Dia dos namorados: A poesia que eu fiz para Dilma (via Professor Hariovaldo Almeida Prado)

Na vida há veredas pelas quais passamos que vez ou outra nos retorna à mente nos momentos de solidão, quando tarde da noite, sentados em frente a lareira recordamos dos tempos idos e das muitas emoções que o passar inexorável dos anos não trazem mais. Lembrei-me agora de um segredo que trago comigo guardado a sete chaves, dos gestos de um professor enamorado por uma jovem aluna em sala de aula, que sonhou em salvá-la do marxismo… Continue Lendo via Professor Hariovaldo Almeida Prado

Deixe um comentário

Arquivado em Reblog

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s