Curtamazônia promove "Rota do Cinema" na fronteira com a Bolívia

A convite da Secretaria de Cultura da cidade de Guajará Mirim através do secretário Dayan Saldanha e da alcaldia de Guayaramerin na Bolívia pelo alcaide Alexander Guzman,  a “Rota do Cinema” apresenta os 18 filmes convidados nessas exibições: “Como comer um elefante” de Jansen Raveira, RJ, “Tainá-Kan, a grande Estrela” de Adriana Figueiredo, RJ, “Os anjos do meio da praça“ de Alê Camargo e Camila Carrossine, SP,  “O pescador de sonhos” de Igor Pitta Simões, SC, “O catador de sonhos” de Humberto Rosa e Thairon Mendes, RJ, “Na maior pindaíba” de Jair Rangel de Souza, RO, “Maridos, amantes e pisantes” de Ângelo Defanti, RJ, “Pornoghafico” de Haroldo Borges e Paula Gomes, BA, “Sombras na Cabine” de Alexandre Araújo, SP, “E agora o que nois ramú cume?” de Daniel Luiz Batista, AM, “Dossiê Rê Bordosa” de Cesar Cabral, SP; “Doido Lelê” de Ceci Alves, BA; “Olhar de João” de Mariley Carneiro, GO, “O cinegrafista de Rondon” de Jurandyr Noronha, RJ, “Ave Maria ou Mãe dos Sertanejos” de Camilo Cavalcante, PE, “Miró, preto, pobre, poeta e periférico” de Wilson Freire, PE, “Taba, querida Taba” de Luiz Brito, RO.

As exibições em Guayaramerin – Bolívia, acontecerão na praça em frente a alcadia municipal (prefeitura) nos dias 18 e 19 de dezembro. E nos dias 20 e 21 de dezembro na cidade de Guajará Mirim, em Rondônia, na praça central (em frente a Radio Educadora) a partir de 7 da noite. Os filmes convidados fazem parte do acervo do mais novo empreendimento cultural de Rondônia o Curtamazônia – Festival de Cinema (100% rondoniense) realizado em maio de 2010 em Porto Velho.

A “Rota do Cinema” através do Curtamazônia ao exibir filmes nacionais e regionais estará propiciando como presente de fim de ano à população das duas cidades o documentário “Duelo na Fronteira” de Carlos Levy, RO, filme que retrata a história dos bois bumbás na fronteira: Flor do Campo e Malhadinho, com produção da C.L. Comunicações. Com os países vizinhos e as cidades incluídas na “Rota do Cinema”, nossa meta e objetivo é de estabelecer e fortalecer novos laços culturais e turísticos através da sétima arte, exibindo os nossos filmes. Propor parcerias com fornecedores e fortalecer as existentes (hotéis, restaurantes, lanchonetes, postos de combustíveis e apoio da mídia regional e nacional). Criar e oportunizar emprego e renda também aos  profissionais e demais fornecedores que atuam direta e indiretamente no projeto, além de contribuir e incentivar o turismo regional.

O Festival encerra as exibições de 2010 na fronteira, com a proposta de em 2011 continuar levando o conhecimento através do cinema à nossa população com o Curtamazônia e a “Rota do Cinema”. Além de exibições, buscaremos parcerias junto as prefeituras e entidades interessadas em oferecer ao público iniciante ou profissionais, cursos específicos que atendam a nossa realidade e a nossa demanda. Essas serão algumas das ações que iremos fortalecer nos próximos anos, cujo propósito é incentivar, fomentar e procurar alternativas para aumentar a produção do audiovisual rondoniense que ainda é “tímida” em relação ao mercado nacional.

via festival@curtamazonia.com

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s