Arquivo do dia: 22/09/2010

Saite marrom ou galinha choca ?

Um saite marrom da capital de RO veiculou hoje (22) um vídeo em que , na saída do debate da TV Candelária, um candidato falava alguns impropérios impublicáveis e o filho de um outro retrucava chamando-o de “galinha choca”.  Hilário, mas demonstrando a falta de educação dos dois e quem presenciou a cena ao vivo deve ter ficado enojado  ! Imediatamente, porém, o telefone toca e vem a ordem : retirem o vídeo do ar, retirem o vídeo do ar, senão a fatura do mês vai ser cancelada ! E não é que retiraram ? Pior. Apagaram qualquer vestígio do vídeo no You Tube.  Que cagões !  Esqueceram , porém, que hoje existe uma função chamada  “download this vídeo” .  Então… quem me contou eu não conto nem a pau, Marechal . O filme se chama Dormindo com o Inimigo…

Deixe um comentário

Arquivado em Curta Milimetragem

Agora é G3 : Brasileirão só abre 3 vagas para Libertadores

Por Beto Bertagna

Sofram mais um pouco, prezados torcedores !!! A Conmebol anunciou nesta quarta-feira(22) que o título da Libertadores não abrirá mais uma vaga extra ao país da equipe campeã. O Brasileiro deste ano só classificará três times para a próxima competição continental. O Santos também está garantido na competição por ser o vencedor da Copa do Brasil. A mudança se deve ao fato de que a Copa Sul-Americana passou a valer uma vaga para a Libertadores. Assim, a única possibilidade de um país ter um representante a mais no torneio é conquistando a Sul-Americana. Neste momento, quem perderia a vaga na mais importante competição do continente é o Botafogo, que tem 38 pontos e está em quinto – o Inter, em quarto lugar, já está assegurado. A 52ª edição da Libertadores terá os seguintes participantes: Brasil (5 equipes), Argentina(5), Bolívia, Colômbia, Chile, Equador,Paraguai, Peru, Uruguai, Venezuela, México(todos 3) e mais o último campeão, aquele time que em épocas passadas perdeu para o Celupa por 2X0 , diz a lenda.

Deixe um comentário

Arquivado em Efêmeras Divagações

Penitenciária da Paraíba lança projeto cultural via rádio

A penitenciária João Bosco Carneiro, em Guarabira (PB) lança nesta sexta-feira (24) um projeto-piloto que vai levar cultura para os presos, por meio do rádio. O projeto “Literatura em Prisões: por uma nova autoria, uma nova história” faz parte do programa Educação nas Prisões, desenvolvido pelo Ministério da Justiça e a Organização dos Estados Iberoamericanos (OEI), em parceria com o Ministério da Educação. Na Rádio Alternativa Esperança, iniciativa de sucesso criada pelo juiz da Vara de Execuções Penais, Bruno Azevedo, um  contador de histórias lerá um livro para os presos, por meio da rádio. Em seguida, será realizado um debate presencial sobre a leitura, mediado por monitores.   O projeto-piloto será avaliado e pode ser replicado em penitenciárias de todo o país. A intenção é usar a literatura e a educação para auxiliar o processo de ressocialização dos presos.

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias

Engatinhando na pista

Deixe um comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

Lambo (via willtirando.com.br)

Will Leite é um talentoso publicitário, designer, cartunista e ilustrador de Porecatu, no norte do Paraná. Ele edita o site www.willtirando.com.br e, generosamente, permitiu a publicação de suas tiras no nosso  blog. Agradecemos ao Will , seja bem vindo ! Lá vai para os  leitores uma de suas tirinhas, Lambo, adaptada  do texto ‘Contos Rápidos – No Elevador’ de Luis Fernando Verissimo


Deixe um comentário

Arquivado em Reblog

Jornal anuncia que preconceitos dos jornais não se confirmam. Já há outro Papa Bento XVI

Por Manuel Queiroz

A visita do Papa ao Reino Unido foi um dos temas grandes da semana passada. A primeira visita de Estado de um Papa a um país que até há pouco tinha um primeiro-ministro – Tony Blair – que se converteu ao catolicismo após deixar as funções governativas.

No país de Richard Dawkins, que continua a fazer livros e doutrina pelo ateísmo – alguma até com muita graça e inteligência, outra absolutamente chocarreira -, a visita de Bento XVI, o Papa que procura ligar Razão e Fé, foi marcada por manifestações contra e a favor, mas teve indiscutivelmente uma boa aceitação. Depois de um período em que se discutiu se o Estado, em que a Rainha é a chefe da Igreja de Inglaterra, devia pagar os custos da visita, no final o “Papa Rottweiler” tornou-se o “avô santo”, como lhe chamava ontem o “Sunday Times”. Apesar de tudo, Bento VVI vai passando uma mensagem de simpatia. Algo que não esperariam muitos há cinco anos, quando foi entronizado como sucessor de Pedro.

Ratzinger começou o pontificado anunciando que ia fazer muito menos viagens do que o seu predecessor, João Paulo II. Mas afinal já esteve no Brasil, nos Estados Unidos, em Portugal, na Inglaterra, na Austrália, em África – em cinco anos já fez uma dezena e meia. Em Inglaterra reconheceu os pecados da Igreja no abuso de crianças, sobretudo, mas em todas elas tem tido gestos de aproximação a outras religiões, muito nítidos e nem sempre bem compreendidos (como o célebre discurso de Ratisbona sobre o Islão). Agora foi o primeiro Papa a entrar na Abadia de Westminster: cumprimentou uma mulher ordenada na Igreja anglicana e esteve com Rowan Williamson, o arcebispo de Cantuária. Essa é uma das linhas condutoras do seu pontificado, juntamente com a condenação do relativismo moral – agora em Glasgow condenou o ateísmo como forma de desumanização, o que desencadeou mais protestos. Até David Cameron, o conservador primeiro-ministro inglês, sublinhou que é errado considerar o seu país como secularista, porque a fé, disse, está nas raízes daquela ilha.

Estes não são tempos, reconheça-se, de grande e genuína fé religiosa no Ocidente. Ganham força os movimentos que pedem mais laicidade na vida pública, são notícia mais os livros de Dawkins que as encíclicas papais, a frequência das igrejas europeias cai todos os anos, congregam muita gente as igrejas ou seitas com um discurso mais materialista e até com programas de televisão em que prometem ajuda para a alma e para a carteira ao mesmo tempo. Os escândalos dos abusos sexuais dos padres são uma ferida que vai demorar anos a sarar porque se procurou minimizar o que era obviamente indesculpável.

Apesar de tudo, destes tempos difíceis da Igreja, Bento XVI parece já ter mudado um pouco a imagem que tinha, aproximando-se do seu povo. Não quer ser João Paulo II, de que foi um dos mentores ideológicos, até porque não tem o seu carisma, mas dá um passo em frente com a racionalização possível da Fé. E hoje é uma voz a ouvir por todos quando se discute religião, mesmo entre os ateus.

via blasfemias.net

Deixe um comentário

Arquivado em Efêmeras Divagações

É… o tempo passou para os roqueiros (via @ NILNEWS)

É... o tempo passou para os roqueiros

via @ N I L N E W S

Deixe um comentário

Arquivado em Reblog