Arquivo do dia: 16/10/2010

Deu no Correio do Brasil : "Mônica Serra já fez aborto e sou solidária à sua dor" – afirma ex-aluna

O desempenho do presidenciável tucano, José Serra, no debate do último domingo pela TV Bandeirantes, foi a gota d’água para uma eleitora brasileira. O silêncio do candidato diante da reclamação formulada pela adversária, Dilma Rousseff (PT) – de que fora acusada pela mulher dele, a ex-bailarina e psicoterapeuta Sylvia Monica Allende Serra, de “matar criancinhas” –, causou indignação em Sheila Canevacci Ribeiro, a ponto de levá-la até sua página em uma rede social, onde escreveu um desabafo que tende a abalar o argumento do postulante ao Palácio do Planalto acerca do tema que divide o país, no segundo turno das eleições. A coreógrafa Sheila Ribeiro relata, em um depoimento emocionado, que a ex-professora do Instituto de Artes da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) Monica Serra relatou às alunas da turma de 1992, em sala de aula, que foi levada a fazer um aborto “no quarto mês de gravidez”.

Em entrevista exclusiva ao Correio do Brasil, na noite desta segunda-feira, Sheila deixa claro que não era partidária de Dilma ou de Serra no primeiro turno: “Votei no Plínio (de Arruda Sampaio)”, declara. Da mesma forma, esclarece ser apenas uma eleitora, com cidadania brasileira e canadense, que repudiou o ambiente de hipocrisia conduzido pelo candidato da aliança de direita, ao criminalizar um procedimento cirúrgico a que milhões de brasileiras são levadas a realizar em algum momento da vida. Sheila, durante a entrevista, lembra que no Canadá este é um serviço prestado em clínicas e hospitais do Estado, como forma de evitar a morte das mulheres que precisam recorrer à medida “drástica e contundente”, como fez questão de frisar.

No texto, intitulado “Respeitemos a dor de Mônica Serra”, Sheila Ribeiro repete a pergunta de Dilma, que ficou sem resposta: – Se uma mulher chega em um hospital doente, por ter feito um aborto clandestino, o Estado vai cuidar de sua saúde ou vai mandar prendê-la?

Se esta campanha já estava uma baixaria, e agora como é que fica ??? NR: Havíamos postado esta matéria no dia 14 de outubro, mas diante da falta ,naquela hora de mais confirmações sobre sua veracidade, resolvemos tirá-la do ar. Agora ela retorna, porque práticamente toda a grande mídia(JB, FSP, Yahoo Notícias) confirmou através de contatos com a  coreógrafa Sheila Ribeiro o teor de suas declarações. Lamentamos porém que a campanha presidencial tenha tomado estes rumos e não o do debate de idéias, que engrandeceria o Brasil.

Leia a matéria na íntegra > Correio do Brasil

Deixe um comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

Deu no Correio do Brasil : “Mônica Serra já fez aborto e sou solidária à sua dor” – afirma ex-aluna

O desempenho do presidenciável tucano, José Serra, no debate do último domingo pela TV Bandeirantes, foi a gota d’água para uma eleitora brasileira. O silêncio do candidato diante da reclamação formulada pela adversária, Dilma Rousseff (PT) – de que fora acusada pela mulher dele, a ex-bailarina e psicoterapeuta Sylvia Monica Allende Serra, de “matar criancinhas” –, causou indignação em Sheila Canevacci Ribeiro, a ponto de levá-la até sua página em uma rede social, onde escreveu um desabafo que tende a abalar o argumento do postulante ao Palácio do Planalto acerca do tema que divide o país, no segundo turno das eleições. A coreógrafa Sheila Ribeiro relata, em um depoimento emocionado, que a ex-professora do Instituto de Artes da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) Monica Serra relatou às alunas da turma de 1992, em sala de aula, que foi levada a fazer um aborto “no quarto mês de gravidez”.

Em entrevista exclusiva ao Correio do Brasil, na noite desta segunda-feira, Sheila deixa claro que não era partidária de Dilma ou de Serra no primeiro turno: “Votei no Plínio (de Arruda Sampaio)”, declara. Da mesma forma, esclarece ser apenas uma eleitora, com cidadania brasileira e canadense, que repudiou o ambiente de hipocrisia conduzido pelo candidato da aliança de direita, ao criminalizar um procedimento cirúrgico a que milhões de brasileiras são levadas a realizar em algum momento da vida. Sheila, durante a entrevista, lembra que no Canadá este é um serviço prestado em clínicas e hospitais do Estado, como forma de evitar a morte das mulheres que precisam recorrer à medida “drástica e contundente”, como fez questão de frisar.

No texto, intitulado “Respeitemos a dor de Mônica Serra”, Sheila Ribeiro repete a pergunta de Dilma, que ficou sem resposta: – Se uma mulher chega em um hospital doente, por ter feito um aborto clandestino, o Estado vai cuidar de sua saúde ou vai mandar prendê-la?

Se esta campanha já estava uma baixaria, e agora como é que fica ??? NR: Havíamos postado esta matéria no dia 14 de outubro, mas diante da falta ,naquela hora de mais confirmações sobre sua veracidade, resolvemos tirá-la do ar. Agora ela retorna, porque práticamente toda a grande mídia(JB, FSP, Yahoo Notícias) confirmou através de contatos com a  coreógrafa Sheila Ribeiro o teor de suas declarações. Lamentamos porém que a campanha presidencial tenha tomado estes rumos e não o do debate de idéias, que engrandeceria o Brasil.

Leia a matéria na íntegra > Correio do Brasil

Deixe um comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

Hoje, 20 anos da morte impune do senador Olavo Pires

Hoje,16 de outubro de 2010, o assassinato do senador Olavo Pires completa 20 anos.O crime ocorreu em Porto Velho,em 16 de outubro de 1990, 3 a 5 minutos após as 21 horas, nas vésperas do segundo turno da eleição para governador de Rondônia, naquele ano.Este site( noticiaro.com ) noticiou que o crime está prescrito, pois jamais se descobriu de fato qualquer culpado,muito menos o mandante,ou mandantes da execução do político.  Uma fonte do Ministério Público Estadual (MPE) nega a prescrição, por que o MPE denunciou vários suspeitos no ano passado.Ignoramos se algum juiz recebeu qualquer denúncia ou se ao menos algum está detido pelo assassinato…Leia aqui a matéria completa

Deixe um comentário

Arquivado em Efêmeras Divagações

Ainda Laerte – Esfinge, uma HQ monumental (via Blog dos Malvados)

Continue lendo a HQ aqui

Deixe um comentário

Arquivado em Efêmeras Divagações

1/4 dos reeleitos responde processo no STF

Por Beto Bertagna

Se gradear o Congresso, vão pensar que é um presídio federal. Um quarto dos parlamentares reeleitos responde processo no STF. Dos 320 que conseguiram novo mandato, 76, são alvos de inquéritos ou ações penais no Supremo. As acusações vão de crime eleitoral a estelionato. 71 deputados e 5 senadores, mais 7 senadores em meio de mandato também estão com a ficha emporcalhada… Em Rondônia a coisa não é muito diferente. E está no ar uma denúncia seríssima sobre um avião comprado supostamente com dinheiro desviado da ALE. Alguém vai esclarecer ?

Deixe um comentário

Arquivado em Curta Milimetragem

Alziro Barbosa dá curso de Direção de Fotografia para Cinema em RO

A Fundação Joaquim Nabuco e o Canne (Centro Audiovisual Norte-Nordeste)trazem as Oficinas de Direção de Fotografia e Oficina de Desenho de Som, de forma gratuita,  em parceria com a SECEL e ABD/RO.  A Oficina  acontece em Porto Velho de 18 à 22 de Outubro, no Rondon Palace Hotel, e será ministrada por Alziro Barbosa cuja formação é de Mestre e Bacharel em Direção de Fotografia pelo VGIK – Instituto Estatal de Cinema da Rússia, Bacharelado com diploma revalidado pela Universidade de São Paulo.Barbosa atuou como Diretor de Fotografia em diversos filmes, como Gatão de Meia Idade, longa metragem, feito em HDCAM, com direção de Antonio Carlos da Fontoura. Entre outros prêmios,tem o de melhor fotografia brasileira, concedido pela Ass. Br. Cinematografia (ABC) em 2005 e 2006. “Estamos preocupados com a formação de mão-de-obra local dos nossos técnicos e futuros cineastas que estão surgindo aqui em Rondônia. O foco principal da Oficina de Direção de Fotografia é trazer para o realizador e técnico aqui em Rondônia mais conteúdos para aumentar o seu conhecimento na área do cinema e do audiovisual em seus futuros trabalhos num mercado mais especializado e competitivo, e teremos uma outra Oficina de Som em novembro aqui ”, disse Luiz Brito presidente da ABD/RO.

2 Comentários

Arquivado em Notícias