Arquivo do dia: 30/01/2011

Gauchão 2011 : Ypiranga é "garfeado" em Caxias, contra o Juventude

Por Antônio Barcellos
O Ypiranga não jogou bem em Caxias contra o Juventude, mas foi literalmente garfeado pelo juiz Anderson Daronco, principiante, amador, desqualificado, que aceitou a malandragem e catimba do Juventude mais interessado no anti-jogo. Afinal, o Ypiranga estava invicto e era uma grande ameaça aos caxienses. Resultado: o segundo gol do Ju veio de uma falta absurdamente inexistente próxima da grande área, e o Ypiranga teve um gol anulado na cobrança de escanteio quando este desqualificdo marcou “perigo de gol“. Que vergonha para o futebol. Seria uma compensação para o Ju, que amarga um Brasileirão “D”? Com 8 pontos em 5 jogos (duas vitórias, dois empates e agora uma derrota), o Ypiganga está em quarto lugar na chave 1, e hoje estaria classificado para o octogonal.
NR: Depois do jogo do Ypiranga, um Gre-Nal animado aconteceu pela primeira vez fora do Rio Grande do Sul . Foi na cidade uruguaia de Rivera, e o placar não poderia ser melhor para o imortal tricolor: 2 a 1, de virada. Tá certo que os dois times jogaram com os reservas. Mas mostrou que os reservas gremistas são melhores que os reservas colorados. Ponto.

Deixe um comentário

Arquivado em Ao Sul

Gauchão 2011 : Ypiranga é “garfeado” em Caxias, contra o Juventude

Por Antônio Barcellos
O Ypiranga não jogou bem em Caxias contra o Juventude, mas foi literalmente garfeado pelo juiz Anderson Daronco, principiante, amador, desqualificado, que aceitou a malandragem e catimba do Juventude mais interessado no anti-jogo. Afinal, o Ypiranga estava invicto e era uma grande ameaça aos caxienses. Resultado: o segundo gol do Ju veio de uma falta absurdamente inexistente próxima da grande área, e o Ypiranga teve um gol anulado na cobrança de escanteio quando este desqualificdo marcou “perigo de gol“. Que vergonha para o futebol. Seria uma compensação para o Ju, que amarga um Brasileirão “D”? Com 8 pontos em 5 jogos (duas vitórias, dois empates e agora uma derrota), o Ypiganga está em quarto lugar na chave 1, e hoje estaria classificado para o octogonal.
NR: Depois do jogo do Ypiranga, um Gre-Nal animado aconteceu pela primeira vez fora do Rio Grande do Sul . Foi na cidade uruguaia de Rivera, e o placar não poderia ser melhor para o imortal tricolor: 2 a 1, de virada. Tá certo que os dois times jogaram com os reservas. Mas mostrou que os reservas gremistas são melhores que os reservas colorados. Ponto.

Deixe um comentário

Arquivado em Ao Sul

Jorge Schweitzer, o taxista e blogueiro gaúcho que peitou a Rede Globo

Vale a pena dar uma visitada no blog de Jorge Schweitzer, o Táxi em Movimento. Jorge é um ativista bem humorado, que não deixa passar a corrida em branco. Para quem está acostumado a ler (ou escrever) coisas anódinas e repetitivas ( como a nossa política local) o passeio  trará oxigênio . Boa viagem !

Olha um aperitivo aí :

Não gosto do silêncio…
O primeiro brinquedo que ganhei na infância foi um tambor…
Esmurrei com a baqueta até furar…
A família deu graças…
Os vizinhos, hosana nas alturas…
Certo dia os postes de madeira da minha rua estavam para ser trocados…
A prefeitura fez buracos ao lado dos antigos para após retornarem com novos…
Choveu…
Descobri o som maravilhoso das pedras que eu arremessava naquela água até a borda…
Cataplum…
O barulho oco da pedra antes de sumir deixando um círculo perfeito em torno…
A terra era de tabatinga vermelha e as formigas bundudas sumiram para outras paragens ao sol não mais esborrachar novas fendas para passearem…
Durante semanas chuvosas eu retornava a cada manhã para além do meu portão…
Acordava e sentava ao lado do poço providenciado pelo poder público que não retornava para concluir…
Cataplum, cataplum…
Finalmente – algum dia de arco íris com uma caçarola de ouro no extremo direito – chegaram os postes na caçamba de um caminhão Fenemê que de tão grande preenchia minha imaginação a cobrir a rua inteira até as coxilhas envoltas por nuvens de algodão…
Fincaram postes novos na rua inteira…
Menos em frente a casa onde eu morava…
Impossível, o buraco estava com pedras até a borda…
Quando descobriram que era brincadeira de um menino maluco de quatro anos de idade virou piada na rua…
Tiveram que fazer outro buraco poço ao lado…
A rua inteira ficou as escuras por minha causa…
Nas noites seguintes a cada vez que eu teimava em não dormir meus pais ameaçavam com pessoal do Fenemê da CEEE no portão como Homem do Saco que rapta criancinhas e entrega para ciganos….
Juro que até sonhava em morar em barracas imensas e ter a liberdade plena daquelas crianças que corriam entre moças de colares de ouro, grandes brincos de argolas e saias vermelhas rodadas sem jamais serem repreendidas…
Mas…
Tinha que ficar calado e quietinho até adormecer…
Em tempos de silêncio e solidão dá um angústia muito grande…
Gosto do som do meu bater de tambor…

Jorge Schweitzer

1 comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

Do Blog do Confúcio – Olho pericioso

“Você pode ter olhos verdes, cinzentos, castanhos ou negros, mas deve ter mais uma modalidade de olhar – o olhar pericioso. Este permanente olhar de mãe e de pai que conhece o filho, sabe quando mente e quando fala a verdade.

O olhar pericioso com a discrição de quem julga e de quem tem faro fino. Importante para quem dirige gente, ainda mais agora que no setor público uma onda avassaladora incute por mudanças nos sistemas remuneratórios, mais ou menos como age a iniciativa privada – uma base fixa igual para todos e um gatilho diferenciado oriundo do desempenho e da produtividade de cada um.

Eu acho justo. O mais difícil de tudo é se criar um sistema competente de avaliação de desempenho que vire regra geral imexível através dos tempos. Porque já vi muitos sistemas iniciarem sérios e com o passar do tempo se perverterem e a produtividade virar regra geral com merecimento ou não.

Ainda bem que há modelos sólidos no Banco do Brasil e Caixa. Em Minas a coisa está andando muito bem. O que poderemos fazer em RONDONIA é ter este olhar pericioso, permanente, e focar no crescimento da valorização do servidor de carreira em todos os sentidos. Nunca deixar de lado a sua premiação pelo merecimento e esforço de servir cada cada vez melhor o nosso povo.”

Deixe um comentário

Arquivado em Do Blog do Confúcio

Todos os dias, durante 10 anos pai fotografa a filha e monta um vídeo tri-legal !

1 comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano