Arquivo do dia: 09/11/2010

Ex-deputado Natan Donadon tem registro negado pelo TSE

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) manteve nesta terça-feira (9) a decisão do TRE-RO que negou o registro de candidatura do ex-deputado federal Natan Donadon (PMDB-RO), com base na Lei da Ficha Limpa. Donadon foi denunciado pelo MPF por supostamente liderar uma quadrilha que desviava recursos da Assembleia Legislativa de Rondônia e condenado pelo Tribunal de Justiça de Rondônia  por peculato (crime praticado por funcionário público contra a administração) e formação de quadrilha.  No último dia 28 de outubro, o Supremo Tribunal Federal (STF) Donadon foi condenado a 13 anos, 4 meses e 10 dias de prisão em regime fechado, além de multa. Donadon renunciou ao mandato um dia antes na tentativa de ser julgado pela Justiça comum. Mesmo barrado pela ficha limpa, o ex-deputado disputou as eleições deste ano e obteve 43,6 mil votos.

Deixe um comentário

Arquivado em Efêmeras Divagações

ABD-RO traz Curso de Desenho de Som

Iniciou na segunda(8) e segue até dia 13 o Curso de Desenho de Som – Captação com Nicolas Hallet, numa promoção do CANNE- Centro Audiovisual Norte-Nordeste, em parceria com a Secel e ABD/RO. Nicolas Hallet é diretor, roteirista e técnico de som, formado em Cinema e Vídeo na Academie de Beaux Arts de Bruxelles, na Bélgica. Ministra cursos de captação de som desde 1999 no Brasil. Já trabalhou em dezenas de filmes, dentre eles: “Pau Brasil”, de Fernando Bélens; “KFZ 1348” de Gabriel Mascaro e Marcelo Pedroso, recebeu o prêmio de melhor som no Festival Cine Ceará de 2005 pelo áudio do filme “Entre Paredes”, de Eric Laurence; melhor som em dois filmes de Brasília 2010: no premiado “Ave Maria Ou Mãe Dos Sertanejos”, de Camilo Cavalcante e “Azul”, de Eric Laurence. A oficina tem como objetivo o aprimoramento dos profissionais de áudio e tratará de conteúdos que vão desde a arte da captação até noções de física do som e acústica, o processo de gravação e suas adversidades, a importância de um projeto sonoro e a passagem do analógico para o digital. Conteúdos: Operador de Áudio – um trabalho artesanal. Noções de física do som, de acústica, de paisagem sonora. O processo de gravação microfones, mixer e gravadores. Diferentes captações, dependentes do formato: reportagem, documentário, propaganda, ficção. Relações com os outros departamentos da produção. A importância de um projeto sonoro: o Desenho de Som. Captação de Áudio em meio interno. Trabalho com a acústica do lugar, uso dos microfones adaptados, revisão do material. Captação de Áudio em meio externo. Trabalho com ambiente: Organizar o material captado, passagem do analógico para o digital, do digital para a ilha de edição, sincronização. Podem participar pessoas interessadas em treinamento e atualização na área de captação de áudio em vídeo/cinema com  alguma experiência na área.

Deixe um comentário

Arquivado em Efêmeras Divagações, Notícias

As Estrelas e as Luzes da Cidade

Por Cátia Cernov

Luzes artificiais ofuscam a percepção da imensidão
As galàxias, inconcebìveis, lá em cima
Mas invisìveis aos homens aqui embaixo
Presos aos neons que eternizam a beleza das mercadorias.
Alienação de luz…

Toda poeira còsmica arrasta um bocado de nós,
Toda forma de poder contém nosso medo,
Toda celula reproduz a nossa vontade,
Todo quantun conhece seu destino.

As luzes da cidade são nosso medo da escuridão
E as estrelas, nosso medo de revelação.
Somos carne e feixes de luz,
Queremos céu, queremos chão
Temos asas, temos tesão.
Aos anjos oferecemos nossa alegria,
Aos demonios, nossa orgia
E para a terra, deixamos nossas sementes:
luzes, neons, sombras, ilusões, projeções…
e outros rascunhos pixados nos mur os.

Que importa as galáxias lá em cima?
Aqui, no centro da cidade, amamos sem pudor…!

………………………………………………………………………………………………

Este poema foi distinguido no XXVI PRÊMIO MUNDIAL DE POESIA NÓSSIDE – 2010 e receberá o Medalhão Nósside, Atestado e a  Poesia será publicada na Antologia Multimedial. Cátia Cernov é autora independente e mora em Porto Velho. Lançou recentemente “Amazônia em Chamas” , um livro de contos.  A Cerimônia de Premiação acontecerá em Reggio Calábria na sexta-feira, dia 26 denovembro de 2010, às cinco da tarde, no Palazzo Campanella, sede do Conselho Regional da Calábria. Os prêmios deverão ser retirados pessoalmente pelos autores no dia da Premiação. A ausência implicará a perda da importância em dinheiro. Somente em caso das circunstâncias excepcionais, devidamente documentadas, de enfermidade, grave luto familiar ou negação de visto, a Comissão Organizadora poderá avaliar a hipótese de conceder um terço do prêmio em dinheiro.Tal cláusula não será aplicada, porém, no que diz respeito ao Vencedor Absoluto, que deverá participar pessoalmente da Cerimônia.O Vencedor Absoluto, os Vencedores e os Mencionados Especiais poderão participar dagravação dedicada ao Nósside 2010 do programa “ Salotto dell´Editore” , da Correspondente televisiva Reggio TV. Veja aqui a relação  completa ,em PDF, dos premiados no  NOSSIDE 2010

Deixe um comentário

Arquivado em Efêmeras Divagações

Panambi/RS : Boeing 737 vira cinema

foto : Emílio Quevedo/Divulgação

Por Beto Bertagna

A cidade de Panambi, no noroeste do Rio Grande do Sul, terá o privilégio de ter um cinema dentro da fuselagem de um Boeing 737. Panambi tem cerca de  35.000 habitantes. O município é conhecido também  pelas alcunhas de “Cidade das Máquinas” e “Vale das Borboletas Azuis”. Poderá agora ganhar um novo apelido, afinal não é assim tão comum ver um 737 “estacionado” no meio de uma cidade.
O velho Boeing voou por 24 anos e seu destino final será um pedestal de cimento e concreto armado no pátio do Museu Militar Brasileiro. A idéia de transformar o avião em um cinema que exibirá documentários sobre a história militar do Brasil,  partiu do  empresário Sefferson Steindorff que comprou o avião, que será transportado de carreta desde Porto Alegre numa distância de 390 km. As asas e outras peças do avião já estão em Panambi aguardando a fuselagem. É uma idéia que sempre fascina as pessoas. Na década de 70, em Porto Alegre, um empresário transformou um DC-3 numa boate na Av. Coronel Marcos, em Ipanema.

Na Europa, em muitas cidades se vê velhos aviões transformados em novos negócios. O lendário  Boeing 307 Stratoliner, de 1937, que pertenceu a Howard Hughes (sim, sim, o tal d’O Aviador, de Martin Scorcese) foi transformado num barco de fundo plano, de navegação limitada a rios lagos, destinado à atividade turística.

O Convair T-29B (240) da foto abaixo foi entregue á Força Aérea dos Estados Unidos (USAF) no início dos anos 50. Voou pela última vez como “carniceiro”, operado pelo Frigorifico Reyes, e hoje é uma biblioteca em Cochabamba, na Bolívia.

Não muito longe de Panambi, em Itapema / SC (foto abaixo, de Jban) tem a Pizzaria do Avião. Supostamente um Samurai YS-11  da Companhia Cruzeiro do Sul, que depois se fundiu com a Varig. Sofreu um acidente no ano de 1977 em Navegantes sem vítimas fatais,  e sobreviveu sem as turbinas e o trem de pouso virando uma pizzaria.

A origem de Panambi como povoamento foi a compra de terras do município de Cruz Alta, por um alemão, trazendo colonos da mesma origem que já estavam no Rio Grande do Sul. Assim em 1899, foi fundada a colônia Neu-Wurtemberg. Panambi, no vocabulário indígena significa “borboleta”.Somente em 1919, após a primeira guerra mundial, vieram para a região colonos naturais de Wurtemberg, na Alemanha. Eram 178 famílias. E em 1954, com muitas dificuldades, emancipou-se de Cruz Alta e Palmeira das Missões. O município situa-se no planalto Rio-Grandense. Panambi nasceu de uma colonização puramente alemã. A colonização chamada de Neu Würtemberg, daí o primeiro nome de Panambi, foi obra de um cidadão da Alemanha, o Dr. Hermann Meyer, que em expedição realizada ao Mato Grosso, tomou conhecimento através de Carlos Dhein da existência de terras férteis no RS, e para promover os trabalhos da colonização mantinha aqui um administrador remunerado, o próprio Carlos Dhein. A colonização visava os imigrantes  de Württemberg, Alemanha, contudo, sabe-se que a grande ocupação posterior foi feita por famílias das “Antigas Colônias” da região de Estrela e Santa Cruz. E que agora poderão desfrutar de um Cine 737.

5 Comentários

Arquivado em Delírio Cotidiano

Fail

O meu colega blogueiro Augusto da Fonseca falou que o post foi “copiado descaradamente do excelente”  Blog Maria Frô . Eu completo:foi copiado escancaradamente também.Puro Ctrl C + Ctrl V na cara dura. Esta estranha mistura de Heródoto Barbeiro , demitido da TV Cultura a pedido de Serra, com a cabeleira da Dilma, o olhar do ator espanhol Javier Barden* e um pedaço da barba do Lula ficou até mais simpática que a figura original.  O foda é que ficou muito meio(bastante!) parecido com um arqueoguerrilheiro muito famoso no Brasil inteiro, do Acre ao Rio Grande do Sul.  Se eu falar isto prá ele , posso perder a amizade, por isto só mostrei para os karitianas. Eles riram muito ! Estes índios…  Bem , a esta altura, o pessoal da arqueologia já deve estar vibrando adivinhando do que eu estou falando. Brincadeirinha,tá Cmdte. Pepe ! Sem AK-47. Quá ! Vamu de Original que tu é mais bonito.

* Na verdade, um dos olhos é da Bette Davis

6 Comentários

Arquivado em Efêmeras Divagações

Movimento popular vai levar carta de brasileiros à presidente eleita

Caminhada começa em  São Paulo dia 21 de novembro e finaliza em Brasília no dia da posse

Um grupo de brasileiros desvinculados de partidos ou organizações tomou a iniciativa de levantar as principais reivindicações e desejos de seu povo para levar à presidente eleita Dilma Roussef um documento intitulado “Carta de um brasileiro” que será entregue em  Brasília, no dia da posse da nova presidente pelo idealizador do projetol, Backer Ribeiro Fernandes. “A ideia foi criar um espaço para manifestação espontânea dos brasileiros, estabelecendo uma comunicação direta com o próximo governante”, explica. Para elaboração do documento inicial, o IBOPE fez uma pesquisa, no período de 15 a 18 de outubro, com 2002 pessoas em 140 municípios brasileiros, com a pergunta: “Se você pudesse se encontrar com o presidente eleito por apenas 5 minutos, o que você pediria a ele para si mesmo?” Esta pesquisa de opinião pública em todo o território nacional levantou os principais “pedidos” do povo brasileiro ao futuro governante. Ao levantamento inicial serão agora acrescidas as opiniões e manifestações dos internautas no site www.cartadeumbrasileiro.com.br. “O resultado da pesquisa e da consulta on line irá nortear o conteúdo da carta, constituindo-se num documento valioso que poderá contribuir com o planejamento das ações sociais do futuro governo”, comenta Fernandes.A etapa agora é de mobilização para agregar valor à carta. Para que as pessoas possam se manifestar pessoalmente. Serão 40 dias de caminhada (a uma média de 30 quilômetros por dia). Para enfrentar o desafio, o professor está passando por treinamento, supervisionado por médico, preparador físico e nutricionista. “Para quem não é um maratonista, é muito provável que surjam dificuldades físicas ao longo da caminhada”, conta. “Mas o esforço vale a pena, pois representa uma alternativa de participação popular na política nacional”. Durante a caminhada, Backer Fernandes será acompanhado por uma equipe de cinco profissionais que irão registrar em vídeo e postar informações e fotos no site do movimento, além de alimentar as redes sociais como Twitter e Facebook. “Esperamos que as pessoas se identifiquem com a proposta e se manifestem, criando uma nova cultura de participação”. Para Fernandes, o ponto alto do movimento é a possibilidade de dar visibilidade a diferentes perfis de um mesmo país. As informações que podem surgir de cada região, cidade, vão expressar tanto necessidades macro como micro, que podem ser aproveitadas por governantes e instituições mesmo após o término do projeto, pois os pedidos postados ficarão disponíveis no site. “Será uma oportunidade de utilizar a tecnologia como ferramenta para dar voz ao brasileiro”.

Backer Ribeiro Fernandes

Emprego é prioridade para o brasileiro – A pesquisa  revela de imediato que a grande preocupação do brasileiro é com o emprego, apontado espontaneamente por 36% dos consultados, em todas as classes sociais, sexo, nível de escolaridade e região. “O fato do emprego ser o top of mind dos desejos levanta uma questão muito importante, uma vez que a taxa de desemprego é a mais baixa quando comparada com a série histórica, algo em torno de 7 a 8%. Isso indica que o problema não está em encontrar emprego mas sim na qualificação do trabalhador, já que o Brasil está precisando e tem importado mão-de-obra qualificada”, explica Fernandes.

Sobre o idealizador do projeto – Backer Ribeiro Fernandes, 43 anos, é paulista e comunicador. Doutorando e professor conferencista da ECA/USP, mestre pela Universidade Metodista de São Paulo, relações públicas formado pela Faculdade Cásper Líbero. Professor do curso de Relações Públicas da FAAP (SP) e da Pós-Graduação (Lato Sensu) em Comunicação Empresarial e Marketing Institucional da Universidade Metodista e da Universidade Braz Cubas. Diretor da Communità, consultoria especializada em comunicação para a sustentabilidade.

1 comentário

Arquivado em Efêmeras Divagações