Arquivo do dia: 21/10/2010

Quem nunca errou que atire a primeira bolinha de papel

5 Comentários

Arquivado em Delírio Cotidiano

Festival Só Curta leva cinema à Universidade em Ji-Paraná

Os documentários “Povo Amondawa”, de Luiz Brito, “Ver-O-Peso”, de Januário Guedes, e “São Carlos do Jamari”, de Alejandro Bedotti, serão exibidos e debatidos nos campus da Faculdade Panamericana de Ji-Paraná – UNIJIPA, e da Universidade Federal de Rondônia – UNIR, nos dias 27 e 28 de outubro, respectivamente, durante a programação do Festival Só Curta – Estadual de Curta-Metragem, realizado pela Fundação Cultural de Ji-Paraná a partir do dia 25.  “Povo Amondawa”, de Luiz Brito, retrata a nação homônima, vítima do avanço da civilização através de projeto de colonização incentivado pelo governo federal a partir do final da década de 70. Luiz Brito estará também com o documentário “Taba, Querida Taba” no Festival Só Curta, a ser exibido no Cine Colúmbia. Este, é uma homenagem à Taba do Cacique, casa noturna referência por décadas à boêmia da cidade de Porto Velho. “Ver-O-Peso”, de Januário Guedes, une elementos de documentário e de ficção numa poética a um dos mercados mais conhecidos no Brasil. “São Carlos do Jamari”, de Alejandro Bedotti, vencedor em 2003 do FestCine Amazônia, faz um registro documental da história de São Carlos do Jamari.   Após a exibição haverá comentários sobre os filmes pelos diretores Luiz Brito, Alejandro Bedotti e outros convidados ligados à produção audiovisual do Estado de Rondônia, seguido de abertura para perguntas e comentários dos presentes. “Levar o cinema à universidade é uma forma não só de ampliar o conhecimento acadêmico, mas de provocar discussão sobre a importância do fazer cultural nestas instituições”, ressaltou Carlos Reis, coordenador do Festival.

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias

Dilma sobe para 56% , contra 44% de Serra. Agora são 12 % de diferença. Em Rondônia Confúcio tem 58% e Cahulla 42 % dos votos válidos. Diferença de 16%

A candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, aparece 12 pontos à frente de José Serra (PSDB) na disputa do segundo turno. A Pesquisa Ibope divulgada nesta quarta-feira (20) mostra a petista com 56% dos votos válidos, contra 44% do candidato tucano. Neste cenário, brancos e nulos são descartados. Com o resultado, Dilma seria eleita presidente.A pesquisa, encomendada pela TV Globo e o jornal “O Estado de S. Paulo”, foi feita entre os dias 17 e 20 de outubro e está registrada no TSE com o número 36476/2010. Foram feitas 3010 entrevistas. A margem de erro é de 2 pontos porcentuais para mais ou para menos.

A TV Rondônia, canal 4 de Porto Velho/RO, afiliada da Rede Globo, também divulgou a pesquisa IBOPE/Rede Amazônica de Televisão . Na pesquisa estimulada, Confúcio Moura tem 52 %. O candidato João Cahulla aparece com 39 %. Brancos e nulos somam 3% e os indecisos , 6% . A pesquisa ouviu 812 eleitores em 30 municípios de Rondônia, entre os dias 15 e 17 de outubro.

3 Comentários

Arquivado em Eleições 2010

Trauma pós-sulfite calibre A-4 : SBT desmascara farsa e desespero de Serra

Se ainda não assistiu, assista, abaixo, ao trecho do Jornal do SBT que desmascara a farsa encenada por José Serra e pela Globo no Rio, durante suposta “agressão” ao tucano. O vídeo mostra que ele foi atingido por uma bolinha de papel e que só simulou ter sentido o impacto depois de receber uma chamada no celular.Em seguida, continue lendo.

Assistiu? Bem, então agora esqueça por um momento as suas preferências políticas e olhe para a imagem abaixo. É uma justaposição das imagens de dois cidadãos brasileiros. Dois homens com direitos e deveres iguais. Não só como cidadãos, mas como membros da espécie humana.

Você diria que os dois foram agredidos? Pergunto isso porque são as únicas vítimas que apareceram em quase todas as reportagens de telejornais da noite nas tevês abertas, com exceção da reportagem de um telejornal, o Jornal Nacional, da Globo.

Na reportagem do principal telejornal da maior concessão pública de televisão aberta do Brasil, apenas um dos lados teve a sua versão contada e os seus feridos exibidos, o lado dos tucanos, lado que o leitor pode ver como ficou meramente olhando à direita da imagem acima – e dos fatos.

Já a imagem do lado esquerdo  é do telejornal da Record. Esse telejornal, como os das outras emissoras, mostrou também a outra versão dos fatos, a versão do PT, omitida pela Globo.

E mais: entre outros, o telejornal da tevê Record mostrou que, nessa história toda, se alguém foi realmente agredido esse alguém,  ao menos pelo que foi apresentado ao público, não foi o candidato tucano.

Mas não importa. O que importa é que a Globo, de forma criminosa, ilegal, em afronta à equidade na disputa eleitoral não deu o lado do PT nessa história, sonegando a imagem do militante petista agredido pelos tucanos e que aparece acima com o supercílio dilacerado.

A Globo criou dois tipos de brasileiros: o tipo que recebe toda a deferência possível de uma concessão pública por supostamente ter sido agredido enquanto que outro cidadão agredido de fato, e com os mesmos direitos do primeiro,  simplesmente é deletado do rol de vítimas.

Resta saber se o conjunto da sociedade perceberá este fato e o que fará diante de tal afronta. Seja qual for o resultado desse julgamento, o país o conhecerá em pouco mais de uma semana. E é possível que as novas pesquisas estejam indicando a resposta.

Pérolas no Twitter sobre  o caso :

* Serra é atingido em caminhada no RJ. Em nota, a direção do Hospital IBOPE informou que ele levou 12 pontos na cabeça. Doeu!
* Alivio! Tomografia comprova que Serra não tem nada na cabeça.
* Notícia: 5 militantes assassinos do PT são presos armados até os dentes com 10 pacotes de papel chamequinho!
* Manchete da Veja: “Dilma Rouseff fez treinamento de lançamento de bolinha de papel na epoca da guerrilha”
* “Ainda bem que foi uma bolinha de papel, se fosse bolha de sabão Serra diria que o PT usa armas químicas”
* É o que da ter miolo mole. Se ele leva uma SAPATADA igual ao Bush entraria em coma!
* Serra declara que por orientação médica, só passará o carnaval no Rio, se conseguir colete a prova d confete
* “Extra” “Extra” Polícia Federal estoura sede do PT e apreende 5 resmas de papel Chamequinho
* Ufólogos admitem q bolinha de papel pode ter sido jogada por Bilú.
* Fita crepe nega envolvimento e diz não conhecer bolinha de papel.
* Wiliam e Fátima entrevistam a Bolinha no JN: O senhor teve seu sigilo florestal quebrado?
* Daqui há pouco a Míriam Leitão vai sair em defesa de #serraRojas pelo impacto econômico da @Bolinha_de Papel no Brasil!
* SERRA perfunta a DEUS: “Quando eu vou ser presidente?” e DEUS responde: “não serás no meu mandato”
* Bolinha de Papel : Agradeço ao papai, Eucalipto, à minha mamãe Chamex, e a meu irmão, Chamequinho, por este momento glorioso!
* Tentando entender o raciocínio do #serrarojas : Bolinha de papel é ação facista, cacetete em professores é democracia.
* Quando a criançada da 5ª série descobrir que tomar bolinha de papel garante 24h de repouso vai ser uma festa !
* Tentando entender o raciocínio do #serrarojas : Bolinha de papel é ação facista, cacetete em professores é democracia.
* “O #serrarojas é um fingidor/Finge tão completamente/Que chega a fingir que é dor/A bolinha de papel que deveras sente”
Por conta de tudo isto, o tema #serrarojas , que faz uma analogia ao caso do goleiro chileno que fez uma grande encenação durante um jogo no Maracanã, ocupa o 1º lugar NO MUNDO, dos tópicos campeões(Top Trends) do Twitter !
Putz, chega.  É demais prá mim.
Paro por aqui…  Viralize !
Para quem não lembra, ou não é da época do “caso Rojas” :

Da redação do blog com informações do Jornal Flit Paralisante

2 Comentários

Arquivado em Curta Milimetragem

A Morte bate à sua portaria (via Diário da Foice)

Em um belo condomínio da Barra da Tijuca, a dona da casa atende o interfone que tocava insistente. — Oi? — Dona Lucília, boa tarde – disse o porteiro – Tem um hómi aqui na portaria dizendo que quer falar com a senhora. — Que homem? — Ele tá dizendo que é a MORTE. — A morte? Que morte? Da parte de quem? — Ele não falou mais nada. Só disse que é a Morte. — Como o é que ele é? Me descreva o sujeito. — Alto, magro, roupa preta, capuchinho, e um facão …     Continue Lendo

via DIÁRIO DA FOICE

Deixe um comentário

Arquivado em Efêmeras Divagações