Arquivo do mês: dezembro 2010

Retrospectiva do Cinema 2010 A Nossa Opinião (via Contaê Cinema)

Retrospectiva do Cinema 2010 A Nossa Opinião O ContaêCinema fecha seu primeiro ano fazendo sua primeira retrospectiva. Não tivemos muita sorte e pegamos um ano sem muitas produções espetaculares, mas há aquelas que se destacaram e aquelas que não deveriam existir. Entre 59 novas produções que assisti e que foram lançadas em 2010 no Brasil, saiba agora minha opinião, do pior ao melhor filme (também foram considerados filmes que foram lançados direto em DVD): P.S.: Nós também queremos a sua  … Read More

via Contaê Cinema

Deixe um comentário

Arquivado em Reblog

Para quem acredita em numerologia, uma mensagem especial (e muito louca) de Ano Novo…(via Mulherão)

Por Renata Poskus Vaz

Quando eu era mais nova, assistindo ao programa do Gugu Liberato, ouvi a numeróloga Aparecida Liberato, irmã do apresentador, falando sobre o poder do número 11. Ela disse que residência cuja somatória dos números resultasse em 11, seria um lar com muita instabilidade, brigas e desavenças. Que este é um número dos atritos e que representa a estagnação. Nossa, fiquei preocupadíssima. Meu apartamento era o de número 146.  … Continue Lendo

via Mulherão

1 comentário

Arquivado em Reblog

Ideias (via Defenestradordeornitorrincos's Blog)

Algumas são muito boas. … Read More

via Defenestradordeornitorrincos’s Blog

Deixe um comentário

Arquivado em Reblog

Ideias (via Defenestradordeornitorrincos’s Blog)

Algumas são muito boas. … Read More

via Defenestradordeornitorrincos’s Blog

Deixe um comentário

Arquivado em Reblog

PQP, meu gato pôs um ovo II

Puta que pariu,
Meu gato pôs um ovo
Mas gato não põe ovo
Puta que pariu de novo…

Ventania

(Reflexão para as milhares de pessoas com dengue neste Brasil afora e que serão abduzidas por 2010 acompanhadas solitariamente de 750 mg/ml/cc de paracetamol. Adeus ao pastor que um dia profetizou: uísque é o cachorro engarrafado.)

Bichano em ócio criativo numa janela do 1º povoado do Brasil, Cananéia/SP Foto: Z. Santos

Deixe um comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

Hoje, dia 31 tem Bloco Mistura Fina

Saindo do Bar do Antônio Chulé, neste dia 31 um dos mais tradicionais blocos de carnaval de Porto Velho dá as suas caras ao ano que chega, reunindo sambistas, foliões, curiosos, avulsos, passantes e bêbados pelo percurso oficial. O bloco sai no final da tarde  pela Joaquim Nabuco, Mal Deodoro, Almirante Barroso, Avenida Brasilia, Av. Sete de Setembro, pedaço da Avenida Nações Unidas, Tenreiro Aranha, Carlos Gomes e volta ao Antônio Chulé, na rua Bolívia.  A concentração começa às 2 da tarde, com muita cerveja gelada e farinha de trigo pronta prá pintar de branco o folião.

1 comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

Investigação nº 11

Blog voltado para a discussão e difusão da produção artística contemporânea. Através de experiências singulares e textos experimentais, deseja ser, sobretudo, um espaço de circulação e conversa entre os trabalhos, os artistas e seus processos. Clique na imagem para ir ao site.

Deixe um comentário

Arquivado em Efêmeras Divagações

Deu no Blog do Cassio Zirpoli : Novo ranking da CBF, 1959-2010. Daí…

Por Cassio Zirpoli*

Ainda repercute a decisão da CBF de unificar os títulos da Taça Brasil (1959-1968) e do Torneio Roberto Gomes Pedrosa (1967-1970) ao Campeonato Brasileiro. Em vez de 40 edições, o Nacional tem agora 54 competições oficiais. A mudança não vai ficar restrita ao número de campeões. Se a CBF mantiver o critério, o seu ranking de clubes vai passar a englobar os antigos torneios. O blog se antecipou a isso e calculou o ranking com os “novos” campeonatos agregados. O maior trabalho, sem dúvida, foi listar a classificação final da Taça Brasil, separando as classificações a cada fase, com o critério de 2 pontos por vitória. Com um sistema curioso, sem muita diferença do campeão para os demais participantes (o campeão ganha 60, enquanto o vice ganha 59, por exemplo), o clube que mais somou pontos entre 1959 e 1970 foi… Santos de Pelé ou Palmeiras de Ademir da Guia? Nenhum dos dois.
Foi o Grêmio, que disputou 13 das 14 edições antigas e somou 710 pontos! Por sinal, o clube gaúcho se torna, também, o time com mais participações, com 51 edições. Como era de se esperar, o Náutico deu um salto enorme. Agora em 16º, o Timbu, vice-campeão brasileiro de 1967, reduziu a diferença em relação ao Leão de 294 para 76 pontos. Confira abaixo o provável ranking da CBF com os novos torneios!

1º) Grêmio – 2.869 pontos (710 a mais). Permaneceu na liderança
2º) Palmeiras – 2.593 pontos (581 a mais). Ganhou 5 posições
3º) Cruzeiro – 2.509 pontos (559 a mais). Ganhou 6 posições
4º) Atlético-MG – 2.475 pontos (443 a mais). Ganhou 2 posições
5º) Santos – 2.466 pontos (637 a mais). Ganhou 5 posições
6º) Vasco – 2.397 pontos (311 a mais). Perdeu 3 colocações
7º) Corinthians – 2.361 pontos (224 a mais). Perdeu 5 colocações
8º) Flamengo – 2.341 pontos (255 a mais). Perdeu 5 colocações
9º) Internacional – 2.283 pontos (287 a mais). Perdeu 1 colocação
10º) São Paulo – 2.246 pontos (197 a mais). Perdeu 5 colocações
11º) Botafogo – 2.106 pontos (434 a mais). Ganhou 1 posição
12º) Fluminense – 2.047 pontos (324 a mais). Perdeu 1 colocação
13º) Bahia – 1.844 pontos (486 a mais). Ganhou 6 posições
14º) Sport – 1.670 pontos (169 a mais). Ganhou 2 posições
15º) Coritiba – 1.668 pontos (153 a mais). No mesmo lugar
16º) Náutico – 1.594 pontos (387 a mais). Ganhou 5 posições
17º) Goiás – 1.570 pontos (47 a mais). Perdeu 4 colocações
18º) Portuguesa – 1.554 pontos (149 a mais). Perdeu 1 colocação
19º) Atlético-PR – 1.530 pontos (151 a mais). Perdeu 1 colocação
20º) Guarani – 1.516 pontos (nenhuma bonificação). Perdeu 6 colocações
21º) Vitória – 1.462 pontos (107 a mais). Perdeu 1 colocação
22º) Santa Cruz – 1.293 pontos (153 a mais). No mesmo lugar
23º) Ceará – 1.269 pontos (214 a mais). Ganhou 1 posição
24º) Ponte Preta – 1.092 pontos (45 a mais). Ganhou 1 posição
25º) Paraná Clube – 1.080 pontos (nenhuma bonificação). Perdeu 2 colocações
26º) Fortaleza – 1.002 pontos (278 a mais). Ganhou 3 posições
27º) Remo – 961 pontos (106 a mais). No mesmo lugar

Macapaense de 1981, apaixonado por futebol desde 1987, curioso por números relacionados ao esporte a partir de 1991, jornalista formado em 2005 e blogueiro desde 2008. Via Blog do Cassio Zirpoli Esporte e Números

2 Comentários

Arquivado em Efêmeras Divagações

Bolívia parada:"Gasolinazo navideño"


Segundo o Jornal El País, a greve dos motoristas profissionais bolivianos ( Confederación de Chóferes de Bolivia, o principal sindicato com cerca de 175.000 filiados) iniciou domingo, depois do aumento decretado pelo Governo Evo Morales, entre 57% e 83 % no preços dos combustíveis. Com a medida, houve uma corrida da população aos postos de gasolina e estes, imediatamente , atualizaram a tabela de preços. Os mercados populares também sofreram aumento de preços nas mercadorias em até 50 % , em decorrência deste aumento.  O Decreto Supremo 748, de equiparação de preços dos hidrocarbonetos tem provocado muitos protestos principalmente em La Paz e em Santa Cruz de la Sierra.  A maior surpresa da população foi também porque o Presidente Morales sempre defendeu que não era necessário nenhum gasolinazo ou impuestazo para diminuir o déficit fiscal da Bolívia.

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias

Bolívia parada:”Gasolinazo navideño”


Segundo o Jornal El País, a greve dos motoristas profissionais bolivianos ( Confederación de Chóferes de Bolivia, o principal sindicato com cerca de 175.000 filiados) iniciou domingo, depois do aumento decretado pelo Governo Evo Morales, entre 57% e 83 % no preços dos combustíveis. Com a medida, houve uma corrida da população aos postos de gasolina e estes, imediatamente , atualizaram a tabela de preços. Os mercados populares também sofreram aumento de preços nas mercadorias em até 50 % , em decorrência deste aumento.  O Decreto Supremo 748, de equiparação de preços dos hidrocarbonetos tem provocado muitos protestos principalmente em La Paz e em Santa Cruz de la Sierra.  A maior surpresa da população foi também porque o Presidente Morales sempre defendeu que não era necessário nenhum gasolinazo ou impuestazo para diminuir o déficit fiscal da Bolívia.

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias

Reveillon 2011: O que usar? (via Dona Onça)

Adeus ano velho, feliz ano novo! Finalmente o ano está acabando, gente! Já cansei de 2010 e vocês? Com várias expectativas para o ano que vem, gosto de investir em algo bom que me traga boas energias! É o famoso “começar com o pé direito”, que sempre me faz querer investir no look do ano, o primeiro look que vai me trazer força para fazer um ano melhor que o anterior. … Read More

via Dona Onça

Deixe um comentário

Arquivado em Efêmeras Divagações

Senadora Fátima Cleide libera R$ 1,8 milhões para obras no Conjunto Jamary e Centro do Idoso, em Porto Velho/RO

Por Mara Paraguassu

Foram pagos nesta quarta-feira (29) pelo Programa Calha Norte (Ministério da Defesa) R$ 1 milhão e 800 mil para a prefeitura de Porto Velho asfaltar ruas do Conjunto Jamary e construir o Centro do Idoso. A informação é da senadora Fátima Cleide (PT-RO), que teve a iniciativa de propor emendas individuais no Orçamento Geral da União para estas duas obras.  “O projeto de construção do Centro do Idoso tem grande significado social, e vai oferecer boas condições para atender quem precisa. Estive no evento de apresentação do projeto, e tenho certeza de que a obra será de qualidade, como merece e precisa a nossa população. O asfalto no Conjunto Jamary é uma antiga reivindicação dos moradores, e fico muito contente de poder contribuir para a melhoria do bairro”, disse a senadora Fátima. Porto Velho é um dos municípios mais beneficiados pelo trabalho parlamentar da senadora Fátima em relação à indicação e liberação de recursos, sejam com origem nas emendas ou extra orçamentários. Já são mais de R$ 150 milhões destinados para o município, isso sem contar com seu apoio para a tramitação de projetos de obras estruturantes que corriam o risco de perder recursos, como a construção das pontes sobre o rio Madeira.  A senadora foi responsável por viabilizar recursos para a revitalização da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré; Canal dos Tanques; Lar do Bebê; viadutos; Instituto Federal de Educação Tecnológica (IFET-RO); aparelhamento de policlínicas; construção de escolas; realização do FestCineamazônia; biblioteca na avenida Jatuarana; construção da escola de música na zona leste; Casa Amparo (mulheres vítimas da violência); área de lazer e pista de caminhada no Caladinho e pavimentação e drenagem em dezenas de ruas de Porto Velho entre outras diversas obras executadas ou em execução na capital.

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias

Lula lança hoje o RIC, novo cartão de identidade dos brasileiros

O Ministério da Justiça lança às 12h desta quinta-feira (30), em Brasília, o RIC (Registro de Identidade Civil) que deverá substituir o atual RG, com uma série de mecanismos de segurança, além de um chip para armazenar dados como sexo e origem do indivíduo, data de nascimento, assinatura, impressões digitais, entre outros. O chip do RIC ainda trará dados de outros documentos nacionais, como o CPF e título de eleitor, por exemplo. Segundo o Ministério da Justiça, o novo RG será um dos “mais modernos documentos de identificação do mundo”. O lançamento acontece no Salão Negro do Palácio da Justiça, às 12h, e contará com a presença do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, do ministro da Justiça, Luiz Paulo Barreto, do diretor do Instituto Nacional de Identificação, Marcos Elias de Araújo, do diretor-presidente do Instituto Nacional de Tecnologia da Informação, Renato da Silveira Martini, e do presidente da Casa da Moeda do Brasil, Luiz Felipe Denucci, entre outras autoridades. A nova carteira de identidade nacional não substituirá documentos como CPF, Título de Eleitor e Passaporte, mas terá o mesmo registro em todos os institutos de identificação estaduais do país.A Receita Federal determinou ainda regras para facilitar a obtenção imediata do CPF. Com formato semelhante ao do cartão de crédito, o RIC terá foto, impressão digital, assinatura do portador, código e um número de dez dígitos com um dígito verificador que será registrado numa central nacional de dados, controlada pelo Ministério da Justiça. O documento continuará a ser emitido pelos institutos de identificação estaduais, mas a reunião de dados em um cadastro único vai evitar fraudes porque impedirá que o mesmo número seja registrado mais de uma vez em Estados diferentes. O chip conterá a foto e a impressão digital. O novo sistema será instalado ao longo de nove anos, com um investimento de R$ 1,5 bilhão do governo federal. A Receita Federal publicou no Diário Oficial a Instrução Normativa que permite que o contribuinte obtenha na hora o número do CPF. Atualmente, o processo, se não houver pendências, leva em média sete dias úteis. O novo sistema, previsto pela Receita para entrar em operação em agosto, vai eliminar também a emissão de cartões de plástico. No futuro, a partir de um banco de dados unificado do governo e dos bancos, será possível obter o número pela web. O custo para o contribuinte seguirá em R$ 5,50. Hoje, são emitidos 500 mil CPFs por mês.As primeiras cidades a participarem do projeto piloto serão Brasília, Rio de Janeiro, Salvador, Hidrolândia (Goiás), Ilha de Itamaracá (Pernambuco), Nísia Floresta (Rio Grande do Norte) e Rio Sono (Tocantins). Nesta primeira etapa, 2 milhões de brasileiros serão selecionados para receber o RIC.

NR : No modelo para a imprensa ( na primeira foto, de cima), colocaram o Estado como “Utopia”. Qual estado do Brasil que poderia ser chamado assim hoje ?

2 Comentários

Arquivado em Notícias

Vocabulário Popular de Porto Velho – Candiru

Candiru (Vandellia cirrhosa, etc.)
[Tupi] Peixe intruso que, que segundo a crença (não simplesmente crença), se entranha nos orifícios humanos, erigindo as espinhas nas suas guelras e de lá saindo só após muito esforço ou ação de bisturi…
[Tupi] Candiru: interfering little fish (±1”) reputed (not simply reputed) to penetrate human orifices, opening out the spines on its gill-covers and very difficult to remove, sometimes needing the scalpel…
[Tupi] Candiru : petit poisson pervers (2,5 cm) qui, d’après la croyance (pas simplement une croyance), pénètre les orifices humaines, étale les épines portées sur l’opercule, et ne peut être sorti qu’au coût d’immenses efforts, ou du bistouri…

Deixe um comentário

Arquivado em VPPV

Pensamentos Vadios

Por Clara da Costa

Incendiastes minhas lembranças…
sentidos em desalinho,
pensamentos vadios,
ligeiros como o vento.

O mar se pintou de saudade,
a lua se escondeu de tristeza,
aquele mofo sentimental,
na poesia cinzenta.

Paredes revelam pensamentos,
a vida se torna um breve sopro,
num pedaço de qualquer lugar.

Pensamentos vadios,
em lábios vazios
à procura dos teus…

1 comentário

Arquivado em Efêmeras Divagações

Feliz ano que vem !

Clique na imagem para ampliar. Enviado por Seu Neca

Deixe um comentário

Arquivado em Efêmeras Divagações

DER/RO Concurso Público: resultado final, por ordem alfabética e de classificação

Veja aqui, em PDF,  o resultado final do Concurso Público nº 001/DER/RO, Departamento de Estradas de Rodagem e Transportes do Estado de Rondônia,  de 23 de julho de 2010

Por OrdemAlfabética :

classificados_ordem_classif_fund_incomp

classificados_ordem_classif_fund_incomp_defic

classificados_ordem_alfab_fund_comp

classificados_ordem_classif_fund_comp_defic

classificados_ordem_classif_medio

classificados_ordem_alfab_medio_defic

classificados_ordem_alfab_superior_A17

classificados_ordem_alfab_superior_exceto_A17

classificados_ordem_classif_superior_exceto_A17_defic

Por Ordem de Classificação:

classificados_ordem_classif_fund_incomp

classificados_ordem_classif_fund_incomp_defic

classificados_ordem_classif_fund_comp

classificados_ordem_classif_fund_comp_defic

classificados_ordem_classif_medio

classificados_ordem_classif_medio_defic

classificados_ordem_classif_superior_A17

classificados_ordem_classif_superior_exceto_A17

classificados_ordem_classif_superior_exceto_A17_defic

Deixe um comentário

Arquivado em Efêmeras Divagações

Do Blog do Confúcio : Cultura

” Todo povo ou civilização tem a sua cultura e basta ela para se justificar através dos tempos. Ela pode se apresentar nas suas mais diversas e ricas formas de expressões artísticas. Dias atrás minha filha esteve na cidade do México e chegou impressionada pela riqueza de informações históricas que pode ver em seus vários museus esparramados pela cidade inteira.

Nem falo a Itália, o Egito, a cultura negra que se difundiu no mundo inteiro, tendo como base os países africanos. A arte expressa nas igrejas e catedrais mundo afora. A música, a dança, a religiosidade, as crenças, a poesia, a literatura variada, a arquitetura, a pintura. Não há riqueza e nem pobreza na arte, há simplesmente cultura nas suas formas mais puras e singelas, todas são igualmente importantes.

Na campanha eleitoral me reuni várias vezes com promotores culturais da cidade de Porto Velho, Guajará-Mirim e breves conversas em outras cidades do interior do Estado. Fiquei impressionado com o nível do pessoal que tem feito o seu trabalho e arte com imensa e particular criatividade. Cada um no seu canto, dando o seu jeito, sem participações do governo e escassa presença da iniciativa privada. Anotei tudo. E chegou a hora, neste governo, que brevemente se iniciará de irmos abrindo as portas do Estado para deixar fluir toda a criatividade deste Estado. E o que sei, há uma energia potencial, tal qual as águas do Rio Madeira, que ninguém sabia que tinha nelas tanta energia acumulada. E agora com as usinas a energia caminhará pelos fios para todo o Brasil. Da mesma forma vamos deixar fluir a energia dos artistas rondonienses com leis especiais e incentivos claros e antes de tudo com vontade política de contribuir para o setor. Porque a arte gera dinheiro, emprego e oportunidades para muita gente. “

Deixe um comentário

Arquivado em Do Blog do Confúcio

Pisco del Gaiso

Desde 2007 o fotógrafo Pisco del Gaiso vem trabalhando no Estado de Rondônia, documentando o entorno das obras da Usina de Santo Antônio, no Rio Madeira. Iniciou no mês de agosto de 2010 a produção do livro Cuniã, o Lago da Menina, sobre um dos mais importantes mosaicos de biodiversidade do Brasil. O projeto conta com a parceria da Prefeitura de Porto Velho, do ICMBIO (Instituto Chico Mendes) e do Serviço Florestal Brasileiro. Dica : No olhar do fotógrafo Pisco del Gaiso, você pode ver várias fotos lindíssimas de Porto Velho, através de um slideshow produzido com  imagens de 2007 a 2010. Aproveite !

Deixe um comentário

Arquivado em Ao Norte

O festival de besteiras dos colonistas (*) do PiG (**). Melhores momentos do Golpe (via Conversa Afiada)

No post “O PSDB é irrefundável”, um comentário imperdível:
@porra_serra_ disse:
Sou o tuiteiro @Porra_Serra_ e fiz uma compilação “O PIG nesses 8 anos”, citando os ataques da mídia ao Governo Lula.
São 33 colonistas golpistas do PIG com 40 frases deles atacando o Governo Lula.
Ficou muito bom, caso queiram ver e divulgar, aqui está o link:

http://frasesdadilma.wordpress.com/partido-da-imprensa-golpista/frases-nesses-8-anos/


Abraços
O PIG nesses 8 anos
Por @Porra_Serra_

Esse é um post colaborativo, caso você possa ajudar com mais frases do PIG, por favor entre em contato.
Pretendo nesse post mostrar o que disseram os “colOnistas” do Partido da Imprensa Golpista nesses 8 anos de Governo Lula, na medida do possível citarei os links das frases e mostrando como os argumentos de tais pessoas são de extrema falsidade, fundamentados por preconceitos, racismos e ódio ao Governo Lula.
O link com a frase original encontra-se na imagem, em vermelho o link desmentindo o PIG:

“Lá [em Honduras] como cá houve, na verdade, um contragolpe. Aqui, por uma ação militar que deixou o Congresso diante de um fato consumado: a invacância da presidência, com a fuga de Goulart para o exterior. Lá, por uma ação totalmente dentro da legalidade.” (Alexandre Garcia, em 29/12/2009.)

Comentário: Documentos vazados pelo Wikileaks comprovam que o EUA assume ter ocorrido um golpe de Estado ilegal


“Na cobertura da tragédia da TAM, a grande imprensa se portou como devia. [… Ela] foi, honestamente, testando hipóteses, montando um quebra-cabeça que está longe do fim.” (Ali Kamel)

Comentário: Embora a mídia jogasse a responsabilidade pela a tragédia no Governo Lula, o acidente foi causado por falha humana


“Lula ressuscita a CPMF para vingar-se dos que sepultaram o sonho do terceiro mandato.” (Augusto Nunes em 5 de novembro de 2010)

Comentário: Por ser um estadista, Lula sempre respeitou o jogo democrático e nunca visou o terceiro mandato.

“Eu não estou dizendo que Lula é nazista. […] O que estou dizendo é que Lula e o PT, de modo geral […] têm sistematicamente recorrido a símbolos e táticas que [o teórico nazista] Carl Schmidt de bom grado aprovaria.” (Bolívar Lamounier, 22/10/2010 Sobre a campanha)

Comentário: A campanha de José Serra para a presidência utilizou redes neonazistas para caluniar a Dilma Rousseff


“Todos os limites foram ultrapassados; não há como o Congresso postergar umprocesso de impeachment contra Lula. Ou melhor, a favor do Brasil.” (Boris Casoy, “Folha de S. Paulo”, 28 de março de 2006)

Comentário: O mensalão nunca foi provado. O PIG tentou usar o escândalo para golpear o Governo Lula


“Duzentas pessoas estão mortas. Elas devem ser somadas às 154 vidas segadas no Boeing da Gol que colidiu com o jato Legacy. Balanço terrível do caos da aviação: 354 vítimas da incompetência, da corrupção, da omissão e do desgoverno.” ”O presidente é o responsável” (Carlos Alberto Di Franco)

Comentário: Desligamento do transponder pelos pilotos no jato Legacy ocasionou o acidente


Não se pode dizer que o ano foi bom para a economia do Brasil.” (Carlos Alberto Sardenberg, Rádio CBN em 28 de dezembro de 2009)

Comentário: Em 2009, enquanto os países sofreram grave recessão e cortes de emprego, o Governo Lula continuou a política de geração de empregos. O saldo de empregos foi de 1.765.980


“A provável reeleição de Lula é sinal de que, para boa parte dos brasileiros, a ética e a honestidade definitivamente deixaram de ser valores em si mesmas, para tornarem-se qualidades subjetivas.” (Cora Rónai, em 28 de setembro de 2006)

Comentário: O PIG mostra não suportar o jogo democrático, muito menos respeitar o voto soberano e o povo brasileiro.

“Fato é que os Poderes, os partidos, os políticos, as instituições, as entidades organizadas, a sociedade estão todos intimidados, de cócoras ante um mito que se alimenta exatamente da covardiaalheia de apontar o que está errado.” (Dora Kramer, “Uma Nação de Cócoras” 15/10/2009)

Comentário: A dondoca indignada por ninguém escutar seu cacarejar.


“O segundo erro foi tratar como autêntica uma ficha cuja autenticidade, pelas informações hoje disponíveis, não pode ser assegurada – bem como não pode ser descartada.” (Folha de S. Paulo sobre a ficha falsa do DOPS sobre Dilma Rousseff)

Comentário: Papai Noel, Coelhinho da Páscoa, Bicho Papão e ET de Varginha. A autenticidade desses personagens não pode ser assegurada – bem como não pode ser descartada.


“E, obviamente, esses meios de comunicação estão fazendo de fato a posição oposicionista deste país, já que a oposição está profundamente fragilizada. E esse papel de oposição, de investigação, sem dúvida nenhuma incomoda sobremaneira o governo.” (Judith Brito, presidente da Associação Nacional de Jornais, em 17 de março de 2010)

Comentário: Estamos esperando os meios de comunicação serem honestos e dizer que são de oposição


“A irritação do presidente Lula com as críticas demonstra a dificuldade de conviver com a democracia.” (Marco Antonio Villa, Folha de S. Paulo, 24 de setembro de 2010. Contexto: Lula criticou a imprensa)

Comentário: Como diz o Lula: “Não existe maior censura do que a ideia de que a mídia não pode ser fiscalizada”

“O PT vai pensar com mais cuidado na escolha de seu candidato para a Presidência. Será mesmo a Dilma Rousseff? Se alguém quiser dar nome a um poste, pode chamá-lo de Dilma. Ela nunca foi eleita para um cargo representativo, não tem experiência eleitoral. Como pretendem jogá-la na eleição de 2010, que se anuncia como a mais disputada da história republicana do Brasil?” (Marco Antonio Villa, no “Estado de S. Paulo” 28/10/2008)

Comentário: Uma mulher que lutou contra a ditadura, foi barbaramente torturada, Secretária Municial da Fazenda, Secretária de Minas e Energia, Ministra de Minas e Energia, Ministra da Casa Civil e Presidenta do Brasil pode ser considerada um poste?

“Serra foi atingido, sim, por uma bobina de papel crepe (o tal ‘artefato’) que, arremessado com força, pode provocar danos graves na pessoa atingida.” (Merval Pereira, em 24 de outubro de 2010)

Comentário: O fato é que José Serra foi atingido somente uma vez e por uma bolinha de papel, contrariando a versão do PIG.


“Depois de aparelhar o estado por oito anos, numa versão petista de ‘o estado sou eu’, Lula bradou ontem num comício em Campinas que ‘a opinião pública somos nós’. Do alto de sua popularidade, nosso Luis XIV tropical acha definitivamente que tomou posse do povo brasileiro.” (Lauro Jardim, em 19 de outubro de 2010.)

Comentário: O PIG nervoso por descobrir através do Lula que o povo brasileiro são seres pensantes.


“Se o Serra ganhasse, faríamos uma festa em termos das liberdades.” (Demétrio Magnoli, 1/3/2010).

Comentário: Que liberdade o Serra prega? A de imprensa? Logo ele que é responsável por demissões de jornalistas e r…. de gravações na CNT?


“Impressionante como a política atrai vagabundo e picareta, aproveitar pelo presidente da república que não vale nada,vai demorar gerações para que o Brasil desfaça o mal que o Lula fez, eu tenho que desmistificar esse picareta que está na presidência da república” (Marcelo Madureira, Manhatan Connection, 03 de outubro de 2010)

Este governo que está aí é um governo autoritário que não perde a oportunidade de mostrar seu autoritarismo” (TV Estadão, 02 de março de 2010)

Comentário: Caceta & Planeta acabou, mesma tática de Tasso Jereissati e César Maia: Ao ficar desempregado, ataque o Lula por toda frustração e impotência sexual guardada ao longo da vida.


“Dilma não é uma ameaça ao vernáculo ─ mas à segurança nacional. Essa mulher evidentemente não tem a menor condição de representar um único brasileiro ─ sequer seu neto Gabriel, ainda ‘unborn’. (…) No dia em que o Criador, depois da última cinzelada na criatura, ordenou ‘Fala Dilma’, o mito começou a ruir.” (Celso Arnaldo, no site da “Veja”, 16/5/2010)

Comentário: O neto da Dilma nem havia nascido e o PIG já começou a bombardeá-lo. “O mito começou a ruir”? Dilma Presidenta.


“Cada vez mais, Lula tem menos chances. A pesquisa Ibope divulgada nesta terça-feira pelo Jornal Nacional mostra que o presidente Lula foi atingido em cheio pelas denúncias.” (Cristiana Lôbo, em artigo no jornal “O Globo” 29/8/2005)

Comentário: Cristiana Lôbo como jornalista é uma ótima vidente. Ops, nem isso!



O Brasil pode não aderir, mas é incapaz de impedir a formação da Alca.” (Eurípedes Alcântara, em artigo na revista “Veja” 15/10/2003)

Comentário: Ministro Celso Amorim disse tudo sobre o Alca: “(…)foi melhor talvez mesmo não ter tido a Alca. A crise nos EUA demonstrou isso. Nós ficamos mais protegidos, tivemos mais liberdade. E pudemos investir numa política Sul-Sul. E nada foi mais importante do que o processo de integração da América do Sul



“Gripe [suína] pode afetar até 67 milhões no Brasil em até oito semanas. […] De 3 milhões a 16 milhões desenvolverão algum tipo de complicação a exigir tratamento médico e entre 205 mil e 4,4 milhões precisarão ser hospitalizados.”Helio Schwartzmann, em matéria na “Folha de S. Paulo” 19/7/2009)

Comentário: Documentário estrangeiro (legendado) mostra o quão golpista foi essa ”Operação Pandemia”


Aécio fecha acordo para ser vice de Serra.” (Kennedy Alencar, em coluna na “Folha de S. Paulo” 17/5/2009)

Comentário: Mais uma barrigada… quer dizer, furo jornalístico.



O governo Lula terminou quando ele não soube ou não pôde enfrentar sem medo o mar de lama do caixa 2 do PT, do mensalão de Delúbio Soares e das falcatruas alimentadas pelo loteamento de cargos públicos.” (Lucia Hippolito, em artigo no “Globo” 2005)

Comentário: Será que a Lucia Hippolito também estava bêbada ao escrever? (Youtube)


“Lula, o Lírico da Marolinha, deveria se desculpar pela besteira que falou. O efeito da crise no Brasil, no que concerne ao emprego (ver um dos posts abaixo),  está mais perto mesmo de uma tsunami.” (Reinaldo Azevedo, em post no site da “Veja” 14/1/2009).

Comentário: Mais uma vez terei de citar, o que houve foi um tsunami de empregos. Em 2009, enquanto os países sofreram grave recessão e cortes de emprego, o Governo Lula continuou a política de geração de empregos. O saldo de empregos foi de 1.765.980


“Vocês viram essa? Lula, ao deixar a Presidência, quer escrever de vez em quando. Sim, vocês leram direito: escrever” (Ricardo Setti, Veja, 28 de outubro de 2010)

Comentário: Silvio Santos (empresário), Bill Gates (empresário – Microsoft), Michael Dell (empresário – Dell) e Steve Jobs (empresário – Apple) não cursaram ensino superior. Por que será que falam tanto do Lula? O PIG se mata de inveja, não conseguem aceitar que Lula é “O Cara”.


“Por que devemos curvar-nos ante a magnificência presidencial de um pervertido que se gaba de ter tentado estuprar um companheiro de cela e diz sentir nostalgia do tempo em que os meninos do Nordeste tinham – se é que tinham – relações sexuais com cabritas e jumentas?” (Olavo de Carvalho, Diário do Comércio 20/12/2010)

Comentário: Como todos sabemos, a história do estupro é falsa. Mas o Olavo de Carvalho com certeza ganhou o troféu de FILHO DA P* do ano com esse comentário.


“(…) com Lula no poder o Brasil tornou-se, de forma premeditada, um dos países mais corruptos do mundo, onde a população se deixa escravizar seis meses ao ano para, entre outras mazelas, financiar o incontrolável aparelhamento da máquina pública, a bilionária propaganda enganosa, os “movimentos sociais” criminosos, as incontáveis ONGs parasitárias, o fausto palaciano, os partidos políticos de aluguel, programas sociais fraudulentos, etc., para não falar no enriquecimento súbito e milionário de amigos e familiares” (Ipojuca Pontes, “Lula, o filho do Mal” 21 setembro de 2009)

Comentário: Como vocês veem, o Brasil é o pior lugar do mundo para se morar.


“É óbvio também que ao longo dos últimos anos os fatos se impuseram, de maneira impiedosa, aos que elogiaram a política externa de Lula como um de seus grandes feitos. Quem sabe perdeu-se muito tempo à procura do ponto G.” (William Waack, Globo, 29 de junho de 2007)

Comentário: Saiu no jornal alemão Der Spiegel: “Lula salta para a Grande Liga da diplomacia mundial“. Quem tem credibilidade?


A biografia de Lula será escrita nos tribunais. O julgamento histórico de seus oito anos no poder estará estampado numa série de inquéritos penais.” (Diogo Mainardi, Veja, 20 de março de 2010)

Comentário: A biografia do Lula está concorrendo ao Oscar.

“Sobre o livro ‘Lula, minha anta‘, no caso é anta substantivo e não adjetivo. Eu não tenho grande apreço pelo intelecto do presidente mas nesse caso é animal de caça, eu caçei esse bicho durante 2 anos e ele conseguiu fugir” (Diogo Mainardi, no Programa do Jô)

Na única vez que fiquei ao lado do Lula, eu cometi um ato criminoso. Isso deve ser um indicativo de alguma coisa” (Diogo Mainardi, no Programa do Jô falando que participou de uma greve”)

Comentário: Mainardi como todos sabem, sofre de inveja crônica. Além disso, é citado pelo Nassif como lobista de Daniel Dantas.


“A chamada política nacional dos direitos humanos do governo Lula põe fim à liberdade de expressão e opinião dos meios de comunicação e de pesquisa científica. Ainda dá um chute no balde de nossa galinha dos ovos de ouro, o agronegócio.Comparadas com isso aí, as reformas de base de João Goulart que levaram os militares ao poder em 64 é café pequeno, mas hoje o presidente assina sem ler, a oposição também não lê e os militares, bem, alguém sabe por onde anda os militares?” (José Nêumanne Pinto, SBT)

Comentário: Por um momento pensei que Nêumanne estivesse convocando um golpe militar. É incrível como o PIG que prega “liberdade de imprensa” e ao mesmo tempo adora uma ditadura.


Dilma parece estar no seu inferno astral. Além da radioterapia, ela enfrenta a entrada em cena de Marina, o empate com Ciro nas pesquisas, o envolvimento desgastante de Lula e do PT com a defesa de Sarney e, enfim, a cristalização da imagem de mentirosa (diploma, dossiê contra FHC, embate com Lina Vieira, versões divergentes de sua ação no caso Varig)” (Eliane Cantanhêde, Pulverização Governista, agosto de 2009)

Comentário: Lina Vieira é casada com ex-ministro de FHCsuspeita de tráfico de influência e prevaricação. Dilma Rousseff, a presidenta do Brasil, é a mentirosa?


“O governo tem que ter um plano para enfrentar a recessão. (…) O problema da tese da marolinha é que ela foi um diagnóstico errado e quando o governo erra no diagnóstico, ele não vê o que está realmente acontecendo na economia. (…)” (Miriam Leitão, no Bom Dia Brasil (Globo) em 2009)

Comentário: Chega a ser cômico as análises da Miriam Leitão, só para citar:“Brasil ganha nota máxima em medição da reação à crise”“Brasil recebe elogios por reação à crise global”. Mais uma barrigada do PIG.


“OK, NINGUÉM É perfeito. Mas por um momento Obama nos pareceu a pessoa mais perfeita do mundo; aquele presidente que adoraríamos ter. Mas pouco tempo passou para ele dar uma pisada de bola. Foi quando disse, de maneira elogiosa, que Lula era o “cara”. Tudo bem, ele não pode saber de tudo o que acontece no Brasil, mas para isso tem 500 assessores que deveriam contar as barbaridades que o nosso presidente diz -e permite que façam.” (Danuza Leão, Folha de São Paulo, 12 de abril de 2009)

Comentário: É com “complexo de vira-latas”, o que vem de fora é melhor. O PIG acha tudo de fora bonitinho, já o que é brasileiro é ruim. Veja o discurso de Lula sobre isso (Youtube)

“A idéia de comemorar as bodas de pérola com uma festa caipira não podia ter sido pior. O Brasil tem tantos regionalismos bacanas, uma culinária riquíssima, várias maneiras de ser cheias de ginga e charme que deslumbram o mundo inteiro, e o presidente e dona Marisa Letícia vão escolher logo uma caipirada dessas?” (Danuza Leão, 15 de junho de 2004)

Comentário: O PIG possui um ódio enorme do povo e de sua cultura.


“Os fatos reais: com a eleição de Lula, uma quadrilha se enfiou no governo e desviou bilhões de dinheiro público para tomar o Estado e ficar no poder 20 anos. Os culpados são todos conhecidos, tudo está decifrado, os cheques assinados, as contas no estrangeiro, os tapes , as provas irrefutáveis, mas o governo psicopata de Lula nega e ignora tudo. Questionado ou flagrado, o psicopata não se responsabiliza por suas ações.
Comentário: Olavo de Carvalho chama o Lula de pervertido e estuprador, já Jabor chama de psicopata. Essa é a ética do PIG


Lula deve desculpas a Serra. Chamou-o de mentiroso sem ver os vídeos que reconstituem o incidente. Se os tivesse visto, não teria mentido, pois só uma pessoa desonesta (e as houve, muitas) não via que retratavam dois episódios, distintos. Serra foi atingido duas vezes, por uma bola de papel e por um objeto mais pesado. A entrada de Nosso Guia [Lula] no debate foi um golpe desleal, demagógico. Se tivesse ocorrido um “dia da farsa”, com Serra simulando uma agressão, teria havido uma malfeitoria de candidato. Infelizmente o farsante foi Lula” (Elio Gaspari, 24 de outubro de 2010)

Comentário: O Indio da Costa deve estar certo então: “Eu estava ao lado do Serra quando aquele pacote enorme bateu na cabeça dele e fez até barulho, tinha 2kg. Veio numa velocidade enorme” Um OVNI

(*) Não tem nada a ver com cólon. São os colonistas do PiG (*) que combatem na milícia para derrubar o presidente Lula. E assim se comportarão sempre que um presidente no Brasil, no mundo e na Galáxia tiver origem no trabalho e, não, no capital. O Mino Carta costuma dizer que o Brasil é o único lugar do mundo em que jornalista chama patrão de colega. É esse pessoal aí.

(**) Em nenhuma democracia séria do mundo, jornais conservadores, de baixa qualidade técnica e até sensacionalistas, e uma única rede de televisão têm a importância que têm no Brasil. Eles se transformaram num partido político – o PiG, Partido da Imprensa Golpista.

Por Paulo Henrique Amorim em Conversa Afiada

4 Comentários

Arquivado em Efêmeras Divagações

Azáfama final

Por Marli Gonçalves

Minha paixão por palavras inclui essa: azáfama. Linda, louca, sonora, rápida, e que eu acredito que também é translúcida. Nada melhor do que ela para definir os últimos dias pelos quais estamos passando, querendo descansar e atropelados.

Felizes, mas angustiados com as incertezas. Cheios de amor para dar, e com saco cheio. Dias superfamília, e enchendo o pé de jaca com tomate pisado. Pensando muito, até demais, em quem não tem que pensar, mas ao mesmo tempo sendo lembrado por inacreditáveis pessoas que você mesmo nem pode acreditar. Esses últimos dias de todos os anos são mesmo de lascar! Nervos à flor da pele a La TPM e outras letrinhas, dinheiro saindo de baldinho, gentilezas obrigatórias à parte, eventos e ventos, providências e programações, tudo ao mesmo tempo agora. Não é uma azáfama?

Aí descubro que azáfama é, ainda, um verbo, com todas as conjugações que tem de direito, azafamando no gerúndio; azafamado, no Particípio. Eu azafamo, eu azafamei, eu azafamava, eu azafamara, eu azafamarei, eu azafamaria. Que eu azafame! Se eu azafamasse… Azafama tu.

Ufa!Afã. Não te faz lembrar as filas e as atividades que enfrentou? Um só eu fazendo muitas coisas. Assim, acho que é isso, uma atividade intensa. Uma pressa, uma urgência, afã. Ufa!

Calma, está passando. Do meu ponto de observação, vejo que nas ruas a calmaria pode ser sentida. Já aparecem até as primeiras ofertas e liquidas, off-off, queimas, vem-cá-meu-bem. Ah! E na vitrines, surpresa! Tudo já está aquele branco, angelical.

Todos os dias os jornais mostram a situação das praias. Pergunto: para que mostrar? Para dar água na boca de quem não está lá? Mostram também a neve na Europa. A mesma coisa: a gente aqui na cidade morrendo de calor, suando até pelas beiradas, e de repente aquele frio entra pela casa, baixa a sensação térmica, mas de querer um gelinho daqueles! Os floquinhos serelepes caindo, aquelas bochechas vermelhas sorrindo…

Atchimmm!

Espera aí. Não vê que ainda estou procurando e tentando achar algum coisa boa nisso, nesse período de entressafra de vida do ano, para citar? E prometo não fazer aquela barbeiragem de dizer que “a cidade fica ótima sem ninguém”. Fica não. Fica não; fica é muito da sem graça. Seja ela qual cidade for.

A verdade verdadeira é que a tudo a gente se adapta. Só neste último ano sobrevivemos à Copa, às eleições, ao Morro do Alemão, algumas das muitas situações que deslocam nossos cotidianos, ao mesmo tempo, a cada dia menos programáveis. Pode faltar luz – e tudo hoje depende dela – até os trequetreques modernos uma hora precisam ser carregados. Pode chover muito e te ilhar. Pode haver um tiroteio, e você precisará é se proteger. Pior: pode faltar luz, chover e você cair no meio de um bang-bang.

Como sempre, estamos cercados de perigos e probabilidades, de um lado e de outro, igual canoas cambaleantes. Mas tudo isso pouco importa, o Carnaval está aí, e logo depois, a Páscoa. Nós correremos nossas maratonas individuais.

O ano nem está aí, mas daqui a pouco já acabou. É ou não é uma azáfama?

São Paulo, cheia de gente de fora, na transição do último zero para 1.
………….
Brinca, não! Isso dá nome de Deusa, de perfume, de marca de tênis, de escuderia feminina, de… Acho que este ano vou investir em criar umas coisas. Topas?  Um 2011 lindo e azafamado do bem e do bom, para todos nós!

Site da jornalista Marli Gonçalves: www.brickmann.com.br / e-mail:  marli@brickmann.com.br / www.twitter.com/MarliGo

Deixe um comentário

Arquivado em Efêmeras Divagações

Infância

Por Aparicio Secundus Pereira Lima

O doce enlatado
Trancado no armário.
Imaginação adulta nestas horas,
Questão de honra comer um pedaço.
Onde a chave?
Faro canino logo descobria.
Mãozinhas trêmulas
Furtando o tesouro da mãe.
Armário aberto.
Saliva emudecendo os lábios
Ao ver o doce brilhando.
A tampa da lata
Refletia a tez franzida,
O suor da angústia
Pingando no chão.
Onde a faca?
É preciso ganhar tempo.
Dedos mergulhados no doce,
Levados a boca
Com gula.
Impressões digitais na lata.
Delícia de doce!
Novamente os dedos sujos

Cinturão cantou
Nas costas magras.
Flagrante delito…
Num canto,
Depois da sova,
Soluços incontidos,
Lágrimas descendo rosto abaixo.
Nos lábios, restos do doce,
Gosto de fel.
Na barriga,
As lombrigas sorriam agradecidas.

Deixe um comentário

Arquivado em Divagações

Odair Cordeiro e nós outros

Por Jorge Streit

Acordei sobressaltado no último dia 16, com uma mensagem de celular que me informava da morte de Odair Cordeiro. Morrera naquela madrugada uma das figuras mais importantes da política de Rondônia, apesar de jamais ter exercido um mandato eletivo.

Trinta anos se passaram até que aquele minúsculo grupo liderado por ele e José Neumar se transformasse num dos partidos mais fortes do Estado. E não houve um único dia, em todos esses anos, que ele não tenha se dedicado a esse sonho.

Desde 2003, com minha mudança para Brasília, encontrei-me poucas vezes com Odair. Talvez umas seis ou sete vezes. Em uma de minhas últimas estadas em Porto Velho, tentei fazer-lhe uma surpresa, indo à sua casa na Avenida Getúlio Vargas, sem avisar. Porém, ao chegar, deparei-me com uma empresa funcionando no local e, por fim, acabei não conseguindo encontrá-lo.

Nas nossas brincadeiras eu o chamava de Velho e ele me tratava por Alemão. Há poucas semanas ele me ligou à procura de um volume contendo várias revistas do Asterix que havia me emprestado havia mais de dez anos. Foi a última bronca que ouvi daquele turrão incorrigível. Ao final, conversamos um pouco sobre os filhos e marcamos encontro para minha próxima ida a Rondônia.

Convite chegou dentro da agência

Além de companheiro na política desde 1982, fui seu companheiro de copo por muitos anos. No antigo Bar Bangalô ou sob o pé de jambo de sua casa, fizemos inúmeras reuniões etílicas. Quando parei de beber, em 1996, recebi dele uma reprimenda nos seguintes termos: “Alemão, a pessoa que tem uma cara de bêbado como você não pode parar de beber. Você não tem o direito de desperdiçá-la”. Outras vezes, se me queixasse de algum problema de saúde ouvia dele o seguinte: “Não te falei para não parar de beber? Nunca te vi doente nos tempos de farra…”.

Após sua morte, troquei um e-mail com o jornalista Montezuma Cruz para comentar sobre o assunto e para cumprimentá-lo por ter resgatado informações preciosas sobre o trabalho de Odair nos primórdios do PT em Rondônia. Naquele momento, me lembrei de um dia do ano de 1982, quando ele foi à agência do Banco do Brasil em Ariquemes para me convidar a entrar no PT. Em suas andanças pela cidade como representante comercial, ouvira falar de um grupo de jovens bancários que organizava protestos e que acabara de lançar um jornal estudantil. Percebeu que ali poderia estar um ponto de contato para a criação do Partido naquela poeirenta e inóspita Ariquemes, um embrião de cidade que vivia a euforia da colonização implementada pelos militares, já nos estertores do regime.

Na linha do PRC, outros caminhos

Velho deixou em minhas mãos um maço de folhetos mal impressos com os nomes dos nossos candidatos às eleições daquele ano. José Neumar era candidato a deputado federal e Montezuma a estadual. Fizemos uma votação pequeníssima, mas protagonizamos o início do Partido numa época muito difícil para qualquer movimento de oposição em Rondônia.

Nos anos imediatamente seguintes trilhei caminhos diferentes de Odair dentro do PT. Nos meus primeiros tempos de Partido, coloquei-me como independente e até como oposição em relação à direção estadual representada por Odair e Neumar. Na época, alinhei-me com militantes que iniciavam o MST e que se identificavam com o antigo PRC – Partido Revolucionário Comunista. Nosso foco era o apoio às ocupações de terra e a criação dos primeiros sindicatos.

Para nós, incendiados pela paixão militante, as práticas de Odair levariam a um PT conciliador e restrito à via eleitoral. Em 1986 apresentamos uma chapa de oposição ao diretório estadual e vencemos. Montamos uma direção executiva sem Odair e Neumar, com integrantes espalhados pelo estado e não conseguimos “tocar” o Partido. Por muitos anos depois Odair me “zoou” por causa disso.

Depois, já no final dos anos 1980, comecei a me aproximar de sua casa e a trocar ideias. Nessa época eu já começava a me firmar como dirigente sindical e passava a ter mais humildade para perceber o quanto poderíamos aprender com a experiência daquele homem.

Por várias vezes, nas minhas refregas sindicais com a polícia, era ele o primeiro a chegar ao quartel com o advogado dentro do carro dirigido pela Lúcia. Também nessa época muitos outros jovens militantes passavam pela sua casa para ouvir suas estórias e conselhos, embora muitas vezes não admitíssemos publicamente. Josias Gomes, Inácio Azevedo, Roberto Sobrinho, Ernandes Segismundo, Edineide Arruda, Eduardo Valverde, Fátima Cleide, Daniel Pereira, Bernardo e muitos outros.

Tempo das alianças

Até o início dos anos 1990 vivemos um período de afirmação do PT em Rondônia, tocando as atividades com o dinheiro das feijoadas feitas por Odair e Lúcia. Até então, o Partido ainda não era alternativa de poder. A partir daí, com o crescimento, começaram a se colocar diante de nós as propostas para formação de alianças com outros partidos. Foi aí que Odair encarnou a figura de articulador político, recebendo os ônus e os bônus desse papel.

Para os militantes mais à esquerda, virou alvo de muitas críticas, sendo responsabilizado por uma “política de conchavos”. Para outros, inclusive eu, representava a figura de hábil articulador, sempre atento às melhores opções para o PT.

Foi assim que se deu a aliança com José Guedes em 1992, quando PT e PSDB ainda não eram inimigos figadais. Foi assim também a tentativa de aliança com Raupp no primeiro turno em 1994, pouco depois desautorizada pelo Diretório Nacional do PT pelo fato de o PMDB não constar da política de alianças aprovada nacionalmente.

Nesse processo tive que abrir mão de uma candidatura a deputado federal com grandes possibilidades e virei candidato a governador numa campanha meio quixotesca, na companhia de Eduardo Valverde e Israel Xavier. Anos depois avaliei que eu devia ter “batido o pé” mesmo contra a opinião de Odair e do restante da articulação e lançado uma candidatura a deputado.

Mas quem somos nós para, tanto tempo depois, querermos julgar atitudes tomadas no calor daquelas disputas e sob circunstâncias muito particulares daquele momento.

“Deixe de ser xiita, você não tem mais 20 anos”

Enfim, até 1998 estive muito próximo de Odair pude compartilhar de suas engenhosas construções políticas. O vitorioso desenho que levou o PT a eleger Fátima Cleide para o Senado, além de dois deputados federais em 2002, foi pensado e executado por ele com maestria. Na época eu estava fora da direção do PT e me dedicava ao Banco do Brasil e a uma tardia universidade.

Cheguei a torcer o nariz contra a ideia de aliança com Gurgacz, sobretudo pelas minhas históricas relações com os sindicalistas do setor de transportes, principalmente Hermínio Coelho e Claudio Carvalho, hoje importantes nomes do PT. Ainda assim ouvi dele algo assim: “Alemão, deixe de ser xiita que você já não tem mais 20 anos”.

Depois disso ainda tivemos as vitórias de 2004 e 2008 para a Prefeitura da Capital, ambas com forte participação dele na articulação política e na montagem dos programas de TV. Nesse período eu já vivia em Brasília e não acompanhei seu trabalho.

Mas fiquemos assim, meu Velho. Lá em cima, com sua camisa vermelha e estrelinha no peito, tente juntar os nossos companheiros que também já estão por lá – o Chico Cezário, Fernando, Hemerson Teixeira, Piau, Pedrinho Oliveira, Tiãozinho da CUT, Jasmo e Fatinha Alves. Se bem os conheci, Cezário e Fernando já se engalfinharam várias vezes e o Jasmo, Tiãozinho, Pedrinho e Piau já organizam uma reforma agrária nos campos celestes. Se precisar de ajuda, procure o Padre Ezequiel Ramin, que a essas horas já deve estar muito bem entrosado lá em cima.

E quanto a nós, amigos e familiares, embora já saudosos das suas incontáveis manias e de seus conselhos valiosos, tentemos ver sua morte de uma forma diferente daquela a que fomos ensinados no ocidente. Vejamos como parte do ciclo da vida, numa seqüência vida-morte-vida ou, como diz o rabino Nilton Bonder, como parte da nossa necessidade de pausas, constituindo-se na maior de todas elas.

Deixe um comentário

Arquivado em Divagações

Mais vale um byte ou um por-do-sol ??

Em 2011 sinta mais o mundo ! E leia menos !  Ou melhor,  qualifique sua informação.

É muita porcaria , é muita coisa mal escrita, mal articulada, que não vai lhe servir prá nada ! Falta conteúdo, falta vivência e às vezes um pouquinho de educação.  Ética é uma palavra distante congelada dentro de um iceberg. (Um real, não o da Abunã que produz uma bela cerveja “suja”!)

Faça um teste com um saite destes de fofocas políticas, esprema bastante e veja o que sobra de realmente relevante. Te aconselho, irmão, a lavar as mãos com creolina, no caso despoluir os olhos,coração e mente com 1/2 hora de um belo por do sol ou com a lua que insiste no meio das nuvens.

Até este bravo blog se vc achar que não lhe traz nada, nenhuma emoção mais recôndita, nenhuma informação importante, mande-o para as calendas do inferno, faça-o queimar na mármore fervente do belzebu.

É uma profusão de endereços virtuais, senhas, perfis, links, informações digitais de qualidade, outras tão idiotas parecendo escritas por quem acabou de sair do Mobral ( quá…. esta é antiga !).

O You Tube, o Orkut, o Facebook e o Twitter talvez não passem de modismos efêmeros, como tantos outros já houveram e haverão. ( Lembrei disto, há pouco, do modismo do rádio-amador Faixa Cidadão, o famoso PX da década de 80, talvez o nosso Twitter de hoje.)

Todo mundo perde tempo e , muitas vezes, fica com a cabeça embaralhada com o excesso de informação, perde o foco no trabalho, perde o foco no carinho, perde o foco na paixão, no amor, na família…

Não quer ficar de fora dos bate-papos virtuais mas mal cumprimenta a mulher quando chega em casa, isto se ainda tem mulher, se os filhos não embarcaram no mesmo delírio da loucura cotidiana.

Fazer um site é relativamente simples. Todo jornal  está direcionado para algum grupo político. Isto é normal, os grandes grupos editoriais explicitam sua posição em longos editoriais e os seguem quem quiser.  E no leque multifacetado do arco-íris midiático infelizmente também existe a cor marrom. Nesta coloração que lembra outras coisas, o $ite fala bem, ou então o $ite fala mal e isto pode mudar em questão de horas, quase sempre o tempo que demora a compensação bancária ou o depósito on-line.

Por isto, crie a sua meta , não seja refém dos outros e questione sempre as entrelinhas, ou até mesmo a veracidade das notícias. Em Rondônia temos excelentes profissionais, ótimos jornalistas que já labutaram  nos grandes jornais de SP, RJ, PR, RS e que se equiparam aos melhores do país. O problema é que a cultura digital tá virando um delicioso inferno, com mil fóruns, workshops, zilhões de blogs, redes sociais que parecem reunião de diretoria das empresas, onde vale mais fazer uma participação inteligente prá marcar o seu espaço como um cachorro mija no pneu ou no poste.

Sinceramente, blogueiros, tuiteiros, orkutzeiros ou o raio que o parta, acho que ainda  mais vale a boa idéia na cabeça e isto é uma coisa cada vez mais rara.

E se não for cineasta e não tiver a câmera na mão, como diria Glauber, vá olhar o por do sol do rio Madeira com olhos infantis ao lado da pessoa amada. Ou o Guaporé, o Mamoré, ou qualquer igarapé…

Só não sugiro jogar os notebooks, netbooks, laptops, Iphones e o escambau ( cheio de baterias de litio e niquel-cadmio, venenosas) no leito do rio prá não poluir ainda mais o nosso frágil ecossistema que ainda vai nos cobrar todas as nossas irresponsabilidades reais e virtuais.

Amemos, meninos e meninas, amemos o por do sol que ainda nos resta e nos recarrega as baterias mais do que qualquer tuitada propositalmente espirituosa…

Prefiro ainda um por do sol tímido e autêntico, recheado de nuvens insistentes e teimosas que deram prá infestar o céu de Rondônia  do que uma centena de bytes frios e teclados quase sempre por um aspirante a robô, escondido atrás de um monitor e se achando o dono da última Coca-Cola do deserto !

Quáááá !  Tenho dito !

foto : V.F.B. Bertagna

(Crônica velha escrita  num guardanapo,  por este modesto aspirante a blogueiro na Casa da Moeda, na Rua da Moeda no Recife/PE, escutando frevo autêntico tocado por uma orquestra de metais  e degustando uma , pasmem, “Norteña” uruguaia de litro, logo depois de ter dado um abraço caloroso no grande escritor Alberto Lins Caldas e conhecido a artista plástica Cyane.  Isto que é globalização, cáspite ! E chega porque é a hora do galo.)

2 Comentários

Arquivado em Delírio Cotidiano

Um Ano Novo bem arretado pra vocês tudim !!! Conselhos de um cearense para um 2011 bem pai d’égua !!!

* Sobre as suas metas para o Ano Novo:

Anote os seus querê e pendure num lugar que você enxergue todo dia.
Mesmo que seus objetivos estejam lá prá baixa da égua, vale à pena correr atrás. Não se agonie e nem esmoreça. Peleje.
Se vire num cão chupando manga, e mêta o pé na carreira atrás do que vc quer, pois pra gente conseguir o que quer, tem que acreditar.
Lembre que pra ficar estribado é preciso trabalhar. Não fique só frescando e fulerando.

* Sobre o amor:

Não fique enrolando e arrudiando prá chegar junto de quem você gosta. Tome rumo, avie, se avexe.
Dê um desconto prá peste daquela cabrita que só bate fofo com você. Aperreia ela. Vai que dá certo e nasce um bruguelim réi amarelo.
Você é um corralinda. Se você ainda não tem ninguém, não pegue qualquer marmota. Escolha uma corralinda igual a você.
Não bula no que tá quieto. Num seja avexado, pois de tanto coisar com uma, coisar com outra, você acaba mesmo é com um chapéu de touro.
As cabritas num devem se agoniar. O certo é pastorar até encontrar alguém pai d’égua. Num devem se atracar com um cabra peba, malamanhado e fulerage. O segredo é pelejar, pelejar e não desistir nunca. Num peça pinico e deixe quem quiser mangar. Um dia vai aparecer um machoréi da sua bitola.

* Sobre o trabalho:

Trabalhe, num se mêta a besta. Quem num dá um prego numa barra de sabão, num tem vez não!
Se você vive fumando numa quenga, puto nas calças e não agüenta mais aquele seu chefe réi fulerage, tenha calma, não adianta se ispritar.
Se ele não lhe notou até agora é porque num tá nem aí se você rala o bucho no trabalho. Procure algo melhor e cape o gato assim que puder.
Se a lida não está como você quer, num bote boneco, num se aperreie e nem fique de lundu. Saia com aquele magote de amigos pra tomar uns merol.
Tome umas meiotas e conte uma ruma de piadas que tudo melhora.

* Sobre a sua vidinha:

Você já é um cagado só por estar vivo. Pense nisso e agradeça a Deus.
Cuide bem dos bruguelos e da mulher. Dê sempre mais que o sustento, pois eles lhe dão o aconchego no fim da lida.
Não fique resmungando e batendo no quengo por besteira. Seje macho e pense positivo.
Num se avexe, num se aperreie e nem se agonie. Num é nas carreira que se esfola um preá.

* Arrumação motivacional:

No forró da entrada do ano, coma aquela gororoba até encher o bucho. É prá dar sorte, mas cuidado, senão dá gastura.
Tome um burrim e tire o gosto com panelada que é prá num perder a mania.
E prá começar o ano dicunforça:

– Reflita sobre as besteiras do ano passado e rebole no mato os maus pensamentos.
– Murche as orêia, respire fundo e grite bem alto:

Sai mundiça!!!

Ah, e não esqueça do grito de guerra, que é prá dar mais sorte ainda:

Queima raparigal !!!

Agora é só levantar a cabeça e desimbestar no rumo da venta, que vai dar tudo certo em 2011, afinal de contas você é cearense.
E para os que não são da terrinha, mas são doidim prá ser,
nosso desejo é que sejam tão felizes quanto nós.

Maaaaaacho!!!
Peeeeennnnse num ano que vai ser muito bom!!!
Respeite como vai ser pai d’égua esse 2011!!!

1 comentário

Arquivado em Efêmeras Divagações

Ainda o Natal… (via BLASFÉMIAS)

Ainda o Natal...

via BLASFÉMIAS

Deixe um comentário

Arquivado em Efêmeras Divagações

O santo, os tucanos e os porcos (via O que será que me dá?)

O paulista que tem até 35 anos de idade NUNCA elegeu outro outro governante que não fosse do PSDB. E antes disso ainda tivemos Maluf, Fleury… Enquanto a parte paulista dos 3% cães raivosos vociferava orgulhosamente o “PT em São Paulo? Jamais!” nas últimas eleições, o Brasil esfregava-lhes na cara o “Tucanos paulistas na presidência? Nunca mais!” Resultado: o Brasil elegeu Dilma presidente. É bem verdade que São Paulo elegeu Alckmin e Tiririca. O primeiro, sério candidato a levar uma surra eleitoral maior que a de Serra em 2014. O segundo, bem… o segundo… pior do que São Paulo está, não fica!… Continue Lendo

via O que será que me dá?

Deixe um comentário

Arquivado em Efêmeras Divagações

Segundo INPE, Pará é o campeão em desmatamento com 334 km². Rondônia é vice com 154 km²

Mais de 836,7 km² da Amazônia Legal foram desmatados em setembro e outubro. A informação é do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais). Comparado com o mesmo período do ano passado, o desmatamento na região aumentou 45,4%. O Estado que registrou a maior área desmatada entre setembro e outubro foi o Pará, com 334,2 km², Rondônia aparece em segundo com 154,4 km², seguido por Mato Grosso (130,6 km²), Amazonas (119,8 km²), Maranhão (44,1 km²), Acre (41,1 km²), Roraima (5,6 km²), Tocantins (5,3 km²) e Amapá (0,5 km²).  O Instituto, sediado em São José dos Campos (SP), ressalta que em função da cobertura de nuvens variável de um mês para outro e da resolução dos satélites, os dados do Sistema de Detecção de Desmatamento em Tempo Real (Deter) não representam medição exata do desmatamento mensal na região.

Do Blog do Confúcio, de 26/12/2010 – ” O Zoneamento Econômico e Ecológico, letra morta e lei que não foi aplicado. Uma vergonha. Pra mim o Zoneamento será extraordinário instrumento de planejamento. Vou trabalhar para o desmatamento zero. Vigiar mesmo. Aquele desmatamento formiguinha, que o camarada pensa que ninguém estará vendo, eu estarei olhando pelo geoprocessamento tudo. Derrubou uma árvore, logo o helicóptero desce no lugar. Não pode. Chega de derrubada e queimada. Agora é cuidar dos pastos degradados e corrigir solo.”

Deixe um comentário

Arquivado em Ao Norte

Deu no Diário de S.Paulo:ataque racista a enredo da Acadêmicos do Tucuruvi sobre nordestinos

Em matéria assinada pela jornalista Jussara Soares, o jornal Diário de São Paulo, na edição deste domingo, traz a manchete “Polícia investiga ataque racista a enredo sobre nordestinos em SP” .

Segundo o jornal, a idéia da Escola de Samba era somente prestar uma homenagem ao povo nordestino no Carnaval 2011. Mas o enredo “Oxente, o que seria da gente sem essa gente? São Paulo: A capital do Nordeste” acabou despertando a ira de algumas pessoas. Tanto que a escola recebeu e-mails atacando não apenas a agremiação, mas também o povo nordestino.

“Vocês deveriam ser proibidos de desfilar numa avenida da minha cidade um enredo nojento e racista desses”, diz um trecho do primeiro e-mail enviado no dia 13 de dezembro. No dia seguinte, com um outro endereço eletrônico, o mesmo conteúdo voltou a ser enviado.

A diretoria da escola afirmou que já havia recebido e-mails similares, mas eles vinham sendo ignorados. “Nós apagávamos, mas é um racismo e vamos levar isso adiante. Mais do que atacar a escola estão sendo preconceituosos com o povo nordestino”, diz o diretor jurídico da escola, Carlos Eduardo Malachim.

No dia 17, a escola fez um boletim de ocorrência na Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi). A polícia abriu inquérito para investigar o caso. Além disso, será pedida a quebra de sigilo de dados, para que seja identificado o IP dos computadores que enviaram as mensagens à agremiação. Isso porque os e-mails são anônimos e utilizam servidores gratuitos. “Por isso acreditamos que seja a mesma pessoa. Não vão conseguir abalar a escola”, diz Malachim.

No mesma data em que foi feito o boletim de ocorrência, a escola recebeu um nova mensagem, encaminhada pela página de contatos do site. Dessa vez, o e-mail foi assinado por um “Paulistano com orgulho”.

“São Paulo não é a capital do NE p… nenhuma. Nós paulistas e paulistanos iremos nos mobilizar e vocês não vao (sic) desfilar com essa b… de samba enredo que desrespeita o estado que carrega esse lixo de país nas costas”, contém o e-mail.

O presidente da escola, Hussein Abdol El Selam, o seo Jamil, afirma que o enredo quer mostrar a importância de São Paulo para os nordestinos e vice-versa. “Todo mundo sabe que São Paulo é a capital do Nordeste. Muitos nordestinos devem muito a São Paulo, como São Paulo deve muito a eles também”, enfatiza.

4 Comentários

Arquivado em Curta Milimetragem

Amazônia:Programa de tv transforma vida da Comunidade São Tomé

Criada na década de 80, a Comunidade São Tomé, no Amazonas se tornou famosa em todo o Brasil após ter sido totalmente reformada no programa da TV Globo, Caldeirão do Huck, apresentado pelo animador Luciano Huck. Distante 3 horas de barco da capital amazonense, a comunidade possui uma pousada( a Pousada Jacaré ) e tem na pesca e no artesanato a sua principal fonte de renda.  Agora, a aposta é no ecoturismo, pois a pousada foi ampliada e os moradores, divididos em 15 famílias, terão apoio do Senac para capacitar a mão de obra local.

Um barco de pesca e passeio equipado com bar, redes, banheiro e churrasqueira foi doado à comunidade

Um barco de pesca e passeio equipado com bar, redes, banheiro e churrasqueira foi doado à comunidade e servirá também para o ecoturismo foto: L. Carvalho

Veja mais fotos da pousada

8 Comentários

Arquivado em Ao Norte

"Zé, nós subimos juntos aquela rampa. Vamos descer juntos!"

foto : R.Stuckert/PR
foto : R.Stuckert/PR

Deixe um comentário

Arquivado em Efêmeras Divagações

“Zé, nós subimos juntos aquela rampa. Vamos descer juntos!”

foto : R.Stuckert/PR
foto : R.Stuckert/PR

Deixe um comentário

Arquivado em Efêmeras Divagações

Polêmica à vista : "Governador eleito Confúcio Moura, deixe que eu responda por você para as mulheres dos PMs"

Por Nelson Townes*, do NoticiaRo.com

Não sou porta-voz do governador eleito de Rondônia Confúcio Moura, não quero ser aliás, nem votei nele, mas sou cidadão do Estado que o elegeu. Por isso, como membro do povo que ele vai governar, peço permissão ao futuro mandatário do Estado para responder em seu nome à ASSFAPOM (Associação dos Familiares dos Praças da Polícia Militar do Estado de Rondônia) que quer esclarecimentos sobre uma frase de Confúcio de querer ter ao seu lado “preto, pobre e puta, para ajudar a controlar a fúria da polícia.”

Eu esclareço, como cidadão, o que o governador deseja. Qualquer rondoniense sabe o que o doutor Confúcio quer: menos violência e arbitrariedade policial nas ruas de Porto Velho, menos covardia contra as classes mais indefesas da população, menos preconceito racial, social e até por orientação sexual.

Menos preconceito sobretudo contra menores de idade. Nós estamos criminalizando, com apoio de uma parcela irresponsável da mídia, nossos adolescentes, fazendo-os pagar pela ação de uma minoria (desamparada e sem futuro.)

Senhoras dos PMs, o governador eleito quis dizer que quer mais coragem de seus maridos contra os bandidos de verdade. O COE, por exemplo, é muito bom para aparecer na TV “estourando” pequenas “, bocas de fumo”, prendendo traficantes com pequenas quantidades de drogas, perseguindo“travestis”, mas nunca se viu um dos verdadeiros chefes do crime organizado preso ou investigado (até mesmo pelo Judiciário).

O que se vê diariamente são mortes de jovens – alguns em confrontos com a Polícia – sem melhores detalhes.

E se sabe que os barões do crime estão encastelados nos mais altos patamares da escala social. Oficial e civil. No próprio Executivo, no Judiciário e no Legislativo. A droga permeia a sociedade de Rondônia.

Mas, seus chefes são intocáveis. Você sabe disso, Confúcio Moura. Alguns nomes são falados nas esquinas, mas as provas as Polícias nunca encontram.

Só vão presos mesmo, para mostrar serviço, só mesmo os pobres, os que andam nas ruas escuras chegando tarde do trabalho ou da escola em casa – e são os suspeitos de sempre quando alguém é assaltado. Assim como qualquer adolescente que não esteja na “elite” dos barzinhos da moda (bebendo na cara dos PMs, mesmo sendo menores de 18 anos, para depois dirigir), e esteja numa bicicleta comum, também é virtual bandido.

Quando há algum assalto, o caso é perdido; diz-se até hoje que é preciso que haja um cadáver para a polícia atender a um chamado. E se a vítima insistir numa “diligência” em busca do suspeito este surgirá no primeiro transeunte pardo e pobre que estiver passando (a pé) pela rua.

O governador eleito tem razão: a ação das Polícias Civil e Militar é sempre contra pobre, puta e preto (falta incluir adolescentes ou jovens adultos). São a maioria da população carcerária.

A Polícia Militar é por índole violenta e é treinada para ver no civil um inimigo em potencial. Desde que não esteja num carro do ano, não seja branco e não tenha olhos e cabelos claros.

O povo brasileiro – não só em Rondônia – tem medo e não respeito, da Polícia. Aproxime-se de um policial para perguntar o nome de uma rua. Geralmente, o primeiro gesto do PM é levar a mão na direção da arma.

Quanto à associação das mulheres dos policiais, elas têm o direito constitucional de se associarem no que quiserem. Mas, já pensaram essas senhoras em se unir para trocar receitas de bolos, arte culinária, experiência com educação dos filhos pequenos?

De resto, que autoridade essas mulheres julgam ter para interpelar um governador, ou seja quem for, sobre uma análise sobre a disciplina e profissionalismo de seus maridos? Se fosse para reclamar contra maus salários,treinamento cruel etc. Mas, para rebater fatos que estão fora de seu alcance – ou então desmentir o que todos sabem?

É evidente que mais uma vez os PMs estão se escondendo sob a saia das suas mulheres, mães, tias, para interpelar um superior sem correr o risco da punição por indisciplina.

Esses maridos ou familiares dessas madames deveriam interpelar os superiores através de seus próprios sindicatos ou outros órgãos de classe. Na falta destes, pelo Judiciário.

A história da Polícia Militar do Brasil, fruto da Ditadura, é de horror e de crimes brutais. Há episódios de heroísmo que confirmam a regra, mas temos muito mais a lamentar do que festejar e não é sem motivo que se pensa em fundir as duas Polícias, Civil e Militar, numa só.

Os relatos de horror e de violência contra o povo –sempre contra o povo pobre, vítima também de outra instituição elitista, o Judiciciário – se alongariam nesta página e ficam para uma próxima ampliação deste site.

O que a ASSFAPOM (Associação dos Familiares dos Praças da Polícia Militar do Estado de Rondônia) precisa manter na mente é que ninguém esquece os atos de vandalismo contra o patrimônio público (esvaziar pneus de viaturas é um deles) e a perturbação e alarme social que causaram na última greve de seus maridos que se fingiam de “reféns das mulheres” dentro dos quartéis, enquanto elas “faziam piquetes” para “impedi-los” de saírem às ruas dominadas pelos bandidos estimulados pela greve (e ,há evidências, pelos grevistas.)

Ainda em seu nome, governador eleito, e sem sua autorização ou procuração, este repórter esclarece a essas senhoras que o senhor quis dizer que não se pode mais tolerar violência policial em Rondônia, é que a melhor coisa que a mulher de um PM pode fazer é, além das atividades profissionais que tiver, ter tempo para pilotar fogão, trocar fralda de nenê, cuidar dos filhos e manter a casa em ordem.

À propósito, o emblema da ASSFAPOM, com símbolos semelhantes a de brasões do serviço público policial e do judiciário, não parece lícito. Se querem colocar instrumentos de ação das mulheres dos PMs ue tal uma frigideira, uma panela, um garfo e, talvez, uma escumadeira?

Mulher de praça é apenas uma dona de casa, como qualquer outra. De outra forma, mulher de general de brigada seria brigadeira – para não confundir com o doce que tem patente militar.

Mas, quanto à sigla, a da associação das caras metades dos miliciianos é irretocável: ASSFAPOM. O nome sugere algo como assado de forno? Nesse, caso, cuidado para não deixar queimar a comida.

* Jornalista premiado 4 vezes com o Prêmio Sinjor

PARA ENTENDER O CASO:

Veja abaixo o trecho do Blog do Confúcio , em que ele diz ” Quero pobre, preto e puta me ajudando a controlar a fúria da polícia.”

Eu quero as ONGs perto de mim. Quero mais OSCIPS organizadas em todos os setores. Quero um terceiro setor forte. Quero as igrejas me ajudando no encaminhamento dos jovens e no combate a violência. Quero índios no meu governo. Já convidei uma índia de Extrema para ficar perto de mim. Quero suruís, cintalargas, Urus e outros mais. Quero preso gerenciando presídio  no modelo APAC. Quero pobre, preto e puta me ajudando a controlar a fúria da polícia. Quero os homossexuais que apanham e são presos injustamente me denunciando as arbitrariedades. Quero também as associações de moradores bem organizadas. Com seus documentos ajustados. Que debatam nos seus bairros e pratiquem a teoria da organização. As cooperativas da mesma forma, e estarei a disposição para ajudar na capacitação de seus membros. Quero cooperativa que coopere com o desenvolvimento. Associação que indique caminho para o Governo. Quero prefeito fazendo a sua parte.

E leia abaixo a  nota da Assfapom(Associação dos Familiares dos Praças da Polícia Militar do Estado de Rondônia), exigindo explicações do Governador eleito, que já foi Sargento da Polícia Militar do Estado de Goiás :

A ASSFAPOM (Associação dos Familiares dos Praças da Polícia Militar do Estado de Rondônia) vem a público solicitar esclarecimento sobre a recente frase divulgada pelo governador eleito do estado de Rondônia, Confúcio Moura, através de seu blog oficial em que afirmou que gostaria de ter ao seu lado “preto, pobre e puta, para ajudar a controlar a fúria da polícia”.

Os policiais militares do Estado de Rondônia jamais se utilizaram da fúria na prática de seu oficio, e que sempre preza pelo equilíbrio e entendimento com a sociedade, sendo que utiliza de uso moderado de força em situações em precisa defender a ordem e o Estado democrático de direito.

Lembramos que os praças estão e estiveram ao lado do governador eleito Confúcio Moura e aguarda ansiosamente o inicio de seus trabalhos a frente do Estado, e que no período de campanha o então candidato Confúcio Moura, afirmou que seria o governador dos policiais militares, pois ele vivenciou e sentiu na pele o trabalho de um praça, quando foi Sargento da Polícia Militar do Estado de Goiás.

Entendemos que existem policiais militares que ultrapassam dos limites dos seus deveres constitucionais, porém essa não é uma prática comum a categoria.

Os praças da Polícia Militar de Rondônia estão sempre incumbidos no dever de proteger a sociedade e pede que o governador eleito esclareça a classe e a sociedade o que ele quis dizer com a frase publicada em seu blog.

ASSFAPOM

10 Comentários

Arquivado em Reblog

Polêmica à vista : “Governador eleito Confúcio Moura, deixe que eu responda por você para as mulheres dos PMs”

Por Nelson Townes*, do NoticiaRo.com

Não sou porta-voz do governador eleito de Rondônia Confúcio Moura, não quero ser aliás, nem votei nele, mas sou cidadão do Estado que o elegeu. Por isso, como membro do povo que ele vai governar, peço permissão ao futuro mandatário do Estado para responder em seu nome à ASSFAPOM (Associação dos Familiares dos Praças da Polícia Militar do Estado de Rondônia) que quer esclarecimentos sobre uma frase de Confúcio de querer ter ao seu lado “preto, pobre e puta, para ajudar a controlar a fúria da polícia.”

Eu esclareço, como cidadão, o que o governador deseja. Qualquer rondoniense sabe o que o doutor Confúcio quer: menos violência e arbitrariedade policial nas ruas de Porto Velho, menos covardia contra as classes mais indefesas da população, menos preconceito racial, social e até por orientação sexual.

Menos preconceito sobretudo contra menores de idade. Nós estamos criminalizando, com apoio de uma parcela irresponsável da mídia, nossos adolescentes, fazendo-os pagar pela ação de uma minoria (desamparada e sem futuro.)

Senhoras dos PMs, o governador eleito quis dizer que quer mais coragem de seus maridos contra os bandidos de verdade. O COE, por exemplo, é muito bom para aparecer na TV “estourando” pequenas “, bocas de fumo”, prendendo traficantes com pequenas quantidades de drogas, perseguindo“travestis”, mas nunca se viu um dos verdadeiros chefes do crime organizado preso ou investigado (até mesmo pelo Judiciário).

O que se vê diariamente são mortes de jovens – alguns em confrontos com a Polícia – sem melhores detalhes.

E se sabe que os barões do crime estão encastelados nos mais altos patamares da escala social. Oficial e civil. No próprio Executivo, no Judiciário e no Legislativo. A droga permeia a sociedade de Rondônia.

Mas, seus chefes são intocáveis. Você sabe disso, Confúcio Moura. Alguns nomes são falados nas esquinas, mas as provas as Polícias nunca encontram.

Só vão presos mesmo, para mostrar serviço, só mesmo os pobres, os que andam nas ruas escuras chegando tarde do trabalho ou da escola em casa – e são os suspeitos de sempre quando alguém é assaltado. Assim como qualquer adolescente que não esteja na “elite” dos barzinhos da moda (bebendo na cara dos PMs, mesmo sendo menores de 18 anos, para depois dirigir), e esteja numa bicicleta comum, também é virtual bandido.

Quando há algum assalto, o caso é perdido; diz-se até hoje que é preciso que haja um cadáver para a polícia atender a um chamado. E se a vítima insistir numa “diligência” em busca do suspeito este surgirá no primeiro transeunte pardo e pobre que estiver passando (a pé) pela rua.

O governador eleito tem razão: a ação das Polícias Civil e Militar é sempre contra pobre, puta e preto (falta incluir adolescentes ou jovens adultos). São a maioria da população carcerária.

A Polícia Militar é por índole violenta e é treinada para ver no civil um inimigo em potencial. Desde que não esteja num carro do ano, não seja branco e não tenha olhos e cabelos claros.

O povo brasileiro – não só em Rondônia – tem medo e não respeito, da Polícia. Aproxime-se de um policial para perguntar o nome de uma rua. Geralmente, o primeiro gesto do PM é levar a mão na direção da arma.

Quanto à associação das mulheres dos policiais, elas têm o direito constitucional de se associarem no que quiserem. Mas, já pensaram essas senhoras em se unir para trocar receitas de bolos, arte culinária, experiência com educação dos filhos pequenos?

De resto, que autoridade essas mulheres julgam ter para interpelar um governador, ou seja quem for, sobre uma análise sobre a disciplina e profissionalismo de seus maridos? Se fosse para reclamar contra maus salários,treinamento cruel etc. Mas, para rebater fatos que estão fora de seu alcance – ou então desmentir o que todos sabem?

É evidente que mais uma vez os PMs estão se escondendo sob a saia das suas mulheres, mães, tias, para interpelar um superior sem correr o risco da punição por indisciplina.

Esses maridos ou familiares dessas madames deveriam interpelar os superiores através de seus próprios sindicatos ou outros órgãos de classe. Na falta destes, pelo Judiciário.

A história da Polícia Militar do Brasil, fruto da Ditadura, é de horror e de crimes brutais. Há episódios de heroísmo que confirmam a regra, mas temos muito mais a lamentar do que festejar e não é sem motivo que se pensa em fundir as duas Polícias, Civil e Militar, numa só.

Os relatos de horror e de violência contra o povo –sempre contra o povo pobre, vítima também de outra instituição elitista, o Judiciciário – se alongariam nesta página e ficam para uma próxima ampliação deste site.

O que a ASSFAPOM (Associação dos Familiares dos Praças da Polícia Militar do Estado de Rondônia) precisa manter na mente é que ninguém esquece os atos de vandalismo contra o patrimônio público (esvaziar pneus de viaturas é um deles) e a perturbação e alarme social que causaram na última greve de seus maridos que se fingiam de “reféns das mulheres” dentro dos quartéis, enquanto elas “faziam piquetes” para “impedi-los” de saírem às ruas dominadas pelos bandidos estimulados pela greve (e ,há evidências, pelos grevistas.)

Ainda em seu nome, governador eleito, e sem sua autorização ou procuração, este repórter esclarece a essas senhoras que o senhor quis dizer que não se pode mais tolerar violência policial em Rondônia, é que a melhor coisa que a mulher de um PM pode fazer é, além das atividades profissionais que tiver, ter tempo para pilotar fogão, trocar fralda de nenê, cuidar dos filhos e manter a casa em ordem.

À propósito, o emblema da ASSFAPOM, com símbolos semelhantes a de brasões do serviço público policial e do judiciário, não parece lícito. Se querem colocar instrumentos de ação das mulheres dos PMs ue tal uma frigideira, uma panela, um garfo e, talvez, uma escumadeira?

Mulher de praça é apenas uma dona de casa, como qualquer outra. De outra forma, mulher de general de brigada seria brigadeira – para não confundir com o doce que tem patente militar.

Mas, quanto à sigla, a da associação das caras metades dos miliciianos é irretocável: ASSFAPOM. O nome sugere algo como assado de forno? Nesse, caso, cuidado para não deixar queimar a comida.

* Jornalista premiado 4 vezes com o Prêmio Sinjor

PARA ENTENDER O CASO:

Veja abaixo o trecho do Blog do Confúcio , em que ele diz ” Quero pobre, preto e puta me ajudando a controlar a fúria da polícia.”

Eu quero as ONGs perto de mim. Quero mais OSCIPS organizadas em todos os setores. Quero um terceiro setor forte. Quero as igrejas me ajudando no encaminhamento dos jovens e no combate a violência. Quero índios no meu governo. Já convidei uma índia de Extrema para ficar perto de mim. Quero suruís, cintalargas, Urus e outros mais. Quero preso gerenciando presídio  no modelo APAC. Quero pobre, preto e puta me ajudando a controlar a fúria da polícia. Quero os homossexuais que apanham e são presos injustamente me denunciando as arbitrariedades. Quero também as associações de moradores bem organizadas. Com seus documentos ajustados. Que debatam nos seus bairros e pratiquem a teoria da organização. As cooperativas da mesma forma, e estarei a disposição para ajudar na capacitação de seus membros. Quero cooperativa que coopere com o desenvolvimento. Associação que indique caminho para o Governo. Quero prefeito fazendo a sua parte.

E leia abaixo a  nota da Assfapom(Associação dos Familiares dos Praças da Polícia Militar do Estado de Rondônia), exigindo explicações do Governador eleito, que já foi Sargento da Polícia Militar do Estado de Goiás :

A ASSFAPOM (Associação dos Familiares dos Praças da Polícia Militar do Estado de Rondônia) vem a público solicitar esclarecimento sobre a recente frase divulgada pelo governador eleito do estado de Rondônia, Confúcio Moura, através de seu blog oficial em que afirmou que gostaria de ter ao seu lado “preto, pobre e puta, para ajudar a controlar a fúria da polícia”.

Os policiais militares do Estado de Rondônia jamais se utilizaram da fúria na prática de seu oficio, e que sempre preza pelo equilíbrio e entendimento com a sociedade, sendo que utiliza de uso moderado de força em situações em precisa defender a ordem e o Estado democrático de direito.

Lembramos que os praças estão e estiveram ao lado do governador eleito Confúcio Moura e aguarda ansiosamente o inicio de seus trabalhos a frente do Estado, e que no período de campanha o então candidato Confúcio Moura, afirmou que seria o governador dos policiais militares, pois ele vivenciou e sentiu na pele o trabalho de um praça, quando foi Sargento da Polícia Militar do Estado de Goiás.

Entendemos que existem policiais militares que ultrapassam dos limites dos seus deveres constitucionais, porém essa não é uma prática comum a categoria.

Os praças da Polícia Militar de Rondônia estão sempre incumbidos no dever de proteger a sociedade e pede que o governador eleito esclareça a classe e a sociedade o que ele quis dizer com a frase publicada em seu blog.

ASSFAPOM

10 Comentários

Arquivado em Reblog

Porto Velho/RO : Curso de Fotografia Ronaldo Nina em janeiro/2011

9 Comentários

Arquivado em Notícias

Uma ocasião estupenda (via Outros Cadernos de Saramago)

Não são só as pequenas livrarias que estão a chegar ao seu fim, é todo o pequeno comércio. O que se quer? Que as pessoas se solidarizem com o pequeno comércio? Não, as pessoas procuram os seus interesses e encontram tudo no centro comercial, compram no centro comercial. Há uma coisa que não se diz, é que no centro comercial não é preciso falar, ao contrário das lojas, uma pessoa pega no que precisa, paga e vai-se embora. Temos de assumir que há coisas que já não são necessárias, e o mundo não se pode transformar num museu. O problema não está tanto na existência do centro comercial; está tudo no deslocamento do poder. As multinacionais é que mandam e os centros comerciais são pontos de implantação de um sistema económico, o nosso. O problema que se coloca é: que tipo de vida queremos? O único lugar público seguro que existe é o centro comercial, como antes era o parque, a rua, a praça. Não tenho saudade de outro tempo, mas temos de nos referir ao passado para entendermos o presente. O centro comercial é a nova catedral e a nova universidade: ocupa o espaço de formação da mentalidade humana. Os centros comerciais são um símbolo. Não tenho nada contra eles, o que estou é contra uma forma de ser, de um espírito quase autista de consumidores obcecados pela posse de coisas. É aterradora a quantidade de coisas inúteis que se fabricam e se vendem. E o Natal é uma ocasião estupenda para comprovar isso.

“José Saramago: ‘La globalización es el nuevo totalitarismo”,Época, Madrid, 21 de Janeiro de 2001
In José Saramago nas Suas Palavras via Outros Cadernos de Saramago

Deixe um comentário

Arquivado em Efêmeras Divagações

Malária:mortes caem pela metade entre 2005 e 2009. Anajás/AM, Manaus/AM, Porto Velho/RO e Cruzeiro do Sul/AC ainda são os campeões em incidência

Foto:James Gathany/CDC

Foto:James Gathany/CDC

Por Carolina Pimentel, da Agência Brasil

O Ministério da Saúde constatou queda, entre 2005 e 2009, no número de casos, internações e mortes provocadas pela malária. Os casos passaram de 607.801, em 2005, para 306.908, em 2009.  Para o coordenador do Programa Nacional de Controle da Malária, José Ladislau, a redução nos indicadores está relacionada à ampliação do acesso ao diagnóstico e tratamento. Em 2003, 48% dos doentes recebiam o tratamento. No ano passado, o percentual foi de 60%.

No Brasil, a quase totalidade dos casos de malária (98%) concentra-se nos estados da Amazônia Legal. Em 2009, dois estados responderam por 64,6% dos casos da doença: Pará (99.531) e Amazonas (98.869). E quatro municípios concentraram 77.333 casos, o equivalente a 25,1% do total – Anajás (AM/26.021), Porto Velho (RO/20.209), Manaus (AM/16.423) e Cruzeiro do Sul (AC/14.680).   A partir do próximo mês, começará a distribuição de 1,1 milhão de mosquiteiros e 500 mil testes rápidos de diagnóstico, resultado do plano de prevenção e controle da malária em 47 municípios da região amazônica, financiado pelo Fundo Global de Luta contra Aids, Tuberculose e Malária. A meta é reduzir os casos para aproximadamente 150 mil até 2015.

Atualmente, o laboratório público Farmanguinhos, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), desenvolve uma combinação, em um único comprimido, de duas drogas usadas para tratar malária: cloroquina e primaquina e aguarda aval da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para fornecer o novo medicamento. O tratamento completo será em sete dias e o sabor da nova droga combinada será mais palatável do que as antigas, muito amargas.

A malária é causada por um parasita transmitido pela picada da fêmea infectada do mosquito Anopheles. A doença provoca fraqueza, febre alta, calafrios e dores de cabeça e no corpo. Uma pessoa pode ser infectada várias vezes. Jovens com até 29 anos de idade, mulheres e crianças são as principais vítimas. Não há vacina contra a malária. As formas de prevenção são o uso de telas em portas e janelas, mosquiteiros com inseticida e repelentes.

1 comentário

Arquivado em Notícias

Brincadeiras de Natal e Outras Dinâmicas de Grupo (via Debora's Weblog)

Sempre que chega essa época do ano, meu blog bomba nos posts sobre brincadeiras de natal. Um fenômeno bem interessante é que as leitoras e leitores freqüentemente registram suas brincadeiras, o que é para nós, muito bom, porque sempre vem idéias novas para animar o meu natal e conseqüentemente o natal de vocês… Balões com Frases do Adílio Essa dinâmica é para integrar todos os membros do grupo. Enchem-se balões de ar colocando alguma frase dentro … Read More

via Debora’s Weblog

Deixe um comentário

Arquivado em Efêmeras Divagações

Brincadeiras de Natal e Outras Dinâmicas de Grupo (via Debora’s Weblog)

Sempre que chega essa época do ano, meu blog bomba nos posts sobre brincadeiras de natal. Um fenômeno bem interessante é que as leitoras e leitores freqüentemente registram suas brincadeiras, o que é para nós, muito bom, porque sempre vem idéias novas para animar o meu natal e conseqüentemente o natal de vocês… Balões com Frases do Adílio Essa dinâmica é para integrar todos os membros do grupo. Enchem-se balões de ar colocando alguma frase dentro … Read More

via Debora’s Weblog

Deixe um comentário

Arquivado em Efêmeras Divagações

Do Vocabulário Popular de Porto Velho : Acocho

Acocho
Relativo a namoro, namoro ousado: “Fulano está acochando aquela menina”.
Relating to love-making, love-making in a daring way.
Relatif à l’amour, à l’amour osé.

Deixe um comentário

Arquivado em VPPV

Gente que encontrei por aí… Oscar Henrique, fotógrafo e carnavalesco contador de histórias…órias

Deixe um comentário

Arquivado em Gente que encontrei por aí

Confúcio Moura : Governo quase formado. Estão acabando as vagas

1. POL. MILITAR  /Cel.l Paulo César de Figueiredo  – Sub: Cel. Antonio Carlos Tomazzoni
2. CASA MILITAR / Maj Mauricio Marcondes Gualberto
3. SEFIN /Dr. Benedito Antonio Alves  – Adj: Wagner Luiz de Souza
4. DETRAN /  Airton Gurgacz – Adj. :Cel. João Maria de Sobral Carvalho
5. SESAU / Dr. Alexandre Carlos Muller  – Adj: José Batista da Silva
6. SUPEL / Márcio Rogério Gabriel
7.REP. EM BRASILIA / Elizete Lionel
8. CORPO DE BOMBEIROS / Cel. Lioberto Ubirajara Caetano de Souza
9. DEOSP / Engº. Abelardo Castro Neto
10.SEDAM /Nanci Maria Rodrigues da Silva – Adj: Cel. Josenildo do Nascimento
11. SEDUC/Jorge Alberto Elarrat Canto – Adj. : Neila Pires Myrria
12. CGE/Juliana Furini Reginato
13. SEJUS/ Mirian Speráfico –Adj.: Zaqueu Vieira Ramos
14. SEPLAN/George Alessandro Gonçalves Braga –Adj.: Avenilson Trindade
15. SETUR/ Júlio Olivar
16. CAERD/Sérgio Rubens Castelo Branco Alencar
17. DECOM/Fred Perillo
18. DER/ Lúcio Antonio Mosquini
19. SESDEC/ Marcelo Nascimento Bessa – Adj: Ricardo Rodrigues
20. SEAS/ Cláudia Lucena Aires Moura
21.IPERON /Walter Silvano Gonçalves Oliveira
22.SOPH /Mateus Santos Costa
23.SEDES /Edson Luiz Vicente – Adj: Allan James França Benjamim
24. SECEL /Francisco Leilson Celestino de Souza Filho
25.SEAS Adj: Márcio Antônio Félix Ribeiro
26. PGE /Valdecir Silva Maciel : Adj. Maria Rejane Sampaio  Santos
27. SEAD /Vera Lúcia Paixão
28. IPEM/Osni Ortiz -Vice: Francisco Batista da Silva (Pantera)
29. CASA CIVIL/ Ricardo Sá Vieira Adj: Basílio Leandro de Oliveira
30. SEAGRI/ Anselmo de Jesus -Adj: Antonio Deusemínio
31. POLICIA CIVIL /Diretor Geral : Claudionor Soares Muniz  – Adj:Sandro Luiz Alves de Moura
32. IDARON/Marcelo Henrique de Lima Borges
33. EMATER /Elisafam Batista de Sales

1 comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

Como diria o alemão batata, vatzfuden.

Por Beto Bertagna

Porra, o mundo se encaminha para um totalitarismo nazifascista absoluto !

Esta frase, dita em um buteco qualquer regada a uma Polar é mais ou menos o que penso a respeito do sagrado vício de cada um. O cara quer fumar, explodir seu pulmão com as 4 mil e trocentas coisas que dizem que tem dentro de um inocente Holywood vermelho, o problema é dele ! Jogando a fumaça a favor do vento e eu estando do lado oposto, sem problema. Não fumo, mas minha mulher fuma, e não esquento a cabeça com isto. É um verdadeiro nazifascismo o que acontece nas grandes cidades hoje. Nem num buteco ao ar livre, com um toldo que mal protege da chuva e fazendo frio , se permite o tabaco. Que quié isso, companheiro ? Já não basta cortarem a sagrada cerveja nos estádios ? O meu Grêmio nunca mais foi igual depois disso, daí fica aquele bando de sujeito ansioso no Mercadinho Santo Antônio, sentado nas grades forradas com Zero Hora velha, enchendo os tubos antes do jogo porque vai ter que aguentar 120 minutos na seca ! Já pensou o Ronaldinho Gaúcho se encaminhar prá cobrar uma falta na entrada da área, num Grenal que tá zero a zero e tu não poder nem bicar a Polar meio quente que vendem(vendiam) nos bares do Olímpico ? Como diria o alemão batata, vatzfuden.

1 comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

Pós 2012

O amanhã pode ser que não venha…
Então dance com o Agora
Purifique-se
Arranque as grades da mente
Mergulhe em seus multiuniversos
Iluminai a si mesmos
cada qual
cada universo
Ousai!
Renovai seus mundos
Se aventurem pela liberdade!
Que importa o amanhã?
O presente é eterno!!
Que o Caos esteja conosco

Deixe um comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

DIRETO AO PONTO: palmas para a ousadia (via Grêmio 1903)

DIRETO AO PONTO: palmas para a ousadia Ronaldinho Gaúcho pode ser o novo reforço do Grêmio. Não só pode como deve ser o novo reforço do Grêmio. As informações, as especulações e os indícios apontam para um retorno do melhor jogador do mundo em 2004 e 2005 para o Estádio Olímpico, quase 10 anos após sua turbulenta e que até hoje está engasgada na garganta dos tricolores.

Ronaldinho, antes de ser uma dúvida, é um acréscimo. O clube pode ganhar em dobro … Read More

via Grêmio 1903

Deixe um comentário

Arquivado em Efêmeras Divagações

Mais 16 inquilinos chegam ao Presídio Federal de Porto Velho. Agora vindos de Manaus/AM. Gente fina…

Com a chegada de novos inquilinos no Presídio de Segurança Máxima de Porto Velho, entre eles os traficantes Márcio dos Santos Nepomuceno, o Marcinho VP, e Elias Pereira da Silva, o Elias Maluco, já transferidos, sobe para  23 o número de criminosos hospedados. Junto com eles, também vieram Cleber Nunes de Azevedo (Doutorzinho), Fernando de Oliveira Reis (Fernando Cabeção), Gilmar Luiz Binda (Binda) e José Antônio Marinho (Toninho Pavão), Cláudio José de Souza Fontarego, Isaías Costa Rodrigues(Isaías do Borel), Leonardo Marques da Silva, Márcio Carvalho da Silva, Marcelo dos Santos Nepomuceno, Márcio Antônio Pereira Firmino Silva (My Thor),  Ricardo Chaves de Castro Lima Israel Gama Soares (Israelzinho ou Punk); André Amaral da Silva (Andrezinho Samango); Ronaldo Paes de Lima (Gordo Neném); Marco Antônio de Andrade Ruas (Marco Metralha); Roberto Carlos Pires de Andrade (Brucutu); Francivaldo Moreira Pontes (Ban); Alex Sandro Serafim Nogueira do Nascimento (Alex Jacaré); José Fernandes Barbosa (Zé Roberto ouBarão do Pó); Washingtom Luiz Gomes da Cunha ou Gomes da Silva (o Cachorro Doido) e Alberto Bararuá de Alcântara (Beto Bararuá), estes últimos provenientes do Pará, mas com estreitas ligações com o crime organizado do RJ.

Hoje, 23, o Blog Diário de Um Advogado Criminalista, de Manaus informa que a Secretaria(SEJUS) do Amazonas, em resposta à última rebelião no estado, no mês passado, transferiu 16 presos para a unidade federal em Porto Velho, visando trazer tranquilidade e desafogar o sistema. Eles estavam na Cadeia Pública “Desembargador Raimundo Vidal Pessoa” e vieram para o Presídio Federal de Porto Velho (RO). Segundo o Blog, “Esses números mostram que Sejus trata com rigor os internos que tentam corromper a ordem e a segurança dentro e fora dos presídios do Amazonas.”  Faça as contas : 23 + 16 = …….. Só gente fina…

1 -Domene Gomes do Nascimento
2-André Said de Araújo
3-Charles Oliveira da Silva
4-José Roberto de Souza Amora
5-Fábio Queiróz Ferreira
6-Tiago Rodrigo Vieira Lima
7-Esmael Romão de França
8-Sílvio dos Santos Mendes
9-Zaqueu de Souza Mendonça
10-Odircley da Silva Souza
11-Luciano Vasconcelos de Freitas
12-Franciney Rodrigues de Freitas
13-Ruan Carlos Santos Verdes
14-Wilker Gato Coelho
15-Frank Bruno da Silva Oliveira
16-André Batista

fotos: Christhian Naranjo

fotos: Christhian Naranjo/Blog Diário de Um Advogado Criminalista

1 comentário

Arquivado em Notícias

"Operação Sai D'água" retira quase 200 famílias do Triângulo e Baixa da União

Por Augusto José, com fotos de Quintela

Sai_-_Dagua_qt_9A “Operação Sai D’água” realizada pela prefeitura de Porto Velho  faz parte do Projeto Santa Bárbara e foi montada para retirar famílias carentes das áreas de risco dos bairros Triângulo e Baixa da União. No total, 240 famílias ganharam novas moradias, construídas com recursos do PAC, contrapartidas do município e verbas das compensações das hidrelétricas do Madeira.

Sai_-_Dagua_qt_23

No final da tarde desta terça, duas famílias resistiram um pouco à mudança. O secretário Ian Kleber foi acionado para explicar os benefícios da ação municipal. Logo em seguida, o eletricista Francisco Cavalcante Firmino, 44 anos, também cadastrado pela Semur, aceitou mudar para um dos apartamentos. Havia dez anos que ele morava no local com a mulher e seis filhos. “Esse apartamento vai ficar de herança para os meus filhos”, afirmou.

Sai_-_Dagua_qt_14 O pedreiro Jauri Padilha, 39 anos, está cadastrado para ganhar uma das 98 casas que também estão sendo construídas na Estrada de Santo Antônio. Para não ficar isolado, já que todos os seus vizinhos foram retirados pela “Operação Sai D’água”, decidiu aceitar a ajuda de custo da prefeitura para pagar o aluguel e mudar para um local seguro. O secretário explicou que as casas ficam prontas dentro de quatro meses.

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias

“Operação Sai D’água” retira quase 200 famílias do Triângulo e Baixa da União

Por Augusto José, com fotos de Quintela

Sai_-_Dagua_qt_9A “Operação Sai D’água” realizada pela prefeitura de Porto Velho  faz parte do Projeto Santa Bárbara e foi montada para retirar famílias carentes das áreas de risco dos bairros Triângulo e Baixa da União. No total, 240 famílias ganharam novas moradias, construídas com recursos do PAC, contrapartidas do município e verbas das compensações das hidrelétricas do Madeira.

Sai_-_Dagua_qt_23

No final da tarde desta terça, duas famílias resistiram um pouco à mudança. O secretário Ian Kleber foi acionado para explicar os benefícios da ação municipal. Logo em seguida, o eletricista Francisco Cavalcante Firmino, 44 anos, também cadastrado pela Semur, aceitou mudar para um dos apartamentos. Havia dez anos que ele morava no local com a mulher e seis filhos. “Esse apartamento vai ficar de herança para os meus filhos”, afirmou.

Sai_-_Dagua_qt_14 O pedreiro Jauri Padilha, 39 anos, está cadastrado para ganhar uma das 98 casas que também estão sendo construídas na Estrada de Santo Antônio. Para não ficar isolado, já que todos os seus vizinhos foram retirados pela “Operação Sai D’água”, decidiu aceitar a ajuda de custo da prefeitura para pagar o aluguel e mudar para um local seguro. O secretário explicou que as casas ficam prontas dentro de quatro meses.

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias

Denise Quioca: Delegada é assassinada por ex-namorado dentro de delegacia em Guarulhos (via Diálogos Políticos)

A delegada Denise Quioca,28 anos, foi morta a tiros pelo ex-namorado durante seu plantão na madrugada desta quinta-feira no 1º DP de Guarulhos (Grande SP), na altura do nº 244 avenida Monteiro Lobato, na Vila Miriam, região central da cidade. Segundo informações da polícia, ex-policial civil Fábio Agostino Macedo, 33, (expulso da Polícia recentemente  por abuso de autoridade, lesão corporal e porte ilegal de armas) entrou na sala da delegada armado com três pistolas, de propriedade do Estado. Os dois discutiram e ele atirou contra a vítima, descarregando as  armas(17 tiros) . Ela morreu na hora. Sem resistir, Fábio se entregou aos policiais subordinados à delegada e já está na carceragem. O ex-investigador do Departamento de Investigações sobre Narcóticos (Denarc) também é réu em um processo de tráfico de drogas que corre pela justiça de Mauá, no ABC . Segundo um policial militar, Denise era casada com um oficial da PM e já havia registrado, contra o ex-namorado, várias queixas de ameaça . Ela chegou a apanhar do ex-namorado, com quem namorou por nove anos. Eles se separaram em janeiro. A delegada havia registrado queixa de agressão, mas nada foi feito contra o ex. O Blog Recanto das Letras, publicou uma homenagem à delegada assassinada:

HOMENAGEM A DENISE QUIOCA

Denise,

descanse em paz,que Deus cuide de você com amor e carinho como você gosta e saiba que aqueles que te amam tem um lugar pra você no coração para sempre.Que o nojento do Fábio mofe na cadeia pro resto da vida,pois é o que ele merece.
Denise,
fico triste por você ter deixado este mundo,por que ninguém tem o direito de tirar a vida de seu próximo brutalmente como foi feito com você que não merecia perder este bem precioso chamado VIDA e muito menos ser executada desta maneira covarde,monstruosa e cruel.
A delegada assassinada pelo ex-namorado foi sepultada no Cemitério Municipal Guarulhos, na Grande São Paulo …
Veja o vídeo do Jornal da Gazeta
A corregedoria da polícia paulista vai apurar porque ele continuava com as armas  mesmo depois de  demitido. Leia também o Jornal Flit Paralisante

via Diálogos Políticos

10 Comentários

Arquivado em Delírio Cotidiano

FestCineamazônia Itinerante : Cinema, circo, riso, reflexão, esperança e sonho, muito sonho

Este slideshow necessita de JavaScript.

Deixe um comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano