Arquivo do dia: 12/11/2010

à um puto, com amor…

Por Lolita

Rasga a carne, saliva por entre os dentes
Rasga a roupa, morde minha pele
Cheira a genitália, e de leve, mordisca o clitóris…
Ama o cheiro, os pelos encravados da púbis e a coluna cheia de pelos arrepiados…
Arde por entre as pernas
Arranha os seios, passeia por entre as curvas arroxeadas
Geme por entre ondas, aperta a nuca arqueada, o canto da boca que escorre sangue.
Dobra os joelhos por entre as pernas e enfia por dentro sua masculinidade.
Jorra seu detergente cheio de descendentes futuros , donos de todo o mistério humano.

E mal sabe ele ser um mero produto de mercado
Achado ali na esquina.
Simples, bobo e mau pago.
Que, ainda por cima, beijou a boca.

Pobre puto.

Deixe um comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

Aprenda a comer Miojo (via Lady Murphy)

via Lady Murphy

Deixe um comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

Dilma, a grande derrotada das eleições 2010 (via Professor Hariovaldo Almeida Prado)

Vitoriosa pela fraude inominável, a candidata terrorista do PT foi na verdade a grande derrotada das eleições de 2010 por ter sido rejeitada pela grande maioria do povo brasileiro, tornando-se assim  ilegítima e inválida para o cargo de presidente da nação. Tomando por base os números oficiais, ainda que fraudados, do resultado final, temos mais de 44 milhões de votos no candidato dos homens bons, mais 28 milhões de pessoas que abstiveram-se de votar por estarem revoltados com a presença da candidata comunista no páreo, além de outros 30 milhões de homens de bem que estavam em viagem para o exterior (New York e Europa) e não puderam votar, mais 20 milhões de homens bons que resolveram aproveitar o feriadão nos resorts do litoral por terem a certeza que a fatura estava liquidada em nome do candidato do bem, resultando então, por baixo, na soma de mais de 120 milhões de brasileiros que disseram não a Dilma Rousseff, sendo portanto José Serra o campeão moral do pleito de 31 de outubro passado e o presidente do Brasil de fato para o quadriênio 2011-2014. E além de tudo, temos que levar em conta também que os votos recebidos por Serra foram votos conscientes, de pessoas decentes, honestas, inteligentes, que votaram com a cabeça e não com o estômago, enquanto os votos da terrorista foram votos rotos, ignaros, comprados pelo bolsa esmola, da gentalha desqualificada, analfabeta, enfim, foram votos inválidos para serem considerados, dada a importância do cargo em disputa, tornando-se assim altamente ilegal a eleição da mesma para presidir o país. Isto posto, não resta outra alternativa ao TSE senão diplomar José Serra como o legítimo presidente da nação, ignorando a aberração eleitoral que deu a maioria numérica, porém desqualificada, a representante mefistofélica do comunismo ateu.

Alvíssaras!                via Professor Hariovaldo Almeida Prado

3 Comentários

Arquivado em Efêmeras Divagações