Arquivo do mês: agosto 2010

"Maconha para a vitória". Um filme do governo americano na II Guerra

Tradução e edição Beto Bertagna

Aos apressadinhos que porventura acharem que estou fazendo apologia às drogas, leiam com mais calma.

Este é um filme histórico,produzido em 1942 pelo Departamento de Agricultura dos EUA que mosta a implementação de um plano de distribuição de 400.000 quilos de “cannabis” aos agricultores  americanos com o objetivo de produzir 350 mil hectares de maconha em 1943, num  esforço conjunto para a guerra. Os agricultores que concordaram foram dispensados do serviço militar, e todos os membros da sua família também . Eles receberam equipamentos agrícolas a preços subsidiados, às vezes de graça. O objetivo oficial era produzir, com as fibras dos pés de maconha,  cordas para a Marinha, mangueiras para os bombeiros, solas de sapato para os soldados e até para-quedas. Das folhas, nada se diz durante o filme. Devem ter ficado para “outras” conversas dos soldados. No entanto, após a guerra, a mesma planta foi considerada a planta daninha do demônio. Mais.  O DEA e a Biblioteca do Congresso negaram a criação ou a existência do filme mas 2 cópias foram encontradas. Quanta hipocrisia ! Nos anos 30, as inovações em máquinas agrícolas teriam provocado uma revolução
industrial se tivessem sido aplicadas à maconha. Essa fonte única poderia ter criado  milhões de novos empregos com a geração de milhares de produtos de qualidade. A revista “Popular Mechanics” de  fevereiro de 1938, declarou:  “A maconha tem um breve período de crescimento, pode ser cultivado em qualquer  estado, as raízes fortes penetram profundamente o solo e deixam a cultura plantada perfeitamente  para o ano seguinte. Maconha, esta nova safra pode ser inestimável para a agricultura  e a indústria americana. Se não tiesse sido declarada ilegal, a maconha poderia ter tirado a América da Grande Depressão”

Você também pode ver este vídeo em versão brasileira no site oimperadorestanu.blogspot.com .

4 Comentários

Arquivado em Delírio Cotidiano

“Maconha para a vitória”. Um filme do governo americano na II Guerra

Tradução e edição Beto Bertagna

Aos apressadinhos que porventura acharem que estou fazendo apologia às drogas, leiam com mais calma.

Este é um filme histórico,produzido em 1942 pelo Departamento de Agricultura dos EUA que mosta a implementação de um plano de distribuição de 400.000 quilos de “cannabis” aos agricultores  americanos com o objetivo de produzir 350 mil hectares de maconha em 1943, num  esforço conjunto para a guerra. Os agricultores que concordaram foram dispensados do serviço militar, e todos os membros da sua família também . Eles receberam equipamentos agrícolas a preços subsidiados, às vezes de graça. O objetivo oficial era produzir, com as fibras dos pés de maconha,  cordas para a Marinha, mangueiras para os bombeiros, solas de sapato para os soldados e até para-quedas. Das folhas, nada se diz durante o filme. Devem ter ficado para “outras” conversas dos soldados. No entanto, após a guerra, a mesma planta foi considerada a planta daninha do demônio. Mais.  O DEA e a Biblioteca do Congresso negaram a criação ou a existência do filme mas 2 cópias foram encontradas. Quanta hipocrisia ! Nos anos 30, as inovações em máquinas agrícolas teriam provocado uma revolução
industrial se tivessem sido aplicadas à maconha. Essa fonte única poderia ter criado  milhões de novos empregos com a geração de milhares de produtos de qualidade. A revista “Popular Mechanics” de  fevereiro de 1938, declarou:  “A maconha tem um breve período de crescimento, pode ser cultivado em qualquer  estado, as raízes fortes penetram profundamente o solo e deixam a cultura plantada perfeitamente  para o ano seguinte. Maconha, esta nova safra pode ser inestimável para a agricultura  e a indústria americana. Se não tiesse sido declarada ilegal, a maconha poderia ter tirado a América da Grande Depressão”

Você também pode ver este vídeo em versão brasileira no site oimperadorestanu.blogspot.com .

4 Comentários

Arquivado em Delírio Cotidiano

Sobre um Primeiro Encontro (via Loucuras da Mente de um Biscoito)

Você gosta de Woody Allen? Pois tem uma cena de um dos filmes dele que, enquanto eu via, tive um insigh enorme e precisei escrever esse post. Como não ia parar o filme no meio só pra vir escrever no blog, resolvi gravar um vídeo e registrar meus pensamentos. (foi a maneira mais rápida que encontrei na hora) Não tenho a intenção de começar um vlog nem nada, fora que não manjo bulhufas sobre como editar um vídeo, então ele ta com todos os erros e e … Read More

via Loucuras da Mente de um Biscoito

2 Comentários

Arquivado em Efêmeras Divagações

Amazônia à beira do caos. Desabastecimento no Acre já preocupa. "Chuva da manga" vem salvar a pátria.

Porto Velho/Rondônia 7:45 da manhã, sexta-feira, dia 27. A fumaça cobre a capital foto : B. Bertagna

Porto Velho/Rondônia 7:45 da manhã, sexta-feira, dia 27. A fumaça cobre a capital . foto : B. Bertagna

Por Beto Bertagna (atualizado 31/08)

A fumaça vinda das  queimadas  e a baixa umidade relativa do ar estão jogando os habitantes do norte do Brasil para uma tênue fronteira que separa o estado de calamidade pública. Na sexta-feira (27) pela manhã foi registrada, segundo fontes altamente confiáveis uma umidade relativa do ar abaixo dos 11%  e uma  taxa de CO2 por volta de 3000 ppm, quando  o normal é por volta de 350ppm, ou seja quase 10 X mais. A chuva que caiu na madrugada desta segunda-feira(30) pouco abalou os maiores focos de incêndio no Estado. Apenas amenizou um pouco a fumaça na capital, Porto Velho.

Nos últimos 200 anos, a concentração de dióxido de carbono na atmosfera aumentou 27% – decorrente da queima de combustíveis fósseis com o início da era industrial e com os desmatamentos – sendo que metade deste aumento ocorreu nos últimos 30 anos. As concentrações de CO2 na atmosfera passaram de 272 ppm na era pré-industrial para 350 ppm no início dos anos 90.

– Uma verdadeira calamidade! exclamou a técnica que informou os dados a este site.

Por conta da seca, as águas do rio Madeira estão tão rasas que podem interromper a ligação com o Acre e com o Amazonas, que é feito através de balsas que cruzam o rio. A situação é mais crítica na balsa que liga a BR 319, entre Porto Velho e Humaitá, no Amazonas.  Na outra balsa, a 20 km de Abunã, que liga Rondônia ao Acre, a travessia demora às vezes quase 5 horas, bem mais 10 vezes do que o normal  , porque as manobras do rebocador da balsa tentam evitar os bancos de areia que se formaram no Madeira. As vezes, há o inevitável encalhe e daí a situação fica mais crítica até desencalhar uma das balsas. ( duas operam no local ).  Extensas filas tem se formado nas duas margens do rio, provocando atrasos e irritações. No trecho navegável do Madeira, já há 2 balsas lotadas de carretas encalhadas na localidade de Calama, a 20 km de Porto Velho.  Pior ainda para Cruzeiro do Sul, cidade de 77 mil habitantes localizada a 630km da capital acriana, quase na fronteira com o Peru. Com uma estrada trafegável apenas 2 meses por ano, a segunda maior cidade do Acre é abastecida basicamente por balsas vindas do Amazonas , num inimaginável trajeto que culmina no rio Juruá  chegando a demorar 2 meses e por avião, através de um vôo diário da empresa Gol. Com as secas, os rios começam a ficar intrafegáveis e com a interrupção do tráfego nas balsas, só restará a Cruzeiro do Sul a ligação aérea, com o preço do custo de vida subindo também às alturas.

No Acre, as queimadas e a fumaça proveniente da Bolívia também estão deixando o ar quase irrespirável, provocando irritações nas mucosas e dificuldades respiratórias. O Instituto de Meio Ambiente do Acre (IMAC) recebeu nesta semana a confirmação de que o Ministério da Defesa autorizou que os homens do Exército auxiliem o governo do Estado no combate às queimadas. De acordo com o órgão, serão 36 homens, sendo que 20 atuaram em Rio Branco, 8 em Epitaciolândia e 8 em Plácido de Castro.

Dicas para você se prevenir durante os dias de ar seco:
Tome muita água, o dobro do que está normalmente acostumado. Tenha um cuidado especial com as pessoas acima dos 70 anos e nos bebês de até 1 ano oferecendo água abundante para eles. Os bebês que se alimentam só de leite materno podem ganhar um pouquinho de água na mamadeira. Observe se as crianças estão bebendo bastante água e se elas estão fazendo xixi com frequência. Escolha comidas leves como saladas, verduras, macarrão com molhos leves e pouca carne, evitando gorduras. Aumente a umidade do ar, usando um umidificador ou então pendure uma toalha umedecida na cadeira na hora de dormir.

É esperado um arrefecimento na  seca com a chuva que caiu na região nesta madrugada (31) e que foi mais intensa e duradoura. Para muitos antigos moradores, desacostumados com a inconstância do tempo,  “a chuva da manga”, a primeira grande chuva do ano. De fato, a paisagem na capital Porto Velho, já amanheceu diferente.


4 Comentários

Arquivado em Delírio Cotidiano

Amazônia à beira do caos. Desabastecimento no Acre já preocupa. “Chuva da manga” vem salvar a pátria.

Porto Velho/Rondônia 7:45 da manhã, sexta-feira, dia 27. A fumaça cobre a capital foto : B. Bertagna

Porto Velho/Rondônia 7:45 da manhã, sexta-feira, dia 27. A fumaça cobre a capital . foto : B. Bertagna

Por Beto Bertagna (atualizado 31/08)

A fumaça vinda das  queimadas  e a baixa umidade relativa do ar estão jogando os habitantes do norte do Brasil para uma tênue fronteira que separa o estado de calamidade pública. Na sexta-feira (27) pela manhã foi registrada, segundo fontes altamente confiáveis uma umidade relativa do ar abaixo dos 11%  e uma  taxa de CO2 por volta de 3000 ppm, quando  o normal é por volta de 350ppm, ou seja quase 10 X mais. A chuva que caiu na madrugada desta segunda-feira(30) pouco abalou os maiores focos de incêndio no Estado. Apenas amenizou um pouco a fumaça na capital, Porto Velho.

Nos últimos 200 anos, a concentração de dióxido de carbono na atmosfera aumentou 27% – decorrente da queima de combustíveis fósseis com o início da era industrial e com os desmatamentos – sendo que metade deste aumento ocorreu nos últimos 30 anos. As concentrações de CO2 na atmosfera passaram de 272 ppm na era pré-industrial para 350 ppm no início dos anos 90.

– Uma verdadeira calamidade! exclamou a técnica que informou os dados a este site.

Por conta da seca, as águas do rio Madeira estão tão rasas que podem interromper a ligação com o Acre e com o Amazonas, que é feito através de balsas que cruzam o rio. A situação é mais crítica na balsa que liga a BR 319, entre Porto Velho e Humaitá, no Amazonas.  Na outra balsa, a 20 km de Abunã, que liga Rondônia ao Acre, a travessia demora às vezes quase 5 horas, bem mais 10 vezes do que o normal  , porque as manobras do rebocador da balsa tentam evitar os bancos de areia que se formaram no Madeira. As vezes, há o inevitável encalhe e daí a situação fica mais crítica até desencalhar uma das balsas. ( duas operam no local ).  Extensas filas tem se formado nas duas margens do rio, provocando atrasos e irritações. No trecho navegável do Madeira, já há 2 balsas lotadas de carretas encalhadas na localidade de Calama, a 20 km de Porto Velho.  Pior ainda para Cruzeiro do Sul, cidade de 77 mil habitantes localizada a 630km da capital acriana, quase na fronteira com o Peru. Com uma estrada trafegável apenas 2 meses por ano, a segunda maior cidade do Acre é abastecida basicamente por balsas vindas do Amazonas , num inimaginável trajeto que culmina no rio Juruá  chegando a demorar 2 meses e por avião, através de um vôo diário da empresa Gol. Com as secas, os rios começam a ficar intrafegáveis e com a interrupção do tráfego nas balsas, só restará a Cruzeiro do Sul a ligação aérea, com o preço do custo de vida subindo também às alturas.

No Acre, as queimadas e a fumaça proveniente da Bolívia também estão deixando o ar quase irrespirável, provocando irritações nas mucosas e dificuldades respiratórias. O Instituto de Meio Ambiente do Acre (IMAC) recebeu nesta semana a confirmação de que o Ministério da Defesa autorizou que os homens do Exército auxiliem o governo do Estado no combate às queimadas. De acordo com o órgão, serão 36 homens, sendo que 20 atuaram em Rio Branco, 8 em Epitaciolândia e 8 em Plácido de Castro.

Dicas para você se prevenir durante os dias de ar seco:
Tome muita água, o dobro do que está normalmente acostumado. Tenha um cuidado especial com as pessoas acima dos 70 anos e nos bebês de até 1 ano oferecendo água abundante para eles. Os bebês que se alimentam só de leite materno podem ganhar um pouquinho de água na mamadeira. Observe se as crianças estão bebendo bastante água e se elas estão fazendo xixi com frequência. Escolha comidas leves como saladas, verduras, macarrão com molhos leves e pouca carne, evitando gorduras. Aumente a umidade do ar, usando um umidificador ou então pendure uma toalha umedecida na cadeira na hora de dormir.

É esperado um arrefecimento na  seca com a chuva que caiu na região nesta madrugada (31) e que foi mais intensa e duradoura. Para muitos antigos moradores, desacostumados com a inconstância do tempo,  “a chuva da manga”, a primeira grande chuva do ano. De fato, a paisagem na capital Porto Velho, já amanheceu diferente.


4 Comentários

Arquivado em Delírio Cotidiano

Volkswagen Gol (39) (via CARROS ÓRFÃOS)

Volkswagen Gol (39) Porto Velho, Rondônia. Contribuição de Beto Bertagna e JLZ Barcelos. Um órfão por hora, inclusive de madrugada, para recuperar o fim de semana! Quem acompanha? Precisa de fôlego… =) —————————————————————– … Read More

via CARROS ÓRFÃOS

Deixe um comentário

Arquivado em Efêmeras Divagações

+ Lista Telefônica (via Santolouco)

Mais uns rabiscos com nanquim e corretivo sobre lista telefônica. … Read More

via Santolouco

Deixe um comentário

Arquivado em Reblog

Amantes de Ferrovias e Fotografias

O Clube Amantes da Ferrovia promove de 30 de agosto a 17 de outubro o II Concurso “Você nos Trilhos” 2010, que elegerá as 40 melhores fotos de passeios ferroviários nacionais ou internacionais.Você, que é membro do Clube, poderá postar sua foto até o dia 26 de setembro  e concorrer a diversos prêmios, basta ser maior de 18 anos e ser o autor de uma fotografia que retrate trens e ferrovias.De 27 de setembro a 17 de outubro é hora de incentivar sua família e amigos, pois a votação estará aberta!Dia 18 de outubro será divulgado o grande resultado. Confira aqui o regulamento completo. O site é http://amantesdaferrovia.com.br

Deixe um comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

Humoristas censurados (via Blog dos Malvados)

Humoristas censurados

via Blog dos Malvados

Deixe um comentário

Arquivado em Reblog

Estruturas artificiais em Marte. Não estamos sós…(via Misterios de la Astrofísica)

Imagens feitas por três das sondas enviadas a Marte (Mars Viking, Mars Pathfinder e Mars Opportunity) grande semelhança com a antiga civilização egípcia. Imagen SOL 1167, obtida pelo Mars Rover Opportunity: Estátua esculpida na montanha. Se observa com evidência as usuais sombras (“parches”) para evitar que se possam ver os detalhes de algo que não deveria estar lá, de acordo com os evangelhos impostos pela “comunidade científica”.  As manchas também aparecem nas imagens da sonda Espírito de Marte.

via Misterios de la Astrofísica.

Deixe um comentário

Arquivado em Efêmeras Divagações

Xuxa solteirona: "Tenho quase 50 e sou macia, cheirosa e gostosa" (via Rômulo O. Costalarga)

Realizada no âmbito profissional por conta de seus pactos que a elevaram ao status de ‘rainha dos baixinhos’, Xuxa finalmente entrega os pontos frente às evidências de que sua vida pessoal é um poço de frustrações.

Em entrevista à coluna “Olá”, do jornal “Agora São Paulo”, a loura disse que desistiu de encontrar um par para a vida inteira depois de se relacionar, entre idas e vindas, por mais de dez anos com o ator muito mais ou menos Luciano Szafir – pai de sua filha, a poliglota e tuiteira Sasha.

“Casar? O que é isso? Para. Casar me dá coceira. Achar uma pessoa do jeito que a gente quer é difícil. Para mim ainda é pior, porque assusto e, com o tempo, fiquei mais exigente”, afirmou Xuxa na entrevista.

A ex-apresentadora, que por muitos anos teve sua imagem associada a da diretora de televisão Marlene Mattos, está empenhada em esvaziar os boatos maldosos sobre sua solteirice.

A-pai-xo-na-da por crianças, se não tivesse se recusado a se apresentar no “Criança Esperança”, Xuxa faria uma apresentação com a cantora-revelação Maria Gadú, com quem iniciou uma sincera amizade.

Grande amiga de Ivete Sangalo, garante que está satisfeita em ter apenas uma herdeira e que não pretende aumentar a família. “Já vou fazer 50 anos! E não tenho ninguém. Inseminação é loucura! Ter filho por ter não é legal. Sou uma quase cinquentona, macia cheirosa e gostosa”, finalizou Xuxa Meneghel.

Fonte: Redação CC /Mundo Pop via Rômulo O. Costalarga

Deixe um comentário

Arquivado em Reblog

Xuxa solteirona: “Tenho quase 50 e sou macia, cheirosa e gostosa” (via Rômulo O. Costalarga)

Realizada no âmbito profissional por conta de seus pactos que a elevaram ao status de ‘rainha dos baixinhos’, Xuxa finalmente entrega os pontos frente às evidências de que sua vida pessoal é um poço de frustrações.

Em entrevista à coluna “Olá”, do jornal “Agora São Paulo”, a loura disse que desistiu de encontrar um par para a vida inteira depois de se relacionar, entre idas e vindas, por mais de dez anos com o ator muito mais ou menos Luciano Szafir – pai de sua filha, a poliglota e tuiteira Sasha.

“Casar? O que é isso? Para. Casar me dá coceira. Achar uma pessoa do jeito que a gente quer é difícil. Para mim ainda é pior, porque assusto e, com o tempo, fiquei mais exigente”, afirmou Xuxa na entrevista.

A ex-apresentadora, que por muitos anos teve sua imagem associada a da diretora de televisão Marlene Mattos, está empenhada em esvaziar os boatos maldosos sobre sua solteirice.

A-pai-xo-na-da por crianças, se não tivesse se recusado a se apresentar no “Criança Esperança”, Xuxa faria uma apresentação com a cantora-revelação Maria Gadú, com quem iniciou uma sincera amizade.

Grande amiga de Ivete Sangalo, garante que está satisfeita em ter apenas uma herdeira e que não pretende aumentar a família. “Já vou fazer 50 anos! E não tenho ninguém. Inseminação é loucura! Ter filho por ter não é legal. Sou uma quase cinquentona, macia cheirosa e gostosa”, finalizou Xuxa Meneghel.

Fonte: Redação CC /Mundo Pop via Rômulo O. Costalarga

Deixe um comentário

Arquivado em Reblog

Dois sonhos que se encontram (via Blog dos Malvados)

via Blog dos Malvados

Deixe um comentário

Arquivado em Reblog

O líder benevolente e a desgraça iminente (via Impedimento)

A rodada que marcou a diminuição da vantagem do Fluminense para o Corinthians teve também uma atuação convincente do Grêmio e uma sequência de empates que fez com que pouca coisa se alterasse na zona mediana da tabela, além de uma virada do Palmeiras sobre aquele amontoado de gente dispersa que anda vestindo a camisa do Galo. No Maracanã, o Fluminense encontrou um gol bem cedo, com Deco, em uma das poucas jogadas lúcidas da equipe no primeiro tempo … Read More

via Impedimento

Deixe um comentário

Arquivado em Reblog

Se a moda pega…

Deixe um comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

Laranjeiras carregadas de laranjas boas

Querido P,

Há um ano que não te encontrava. Não sei se já tinha te visto antes para falar a verdade. Nós dois, dois dias, as palavras e alguma embriaguez, e meu bom senso que diz que és tu. Eu sou muito tu. E tu falas sobre mulheres. Eu penso sobre os homens e tento aprender em quarenta e oito horas tudo o que nunca me ensinaste sobre ti e sobre todos vocês. Espera um pouco: Moço! Quero esse Proust aqui. Uma dose desse tempo perdido, por favor. Tá. Enquanto me olhas, vejo teu sangue voltar pela contramão. Em mim, alguma coisa não é mais minha, eu estranho e alegro. Alegria séria de quem agora entende que o encontro e a perda são tão íntimos quanto nós e que nosso amor vive de tropeços, entre as fumaças e os ruídos de um boteco qualquer. Agora eu fecho a porta e ouço teus passos intensos na escada. Aqui nessa ausência te, me vejo e te, me percebo melhor. Obrigada, não vou esquecer.

Com carinho,

L.

1 comentário

Arquivado em Crônicas certeiras

Túnel do Tempo

BNH em Ji-Paraná, nos anos 80, em Rondônia foto : JLZ Barcelos

Deixe um comentário

Arquivado em Efêmeras Divagações

O pequeno bebê coelho órfão, agora em boas mãos! (via Viverde Eco)

Nosso lindo bebê coelho foi encontrado por monitores do Denison Pequotsepos Nature Center, um santuário da vida selvagem, localizado em Mystic, Connecticut. Sua mãe havia sido morta por um cão, mas felizmente o bebê não se feriu. Agora nas mãos da equipe de resgate de animais selvagens, o bebê será criado de maneira a se preparar para seu retorno a vida selvagem, mas somente quando for capaz de cuidar de si mesmo. … Read More

via Viverde Eco

1 comentário

Arquivado em Reblog

Que lugar é este ?

foto: JLZ Barcelos

Deixe um comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

Político

Deixe um comentário

Arquivado em Reblog

Jornalismo cultural sem cultura (via Dedé à Suivre)

Jornalismo cultural sem cultura Sou jornalista e tenho o maior respeito pela profissão, mas como em qualquer área, tem uns colegas que nos deixam com a chamada “vergüenza ajena”… O caso típico é quando pedem para uma banda ou um artista que acabou de lançar um disco para ir no estúdio de rádio e tocar ao vivo. Vejam bem: as criaturas se mataram para produzir uma sonoridade adequada, num bom estúdio, gastaram com músicos, técnicos, mixagem, masterização e daí  … Read More

via Dedé à Suivre

Deixe um comentário

Arquivado em Reblog

Ferroviários da EFMM: estão com "tudo" e não estão "prosa"

Há exatos 4 anos atrás, os antigos ferroviários da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré cuidavam praticamente sózinhos do acervo da ferrovia, passando muitas dificuldades.  Até um simples marmitex lhes foi negado , na época, pelo Governo do Estado. Naquele ano, 2006, o tombamento da Madeira-Mamoré foi homologado pelo Patrimônio Histórico Nacional.

Hoje, eles recuperaram a auto-estima , se organizaram em forma de Cooperativa (Cootrafer) com o apoio da Senadora Fátima Cleide e do Deputado Eduardo Valverde  e  estão ajudando a revitalização da ferrovia através de um convênio,  costurado pelo IPHAN , que lhes garante o trabalho digno e remunerado.  É uma das muitas  medidas mitigadoras e compensatórias que estão a cargo da UHE Sto Antônio .

Na foto, os antigos ferroviários com alguns trabalhadores mais novos posam com o Presidente Lula na Madeira-Mamoré, para a história.

Deixe um comentário

Arquivado em Efêmeras Divagações

Ferroviários da EFMM: estão com “tudo” e não estão “prosa”

Há exatos 4 anos atrás, os antigos ferroviários da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré cuidavam praticamente sózinhos do acervo da ferrovia, passando muitas dificuldades.  Até um simples marmitex lhes foi negado , na época, pelo Governo do Estado. Naquele ano, 2006, o tombamento da Madeira-Mamoré foi homologado pelo Patrimônio Histórico Nacional.

Hoje, eles recuperaram a auto-estima , se organizaram em forma de Cooperativa (Cootrafer) com o apoio da Senadora Fátima Cleide e do Deputado Eduardo Valverde  e  estão ajudando a revitalização da ferrovia através de um convênio,  costurado pelo IPHAN , que lhes garante o trabalho digno e remunerado.  É uma das muitas  medidas mitigadoras e compensatórias que estão a cargo da UHE Sto Antônio .

Na foto, os antigos ferroviários com alguns trabalhadores mais novos posam com o Presidente Lula na Madeira-Mamoré, para a história.

Deixe um comentário

Arquivado em Efêmeras Divagações

Por e-mail

O jornal italiano Corriere della Sera publicou em sua edição eletrônica de fim de semana uma enquete muito divertida. Trata-se de opinar sobre o relacionamento das crianças italianas com o Menino Jesus. Os leitores devem escolher entre frases tiradas do livro: “Caro Gesù: la giraffa la volevi proprio così o è stato un incidente?” (Querido Jesus, a girafa você queria assim mesmo ou foi um acidente?), recém-lançado pela editora Sonzogno. É uma amostra do que elas costumam escrever nas redações da escola, nas aulas de catecismo e em bilhetinhos de final de ano. Na Itália, o Papai Noel não toma conta do imaginário infantil e Gesù Bambino é um poderoso concorrente do bom velhinho nórdico.

Escolha você também a sua frase preferida.

“Querido Menino Jesus, todos os meus colegas da escola escrevem para o Papai Noel, mas eu não confio naquele lá. Prefiro você.” (Sara)

“Querido Menino Jesus, obrigado pelo irmãozinho. Mas na verdade eu tinha rezado pra ganhar um cachorro.” (Gianluca)

“Querido Jesus, por que você não está inventando nenhum animal novo nos últimos tempos? A gente vê sempre os mesmos.” (Laura)

“Querido Jesus, por favor, ponha um pouco mais de férias entre o Natal e a Páscoa. No meio, agora está sem nada.” (Marco)

“Querido Jesus, o padre Mário é seu amigo ou você conhece ele só do trabalho?” (Antonio)

“Querido Menino Jesus, por gentileza, mande-me um cachorrinho. Eu nunca pedi nada antes, pode conferir.” (Bruno)

“Querido Jesus, talvez Caim e Abel não se matassem tanto se tivessem um quarto pra cada um. Com o meu irmão funciona.” (Lorenzo)

“Querido Jesus, no Carnaval eu vou me fantasiar de diabo, você tem alguma coisa contra?” (Michela)

“Querido Jesus, eu gosto muito do padre-nosso. Você escreveu tudo de uma só vez, ou você teve que ficar apagando? Qualquer coisa que eu escrevo eu tenho que refazer um monte de vezes.” (Franco)

“Querido Jesus, você é invisível mesmo ou é só um truque?” (Giovanni)

“Querido Jesus, na minha opinião, é impossível existir um Deus melhor do que você. Bom, eu só queria que você soubesse, mas estou te dizendo isso não é porque você é Deus.” (Valerio)

“Querido Jesus, em vez de você fazer as pessoas morrerem e aí criar novas pessoas, por que você não fica com as que já tem?” (Marcello)

“Querido Jesus, se não tivesse acontecido a extinção dos dinossauros não ia ter lugar para nós, você fez muito bem.” (Maurizio)

“Querido Menino Jesus, não compre os presentes na loja embaixo do prédio, a mamãe diz que eles são uns ladrões. Muito melhor no super.” (Lucia)

“Querido Jesus, nós estudamos na escola que Thomas Edison inventou a luz. Mas no catecismo dizem que foi você. Pra mim ele roubou a sua idéia.”(Daria)

Deixe um comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

Amazônia, o cênico da luta sem poder de dissuasão (via Plano Brasil)

Publicado no jornal “O Sul” de Porto Alegre em 19 de agosto de 2010 pelo Coronel de Infantaria e Estado Maior Paulo Ricardo da Rocha  para o Plano Brasil, este texto deveria ser lido, analisado e discutido por todos os brasileiros, mesmo os que desconhecem a Amazônia. Não é nenhuma teoria da conspiração, não é nenhuma paranóia militar. É uma visão bem equilibrada sobre a necessidade de defender e proteger a região que está virando cobiça internacional.Merece uma reflexão mais profunda, destituída de paixões xenófobas ou anti-armamentistas. Em suma, é o nosso que está na reta…Read More

via PLANO BRASIL

Deixe um comentário

Arquivado em Reblog

100Grana Investiga: A vida "pós-Ranger" (via 100Grana | Cultura Pop para Lisos!)

100Grana Investiga: A vida "pós-Ranger" Mas afinal, o que alguns desses caras andam fazendo depois que penduraram os colants? Morte, doença, condenação, prisão e faculdade só para citar. Essa semana, a notícia que fez muita gente cair da cadeira (e outros nem tanto) foi a revelação de que David Yost, o primeiro Power Ranger Azul, é homossexual (sério, o que teve de gente fazendo piada que ele queria ser rosa não é brincadeira). Acho que aqui a questão não é nem o fato dele ser gay, mas … Read More

via 100Grana | Cultura Pop para Lisos!

Deixe um comentário

Arquivado em Efêmeras Divagações

100Grana Investiga: A vida “pós-Ranger” (via 100Grana | Cultura Pop para Lisos!)

100Grana Investiga: A vida "pós-Ranger" Mas afinal, o que alguns desses caras andam fazendo depois que penduraram os colants? Morte, doença, condenação, prisão e faculdade só para citar. Essa semana, a notícia que fez muita gente cair da cadeira (e outros nem tanto) foi a revelação de que David Yost, o primeiro Power Ranger Azul, é homossexual (sério, o que teve de gente fazendo piada que ele queria ser rosa não é brincadeira). Acho que aqui a questão não é nem o fato dele ser gay, mas … Read More

via 100Grana | Cultura Pop para Lisos!

Deixe um comentário

Arquivado em Efêmeras Divagações

Anjos da Madrugada ou o cão chupando manga ?

Por Antônio Serpa do Amaral Filho

Se em Olinda tem o famoso Bacalhau do Batata, nós temos o bloco Pirarucu do Madeira. Se o Rio de Janeiro se gaba de ter a Banda de Ipanema, nós possuímos a Banda do Vai Quem Quer. E se na cidade de São Paulo tem os Demônios da Garoa, nós aqui em Porto Velho temos os Anjos da Madrugada. Com eles dando um show na calçada do Bar do Zizi, no Mercado Cultural, a noite de sexta-feira ficou hiper-animada, levando as pessoas que viram a balada a aplaudirem com entusiasmo o grupo musical que passionalmente incendiou o terreiro do samba. Eles chegaram assim de mansinho, como quem não quer nada, e quiseram e conseguiram tudo: entornar a boa dosagem de lirismo e nostalgia que a civilização brasileira herdou do sangue lusitano – além da sífilis, claro, como diria Chico Buarque de Hollanda e Ruy Guerra.   Eles tocam essencialmente bolero, mas isso não lhes impede de contemplar o público com uma série de outros gêneros musicais da lavra brasileira e internacional. No palco, o grupo se apresentou vestido todo de branco, querendo transparecer uma certa pureza angelical, mas de anjos eles não têm nada, pois são o cão chupando manga, tocando o zaraio no meio do mundo, quando acionam seus baixos, suas vozes carregadas de emoção, suas congas, bongôs, violões e teclados para detonar o baixo-astral e pregar no púlpito da diversidade musical sua mensagem seiscentista: carpiem die. Isto é, aproveitem o dia de hoje na paradoxal página do presente eterno. Latinos são os Anjos: cantam com o coração em apaixonada performance interpretativa. Saltam de um “Bésame Mucho” para um “Tell me Once Again” com espantosa naturalidade, deixando um único liame explicativo – o romantismo, em alguns momentos piegas, que lhes transborda o caldeirão sentimental. Proclamam-se seresteiros por excelência, mas fazem bem humoradas incursões no xote, no samba de Noel Rosa e no território da Jovem Guarda como se Meu Carro é Vermelho fosse um hit parade inventado na semana passada. Boêmios versáteis é o que são.   Arregaçando o espaço do samba pelo avesso, a companhia musical Anjos da Madrugada esteve em cena, dia 20 de agosto, no projeto cultural mais badalado do final de semana em Porto Velho : a Final Flor Samba, capitaneado pelo “Poeta da Cidade”, o cantor e compositor Ernesto Melo. A mostra musical acontece toda sexta-feira, a partir das 20 horas, no Mercado Cultural, no centro histórico da capital, com o patrocínio da Fundação Iaripuna.   Apresentando-se no quadrilátero cultural do centro antigo de Porto Velho, todos eles estavam impecáveis, é vero. Mas é preciso separar o joio do trigo e distribuir o pão do talento a cada um, segundo o quinhão que cada um desses artistas merece: o intérprete Waldemar Nazareno, cativante e cavalheiresco, vencedor de um concurso regional que o levou a se apresentar no programa do Raul Gil, como representante do Estado de Rondônia, conquistou o público o presenteou com toda sua competência, sensibilidade vocal e seu jeito carismático de se locomover no palco; Altair dos Santos, o Tatá, Presidente da Fundação Cultural Iaripuna , mostrou com quantos paus se faz uma cozinha bem temperada, utilizando congas apimentadas, bongôs com cheiro verde e ataques de execução precisos e graciosos, bem como a expressão de risos no ar, descontraindo o ambiente como se estivesse tocando tambor de caixa num boi-bumbá qualquer dos terreiros de Calama, na região do baixo Madeira. Roberto Matias, baterista habilidoso e afrodescendente, tranqüilizou o grupo ao garantir a cadência e o fluxo rítmico que as músicas requerem para provocar agradabilidade entre os ouvintes da troupe; o tecladista e também vocalista Charles Kazan, dono de voz poderosa e bem tonificada, é músico de mão cheia, contribuindo para que os arranjos tivessem requinte e personalidade na apresentação dos angelicais. Dando um show de suporte harmônico à banda, encontramos Edmar Jucá. O experiente guitarrista, esperto e antenado no que o povo gosta, usou e abusou de seqüências harmônicas e acordes que dão qualidade e comunicabilidade ao discurso plástico das peças musicais. No baixo, a tranqüilidade em pessoa: o tarimbado Sérgio Santos fazendo a cobertura dos acordes sonoros produzidos pela guitarra de Jucá e pelo teclado de Kazan. Não se sabe ontologicamente qual o sexo dos anjos em geral, mas em se tratando de Anjos da Madrugada cada um tem o seu bem definido. Priscila, por exemplo, vocal do pelotão de frente da companhia musical, é a única, dentre esses espíritos celestes e mensageiros de Deus, a representar o sexo feminino na pândega. Afinada, animada, simpática e plugada no que faz, ela encantou aos olhos e aos ouvidos do respeitável público que tomou de assalto quase todos os recantos da Praça Presidente Getúlio Vargas.   Os Anjos da Madrugada têm esse nome porque no nascedouro da carreira musical desses bambas do bolero e da MPB está o fato de terem pertencido ao Movimento da Juventude Católica, que tinha por base eclesial a paróquia de Nossa Senhora das Graças, depois do bairro Quilômetro Um. Hoje, comemorando vinte e dois anos de pé na estrada, eles vão de peito aberto aonde o povo está. Não têm medo da crítica. Não têm medo da vida. Tocam de tudo. Até brega, se o brega é de boa qualidade e agrada ao público. Executam boleros se preciso for, para que a romântica atmosfera da noite cresça no coração do homem e ele se sinta satisfeito e realizado, amante e amado, entre um trago no copo e o balanço de um corpo bom colado ao seu, no desvairio da eterna busca pela felicidade.   Dizem que são anjos, e são mesmo. Com suas poções mágicas cuidam das pessoas. Com suas beberagens melódicas e farmacológicas curam as chagas e as dores dos populares que os assistem. Sob suas asas, por um breve momento o mundo é tomado pela bandeira branca das colcheias, fusas e semifusas que decolam do pentagrama como se fossem pombas da paz derramando bênção musical sobre o corpo de quem os vê assim maduros, de bem com a vida e cheios de vontade de fazer o povo feliz. Cantando, são embaixadores da esperança. Se apresentando nos palcos da vida, são operários do fazer artístico, saltimbancos do lúdico, invadindo a praia da Fina Flor do Samba. Tocando, são espíritos de luz em meio ao irracionalismo político-administrativo que está lançando este Estado ao fogo desmedido da ganância. Concebendo sua arte, são deuses terráqueos fazendo das tripas coração para que o homem se redescubra divino também, e não ataque a natureza de forma cruel como eles bem testemunharam na esfumaçante noite em que se apresentaram, sob o olhar perdido e triste do Pai dos Pobres, cujo busto chorou de tristeza vendo a sensibilidade humana virar cinzas.   O fato é que na exibição do último capítulo da maior novela musical do Estado de Rondônia, a Fina Flor do Samba, sexta-feira passada, no Mercado Cultural, anjos que voam na hora da garoa, ao som de boleros, mambos, rumbas, xotes e samba-canção, exorcizaram os demônios da madrugada com a entonação de cânticos sacros e profanos das únicas igrejas que são unanimidades entre os tupiniquins: os seguidores do bolero dos últimos dias e a santa música popular brasileira.  Quem são eles, final? São Anjos da Madrugada ou o Cão chupando manga meio dia em ponto? Não se sabe.  Diz a lenda que são gente como a gente, que pecam, que sonham, que amam e que cantam…

Deixe um comentário

Arquivado em Crônicas certeiras

Posters minimalistas de seriados (via BLCKDMNDS)

Posters minimalistas de seriados Se você é daqueles que gosta de um bom minimalismo então vai se deliciar com os dois post minimalistas que eu tenho aqui pro blog. Um vocês vão poder conferir hoje o outro somente amanhã. Pra quem é fã de cultura pop e dessa onda de geometrização vai se deliciar com o que vem por ai. Albert Exergian, designer gráfico austríaco, criou uma série de cartazes das séries de TV mais populares do mundo. As obras minimalistas são vendidas pela empresa Bl … Read More

via BLCKDMNDS

Deixe um comentário

Arquivado em Efêmeras Divagações

O sinal de alerta de Dom Williamson: o rumor vindo de Roma…(via Fratres in Unum.com)

Missa em Nagasaki, 1947

Missa em Nagasaki, 1947

Enquanto as discussões entre Roma e a Fraternidade São Pio X estão se chocando, segundo comentários de ambos os lados, contra uma parede doutrinal, informações de França e Alemanha, unidos a um rumo que chega de Roma, anuncia perigo para os Católicos. Esse perigo é um acordo político, o qual simplesmente dará uma volta no bloqueio doutrinal. A política ameaça contornar a doutrina … Read More

via Fratres in Unum.com

Deixe um comentário

Arquivado em Reblog

Farsa: midia mundial fala de restaurante canibal no Brasil (via@NILNEWS)

Farsa: midia mundial fala de restaurante canibal no Brasil A mídia de vários países do mundo se viu envolvida nesta quinta-feira (26/8) em uma notícia polêmica com ares de montagem bem armada. Um restaurante em Rondônia especializado em receitas canibais estaria procurando doadores voluntários para fornecer seu principal ingrediente: carne humana.  … Read More

via @ NILNEWS

Deixe um comentário

Arquivado em Reblog

Falso restaurante canibal em Rondônia:mais uma "pegadinha" da net

Um boato da Internet transformou rapidamente Rondônia num escândalo do Brasil na imprensa mundial como praticante de canibalismo em restaurante de antropófagos em Guajará Mirim.  O falso boato, fruto de uma armação na Internet prejudica a imagem da cidade, de Rondônia e do Brasil.  O site http://forum.hardmob.com.br publicou o seguinte texto, aparentemente da Folha.com : ” Restaurante brasileiro causa polêmica em Berlim ao oferecer carne humana”

“O restaurante brasileiro Flimé causou polêmica e duras críticas na capital alemã, Berlim, ao anunciar que vai abrir uma filial na cidade no próximo dia 8 de setembro. O restaurante, cuja matriz fica em Rondônia, inclui em sua campanha de inauguração na Alemanha um cadastro para clientes interessados em oferecer partes do seu próprio corpo.

O site do restaurante não inclui no cardápio nenhuma referência direta à carne humana, mas diz seguir a cultura indígena wari –tribo da selva amazônica conhecida pela cultura do canibalismo–, na qual “comer é um ato espiritual com o qual ganhamos a mente e a força da criatura comida”.

O vice-presidente da União Cristã-Democrata de Berlim, Michael Braun, expressou sua indignação com o restaurante e culinária. “Espero que seja apenas uma brincadeira de mau gosto”, afirma Braun ao jornal alemão “The Bild”, acrescentando que a campanha poderia ser apenas para despertar a curiosidade dos clientes.

O restaurante também já causou alvoroço em Guarajá-Mirim (RO), onde cerca de mil pessoas fizeram um protesto contra o uso de carne humana no cardápio da matriz. Em uma entrevista divulgada no YouTube há duas semanas, o proprietário Eduardo Amado diz que os protestos ajudam a atrair clientes e que todos deveriam provar a culinária wari, já que os clientes voltam com “um sorriso no rosto”. Ele não cita em nenhum momento explicitamente o fato de oferecer carne humana no cardápio.

A Folha.Com tentou entrar em contato com o restaurante, mas não obteve resposta. Na internet é possível ainda ver depoimentos de clientes que recomendam o prato polêmico e aqueles que criticam o canibalismo.

No site trilíngue (alemão, português e inglês), os clientes interessados podem preencher um cadastro com uma série de perguntas sobre hábitos médicos e de saúde, como fumo, consumo de bebidas alcoólicas e frequência de atividade física.

No fim, há um alerta: “Os membros associados do Flimé concordam, com este, em doar para o Flimé qualquer parte de seu corpo, que será determinada pelo próprio associado. […] A finalidade do uso da parte doada é de livre escolha do Flimé”.

O endereço do restaurante de Berlim ainda é secreto. Mas para os brasileiros, há no site instruções sobre como chegar ao Flimé, em meio à selva amazônica em Rondônia.

http://forum.hardmob.com.br/newthrea…stthread&f=226

http://www.flime-restaurante.com/

O site Nillnews, também deu destaque à matéria http://tinyurl.com/2vbezj7

O site Opera Mundi ( http://tinyurl.com/344whcu ) publicou, em matéria assinada por Pedro Aguiar e Laisa Beatriz que “Mídia internacional ignora indícios de fraude e publica notícia sobre restaurante canibal”

A mídia de vários países do mundo se viu envolvida nesta quinta-feira (26/8) em uma notícia polêmica com ares de montagem bem armada. Um restaurante em Rondônia especializado em receitas canibais estaria procurando doadores voluntários para fornecer seu principal ingrediente: carne humana.

Em seguida, diversos jornais, portais e agências de notícias de diversos países repercutiram a entrevista do Bild, mencionando também anúncios que teriam sido publicados em jornais locais na Alemanha e um vídeo postado no site YouTube com uma entrevista com o suposto dono do restaurante. Entre eles, estavam o inglês The Guardian, a revista alemã Der Spiegel e as agências ANSA e Efe (embora somente em seu serviço em espanhol). Boa parte da imprensa portuguesa também deu crédito à história, inclusive veículos grandes como a TV RTP e o jornal Expresso .

A maioria divulgou um website em que um suposto restaurante oferece iguarias da culinária wari – uma tribo amazônica de Rondônia que, de fato, praticava canibalismo na época anterior ao contato com os brancos. Ao mesmo tempo, também disponibiliza um formulário para potenciais doadores oferecerem partes de seus corpos como carne e ainda procura “cirurgiões de mente aberta” dispostos a realizar as operações. No texto, escrito em alemão e em português (com a ortografia de Portugal pré-acordo), o Flimé promete arcar com os custos hospitalares.

Evidências

Em pouco tempo, a notícia ganhou páginas na web, blog, redes sociais e fóruns de discussão, com algumas pessoas escandalizadas e muitas duvidando da veracidade da notícia.

No entanto, como o Opera Mundi apurou, as evidências de informação forjada (ou hoax, como se diz no jargão de internet) se acumulam no caso do “restaurante canibal”. O website do estabelecimento divulga uma localização na cidade de Guajará-Mirim (RO) com um link para um mapa do GoogleMaps que, por sua vez, publica um endereço e um telefone. Ao ligar para o número, a reportagem do Opera Mundi constatou se tratar de uma agência bancária.

“Aqui é o Bradesco de Guajará-Mirim. Não conhecemos nenhum restaurante com esse nome na cidade. Duas pessoas já ligaram hoje”, disse Aline Costa, funcionária do banco. “Esse número é da agência há mais de 20 anos”.

Erros e montagens

No próprio site do “restaurante” e no vídeo colocado no YouTube, os autores erram o nome da cidade por duas vezes: primeiro, como “Guarajá Mirim”, depois como “Guajirim-Mirim”. Além disso, o vídeo mostra o prédio da Câmara dos Vereadores do Rio de Janeiro, na Cinelândia, como se fosse na cidade em Rondônia, e uma faixa com os dizeres “Pare canibalismo” – soando como uma tradução automática do inglês “stop cannibalism”. (NR: o áudio é mal feito, aparentemente numa sala improvisada, sem tratamento acústico )

No vídeo, que filma a tela de uma TV com aparência de programa jornalístico, é exibida uma reportagem sobre uma manifestação que teria reunido “mais de mil pessoas” na cidade (a população local é de 40 mil). Em seguida, aparece uma entrevista com um português identificado como o chef Eduardo Amado, explicando as origens da cozinha wari e dizendo não se importar com a polêmica do canibalismo. A repórter que o entrevista, usando microfone sem identificação de nenhum canal de TV, tenta disfarçar um claro sotaque português como se fosse brasileira.

“Todo o povo que passa por nosso restaurante volta sempre com prazer, um sorriso nos lábios”, afirma o entrevistado.

Recomendação

Uma segunda versão, publicada em 17 de agosto, traz legendas em inglês sobre o vídeo anterior. Abaixo do monitor, na imagem, passam legendas de horóscopo de um jornal matogrossense datado de 3 de agosto. Em ambos os casos, os usuários que publicaram o vídeo se registraram apenas dias antes e não têm nenhuma outra postagem nem informação pessoal divulgada.

Um terceiro vídeo, publicado no YouTube na mesma data (17/8), traz um depoimento em que o usuário identificado como Hugo Avelar, também português, diz já ter ido ao estabelecimento e recomenda o canibalismo.

Contactados pela reportagem, os usuários responsáveis pelos vídeos não responderam até a publicação desta matéria.

O tradicional jornal português Expresso, parece que não viu os vídeos do Youtube, com claro sotaque português e das colônias como Cabo Verde (link http://tinyurl.com/289vc8x ) e publicou a manchete sensacionalista :
“Alemanha: Restaurante procura doadores para especialidades canibais”

No youtube, veja os três vídeos  em destaque, conforme se vê abaixo, todos com sotaque lusitano e das colônias e feito com atores amadores:


Segundo a Wikipédia, os  ” Wari’ são muitas vezes designados como Pakaa Nova, por terem sido avistados pela primeira vez no rio homônimo, afluente da margem direita do Mamoré, no estado de Rondônia. Mas é como Wari’, palavra que em sua língua significa “gente”, “nós”, que gostam de ser chamados, e é dessa forma que são conhecidos pelos não-indígenas que mantêm com eles um convívio mais estreito. Vivem hoje aldeados em torno de sete Postos da Funai administrados pela Ajudância de Guajará-Mirim, Rondônia, e na Terra Indígena Sagarana, na confluência dos rios Mamoré e Guaporé, administrada pela Diocese de Guajará-Mirim.”

Na suposta pesquisa disponível na net em arquivo PDF Ficha de Cadastro Restaurante Flimé a grafia é ” cultura Huari” que segundo a Wikipédia ” foi uma civilização andina que floresceu no centro dos Andes aproximadamente desde o ano 600 até 1200 d. C., chegando a expandir-se até os actuais departamentos peruanos de Departamento de Lambayeque|Lambayeque]] pelo norte e Arequipa pelo sul.

A cidade maior sócia a esta cultura é Wari, que se encontra localizada a 25 quilómetros ao noroeste de Ayacucho. Uma cultura irmã de Huari é a cultura Najar Alguns sustentam que esta cidade, junto à de Tiahuanaco, foi centro de um império que cobria a maior parte da puna e a costa do Peru actual. Foi um dos primeiros grandes impérios em Sudamérica, posteriores à mochica e anteriores (uns 300 anos) ao Tahuantinsuyo que dominaria a maior parte da região andina.”

O que ninguém percebeu é que os dados aparentemente divulgados como originais do Google Earth quando ” esticados” colocam a BR 425 em cima de casas, escolas e ruas de uma cidade desconhecida, numa montagem grosseira.  Veja a foto abaixo que extraímos do site do restaurante:

O traçado da BR 425 não "bate" com o mapa falso.

A Prefeitura Municipal de Guajará-Mirim, através do Chefe de Gabinete Décio Keher Marques emitiu uma nota oficial em que diz: ”  Conforme noticiado por alguns veículos de comunicação regional, estadual e internacional sobre um restaurante que comercializa possivelmente carne humana, o prefeito Atalibio José Pegorini vem através da chefia de Gabinete manifestar o desconhecimento de qualquer estabelecimento que fira os bons costumes e as legislações municipal, estadual e federal. Doutra feita, o prefeito municipal repudia matérias de cunho sensacionalista que possa vir prejudicar a imagem de Guajará-Mirim, a Pérola do Mamoré e de seus habitantes. O prefeito Municipal ainda comunica que abre a partir deste momento, uma comissão para averiguar a veracidade do objeto noticiado nesses meios de comunicação, assim como recorrerá judicialmente sobre os danos causados ao município.”

Segundo informações do jornal O Estado de São Paulo, a Polícia Federal está investigando o caso. Para o delegado da PF no município, Julio Mitsuo Fujiki, a notícia sobre o suposto restaurante “não passa de uma piada de muito mau gosto”. “Estamos levantando as informações necessárias para tomar medidas judiciais cabíveis”, afirmou.

Guajará-Mirim não merecia mais esta…

2 Comentários

Arquivado em Delírio Cotidiano

Falso restaurante canibal em Rondônia:mais uma “pegadinha” da net

Um boato da Internet transformou rapidamente Rondônia num escândalo do Brasil na imprensa mundial como praticante de canibalismo em restaurante de antropófagos em Guajará Mirim.  O falso boato, fruto de uma armação na Internet prejudica a imagem da cidade, de Rondônia e do Brasil.  O site http://forum.hardmob.com.br publicou o seguinte texto, aparentemente da Folha.com : ” Restaurante brasileiro causa polêmica em Berlim ao oferecer carne humana”

“O restaurante brasileiro Flimé causou polêmica e duras críticas na capital alemã, Berlim, ao anunciar que vai abrir uma filial na cidade no próximo dia 8 de setembro. O restaurante, cuja matriz fica em Rondônia, inclui em sua campanha de inauguração na Alemanha um cadastro para clientes interessados em oferecer partes do seu próprio corpo.

O site do restaurante não inclui no cardápio nenhuma referência direta à carne humana, mas diz seguir a cultura indígena wari –tribo da selva amazônica conhecida pela cultura do canibalismo–, na qual “comer é um ato espiritual com o qual ganhamos a mente e a força da criatura comida”.

O vice-presidente da União Cristã-Democrata de Berlim, Michael Braun, expressou sua indignação com o restaurante e culinária. “Espero que seja apenas uma brincadeira de mau gosto”, afirma Braun ao jornal alemão “The Bild”, acrescentando que a campanha poderia ser apenas para despertar a curiosidade dos clientes.

O restaurante também já causou alvoroço em Guarajá-Mirim (RO), onde cerca de mil pessoas fizeram um protesto contra o uso de carne humana no cardápio da matriz. Em uma entrevista divulgada no YouTube há duas semanas, o proprietário Eduardo Amado diz que os protestos ajudam a atrair clientes e que todos deveriam provar a culinária wari, já que os clientes voltam com “um sorriso no rosto”. Ele não cita em nenhum momento explicitamente o fato de oferecer carne humana no cardápio.

A Folha.Com tentou entrar em contato com o restaurante, mas não obteve resposta. Na internet é possível ainda ver depoimentos de clientes que recomendam o prato polêmico e aqueles que criticam o canibalismo.

No site trilíngue (alemão, português e inglês), os clientes interessados podem preencher um cadastro com uma série de perguntas sobre hábitos médicos e de saúde, como fumo, consumo de bebidas alcoólicas e frequência de atividade física.

No fim, há um alerta: “Os membros associados do Flimé concordam, com este, em doar para o Flimé qualquer parte de seu corpo, que será determinada pelo próprio associado. […] A finalidade do uso da parte doada é de livre escolha do Flimé”.

O endereço do restaurante de Berlim ainda é secreto. Mas para os brasileiros, há no site instruções sobre como chegar ao Flimé, em meio à selva amazônica em Rondônia.

http://forum.hardmob.com.br/newthrea…stthread&f=226

http://www.flime-restaurante.com/

O site Nillnews, também deu destaque à matéria http://tinyurl.com/2vbezj7

O site Opera Mundi ( http://tinyurl.com/344whcu ) publicou, em matéria assinada por Pedro Aguiar e Laisa Beatriz que “Mídia internacional ignora indícios de fraude e publica notícia sobre restaurante canibal”

A mídia de vários países do mundo se viu envolvida nesta quinta-feira (26/8) em uma notícia polêmica com ares de montagem bem armada. Um restaurante em Rondônia especializado em receitas canibais estaria procurando doadores voluntários para fornecer seu principal ingrediente: carne humana.

Em seguida, diversos jornais, portais e agências de notícias de diversos países repercutiram a entrevista do Bild, mencionando também anúncios que teriam sido publicados em jornais locais na Alemanha e um vídeo postado no site YouTube com uma entrevista com o suposto dono do restaurante. Entre eles, estavam o inglês The Guardian, a revista alemã Der Spiegel e as agências ANSA e Efe (embora somente em seu serviço em espanhol). Boa parte da imprensa portuguesa também deu crédito à história, inclusive veículos grandes como a TV RTP e o jornal Expresso .

A maioria divulgou um website em que um suposto restaurante oferece iguarias da culinária wari – uma tribo amazônica de Rondônia que, de fato, praticava canibalismo na época anterior ao contato com os brancos. Ao mesmo tempo, também disponibiliza um formulário para potenciais doadores oferecerem partes de seus corpos como carne e ainda procura “cirurgiões de mente aberta” dispostos a realizar as operações. No texto, escrito em alemão e em português (com a ortografia de Portugal pré-acordo), o Flimé promete arcar com os custos hospitalares.

Evidências

Em pouco tempo, a notícia ganhou páginas na web, blog, redes sociais e fóruns de discussão, com algumas pessoas escandalizadas e muitas duvidando da veracidade da notícia.

No entanto, como o Opera Mundi apurou, as evidências de informação forjada (ou hoax, como se diz no jargão de internet) se acumulam no caso do “restaurante canibal”. O website do estabelecimento divulga uma localização na cidade de Guajará-Mirim (RO) com um link para um mapa do GoogleMaps que, por sua vez, publica um endereço e um telefone. Ao ligar para o número, a reportagem do Opera Mundi constatou se tratar de uma agência bancária.

“Aqui é o Bradesco de Guajará-Mirim. Não conhecemos nenhum restaurante com esse nome na cidade. Duas pessoas já ligaram hoje”, disse Aline Costa, funcionária do banco. “Esse número é da agência há mais de 20 anos”.

Erros e montagens

No próprio site do “restaurante” e no vídeo colocado no YouTube, os autores erram o nome da cidade por duas vezes: primeiro, como “Guarajá Mirim”, depois como “Guajirim-Mirim”. Além disso, o vídeo mostra o prédio da Câmara dos Vereadores do Rio de Janeiro, na Cinelândia, como se fosse na cidade em Rondônia, e uma faixa com os dizeres “Pare canibalismo” – soando como uma tradução automática do inglês “stop cannibalism”. (NR: o áudio é mal feito, aparentemente numa sala improvisada, sem tratamento acústico )

No vídeo, que filma a tela de uma TV com aparência de programa jornalístico, é exibida uma reportagem sobre uma manifestação que teria reunido “mais de mil pessoas” na cidade (a população local é de 40 mil). Em seguida, aparece uma entrevista com um português identificado como o chef Eduardo Amado, explicando as origens da cozinha wari e dizendo não se importar com a polêmica do canibalismo. A repórter que o entrevista, usando microfone sem identificação de nenhum canal de TV, tenta disfarçar um claro sotaque português como se fosse brasileira.

“Todo o povo que passa por nosso restaurante volta sempre com prazer, um sorriso nos lábios”, afirma o entrevistado.

Recomendação

Uma segunda versão, publicada em 17 de agosto, traz legendas em inglês sobre o vídeo anterior. Abaixo do monitor, na imagem, passam legendas de horóscopo de um jornal matogrossense datado de 3 de agosto. Em ambos os casos, os usuários que publicaram o vídeo se registraram apenas dias antes e não têm nenhuma outra postagem nem informação pessoal divulgada.

Um terceiro vídeo, publicado no YouTube na mesma data (17/8), traz um depoimento em que o usuário identificado como Hugo Avelar, também português, diz já ter ido ao estabelecimento e recomenda o canibalismo.

Contactados pela reportagem, os usuários responsáveis pelos vídeos não responderam até a publicação desta matéria.

O tradicional jornal português Expresso, parece que não viu os vídeos do Youtube, com claro sotaque português e das colônias como Cabo Verde (link http://tinyurl.com/289vc8x ) e publicou a manchete sensacionalista :
“Alemanha: Restaurante procura doadores para especialidades canibais”

No youtube, veja os três vídeos  em destaque, conforme se vê abaixo, todos com sotaque lusitano e das colônias e feito com atores amadores:


Segundo a Wikipédia, os  ” Wari’ são muitas vezes designados como Pakaa Nova, por terem sido avistados pela primeira vez no rio homônimo, afluente da margem direita do Mamoré, no estado de Rondônia. Mas é como Wari’, palavra que em sua língua significa “gente”, “nós”, que gostam de ser chamados, e é dessa forma que são conhecidos pelos não-indígenas que mantêm com eles um convívio mais estreito. Vivem hoje aldeados em torno de sete Postos da Funai administrados pela Ajudância de Guajará-Mirim, Rondônia, e na Terra Indígena Sagarana, na confluência dos rios Mamoré e Guaporé, administrada pela Diocese de Guajará-Mirim.”

Na suposta pesquisa disponível na net em arquivo PDF Ficha de Cadastro Restaurante Flimé a grafia é ” cultura Huari” que segundo a Wikipédia ” foi uma civilização andina que floresceu no centro dos Andes aproximadamente desde o ano 600 até 1200 d. C., chegando a expandir-se até os actuais departamentos peruanos de Departamento de Lambayeque|Lambayeque]] pelo norte e Arequipa pelo sul.

A cidade maior sócia a esta cultura é Wari, que se encontra localizada a 25 quilómetros ao noroeste de Ayacucho. Uma cultura irmã de Huari é a cultura Najar Alguns sustentam que esta cidade, junto à de Tiahuanaco, foi centro de um império que cobria a maior parte da puna e a costa do Peru actual. Foi um dos primeiros grandes impérios em Sudamérica, posteriores à mochica e anteriores (uns 300 anos) ao Tahuantinsuyo que dominaria a maior parte da região andina.”

O que ninguém percebeu é que os dados aparentemente divulgados como originais do Google Earth quando ” esticados” colocam a BR 425 em cima de casas, escolas e ruas de uma cidade desconhecida, numa montagem grosseira.  Veja a foto abaixo que extraímos do site do restaurante:

O traçado da BR 425 não "bate" com o mapa falso.

A Prefeitura Municipal de Guajará-Mirim, através do Chefe de Gabinete Décio Keher Marques emitiu uma nota oficial em que diz: ”  Conforme noticiado por alguns veículos de comunicação regional, estadual e internacional sobre um restaurante que comercializa possivelmente carne humana, o prefeito Atalibio José Pegorini vem através da chefia de Gabinete manifestar o desconhecimento de qualquer estabelecimento que fira os bons costumes e as legislações municipal, estadual e federal. Doutra feita, o prefeito municipal repudia matérias de cunho sensacionalista que possa vir prejudicar a imagem de Guajará-Mirim, a Pérola do Mamoré e de seus habitantes. O prefeito Municipal ainda comunica que abre a partir deste momento, uma comissão para averiguar a veracidade do objeto noticiado nesses meios de comunicação, assim como recorrerá judicialmente sobre os danos causados ao município.”

Segundo informações do jornal O Estado de São Paulo, a Polícia Federal está investigando o caso. Para o delegado da PF no município, Julio Mitsuo Fujiki, a notícia sobre o suposto restaurante “não passa de uma piada de muito mau gosto”. “Estamos levantando as informações necessárias para tomar medidas judiciais cabíveis”, afirmou.

Guajará-Mirim não merecia mais esta…

2 Comentários

Arquivado em Delírio Cotidiano

Uma vontade danada (via Bloda)

Nível 1 de receita para compor em casa música do Zeca Baleiro (ou MPB com verniz descolado para classe média, como preferir): – Defina 4 grupos de palavras inserindo 4 palavras em cada um. As palavras precisam ter uma equivalente rimável em cada um dos outros grupos. – Nossos 4 grupos de palavras agora serão: lugares, frutas, modernismos e manifestações culturais regionais. – Lugares: Canadá, Mairiporã, Reikjavich e Afeganistão. – Frutas: maracujá … Read More

via Bloda

Deixe um comentário

Arquivado em Reblog

Não saia de casa sem ele (via Blog dos Malvados)

Não saia de casa sem ele

via Blog dos Malvados

Deixe um comentário

Arquivado em Reblog

Canoa Canora: Binho e Trio do Norte no SESC Esplanada

O espetáculo musical Canoa canora, concebido pelo poeta e compositor porto-velhense  Rubens Vaz Cavalcante, o “Binho”, traz para a apreciação pública suas novas composições, assim como a releitura de algumas de suas músicas mais conhecidas, com arranjos concebidos e executados pelo grupo instrumental Trio do Norte. O show contará também com a participação especial de interpretes e músicos consagrados da cena musical de Porto Velho, como Elisa Cristina e Llitzia Moreno.

A apresentação no Teatro 1 do SESC Esplanada, no dia 4 de setembro, às 20h30min, tem como propósito arrecadar alimentos não perecíveis, que serão doados ao Centro Espírita Irmão Jacó, a fim de contribuir no trabalho social que essa instituição desenvolve junto às comunidades mais carentes da capital. A cada espetáculo uma nova instituição será beneficiada.

A proposta do artista e do trio que o acompanha é divulgar a nossa música em lugares apropriados (teatros e outros espaços culturais), mas também levá-la às escolas, com a intenção de formar público através da apresentação de espetáculos e, se necessário, de debates públicos.

Os músicos que compõem o Trio do Norte (Junior Lopes, Mauro Araújo e Paulo Bass) vêm desenvolvendo, em praças e escolas desta cidade, um trabalho ímpar com espetáculos de música instrumental que valorizam os compositores da cena porto-velhense e o que há de mais sofisticado na música instrumental brasileira e internacional. Confiram no You Tube.

O poeta Binho faz parte do grupo de compositores que mantém acesa a chama de nossa música e já participou de vários discos coletivos. Ele é autor do CD Isca Arisca, que compõem o conjunto de obras musicais produzidas em Porto Velho e com circulação nos demais estados da região amazônica.

A intenção dos artistas é levar a música feita aqui a diferentes platéias, legitimando, assim, a produção local como instrumento de identificação do povo e da arte rondoniense. Dentro deste espírito socialização da música popular brasileira feita na Amazônia, os participantes do show Canoa Canora convidam a população de Porto Velho a prestigiar a cultura local e ajudar nossos irmãos mais necessitados.

Deixe um comentário

Arquivado em Efêmeras Divagações

Carta de demissão dos últimos integrantes de "Legendários" já está pronta (via Rômulo O. Costalarga)

Conforme profetizado pelo eminente Coveirinho Pop em seu muito humilde blogue, ‘Legendários’ está fadado a se tornar o mais retumbante fracasso da história moderna da televisão brasileira. E a Record, que amarga prejuízo com um combalido Gugu Liberato adquirido à peso de ouro no mais fantástico logro perpetrado por Silvio Santos … Read More

via Rômulo O. Costalarga

Deixe um comentário

Arquivado em Reblog

Carta de demissão dos últimos integrantes de “Legendários” já está pronta (via Rômulo O. Costalarga)

Conforme profetizado pelo eminente Coveirinho Pop em seu muito humilde blogue, ‘Legendários’ está fadado a se tornar o mais retumbante fracasso da história moderna da televisão brasileira. E a Record, que amarga prejuízo com um combalido Gugu Liberato adquirido à peso de ouro no mais fantástico logro perpetrado por Silvio Santos … Read More

via Rômulo O. Costalarga

Deixe um comentário

Arquivado em Reblog

Lula sanciona pacote para área da Defesa (via PLANO BRASIL)

Lula sanciona pacote para área da Defesa Tânia Monteiro / Brasília – O Estado de S.Paulo  O presidente Luiz Inácio Lula da Silva assinou ontem um pacote de medidas de agrado ao ministro Nelson Jobim. A sanção da lei complementar 97 reestrutura o Ministério da Defesa e dá poder de polícia à Marinha e à Aeronáutica nas fronteiras, a exemplo do que o Exército já possui. O pacote amplia os poderes do ministro da Defesa, que passa a indicar ao presidente da República os comandantes das Forças Armadas … Read More

via PLANO BRASIL

Deixe um comentário

Arquivado em Reblog

Capa do DIÁRIO do PARÁ, edição de quinta-feira, 26

Deixe um comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

A doença mental – uma visão reencarnacionista (via Blog do Mauro Kwitko)

Todos nós, espiritualistas, sabemos que a maior parte das doenças mentais é causada pela ação dos Espíritos obsessores. E isso é comprovado nos Centros Espíritas e Espiritualistas, onde a ação desses seres é observada. Mas a atual Psiquiatria, acreditando-se científica, relega essas informações ao campo do sobrenatural, do religioso, negando sua existência ou minimizando sua atuação. Cada vez mais, a Psiquiatria lida apenas com o cérebro  … Read More

via Blog do Mauro Kwitko

Deixe um comentário

Arquivado em Reblog

Queimada na Amazônia

Deixe um comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

Que cidade é essa ?

foto : JLZ Barcelos

Deixe um comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

Catavídeo: inscrições vão até 3 de setembro

Estão abertas até o dia 3 de setembro as inscrições para o 12º Catavídeo, a principal janela de exibição do audiovisual catarinense. A mostra vai ocorrer no cineclube da Fundação Cultural Badesc de 30 de outubro a 7 de novembro. Até a edição de 2009, a inscrição era aberta somente para a produção recente, realizada nos últimos dois anos. A partir de agora, não há mais esta restrição, desde que o audiovisual nunca tenha sido exibido no Catavídeo.

Os interessados em fazer inscrições de seus vídeos podem optar pelo site www.catavideo.org ou pessoalmente no Fundo Municipal de Cinema de Florianópolis, o Funcine,  que funciona anexo à Fundação Franklin Cascaes, no Forte Santa Bárbara, Centro, de segunda a sexta, das 13 às 18h,  fone (48) 3224-6591 e 9989-4215. Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail catavideo@alquimidia.org.

Deixe um comentário

Arquivado em Efêmeras Divagações

Carta Pastoral para as Eleições 2010

Aos Padres, Religiosos e Religiosas, Seminaristas, Ministros, Coordenadores e Agentes de Pastoral, Lideranças, Leigas e Leigos cristãos das comunidades da Arquidiocese de Porto Velho.

A Igreja não pode e nem deve omitir-se no campo político. Ela não pode colocar-se no lugar do Estado. Mas também não pode e nem deve ficar de fora na luta pela justiça e pela ética. Seria renegar sua fé em Jesus Cristo. É nosso dever incentivar os católicos leigos a se engajarem com responsabilidade na ação política, dando a eles orientações para que exerçam o seu voto com consciência e com ética. A partir destes ensinamentos é que a sociedade deve compreender o engajamento dos líderes da Igreja Católica no combate à corrupção. A corrupção eleitoral ainda é um problema enraizado na mentalidade de nosso povo. Os eleitores carecem de educação para a cidadania. É preciso instalar uma nova consciência política iluminada pelo lema que mobilizou os movimentos sociais nos últimos anos: “voto não tem preço, têm conseqüências.”. Estamos diante de um grande apelo ao depositar na urna o compromisso com Rondônia e com o Brasil: eleger candidatos idôneos, capazes de orientar nosso Estado e nosso Brasil para novos caminhos, em resposta às necessidades do povo. Seja, portanto, um eleitor consciente do valor de seu voto. Que vote pela comunidade e não por interesse ou privilégios individuais ou familiares. UM ELEITOR QUE NÃO VENDA O SEU VOTO. Quem vende seu voto por favores, vende sua dignidade humana. O cristão não deve votar em candidato que quer comprar seu voto. Consciência não se vende. Queremos ser um eleitor que tenha consciência de seu poder de interferência e decisão na vida da comunidade, que saiba valorizar o seu voto, analisando, refletindo sobre o passado e o presente do candidato tendo em vista um futuro melhor. Não basta votar. Não basta mesmo escolhermos uma pessoa de “ficha limpa” por mais fundamental e importante que ela seja. Nossa missão vai além: levar a pessoa “ficha limpa” a ser eficaz e a se manter ética durante o mandato a serviço do bem comum. A Igreja católica não apresenta candidatos/as próprios/as. Qualquer sinal nesta linha deve ser interpelado, em nome dos documentos oficiais de nossos pastores. Indicamos, com força profética, a importância do voto e os critérios que devem valer no nosso compromisso como cristão. Que Deus inspire e proteja o povo brasileiro, especialmente os de nossa Arquidiocese, no próximo dia 03 de outubro! Estamos conscientes de que o voto-cidadão, com participação popular, é uma das melhores formas de promover políticas públicas a serviço do bem comum. Somos convocados a uma ação política iluminada pela convicção de que o voto é de responsabilidade pessoal de cada eleitor, diante de sua consciência, da sociedade e de Deus. Que todos, no livre exercício do dever democrático, possam experimentar a proteção materna de Nossa Senhora! Façamos preces pela nossa Pátria e pelo nosso compromisso com o Estado de Rondônia a promover a prosperidade e dignidade de nosso povo.

Dom Moacyr Grechi , Arcebispo de Porto Velho

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias

Aqui jaz fulano de tal… e a sua superioridade! (via blog da Revista Espaço Acadêmico)

Aqui jaz fulano de tal... e a sua superioridade! por ANTONIO OZAÍ DA SILVA* Para Maurício Tragtenberg (1929-1998), que cultivou e ensinou a humildade dos sábios. “Matamos o tempo; o tempo nos enterra”. Machado de Assis “Por que vos ensoberbece o orgulho, se não sois mais do que insetos imperfeitos, incompletos no seu desenvolvimento?”. Dante Alighieri Ekatierina Ivânovna, personagem de Dostoiévski, em Crime e Castigo, é uma mulher de família relativamente próspera, mas que caiu na pobreza.  … Read More

via blog da Revista Espaço Acadêmico

Deixe um comentário

Arquivado em Reblog

"maria.com” finaliza temporada neste fim de semana

Agressões, brigas, abusos, medo de denunciar, ameaças constantes e ainda a crença de que “o amor tudo suporta” são fatos que fazem parte do cotidiano de mulheres em todo mundo. O tema que, mesmo possuindo grande destaque na mídia, ainda é um tabu a ser enfrentado pela sociedade civil. É nessa atmosfera que o Grupo Raízes do Porto, com 18 anos de trabalhos artísticos desenvolvidos em Rondônia, leva ao palco do Teatro Um do SESC sua nova produção: “maria.com” que  surge de pesquisas realizadas com mulheres de várias classes sociais de Porto Velho que sofreram e sofrem com os diversos tipos de violência. Maria vinda de família de classe média, Maria do garimpo, Maria ribeirinha, Maria da vida, tantas mulheres e tantas Marias, representadas por cinco mulheres em cena. Cada uma com sua realidade, com sua história e suas justificativas, agüentando vários tipos de violência, seja por omissão ou por se expor denunciando. Com isso elas se revelam e através desta exposição, se conhecem e se confrontam unindo fraquezas, se fortalecendo e encontrando uma solução para promover alívio e conforto a tantas outras Marias vítimas de violência.

Suely Rodrigues, Diretora Artística do Grupo e que também assina a direção, o texto e o projeto de luz do espetáculo, explica que a intenção da montagem foi levar o tema, através de uma linguagem artística, a diferentes lugares da cidade. “Nossa intenção inicial era levar o teatro e o tema violência contra a mulher a locais onde ele é mais visível, que são as comunidades menos favorecidas. Agora, temos a oportunidade de vir para o centro da cidade, onde ela existe, porém, de forma mais velada”, enfatiza a diretora.

“maria.com” é um projeto que foi contemplado com o Prêmio Funarte de Teatro Myiam Muniz e tem patrocínio da Petrobras. Conta ainda com o apoio para montagem deste espetáculo da Fundação Iaripuna, Conselho Municipal de Mulheres, Acadepol, Delegacia da Mulher, Fundação Riomar, o Publicitário Rudney Prado,  Clínica Odontológica Moderna – Cliom, Speed Pizza, Fotógrafo Ronaldo Nina e veículos de comunicação de Porto Velho.

Deixe um comentário

Arquivado em Efêmeras Divagações

“maria.com” finaliza temporada neste fim de semana

Agressões, brigas, abusos, medo de denunciar, ameaças constantes e ainda a crença de que “o amor tudo suporta” são fatos que fazem parte do cotidiano de mulheres em todo mundo. O tema que, mesmo possuindo grande destaque na mídia, ainda é um tabu a ser enfrentado pela sociedade civil. É nessa atmosfera que o Grupo Raízes do Porto, com 18 anos de trabalhos artísticos desenvolvidos em Rondônia, leva ao palco do Teatro Um do SESC sua nova produção: “maria.com” que  surge de pesquisas realizadas com mulheres de várias classes sociais de Porto Velho que sofreram e sofrem com os diversos tipos de violência. Maria vinda de família de classe média, Maria do garimpo, Maria ribeirinha, Maria da vida, tantas mulheres e tantas Marias, representadas por cinco mulheres em cena. Cada uma com sua realidade, com sua história e suas justificativas, agüentando vários tipos de violência, seja por omissão ou por se expor denunciando. Com isso elas se revelam e através desta exposição, se conhecem e se confrontam unindo fraquezas, se fortalecendo e encontrando uma solução para promover alívio e conforto a tantas outras Marias vítimas de violência.

Suely Rodrigues, Diretora Artística do Grupo e que também assina a direção, o texto e o projeto de luz do espetáculo, explica que a intenção da montagem foi levar o tema, através de uma linguagem artística, a diferentes lugares da cidade. “Nossa intenção inicial era levar o teatro e o tema violência contra a mulher a locais onde ele é mais visível, que são as comunidades menos favorecidas. Agora, temos a oportunidade de vir para o centro da cidade, onde ela existe, porém, de forma mais velada”, enfatiza a diretora.

“maria.com” é um projeto que foi contemplado com o Prêmio Funarte de Teatro Myiam Muniz e tem patrocínio da Petrobras. Conta ainda com o apoio para montagem deste espetáculo da Fundação Iaripuna, Conselho Municipal de Mulheres, Acadepol, Delegacia da Mulher, Fundação Riomar, o Publicitário Rudney Prado,  Clínica Odontológica Moderna – Cliom, Speed Pizza, Fotógrafo Ronaldo Nina e veículos de comunicação de Porto Velho.

Deixe um comentário

Arquivado em Efêmeras Divagações

CEL.U.CINE com inscrições abertas até 1º de setembro: inscreva já o seu micrometragem

As inscrições da segunda estapa do CEL.U.CINE vão até o dia 1º de setembro. O tema desta vez é “Lendas Urbanas”. Sabe aquela história que aconteceu com uma “amigo” de um “amigo”? Pois é, você agora pode aproveitar e fazer um filme com esses contos e concorrer a prêmios incríveis em dinheiro. Para saber mais, acesse o site www.celucine.com.br

Deixe um comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

Fest Cineamazônia : Reportagem ambiental em vídeo tem categoria especial

Jornalistas, comunicadores e produtores de reportagens ambientais têm até o dia 27 de agosto para inscrever na 8ª edição do Festival Latino Americano de Cinema e Vídeo Ambiental – Fest Cineamazônia, na categoria Videorreportagem Ambiental. O festival será realizado em Porto Velho, de 9 a 13 de novembro de 2010 e integra o circuito nacional de festivais. Outros gêneros como ficção, documentário, experimental e animação também podem se inscritos nas respectivas categorias. O regulamento e informações podem ser acessados no site oficial do evento www.cineamazonia.com.  A Videoreportagem Ambiental é uma categoria exclusiva com o objetivo de estimular reportagens que destacam a temática ambiental em diferentes regiões. As produções concorrem nas categorias Melhor Reportagem Ambiental Rondoniense e Melhor Reportagem Ambiental Nacional dando maior margem de competitividade.  O Fest Cineamazônia tem como tema central o meio ambiente, mas aceita produções de outros gêneros como ficção, animação, experimental e documentário. São aceitas inscrições de produções de curta e media metragens, limitando em 26 minutos. Cada produtor pode participar com até três filmes ou vídeos produzidos a partir de 2005. O Festival tem o apoio da Prefeitura de Porto Velho, através da Fundação Iaripuna e da Secretaria Municipal de Educação (Semed) e Iphan.

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias