MTur investe R$ 30 milhões no PAC das Cidades Históricas

Os ministérios que executam o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) das Cidades Históricas investiram, no ano passado, R$ 75 milhões no financiamento de obras de infraestrutura e recuperação de patrimônio, entre outras ações em todo o país. Somente do Ministério do Turismo (MTur), foram R$ 30 milhões em empenhos (empenho é o ato de reservar o recurso para a execução do projeto).  “A liberação é feito depois do cumprimento de uma série de requisitos legais”, esclareceu o diretor do Departamento de Infraestrutura do MTur, Roberto Bortolotto, ao público do II Encontro Nacional das Cidades Históricas e Turísticas. O evento está sendo realizado em Pirenópolis (GO), um dos municípios beneficiados com verbas do PAC.  Pirenópolis, patrimônio nacional, vai investir R$ 7 milhões, já empenhados pelo MTur, no projeto de revitalização da orla do Rio das Almas. “Estamos fazendo os últimos ajustes no projeto, antes de darmos início às obras”, revelou o secretário de Turismo da cidade, Sérgio Rady.  Os recursos do MTur foram empenhados para quatro municípios, além da cidade goiana. São eles: Belém (PA), Salvador (BA), Recife (PE) e Areia (PB).  O diretor do MTur esclareceu que as cidades históricas não incluídas no PAC podem receber recursos de outros programas do ministério.

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s