Arquivo do dia: 17/10/2010

E aí? (via Defenestradordeornitorrincos's Blog)

Sinta-se à vontade para fazer seus comentários…

E aí?

via Defenestradordeornitorrincos’s Blog

Deixe um comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

E aí? (via Defenestradordeornitorrincos’s Blog)

Sinta-se à vontade para fazer seus comentários…

E aí?

via Defenestradordeornitorrincos’s Blog

Deixe um comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

Serra grávido. Vou abortá-lo

“CEGONHA PERDIDA, MÃE SEM RUMO, PARTO E SEM DÓ”

Por Altair Santos (Tatá), cidadão brasileiro, músico.

Pronto. Sem querer descobri que sou a favor do aborto. E agora o troço vai render, vou apanhar mais do que o Atlético de Goiás no Brasileirão, vão me chutar mais do que cachorro sem dono, mas vou abortar o Serra. Comigo ele não vai ter chance. Pois bem, era só o que nos faltava, o bicho pegou de vez! O Serra, com aquela cara de vampiro anêmico na fila da transfusão, pirou de vez o cabeção e entrou de corpo e alma nesse assunto de aborto que, na falta de programas e propostas e sem ter com quê e como discutir o país e suas prioridades, o candidato tucano se dizendo “do bem” (só se for o tal Ben10 aquele brinquedo do mal) vem elegendo como um dos seus temas preferidos nessa campanha eleitoral no segundo turno. De uma hora pra outra o representante da boataria construída, do atraso e do medo inventado, tenta fazer ecoar o seu desespero e praticamente diz ao país: vote em mim, eu sou contra o aborto, eu sou a favor da vida eu estou grávido! Isso mesmo Brasil, tô grávido! Tô gestante, tô buchudo, tô prenhe, em vias de dar a luz!!! Mas você ainda não viu tudo. Não se assuste se nos próximos dias no seu programa na tv, o Serra aparecer numa imagem de perfil vestindo uma lingerie de marca e exibindo a sua barriga de quase nove meses. No texto ele se põe a lhe convidar prum perigoso baby chá daqui a alguns dias, cujos “presentinhos” ele está relacionando no dia após dia, por esse Brasil afora. Pra entender melhor essa coisa do Serra (o parturiente da vez) querer ser a nova mãe do Brasil, consultamos especialistas da obstetrícia, do parto e puerpério político que, após minuciosa análise de exames de ponta com imagens de alta resolução em 3D, competentemente nos relataram: trata-se de gravidez de alto risco, aliás, risco garantido dele parir de volta tudo o que não presta como Armínio Fraga (lembram dele?), arrocho, privatizações das empresas, alienação até das almas dos brasileiros ao capital estrangeiro, parir também em milhões de multi-gêmeos os baixos salários, o aumento incontrolável de preços, dar a luz à re-proliferação do desemprego, ressuscitar o estado de exclusão com privilégios aos ricos, dentre outros bebezinhos que elevem embalando em nina neném nada prósperos . A pobre cegonha, enganada que fora, começa voar perdida e incomodada pelas bicadas de tucanos vorazes. Mãe sem rumo, Serra tenta a todo o custo se dizer o click mágico de uma nova luz sem, porém, avaliar que sequer a luz para todos (nos campos e cidades) o antigo governo dele e do FHC tiveram competência e interesse em tocar adiante. E como somos a favor da vida e dos viventes, não deixaremos o Serra praticar o seu “parto sem dó”: “sem dó dos brasileiros”, “sem dó do Brasil”. Aí sim, não tem jeito, vou abortá-lo. O método não tem pílulas, pajelanças, chá de sacaca, cabacinha e outras ervas afins.  O bisturi: meu voto.

1 comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano