Arquivo do dia: 07/07/2010

Pelé e Maradona : eterna rivalidade e ciúme explicado

1 comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

Incoerências…

Foto : B. Bertagna

Foto : B. Bertagna

Enquanto quase todo o Estado de Rondônia e o Acre amargavam um apagão que começou por volta de 20 horas e durou cerca de 3 horas, a construção da Usina de Santo Antônio era um clarão forte no meio do breu, por conta do seu sistema de geradores próprios.

2 Comentários

Arquivado em Efêmeras Divagações

Na hora "h" dirigente "amarela" e manda Argentina entregar… No meu não, hermano !

A Copa do Mundo começou a mexer com os brios argentinos.
Depois de Maradona dizer que fará strip-tease no obelisco da Avenida principal e depoisr correr pelado pelas ruas de Buenos Aires, o Diretor Técnico da Seleção Argentina Carlos Bilardo tinha prometido  que daria “um presente”
para o jogador que marcasse o gol de um  eventual tri argentino..
Perguntado por um radialista sobre o que faria em caso do tri ser conquistado, ele se soltou.
– Não vou fazer, vou deixar que façam comigo. Se formos campeões, dou a b… a quem fizer o gol.
Mas deixou bem claro
– Mas só a quem fizer o gol.
O atacante Martín Palermo, um dos favoritos ao “prêmio” ficou surpreso, mas não correu da raia:
– Que tal uma peruca nele?

Os boatos que correm na Argentina dizem que ele “tremeu” e desistiu da idéia, mandando os “hermanos” entregarem para a Alemanha.

Deixe um comentário

Arquivado em Efêmeras Divagações

Na hora “h” dirigente “amarela” e manda Argentina entregar… No meu não, hermano !

A Copa do Mundo começou a mexer com os brios argentinos.
Depois de Maradona dizer que fará strip-tease no obelisco da Avenida principal e depoisr correr pelado pelas ruas de Buenos Aires, o Diretor Técnico da Seleção Argentina Carlos Bilardo tinha prometido  que daria “um presente”
para o jogador que marcasse o gol de um  eventual tri argentino..
Perguntado por um radialista sobre o que faria em caso do tri ser conquistado, ele se soltou.
– Não vou fazer, vou deixar que façam comigo. Se formos campeões, dou a b… a quem fizer o gol.
Mas deixou bem claro
– Mas só a quem fizer o gol.
O atacante Martín Palermo, um dos favoritos ao “prêmio” ficou surpreso, mas não correu da raia:
– Que tal uma peruca nele?

Os boatos que correm na Argentina dizem que ele “tremeu” e desistiu da idéia, mandando os “hermanos” entregarem para a Alemanha.

Deixe um comentário

Arquivado em Efêmeras Divagações

Ao norte – 36

Draga de garimpo em Mutum/RO

2 Comentários

Arquivado em Ao Norte

Depois da viagem de avião em pé, é a vez da mulher fazer xixi em pé…

Lançado recentemente no mercado, OiGirl é um dispositivo que permite à mulher fazer xixi em pé. Reutilizável, oferece plenas condições de higiene ao ser guardado após seu uso e consecutivas reutilizações. Porém, muitas mulheres questionam, no site da empresa, a questão da higiene que envolve o produto justamente por ele não ser descartável. No entanto, elas podem ficar tanquilas:  OiGirl é totalmente seguro.

As principais vantagens de OiGirl em relação a produtos semelhantes são o fato de ser confeccionado em 100% de silicone medicinal flexível e seu formato anatômico. O produto pode ser útil em viagens, bandas do vai quem quer, carnaval fora de época, caminhadas, percursos de maratonas, passeios ciclísticos, acampamentos, colônias de férias, escolas, baladas, shows, clubes, estádios e no uso diário de banheiros públicos. Também tem função importante em mulheres que se encontram em pós-operatório, idosas e gestantes.
A respeito da principal dúvida de quem o tem utilizado – a questão da higiene, principalmente com a guarda do produto na bolsa após o uso – OiGirl esclarece:
1)      A urina não é algo repulsivo, como a maioria das pessoas pensa; ao contrário, ela é um líquido totalmente estéril, composto em sua maior parte (96%) por água;
2)      O silicone medicinal flexível – material de que é feito o OiGirl – não é poroso, sendo totalmente liso e uniforme, o que impede a proliferação de bactérias em sua estrutura, mesmo na impossibilidade de lavagem do produto;
3)      Além de higiênica, OiGirl é uma solução ecológica, ao contrário de similares descartáveis;
4)      Água – com ou sem sabão – é suficiente para a limpeza do OiGirl, que em seguida pode ser guardado em um saco plástico ou nécessaire dentro da bolsa;
5)      Uma mulher obrigada a utilizar diariamente banheiros públicos – ou mesmo aquelas que só os utilizam esporadicamente – deve estar preparada para encontrar soluções para a falta de higiene de tais banheiros. Assim como carrega itens de higiene e maquiagem, ela pode levar na bolsa uma garrafinha de água, para lavar o produto sobre o vaso sanitário, caso se sinta constrangida em lavá-lo na pia de um banheiro público, na frente de outras pessoas;
6)      Para quem preferir ainda mais garantia, ao final de cada dia de uso OiGirl pode ser fervido, sem perder suas propriedades.
A empresa acrescenta que a preferência por produtos descartáveis deve-se a um tabu cultural. O silicone torna o OiGirl um produto mais caro, em razão da matéria-prima, porém a curto prazo traz a vantagem do custo-benefício maior, principalmente para quem o usar com frequência.  O produto descartável é feito em formato pouco anatômico e nada confortável para o uso feminino. OiGirl encaixa melhor, impedindo que a urina escorra para fora, o que satisfaz ainda mais a preocupação com a higiene e a praticidade.Além disso, em lugares em que não há banheiros ou eles são extremamente sujos, como acampamentos, certos estabelecimentos públicos e, principalmente, em baladas, é o produto ideal nas situações de emergência.Uma leve sacudida do OiGirl após o uso (!?) – mesmo que não se consiga lavá-lo – garante total higiene, já que o silicone repele a água e o xixi e impede absorção ou impregnação de resíduos. OiGirl é mais higiênico que uma escova de dentes ou uma roupa íntima, que em pouco tempo acumulam resíduos, bactérias e fungos.
OiGirl é vendido exclusivamente pela internet, no site www.oi-girl.com.br, onde é possível adquiri-lo unitariamente ou em práticos kits em saquinhos ou nécessaires desenvolvidas sob medida para o produto. Meninas, é a glória ! E nós, continuaremos usando garrafinhas de água vazias ? Que atraso…

1 comentário

Arquivado em Notícias

Clubes do Norte – RO – Ji-Paraná Futebol Clube

foto : B. Gerhardt

O colaborador Bráulio Gerhardt há tempos deu uma idéia legal. Colocar as camisas dos clubes de Rondônia para que as pessoas conheçam melhor. Como o blog tem bastante audiência também nos outros estados do Norte do Brasil, resolvi estender a idéia para o Acre, Amazonas, Pará, Amapá e Roraima. E a primeira que vai , da série, é do Ji-Paraná. Quem quiser colaborar mandando fotos das camisas dos seus clubes, o e-mail é betobertagna@yahoo.com.br . A título de curiosidade, esse modelo de camisa foi usado pelo Ji-Paraná no ano de 1997, na disputa da Copa do Brasil (quando enfrentou o Botafogo-RJ), no Campeonato Brasileiro da Série C (ficando em 8º lugar, depois de eliminar equipes como o Operário-MS e o Goiânia-GO) e no campeonato estadual, onde conquistou seu 5º título. Na época, o escudo do Jipa tinha apenas 4 estrelas, referentes aos títulos estaduais de 1991/92/95/96. Depois, foram adicionadas mais 4 estrelas, referentes aos títulos de 1997/98/99 e 2001, totalizando 8 títulos estaduais. Em 1997 o Ji-Paraná disputou também a I Copa Norte, ficando em 3º lugar (invicto). Atualmente, o “Galo da BR”, como é chamado, está numa fase ruim, disputando a 2ª divisão estadual e sem conquistar um título há 9 anos. Esperamos que o Jipa volte aos seus dias de glória, quando representou muito bem o futebol rondoniense nos campeonatos nacionais que disputou. Valeu, Bráulio !

5 Comentários

Arquivado em Delírio Cotidiano