Dom Geraldo Verdier: de volta ao Brasil, Bispo de Guajará-Mirim fala de sua sucessão

Por Dom Geraldo Verdier, Bispo Diocesano de Guajará-Mirim, noroeste do Brasil, Rondônia

Depois de uma fervorosa missa com as Irmãs Calvarianas de Brasília que me hospedam, visita ao sr. Núncio, Dom Lorenzo Baldisseri. Ele me recebe com simplicidade e cordialidade. Entramos imediatamente no tema principal: meu sucessor, o bispo Coadjutor, que assumirá a diocese no dia em que eu der  a demissão. O Núncio abre uma pasta e comenta : – Tenho aqui os três nomes que o senhor me apresentou. Até o presente momento os três são bons candidatos para o episcopado”. Ufa! Porque os três primeiros nomes que havia apresentado não foram aceitos! –  Há dois, porém, continua o Núncio, que são um pouco jovens, 43 anos!  Permito-me interrompê-lo : ‘ – Desculpe, Excelência, mas fazem exatamente 30 anos, hoje, que vosso predecessor, Dom Carmine Rocco, estava me ordenando Bispo de Guajará-Mirim,  e eu  tinha apenas  43 anos!- O Núncio sorri e eu acrescento: – Sabe, Senhor Núncio, ainda para as visitas pastorais, o Bispo de Guajará-Mirim tem que fazer 1.100km, ou seja 17 horas de ônibus para atingir as paróquias longe da sede  e 1.200 km de volta. È melhor não ter muita idade! ”- Realmente, são distâncias enormes, constata o Núncio.

Logo apresento a segunda pergunta: – Quando V. Excia. pensa poder apresentar um candidato  para a sede de Guajará-Mirim ao Santo Padre? – Eu gostaria, diz ele, que todos as dioceses do Brasil sem bispos, recebesse o seu novo pastor antes do fim do ano, ou em janeiro ao mais tardar. E isso vale também para a diocese de Guajará-Mirim.” Quase pulei de alegria !

Enfim, a terceira pergunta: Mandei a Va. Excia. Um convite para celebrar conosco, no dia 8 de dezembro, os 30 anos de criação da Diocese (78 anos de Prelazia e Diocese), e os 30 anos de meu episcopado? – Infelizmente, responde ele, não tenho condições para estar com vocês. Mas gostaria de visitar Guajará-Mirim! – Quem sabe quando recebermos oficialmente o bispo Coadjutor.Aceito com alegria! Terminamos a audiência saboreando um cafezinho “Expresso Italiano” e o Núncio me despede com um caloroso: “ Meus parabéns pelos seus 30 anos de ministério episcopal” .

1 comentário

Arquivado em Efêmeras Divagações

Uma resposta para “Dom Geraldo Verdier: de volta ao Brasil, Bispo de Guajará-Mirim fala de sua sucessão

  1. Eliane aparecida lacerda nunes

    DOM GERALDO O PASTOR DAS OVELHA.S. SOMOS O POVO, COMUNIDADES DO SETOR PADRE PEDRO JORDAN. COMO SECRETARIA DO SETOR, FAZEMOS NOSSA HOMENAGEM EM NOME DE TODAS AS COMUNIDADES, DESEJANDO UM FELIZ ANIERSÁRIO POR MAIS UM ANO DE VIDA QUE COMPLETOU. UM FELIZ NATAL E UM ABENÇOADO ANO NOVO. NÃO ESQUEÇA DOM GERALDO ,ESTAMOS ANCIOSOS PARA VIR UM PADRE PARA NOVA DIMENSÃO. NOSSA EVANGELIZAÇÃO COMO LEIGOS ESTAMOS FAZENDO, MAS PRECISAMOS DE UM PASTOR QUE NOS AJUDE A FORTALECER AS NOSSA OVELHAS. A POPULAÇAO CADA VEZ MAIOR E IMIGRANTES SÓ CHEGANDO. QUE DEUS ABENÇO~e sua sáude que seje forte . JESUS COM CERTEZA ESTA OLHANDO POR VOCE. O SENHOR E O NOSSO PASTOR E NADA NOS FALTARÁ.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s