Incoerências…

Foto : B. Bertagna

Foto : B. Bertagna

Enquanto quase todo o Estado de Rondônia e o Acre amargavam um apagão que começou por volta de 20 horas e durou cerca de 3 horas, a construção da Usina de Santo Antônio era um clarão forte no meio do breu, por conta do seu sistema de geradores próprios.

2 Comentários

Arquivado em Efêmeras Divagações

2 Respostas para “Incoerências…

  1. Deyvesson

    Putz Beto! E ontem, daqui do Acre, eu dizia a mesma coisa que tu postou hoje. Imaginava exatamente esse clarão, enquanto a verdadeira cidade (Porto Velho), a que importa estava no escuro(Santo Antônio e Jirau são como cidades efêmeras!) .
    Bom mesmo era ver, como disse a Rose Farias no Facebook, as pessoas pelas ruas e calçadas, nas frentes de suas casas, conversando como se estivessem no fim de um dia de trabalho à beira do rio. Isso foi lindo. Mas foi só isso de lindo.
    Só quero pegar o gaiato que jogou o pau nos fios do poste!

  2. Braulio Gerhardt

    Depois que o sistema isolado Rondônia/Acre foi interligado ao sistema nacional, esses apagões se tornaram constantes nos dois estados.
    A pergunta que fica é: Será que agora que a energia da UHE de Samuel pode ser levada a outras regiões do país, estariam essas regiões sendo priorizadas em detrimento de Rondônia e Acre?

Deixe uma resposta para Deyvesson Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s