Arquivo do dia: 22/01/2010

Superfícies

Pedra "canga" das muralhas seculares do Real Forte Príncipe da Beira, construído entre 1776 e 1783 em Costa Marques, no Vale do Guaporé.

As velhas pedras renovadas se tornam lugares de trânsito entre os fantasmas do passado e os imperativos do presente. São passagens sobre múltiplas fronteiras que separam as épocas, os grupos e as práticas (…) O certo é que as construções restauradas, já libertam a cidade de sua prisão numa univocidade imperialista. Mantêm aí (…)heterodoxias do passado. Salvaguardam um essencial da cidade, sua multiplicidade. ( Certeau, Giard & Mayol – A invenção do cotidiano )

Deixe um comentário

Arquivado em Superfícies