Arquivo do dia: 13/07/2010

10 surpreendentes estatísticas sobre sexo (via Besteironas-Melhores Besteiras e Humor dá Net)

http://3.bp.blogspot.com/_QGWp6mNUwms/Sv3apHlnvaI/AAAAAAAADe8/vd2B8HVV0GU/s400/balck_and_white_sexy_wear+(5).jpg

1. Uma mulher russa do século XVIII tem o recorde de ter tido mais filhos – 69. Lógico, ela teve alguns gêmeos no processo – no total foram 27 vezes que ficou grávida. No entanto ela é superada por um imperador marroquino que, comprovadamente, teve 342 filhas e 525 filhos. Sua reputação era mais assustadora. Dizia-se que ele teria pelo menos 700 filhos homens, se fossem considerados os não- oficiais.

2. A média do tamanho do pênis ereto é de 12,7 a 17,8 cm de comprimento e de 10,2 a 15,3 cm de circunferência. Mas ainda dá para aumentar o pênis, segundo cientistas. E pesquisas mostraram que elas se preocupam muito mais com a espessura do que com o comprimento do pênis de seus parceiros.

3. De acordo com pesquisas, 5% dos homens na faixa etária dos 40 anos, têm disfunção erétil. O número aumenta para 15% quando se trata dos cinquentões.

4. Sobre a virgindade, a média entre os homens é de 16.4 anos. As mulheres iniciam a vida sexual um pouco mais velhas, entre 17 e 17.4 anos. A genética também tem um papel importante nessa questão – pode determinar quando a pessoa iniciará sua vida sexual por traços herdados, como impulsividade.

5. 12% dos adultos estadunidenses casados dizem que dormem sozinhos.

6. Enquanto 75% dos homens diz chegar ao orgasmo cada vez que faz sexo, apenas 29% das mulheres afirmam o mesmo. Além disso, a maioria das mulheres não consegue ter orgasmo durante a penetração vaginal – precisa de estímulos no clitóris.

7. Dois terços dos estudantes universitários declaram ter tido o tipo de relação chamada “amigos com benefícios”. Ou seja, dois amigos que fazem sexo sem compromisso quando dá na telha – isso, teoricamente, sem prejudicar a amizade.

8. Mulheres tem uma média de seis parceiros durante toda a sua vida. Para os homens, o número é de sete.

9. Dois terços das mulheres estadunidenses que tiveram seus bebês entre 2001 e 2003, trabalharam durante a gravidez. 80% dessas mulheres trabalhou mesmo durante o mês que antecedeu o parto. Em 1965 esse número foi de 35%.

10. Pelo menos metade dos homens e mulheres sexualmente ativos irão contrair ou já contraíram uma doença sexualmente transmissível.

via Besteironas-Melhores Besteiras e Humor dá Net

1 comentário

Arquivado em Reblog

Livros imprescindíveis para entender RO – 13 – The Sea and the Jungle

O livro é uma narrativa da viagem do autor, H. M. Tomlinson, no vapor Capella atravessando o mar até Belém do Pará e depois até a Cachoeira de Santo Antônio, onde iria trabalhar na EFMM. A seguir , a volta para a Jamaica e finalmente, Tampa, na Florida, onde passou o resto dos seus dias. Tudo se passa entre 1909 e 1910 . A primeira edição é de 1912. Tomlinson deixa uma dedicatória impagável logo no início do livro : “Dedicado àqueles que não voltaram…”.

Deixe um comentário

Arquivado em Livros para entender RO

Rota 174 Amazonas – Roraima : uma rota repleta de magia

Para este roteiro instigante os contatos para consultas e reservas  são (95) 3624 9611 e (95) 3623 6972, e-mail  adventures@roraima-brasil.com.br , com Magno.

Deixe um comentário

Arquivado em Efêmeras Divagações

Como escanear um livro de 250 páginas em 60 segundos (via Gerente Bem Informado)

A invenção é de Takashi Nakashima e Yoshihiro Watanabe, da Universidade de Tóquio. O conceito é simples e óbvio, como toda idéia genial: Que tal simplesmente folhear um livro? O mecanismo criado por eles utiliza uma câmera de alta velocidade que fotografa 500 quadros por segundo. Você dirá : “Ah, mas fica tudo torto e não vai dar pra reconhecer o texto” Mas calma, os japas sabem o que fazem. Após cada frame é emitido um laser que gera um padrão geométrico na página. De posse das duas imagens, trigonometria básica é utilizada e a imagem é reposicionada, a página torta se torna reta. Daí é só mandar pro OCR e ser feliz. Veja e admire-se:

Com informações do http://gerentebeminformado.wordpress.com/

Deixe um comentário

Arquivado em Reblog

Livro mostra como a Pixar despertou novamente o espírito inventivo de Walt Disney.

Após a produção do filme “Toy Story”, primeiro longa-metragem de animação em computação gráfica, a produtora norte-americana Pixar ganhou espaço nas telonas, acumulou 17 Oscars, montou um faturamento médio de meio bilhão de dólares por filme e tornou-se uma grande potência como produtora cinematográfica.

Pergunte a uma criança a respeito de Buzz Lightyear ou Nemo e vai achar que está ouvindo histórias a respeito de amigos do peito. Esses personagens nasceram em um playground de histórias infantis conhecido como Pixar, um lugar que permite aos contadores de histórias criar narrativas que compartilham grandes aventuras em terras encantadas.

No livro “Nos bastidores da Pixar – Lições do playground corporativo mais criativo do mundo” os autores Bill Capodagli e Lynn Jackson revelam como a Pixar despertou novamente o espírito inventivo de Walt Disney. Eles analisam como o presidente Ed Catmull, o chefe de criação John Lasseter e o restante da Pixar construíram uma organização fundamentada na simples filosofia de que a qualidade é o melhor plano de negócios. Não faz diferença se você está fazendo um filme cuja produção leva quatro anos ou se está servindo um cliente por apenas quatro minutos: é sua única chance de oferecer uma experiência mágica, magnética e encantadora.

Nessa obra lançada pela Editora Saraiva, Capodagli e Jackson mostram como fazer isso, dando exemplos e explicando o que é necessário para sua equipe alcançar a excelência quando libera o seu poder.

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias