Arquivo do dia: 27/12/2010

Ainda o Natal… (via BLASFÉMIAS)

Ainda o Natal...

via BLASFÉMIAS

Deixe um comentário

Arquivado em Efêmeras Divagações

O santo, os tucanos e os porcos (via O que será que me dá?)

O paulista que tem até 35 anos de idade NUNCA elegeu outro outro governante que não fosse do PSDB. E antes disso ainda tivemos Maluf, Fleury… Enquanto a parte paulista dos 3% cães raivosos vociferava orgulhosamente o “PT em São Paulo? Jamais!” nas últimas eleições, o Brasil esfregava-lhes na cara o “Tucanos paulistas na presidência? Nunca mais!” Resultado: o Brasil elegeu Dilma presidente. É bem verdade que São Paulo elegeu Alckmin e Tiririca. O primeiro, sério candidato a levar uma surra eleitoral maior que a de Serra em 2014. O segundo, bem… o segundo… pior do que São Paulo está, não fica!… Continue Lendo

via O que será que me dá?

Deixe um comentário

Arquivado em Efêmeras Divagações

Segundo INPE, Pará é o campeão em desmatamento com 334 km². Rondônia é vice com 154 km²

Mais de 836,7 km² da Amazônia Legal foram desmatados em setembro e outubro. A informação é do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais). Comparado com o mesmo período do ano passado, o desmatamento na região aumentou 45,4%. O Estado que registrou a maior área desmatada entre setembro e outubro foi o Pará, com 334,2 km², Rondônia aparece em segundo com 154,4 km², seguido por Mato Grosso (130,6 km²), Amazonas (119,8 km²), Maranhão (44,1 km²), Acre (41,1 km²), Roraima (5,6 km²), Tocantins (5,3 km²) e Amapá (0,5 km²).  O Instituto, sediado em São José dos Campos (SP), ressalta que em função da cobertura de nuvens variável de um mês para outro e da resolução dos satélites, os dados do Sistema de Detecção de Desmatamento em Tempo Real (Deter) não representam medição exata do desmatamento mensal na região.

Do Blog do Confúcio, de 26/12/2010 – ” O Zoneamento Econômico e Ecológico, letra morta e lei que não foi aplicado. Uma vergonha. Pra mim o Zoneamento será extraordinário instrumento de planejamento. Vou trabalhar para o desmatamento zero. Vigiar mesmo. Aquele desmatamento formiguinha, que o camarada pensa que ninguém estará vendo, eu estarei olhando pelo geoprocessamento tudo. Derrubou uma árvore, logo o helicóptero desce no lugar. Não pode. Chega de derrubada e queimada. Agora é cuidar dos pastos degradados e corrigir solo.”

Deixe um comentário

Arquivado em Ao Norte