   Sul - 06   PR   "Entregando saberes jurídicos para a efetivação dos direios étnicos e coletivos dos indígenas" Articulação dos Povos Indígenas da Região Sul - ARPIN SUL   "Do direito à luta : formação para defesa dos direitos faxinalenses" Articulação Puxirã dos Povo Faxilanenses - Boa Ventura de São Roque   "Monitorando e implementando direitos" Rede de Mulheres Negras do Paraná   RS "Comitê Popular da Copa: uma iniciativa cidadã para construi uma Copa que respeite os direitos de todos"  Associação Ação Solidária Madre Cristina   "Amar e mais amar: pelo acesso à justiça para adolescentes em situação de vulnerabilidade" Associação de mães e amigos de crianças e adolescentes em risco - Amar/RS   "Capacitação em saúde, direitos humanos e protagonismo social de lideranças religiosas do nucleo RS da RENAFROSAUDE Rede Nacional de Religiões Afrobrasileiras e Saúde" Ilê Asé Iyemonjá Omi Olod

2 Comentários

Arquivado em Efêmeras Divagações

2 Respostas para “Fundo Brasil seleciona 33 projetos do Edital 2011, 5 da região Norte

  1. Maria de Nazaré, obrigado pelo contato. Vc tem que inscrever o projeto no site doFundo Brasil de Direitos Humanos http://www.fundodireitoshumanos.org.br .

  2. Maria de Nazaré Nogueira Maia

    quero enviar um projeto ASSOCIAÇÃO DAS PARTEIRAS TRADICIONAIS DA FLORESTA DE MARECHAL THAUMATURGO – ACRE
    PROJETO:

    01. TITULO: Salvando Vidas na Floresta
    02. OBJETIVO GERAL:
    Viabilizar condições de atuação das Parteiras Tradicionais para realização de suas atividades de atendimento e/ou acompanhamento nos partos de mulheres que vivem na área rural de Marechal Thaumaturgo, contribuindo para o salvamento e promoção de vidas na floresta.
    03. OBJETYIVOS ESPECIFICOS:
    3.1. Possibilitar a aquisição de 08 (oito) canoas de alumínio com capacidade para 500 kg cada e 08 (oito) motores de 9 HP da marca Honda;
    3.2. Garantir o apoio logístico para o deslocamento e atuação das parteiras tradicionais; e
    3.3. Garantir que as parteiras tradicionais possam dar sua importante contribuição no apoio ao sistema de saúde do município no que se refere ao trabalho de pré-natal e acompanhamento de partos das mulheres da floresta.
    04. ANTECEDENTES INSTITUCIONAIS:
    A Associação das Parteiras Tradicionais da floresta do município de Marechal Thaumaturgo foi fundada em 22/06/1999 com a missão de organizar a ação de parteiras tradicionais do município que atuavam voluntariamente. Desde então esta entidade tem realizado esforços no sentido de viabilizar condições de atuação destas mulheres, atuando em parceria com o Governo do Acre e com a prefeitura de Marechal Thaumaturgo .
    As parteiras tradicionais atuam no interior da floresta deste município desde o inicio da ocupação dos seringais da região por nordestinos, contribuindo com o salvamento de inúmeras vidas.
    Esta entidade possui o CNPJ Nº 05.214.286/0001 – 21. Seu endereço comercial situa-se na Rua Fernando Guapindaia, S/N, Centro de Marechal Thaumaturgo.
    JUSTIFICATIVAS: O presente projeto se propõe a salvar vidas na floresta por meio da ação de parteiras tradicionais. Para tanto é necessário a disponibilização de uma infra-estrutura mínima de transporte visando facilitar o contato das parteiras com seu público alvo, ou seja, as mulheres grávidas em serviços acompanhamento de partos.
    As parteiras tradicionais são voluntárias e atuam sem nenhum vinculo profissional com a secretaria municipal de saúde. O governo do Acre tem ajudado com o fornecimento de materiais de trabalho (kits). Com a aquisição destes barcos e motores estas mulheres conseguirão cumprir sua missão com êxito.
    05. NUCLEOS DE ATENDIMENTO:
    5.1. Núcleo Boa Sorte – Parteira Raimunda do Nascimento (dona Mundóca) – Comunidade Estirão;
    5.2. Núcleo Flores Bela – Parteira Maria da Costa Lima – Comunidade Foz do Bagé;
    5.3. Núcleo Vida Nova – Parteira Luzia Barros (dona Sócu) – Comunidade Belfort;
    5.4. Núcleo Fonte da água – Parteira Francisca Marques Cavalcante – Comunidade Triunfo;
    5.5. Núcleo Flor da Floresta – Parteira Alzenira da Silva Leal – Comunidade Quieto;
    5.6. Núcleo Heroínas – Parteira Maria Áurea Tavares – Comunidade Aparição;
    5.7. Núcleo Floresta do Rio Juruá – Parteira Maria Aida da Costa Guimarães – Comunidade Lago do Ceará;
    5.8. Núcleo Coração de Mãe – Parteira Maria de Nazaré Nogueira Maia – Comunidade Foz do Amônia;

    ORÇAMENTO:
    01. 08 Canoas de alumínio com capacidade para 500 kg = R$ 36.000,00
    02. 08 motores Honda de 9 hp = R$ 15.200,00
    03. TOTAL R$ 51.200,00
    Maria de Nazaré Nogueira Maia
    Presidenta da Associação de Parteiras Tradicionais de M. Thaumaturgo.

    Marechal Thaumaturgo – Ac,09/Abril de 2012

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s