Story Line – Delírio cotidiano 1

Consumação do pesar

Ainda escuto as montanhas        o modo como elas riem        de cima a baixo por seus perfis azuis            e mergulhando na água            os peixes lamentam           e toda a água      é fruto de suas lágrimas.       escuto as águas         nas noites de bebedeira          e a tristeza é tanta que posso       ouvi-la em meu relógio          transforma-se nos puxadores da minha cômoda          transforma-se no papel sobre o chão   transforma-se numa calçadeira            no bilhete da lavanderia transforma-se        na fumaça do cigarro           escalando uma capela de videiras negras…           pouco importa           um pouquinho só de amor não é tão mal assim            ou um pouquinho só de vida            o que realmente importa        é esperar entre paredes                              eu nasci para isso                            nasci para arrastar rosas pelas avenidas da morte.

Charles Bukowski (1920 – 1994)

Deixe um comentário

Arquivado em Delírio Cotidiano

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s