Arquivo do dia: 21/07/2010

Facebook atinge 500 milhões de usuários no mundo

Para comemorar a marca de 500 milhões de usuários em todo o mundo,(6 mihões no Brasil) o Facebook lançou hoje(21) o Facebook Stories, uma ferramenta para as pessoas que utilizam a rede social diariamente contarem suas histórias. O lançamento da novidade foi feito hoje por Mark Zuckerberg, fundador e CEO do Facebook, por meio de um vídeo direcionado a todos os inscritos no site.A partir de hoje, os usuários podem enviar suas histórias sobre como o Facebook faz parte de suas vidas por meio do endereço stories.facebook.com. Os textos serão divididos por temas como família e esportes ou classificados pela localização geográfica do usuário. O Facebook Stories também irá mostrar as histórias mais populares, baseado no número de “Gostei” que ela receber dos leitores.
Mensalmente os brasileiros fazem o upload de mais de 19 milhões de fotos e mais de sete milhões de updates.
Para enviar sua história, o usuário deve acessar o endereço http://stories.facebook.com, fazer o login com suas credenciais do Facebook e buscar o link “Qual é a sua história?” no fim da página. Os textos ficarão disponíveis para outros usuários lerem, comentar e dizer se gostaram.

Deixe um comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

Carnaval 2011 : Concurso de Marchinhas do Galo da Meia Noite

Por Carlinhos Maracanã

O Bloco Carnavalesco Galo da Meia Noite está lançando seu Primeiro Concurso de Marchinhas de Carnaval nos dias 22, 23 e 24 de setembro, no Mercado Cultural. As inscrições podem ser feitas na SECEL, (Prédio do Relógio), na Avenida Sete de Setembro, Centro, com Carlos Castro. O Tema será: Galo da Meia Noite, o Rei do Seu Terreiro Natal e as  marchas, evidentemente,  deverão ser inéditas. Os compositores podem fazer contatos também com o presidente Edson Caúla, para receberem o Regulamento. A premiação agraciará apenas o primeiro colocado com R$ 1.000,00 (mil reais) e R$ 200,00 (duzentos reais) para o melhor intérprete. A comissão julgadora será composta de jornalistas, acadêmicos de letras, poetas, compositores e carnavalescos.

Marcha de Carnaval, também conhecida como “marchinha”, é um gênero de música popular que esteve no carnaval dos brasileiros dos anos 20 aos anos 60 do século XX, altura em que começou a ser substituída, na preferência do público, pelo samba enredo. A primeira marcha foi a composição de 1899 de Chiquinha Gonzaga, intitulada Ó Abre Alas, feita para o cordão carnavalesco Rosa de Ouro. Na origem foi, no entanto, um estilo musical importado para o Brasil. Descende diretamente das marchas populares portuguesas, partilhando com elas o compasso binário das marchas militares, embora mais acelerado, melodias simples e vivas, e letras picantes, cheias de duplo sentido. Marchas portuguesas faziam grande sucesso no Brasil até 1920, destacando-se Vassourinha, em 1912, e A Baratinha, em 1917.

A verdadeira marchinha de carnaval brasileira começou a surgir no Rio de Janeiro com as composições de Eduardo Souto, Freire Júnior e Sinhô e atingiu o apogeu com intérpretes como Carmem Miranda, Almirante, Mário Reis, Dalva de Oliveira, Silvio Caldas, Jorge Veiga e Blecaute, que interpretavam, ao longo dos meados do século XX, as composições de João de Barro, o Braguinha e Alberto Ribeiro, Noel Rosa, Ary Barroso e Lamartine Babo. O último grande compositor de marchinha foi João Roberto Kelly.

Maiores informações sobre o Concurso de Marchinhas de Carnaval da Sociedade Cultural Galo da Meia-Noite pelos fones (69)9981-9672/ 9994-0141/ 9971-3953. O blog do Maracanã é http://painelculturalmaraca.blogspot.com/


2 Comentários

Arquivado em Efêmeras Divagações

Túnel do Tempo

Final da década de 80, início dos anos 90.  Av. Farquhar.  Muitas ruas centrais de Porto Velho eram maltratadas, em certas vias proliferavam os focos de malária. Era uma cidade pequena, apesar de ser capital do Território Federal de Rondônia. A Av. 7 de Setembro tinha até mão dupla ! Em bairros mais tradicionais,como por exemplo o Caiari algumas construções ainda mantinham suas características originais. A seguir algumas casas foram derrubadas, depois foram feitos “puxadinhos”, colocadas caixas de ar condicionado, garagens, piso superior, vidro blindex, edículas. Os carros ainda tinham a placa amarela…

2 Comentários

Arquivado em Efêmeras Divagações

A nojenta personagem Mulher-Arroto do Pânico na TV revolta jornalistas (via Ritt Blog)

Cada vez mais sem noção..

Vai ao ar neste domingo a polêmica da Mulher Arroto.Faz uma semana que a direção do programa tenta editar a matéria em questão prá levar ao ar, tamanho o embaraço causado no meio artístico e revolta entre os jornalistas. Seria apenas mais uma exibição constrangedora prá quem janta no domingo, mas a questão passou do campo do entretenimento deixando as pessoas indignadas com os passos cada vez mais sem limites de alguns “humoristas” no Brasil. Não sei o que é mais intrigante:o personagem ser admirado por alguns ou Vanessa Barzan, sua intérprete ser intitulada “humorista”.

No  evento em que a personagem porcalhona e sem educação cobria, o lançamento do livro de Glória Pires, a classe em peso foi prestigiar ela que é uma das atrizes mais queridas do país. Entre os convidados estava uma das lendas da história da dramaturgia:Laura Cardoso ! Foi então que Vanessa, segundo informações, começou a perseguir a veterana atriz, digna de respeito, não apenas por ser um obelisco da classe, como também por ser uma senhora de idade, prá vergonhosamente tentar arrotar em seu rosto.  No momento em que ela se colocou na ofensiva, os jornalistas que estavam cobrindo o evento se revoltaram e partiram prá cima da tal Mulher-Arroto, prá demover a moça da sua tentativa estúpida. O mais incrível é a humildade e paciência de Laura Cardoso que do alto dos seus 82 anos, após dar uma semi-coletiva para todos os repórteres do evento em que ela foi humildemente comprar o livro de Glória Pires e pegar sua dedicatória, ela ainda parou prá atender Vanessa. Quando perceberam que ela faria sua nojeira habitual com a atriz, os jornalistas se juntaram e tiraram a tal humorista de perto dela, alegando que não tem nada contra o humor, mas que há algo mais digno de se fazer com uma senhora com mais de 80 anos. Vanessa ameaçou chamar a polícia, ficou alterada , e em seguida foi convidada a se retirar do local com total aprovação pública. Deixo apenas uma pergunta prá quem acha graça nisso : O que você faria se tentasse arrotar na cara da sua avó ? Será que é isto que estão ensinando nas faculdades fajutas de comunicação ?

via Ritt Blog

Deixe um comentário

Arquivado em Reblog

Cenas da História – DO-X ,o maior avião do mundo fracassa – trailer

Como anteontem ainda aproveitando o gancho das comemorações sobre Santos Dumont eu postei um Hotelcopter que era “fake” , agora resolvi ir para uma cena verdadeira da história da humanidade. Apelidado de Flugschiff (barco voador), o hidroavião protótipo DO-X fabricado pela Dornier alemã, tinha 30 toneladas e 12 motores.Tinha três andares com cabine-dormitório, sala de estar, biblioteca, restaurante e bar com tapetes persas, sofás de couro e porcelana fina.
No dia 2 de novembro de 1930 o Do X partiu do Friedrischshafen na Alemanha para uma excursão mundial que o levaria a Lisboa, Amsterdã, Rio de Janeiro, Miami e Nova York em uma viagem maluca. Em Lisboa um incêndio consumiu uma das asas, que teve que ser praticamente toda refeita. Depois de uma viagem a América do Sul a tripulação ficou nove meses em Nova Iorque onde foram revisados todos os motores. A 24 de maio de 1932 finalmente o Do X chegou a Berlim onde foram saudados como heróis por uma multidão de 200.000 pessoas.
A tripulação era de 14 pessoas e a lotação, de aproximadamente 70 passageiros. Sua velocidade de cruzeiro era de 175 km/h, autonomia de 2.300 km e levava 23 mil litros de combustível. Media 40 metros de comprimento, 10 m de altura e 48 m de largura (envergadura).Ele chegou a ser testado pela Lufthansa, mas fracassado comercialmente e famoso, o DO-X 1929 foi desativado em 1934 e levado para o Museu da Aviação em Berlim, onde terminou bombardeado e destruído pela RAF durante a 2ª Guerra Mundial, em 1945.

Para quem quiser comprar o DVD com o documentário completo que custa cerca de 50 Euros, o endereço da Lufthansa é http://tinyurl.com/2fqt2bt

1 comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

Simpósio Internacional Arqueologia da Amazônia acontece no Acre

Foto: D. Gurgel/Divulgação

Foto: D. Gurgel/Divulgação

Da Agência de Notícias do Acre

Para fomentar o debate, envolver interessados e divulgar para a sociedade diversos estudos realizados em sítios arqueológicos na Amazônia, entre eles os geoglifos do Acre, a Fundação Estadual Elias Mansour, em parceria com o Grupo de Pesquisa Geoglifos da Amazônia Ocidental, promove nos dias 21 e 22, na Biblioteca da Floresta, o Simpósio Internacional Arqueologia da Amazônia Ocidental: Perspectivas Interdisciplinares.  O evento  é gratuito e dele participam  pesquisadores de vários centros de pesquisas, como o University of Exeter e University of Edinburgh (ambas no Reino Unido), Tulane University/EUA (Kansas University/EUA), Universidade de Helsinque/Finlândia, Embrapa Rio, Universidade Federal do Pará (UFPA) e Universidade Federal do Acre (Ufac). O Simpósio abre com  a palestra  “Florestas Culturais da Amazônia: Etnobotânica e Arqueologia em áreas de ocupação Indígena”, ministrada pelo professor William Balée.  Outros cientistas presentes : William Woods, John Mayle, Sanna Saunaluoma, Lilian Rebellato, Wenceslau Teixeira, Denise Schaan, Alceu Ranzi, Antonia Barbosa, Allana Rodrigues, Edegar Casagrande, Rafael Nascimento, Flora Braga, Rafael Martins e Billyshelby Fequis.  Ao final  haverá o lançamento do livro “Geoglifos: Paisagens da Amazônia Ocidental” organizado por Antonia Barbosa, Denise Schaan e Alceu Ranzi que visa divulgar a beleza e a dimensão dos geoglifos acreanos através de  fotografias que ilustram as diversas formas de estruturas  da região leste  do Acre.

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias

Amazônia encena na Rua – dia 21/07

19 horas – “Limpador de Placas” ,O Imaginário – Porto Velho (RO) – Conta a história de um homem simples que todos os dias, com seu uniforme azul, sai em sua bicicleta azul e carrega seu balde, escova e flanela, também azuis. Ele é um homem feliz e o que mais gosta de fazer é limpar placas de rua. Tudo teria continuado assim se o inesperado não viesse transformar sua vida.

20 horas – “Locomotiva de Histórias”, Cia Theresa João – Cuiabá (MT) – Vários personagens surgidos dos contos de Millôr Fernandes, Ruth Rocha e Ricardo Azevedo. É utilizada a contação de histórias como instrumento gerador e potencializador de um jogo cênico vibrante. Vozes fantásticas, canções e brincadeiras são usadas para que o espectador possa vislumbrar a situação, dar brasa à imaginação e começar a viagem.

21 horas – “Fio de Pão, a Lenda da Cobra Norato”, In Bust Teatro de Bonecos – Belém (PA) – Resgata do imaginário popular a história de uma cabocla que, atraída um cobrão embruxado, dá à luz duas cobras: Norato e Caninana. Os irmãos têm sinas diferentes: Caninana de ser má, enquanto Norato de ter que encontrar alguém que possa desencantá-lo para virar gente.
Local : Praça das Caixas d´Água

Festival de Dança, a  partir das 18:30, naPraça Aluízio Ferreira – Cia. de Dança Parceiros do Ritmo Quente. Estilo: Axé-Forró / Grupo de Dança Central Reggae. Estilo: Reggae / Cia. de Dança Proarte. Estilo: Dança Contemporânea /Performance da Bailarina Cláudia Regina/ AC.

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias