Arquivo do dia: 10/06/2011

Novidade no blog, para quem usa iPad

O blog betobertagna.com pode agora ser visualizado no iPad por meio de uma interface amigável ao formato do tablet.  Entre as novidades está uma interface adaptada para telas sensíveis ao toque, com fotos em destaque e grandes manchetes. De acordo com a WordPress.com, a proposta é criar uma nova experiência para o tablet da Apple. “Nossa visualização para iPad funciona como um aplicativo, mas é puramente HTML 5 em sua estrutura. É sensível ao toque, reconhece movimentos de rotação e toda as funcionalidades do tablet”. O blog pode ser visualizado no iPad em formato modular, ou seja, cada post corresponde a um quadro na tela principal. Os leitores também têm a opção de alterar os tipos de fontes, cores e planos de fundo. Quem utiliza o WordPress.org, mesma ferramenta de publicação, mas com um servidor próprio, pode fazer o download do plug-in para iPad no site da Onwsipe, empresa que, em conjunto com a WordPress.com, criou a interface amigável para iPad.

Deixe um comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

Michael Lewin e a exposição "American Icons" na Casa de Cultura Ivan Marrocos, em Porto Velho

De 10 de junho a 11 de julho a Casa de Cultura Ivan Marrocos, em Porto Velho , apresenta a exposição do projeto fotográfico  “American Icons”  , de Michael Lewin. A partir da singular observação de Lewin, durante estadia em solo americano, da luz do hemisfério norte, denominada de “North Light” pelos amantes da fotografia, foi composto um mosaico de hábitos e tendências particulares, criando arquétipos iconicamente universais. Segundo Lewin . ” essa luz tem a particularidade de exacerbar as cores tanto do céu como dos objetos inanimados, com nitidez cristalina, fazendo com que o resultado final da imagem apresente a cor além de meramente como matiz, mas como “forma”, tamanha sua tridimensionalidade”. O ensaio, que registra subjetivamente aspectos de sinalização e arquitetura ianque, se compôs finalmente de 60 fotos 30 X 40 impressas em formato digital no processo Xerox Pro Laser. Poucos sabem, mas é de Lewin o calendário mundial que a a Sony distribuiu para seus clientes em 1984, com fotos da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré. Michael Lewin era um dos gerentes de equipamento broadcast da empresa.  É desta época também a criação do CEPAV, Centro de Produções Audio-visuais Pe. Landell de Moura, pelos então secretários da SECET, Vitor Ugo e Izaías Vieira dos Santos e a consequente instalação da TVE Madeira-Mamoré, canal 2, que hoje não existe mais.

Deixe um comentário

Arquivado em Ao Norte

Michael Lewin e a exposição “American Icons” na Casa de Cultura Ivan Marrocos, em Porto Velho

Este slideshow necessita de JavaScript.

De 10 de junho a 11 de julho a Casa de Cultura Ivan Marrocos, em Porto Velho , apresenta a exposição do projeto fotográfico  “American Icons”  , de Michael Lewin. A partir da singular observação de Lewin, durante estadia em solo americano, da luz do hemisfério norte, denominada de “North Light” pelos amantes da fotografia, foi composto um mosaico de hábitos e tendências particulares, criando arquétipos iconicamente universais. Segundo Lewin . ” essa luz tem a particularidade de exacerbar as cores tanto do céu como dos objetos inanimados, com nitidez cristalina, fazendo com que o resultado final da imagem apresente a cor além de meramente como matiz, mas como “forma”, tamanha sua tridimensionalidade”. O ensaio, que registra subjetivamente aspectos de sinalização e arquitetura ianque, se compôs finalmente de 60 fotos 30 X 40 impressas em formato digital no processo Xerox Pro Laser. Poucos sabem, mas é de Lewin o calendário mundial que a a Sony distribuiu para seus clientes em 1984, com fotos da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré. Michael Lewin era um dos gerentes de equipamento broadcast da empresa.  É desta época também a criação do CEPAV, Centro de Produções Audio-visuais Pe. Landell de Moura, pelos então secretários da SECET, Vitor Ugo e Izaías Vieira dos Santos e a consequente instalação da TVE Madeira-Mamoré, canal 2, que hoje não existe mais.

Deixe um comentário

Arquivado em Ao Norte

Ache o seu Norte !!!

Ache o seu Norte!!!

Mais que um pedido, uma necessidade.
O que é uma vida sem rumo? O que é um projeto sem Norte?
Um projeto sem Norte é algo solto no espaço.
Um projeto sem Norte é um lugar procurando o seu sol.
Um projeto sem Norte é lugar escuro, onde a luz nunca achará o lugar de entrada.
Um projeto sem Norte, não é nada, pois projeto sem lugar, não existe … e lugar sem Norte, também não.
Assim, ache o seu Norte. Coloque o Norte nos seus projetos.
Uma campanha da APSN (Associação dos Projetos Sem Norte)

Deixe um comentário

Arquivado em Ao Norte

Banco da Amazônia lança financiamento do FNO para Micro Empreendedor Individual (MEI)

O Banco da Amazônia lança, no próximo dia 20 de junho, o Programa de financiamento com recursos do FNO para Micros Empreendedores Individuais (MEIs), para aquisição de equipamentos e utensílios, construção e reforma de instalações físicas e também para capital de giro, segundo o superintendente do Banco em Rondônia, Wilson Evaristo. Os empréstimos são destinados para MEIs que estejam há pelo menos seis meses em atividades. O programa empresta até R$ 15 mil com juros de 6,75% ao ano, um dos mais baixos do mercado, e oferece um bônus de 15%  para os clientes que pagarem suas faturas até a data de vencimento, além de isenção de Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) e  agilidade na concessão do crédito, já que o processo de análise dos Planos de Negócios é simplificada.

São considerados MEIs, os empreendedores que têm um faturamento anual de até R$ 36 mil, possuem um único estabelecimento, não participem de outra empresa como titular, sócio ou administrador e contem com apenas um empregado. Ele deve ser optante do SIMPLES nacional. Em Rondônia já foram registrados mais de 8 mil MEIs das mais diversas áreas, como costureiras, pintores de parede, vendedores, cozinheiras, pequenos agricultores e outros  tocadores de pequenos negócios. Em todo o Brasil um milhão de empresários já se formalizaram por meio do MEI. O registro é simplificado e os interessados recebem todas as informações necessárias nas agências do Sebrae, Sindicato da Micro e Pequena Indústria (Simpi) e associações comerciais.

Os MEIS interessados em sacar recursos por meio do FNO poderão se dirigir às agências do Banco da Amazônia a partir de 20 de junho. Nas agências, será disponibilizado o modelo do  Plano de Negócios simplificado, que é necessário para a avaliação da rentabilidade dos investimentos. Como se trata de empréstimo orientado, o banco também oferece consultoria sobre o melhor modo de gerir a aplicação dos empréstimos. O Sebrae, o Simpi e associações comerciais também podem orientar sobre os investimentos. As garantias exigidas são as mesmas utilizadas pelo mercado, com hipoteca, alienação de bens ou aval. No caso de aval, o avalista deverá ser pessoa idônea e dispor de uma receita mensal comprovada de, no mínimo, o equivalente a três vezes o valor da parcela de amortização do financiamento.

O programa FNO oferece empréstimos para Investimento Fixo, destinado à aquisição de equipamentos, móveis e utensílios e à construção ou reforma de instalação física; Investimento Misto, com capital de giro associado ao investimento fixo; e Capital de giro Isolado, que permite a compra de matéria-prima, insumos, bens ou produtos para formação de estoques. Para Investimento Fixo ou Misto, o primeiro financiamento pode ser de até R$ 7,5 mil e os empréstimos subsequentes poderão chegar a R$ 15 mil, desde que o montante anterior tenha sido liquidado. No caso de Investimento em Capital de Giro, o primeiro financiamento deverá se de até R$ 2,5 mil e para os subseqüentes o teto é de R$ 5 mil.

Para Investimento fixo ou misto, o banco oferece prazo de até 36 meses para pagamento dos empréstimos, incluídos até dois meses de carência, sendo o prazo máximo do financiamento determinado em função do cronograma físico e financeiro do plano de negócio e da capacidade de pagamento do mutuário; já no caso do Capital de giro isolado, para aquisição de matéria-prima, insumos, bens ou produtos para formação de estoques, o prazo de pagamento é de até 24 meses, incluindo até um mês de carência.

O Basa conta com agências em Porto Velho, Extrema, Guajará-Mirim, Buritis, Ariquemes, Ji-Paraná, Cacoal, Rolim de Moura, Jaru e Vilhena e dentro de no máximo três meses serão abertas agências em São Miguel do Guaporé e Pimenta Bueno.

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias