Arquivo do dia: 15/05/2011

Tartarugas vivas lacradas em plástico e vendidas como amuleto na China (via under construction)

Que o ser humano é uma espécie podre e perturbada não é novidade pra ninguém.  É a única espécie que faz de tudo para destruir cada vez mais nosso planeta, não tem amor pela sua própria existência,  e, para piorar, não tem o mínimo de caráter quando se trata de dinheiro. Fiquei chocado ao ver a notícia de que agora na China virou moda vender tartarugas,salamandras e peixes lacrados em uma pequena bolsa plástica para ser usada como chaveiro da sorte … Veja Mais via under construction

Deixe um comentário

Arquivado em Reblog

Geração de merda (via Privada do Cesinha)

Voltei a escrever. Esses dias recebi um comentário de um grande amigo sobre os vídeos que ando postando. Na verdade não foi um comentário, foi um grande incentivo. “Keep writing my friend”, foi isso que ele escreveu. Pelo jeito os meus vídeos estão uma bosta.  I don’t care! Faço testes, o único e exclusivo motivo do blog é fazer rir, nada além disso.

Aviso aqui que vou continuar gravando os vídeos no caminho para o trabalho. Faço de um momento ruim, uma grande diversão, e para mim isso basta.

Mas concordo que certos temas devam ser escritos, talvez eu passe melhor a minha mensagem.

Queria falar da nossa geração de merda, tô cansado dela.  Não aguento mais nossos assuntos, não aguento mais nossos encontros, não aguento mais nossos gostos e nossos valores, não aguento mais tanta pose a troco de nada.

Nos últimos “eventos” tenho escutado sempre a mesmas coisas: – É o vinho que eu tomei,  é o carro que eu comprei, o apartamento que mudei,  é o fundo que apliquei,  e o fulano… ahh o fulano virou gay. É o restaurante que eu comi, o vestido que eu vesti, é a bolsa que eu pedi… olha o meu anél aqui!

Talvez o capitalismo tenha tomado a mente das pessoas, ao ponto de um ser humano qualquer chegar ao ponto de se sentir inferior ao outro por não tomar o vinho X, fazer a viagem Y, andar no carro da moda, ou comer no
restaurante foda. Me parace que ser rico, virou a principal virtude do homem.

Sinto a cada dia que as pessoas fazem as coisas para os outros, uma eterna postagem no facebook, uma competição constânte, que infelizmente acontece entre os melhores amigos. Ninguém quer saber se você é feliz, as pessoa querem saber o que você tem para ser feliz. Xulo e deprimente.

SLOW DOWN PEOPLE

Nínguém é melhor que nínguém pelo fato de viver em um grande apartamento. Aliás, muitos de nós fomos criados em apartamentos pequenos, dividimos quarto e banheiro com irmãos. Isso mudou  o nosso caráter?  Te fez uma pessoa melhor ou pior?

Escuto jovens da minha idade dizerem que não podem ter filho porque moram em um apartamento de 90m2. Fuck You, você merece uma surra!

Ninguém é melhor que ninguém por andar em um carro bacana, tomar um vinho envelhecido ou botar um Rolex no pulso. O luxo vem de berço, é preciso ter consciência das nossas raízes.

Eu sei que não fui criado para usar um Rolex. Meu pai nunca teve Rolex, meu avô não teve Rolex e nunca ninguém me ensinou que um Rolex tinha valor. É  insano eu me sentir inferior perante a um cara que foi criado para ter um Rolex, ou não? Não recrimino, acho que cada um tem a sua raiz e seus valores.

Queria que as pessoas se tratassem como se estivessem ainda no jardim de infância. Foda-se a roupa que meu coleguinha usa, foda-se o carro que o pai dele tem, inclusive, se for um boogie vai ser do caralho, a gente vai tomando vento na cara.

Eu gosto do meu amigo, por que eu gosto do meu amigo.

PONTO FINAL

Read More via Privada do Cesinha

Deixe um comentário

Arquivado em Reblog